Tag talvez

1 - 25 do total de 139 com a tag talvez

Quase

Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase. É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi. Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou. Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono.

Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor não me pergunto, contesto. A resposta eu sei de cór, está estampada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos "Bom dia", quase que sussurrados. Sobra covardia e falta coragem até pra ser feliz. A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai. Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são. Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza. O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si.

Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência porém,preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer. Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.

Sarah Westphal

Amar talvez seja isso...
Descobrir o que o outro fala mesmo quando ele não diz.

Padre Fábio de Melo

Talvez seja tão simples, tolo e natural que você nunca tenha parado para pensar: aprenda a fazer bonito o seu amor. Ou fazer o seu amor ser ou ficar bonito. Aprenda, apenas, a tão difícil arte de amar bonito. Gostar é tão fácil que ninguém aceita aprender.

Tenho visto muito amor por aí, Amores mesmo, bravios, gigantescos, descomunais, profundos, sinceros, cheios de entrega, doação e dádiva,mas esbarram na dificuldade de se tornar bonito. Apenas isso: bonitos,belos ou embelezados, tratados com carinho, cuidado e atenção. Amores levados com arte e ternura de mãos jardineiras.

Aí esses amores que são verdadeiros, eternos e descomunais de repente se percebeu ameaçados apenas e tão somente porque não sabem ser bonitos: cobram; exigem; rotinizam; descuidam; reclamam; deixam de compreender;necessitam mais do que oferecem; precisam mais do que atendem; enchem-se de razões. Sim, de razões. Ter razão é o maior perigo no amor.
Quem tem razão sempre se sente no direito (e o tem) de reinvindicar, de exigir justiça, equidade, equiparação, sem atinar que o que está sem razão talvez passe por um momento de sua vida no qual não possa ter razão. Nem queira. Ter razão é um perigo: em geral enfeia o amor, pois é invocado com justiça mas na hora errada. Amar bonito é saber a hora de ter razão.

Ponha a mão na consciência. Você tem certeza que está fazendo o seu amor bonito?
De que está tirando do gesto, da ação, da reação, do olhar, da saudade, da alegria do encontro, da dor do desencontro, a maior beleza possível? Talvez não. Cheio ou cheia de razões, você espera do amor apenas aquilo que é exigido por suas partes necessitadas, quando talvez dele devesse pouco esperar, para valorizar melhor tudo de bom que de vez em quando ele pode trazer.
Quem espera mais do que isso sofre, e sofrendo deixa de amar bonito. Sofrendo, deixa de ser alegre, igual criança.E sem soltar a criança, nenhum amor é bonito.


Não tema o romantismo. Derrube as cercas da opinião alheia. Faça coroas de margaridas e enfeite a cabeça de quem você ama. Saia cantando e olhe alegre.
Recomendam-se: encabulamentos; ser pego em flagrante gostando; não se cansar de olhar, e olhar; não atrapalhar a convivência com teorizações; adiar sempre, se possível com beijos, “aquela conversa importante que precisamos ter”, arquivar se possível, as reclamações pela pouca atenção recebida. Para quem ama toda atenção é sempre pouca. Quem ama feio não sabe que pouca atenção pode ser toda atenção possível.Quem ama bonito não gasta o tempo dessa atenção cobrando a que deixou de ter.

Não teorize sobre o amor (deixe isso para nós, pobres escritores que vemos a vida como criança de nariz encostado na vitrine, cheia de brinquedos dos nossos sonhos) :não teorize sobre o amor, ame. Siga o destino dos sentimentos aqui e agora.

Não tenha mêdo exatamente de tudo o que você teme, como: a sinceridade;não dar certo; depois vir a sofrer (sofrerá de qualquer jeito); abrir o coração;contar a verdade do tamanho do amor que sente.
Jogue pro alto todas as jogadas, estratagemas, golpes, espertezas, atitudes sabidamente eficazes (não é sábio ser sabido): seja apenas você no auge de sua emoção e carência, exatamente aquele você que a vida impede de ser. Seja você cantando desafinado, mas todas as manhãs. Falando besteiras, mas criando sempre. Gaguejando flores. Sentindo o coração bater como no tempo
do Natal infantil. Revivendo os carinhos que instruiu em criança. Sem mêdo de dizer, eu quero, eu gosto, eu estou com vontade.

Talvez aí você consiga fazer o seu amor bonito, ou fazer bonito o seu amor,ou bonitar fazendo seu amor, ou amar fazendo o seu amor bonito(a ordem das frases não altera o produto), sempre que ele seja a mais verdadeira expressão de tudo o que você é e nunca, deixaram, conseguiu, soube, pôde, foi possível, ser.

Se o amor existe, seu conteúdo já é manifesto. Não se preocupe mais com ele e suas definições. Cuide agora da forma. Cuide da voz. Cuide da fala. Cuide do cuidado. Cuide do carinho. Cuide de você. Ame-se o suficiente para ser capaz de gostar do amor e só assim poder começar a tentar fazer o outro feliz.

Artur da Távola

Talvez possamos um dia nos arrepender do que fizemos...
Mas o arrependimento é sinal de que não tivemos medo de tentar...
E daí se as coisas não deram certo como deveriam...
E daí se não era bem o que queríamos?
E nossa vida segue... para tentarmos e errarmos muitas vezes...
Isso é viver e aprender.

Você espera de mim uma atitude que te convença algo que eu não tenho como dúvida.
Se você fecha os olhos para não ver, não me culpe por isso...
Compartilhar a minha vida e minha verdade está ao seu alcance, basta que para isso você queira, mas não arranje artifícios para justificar seus medos e dúvidas, pois isso só afastará nossa amizade, mas deixará um vazio que nunca mais conseguiremos preencher.

Wandréia Carneiro

"Talvez eu venha a envelhecer rápido demais.Mas lutarei para que cada dia tenha valido a pena.
Talvez eu sofra inúmeras desilusões no decorrer de minha vida.Mas farei que elas percam a importância diante dos gestos de amor que encontrei.
Talvez eu não tenha forças para realizar todos os meus ideais.Mas jamais irei me considerar um derrotado.
Talvez em algum instante eu sofra uma terrível queda.Mas não ficarei por muito tempo olhando para o chão.
Talvez um dia o sol deixe de brilhar.Mas então irei me banhar na chuva.
Talvez um dia eu sofra alguma injustiça.Mas jamais irei assumir o papel de vítima.
Talvez eu tenha que enfrentar alguns inimigos.Mas terei humildade para aceitar as mãos que se estenderão em minha direção.
Talvez numa dessas noites frias, eu derrame muitas lágrimas.Mas não terei vergonha por esse gesto.
Talvez eu seja enganado inúmeras vezes.Mas não deixarei de acreditar que em algum lugar alguém merece a minha confiança.
Talvez com o tempo eu perceba que cometi grandes erros.Mas não desistirei de continuar trilhando meu caminho.
Talvez com o decorrer dos anos eu perca grandes amizades.Mas irei aprender que aqueles que realmente são meus verdadeiros amigos nunca estarão perdidos.
Talvez algumas pessoas queiram o meu mal.Mas irei continuar plantando a semente da fraternidade por onde passar.
Talvez eu fique triste ao concluir que não consigo seguir o ritmo da música.Mas então, farei que a música siga o compasso dos meus passos.
Talvez eu nunca consiga enxergar um arco-íris.Mas aprenderei a desenhar um, nem que seja dentro do meu coração.
Talvez hoje eu me sinta fraco.Mas amanhã irei recomeçar, nem que seja de uma maneira diferente.
Talvez eu não aprenda todas as lições necessárias.Mas terei a consciência que os verdadeiros ensinamentos já estão gravados em minha alma.
Talvez eu me deprima por não ser capaz de saber a letra daquela música.Mas ficarei feliz com as outras capacidades que possuo.
Talvez eu não tenha motivos para grandes comemorações.Mas não deixarei de me alegrar com as pequenas conquistas.
Talvez a vontade de abandonar tudo torne-se a minha companheira.Mas ao invés de fugir, irei correr atrás do que almejo.
Talvez eu não seja exatamente quem gostaria de ser.Mas passarei a admirar quem sou.Porque no final saberei que, mesmo com incontáveis dúvidas, eu sou capaz de construir uma vida melhor.
E se ainda não me convenci disso, é porque como diz aquele ditado: “ainda não chegou o fim”Porque no final não haverá nenhum “talvez” e sim a certeza de que a minha vida valeu a pena e eu fiz o melhor que podia."

Aristóteles Onassis

Talvez

Talvez não ser,
é ser sem que tu sejas,
sem que vás cortando
o meio dia com uma
flor azul,
sem que caminhes mais tarde
pela névoa e pelos tijolos,
sem essa luz que levas na mão
que, talvez, outros não verão dourada,
que talvez ninguém
soube que crescia
como a origem vermelha da rosa,
sem que sejas, enfim,
sem que viesses brusca, incitante
conhecer a minha vida,
rajada de roseira,
trigo do vento,

E desde então, sou porque tu és
E desde então és
sou e somos...
E por amor
Serei... Serás...Seremos...

Pablo Neruda

Talvez um voltasse, talvez o outro fosse. Talvez um viajasse, talvez outro fugisse. Talvez trocassem cartas, telefonemas noturnos, dominicais, cristais e contas por sedex (...) talvez ficassem curados, ao mesmo tempo ou não. Talvez algum partisse, outro ficasse. Talvez um perdesse peso, o outro ficasse cego. Talvez não se vissem nunca mais, com olhos daqui pelo menos, talvez enlouquecessem de amor e mudassem um para a cidade do outro, ou viajassem junto para Paris (...) talvez um se matasse, o outro negativasse. Seqüestrados por um OVNI, mortos por bala perdida, quem sabe. Talvez tudo, talvez nada

Caio Fernando Abreu

Talvez eu não devesse me preocupar tanto com vc, mas eu me preocupo...
Talvez eu não devesse pensar tanto em vc, mas eu penso...
Talvez eu não devesse cuidar tanto de vc, mas eu cuido...
Talvez eu não devesse fazer tantas coisinhas pra te agradar, mas eu faço...
Talvez eu não devesse ter tanta consideração a vc, mas eu tenho...
Talvez eu não devesse querer tanto que vc participe da minha vida, mas eu
quero...
Talvez eu não devesse ser tão carinhosa com vc, mas eu sou...
Talvez eu não devesse querer tanto dividir com vc as coisas que eu ganho,
mas é com vc que faço questão de dividir...
Talvez eu não devesse ter tanto respeito a vc, mas eu tenho...
Talvez eu não devesse te apoiar tanto nas suas lutas, mas eu apóio...
Talvez eu não devesse ceder tanto em algumas coisas, mas eu cedo...
Talvez eu não devesse te amar tanto, mas eu amo...

E amor...Amor inclui: consideração, cuidado, ceder, respeito, apoio, carinho...Mas, tudo isso deve ser ação não só de um, mas dos dois...

No amor não cabe machismo, nem feminismo, nem egoísmo e nem orgulho...No amor cabe igualdade de valores, desprendimento e humildade...

Amor inclui também saber falar, mas também, e, principalmente, saber ouvir...

Nilza Rodrigues

Ainda pior que a convicção do não
é a incerteza do talvez
é a desilusão de um quase!
É o quase que me incomoda
que me entristece, me mata
Trazendo tudo que poderia ter sido
...e não foi

Sarah Westphal

Talvez seja loucura
Desejar um beijo teu
Suspirar por teus toques.
Me perder em desejos
Sonhar com você,
Acreditar em um amanhã
Ao seu lado...
Dizer a todos
Que seu coração vai ser meu.
Sei que serei louca.
Mas antes louca com os meus
Desejos realizados
Do que uma louca por perder
A chance de sonhar com você
Na minha
Realidade!!!

Desconhecido

Talvez eu sofra inúmeras desilusões
no decorrer de minha vida.
Mas farei que elas percam a importância
diante dos gestos de amor que encontrei

Talvez eu não tenha forças
para realizar todos os meus ideais.
Mas jamais irei me considerar derrotada.

Talvez um dia eu sofra alguma injustiça.
Mas jamais irei assumir o papel de vítima.

Talvez eu tenha que enfrentar alguns inimigos.
Mas terei humildade para aceitar as mãos
que se estenderão em minha direção.

Talvez numa dessas noites frias,
eu derrame muitas lágrimas.
Mas não terei vergonha por esse gesto.

Talvez eu seja enganada inúmeras vezes.
Mas não deixarei de acreditar
que em algum lugar
alguém merece a minha confiança.

Talvez com o tempo
eu perceba que cometi grandes erros.
Mas não desistirei de continuar trilhando
meu caminho.

Talvez com o decorrer dos anos
eu perca grandes amizades.
Mas irei aprender que aqueles que
realmente são meus verdadeiros amigos
nunca estarão perdidos.

talvez algumas pessoas queiram o meu mal.
Mas irei continuar plantando a semente
da fraternidade por onde passar.

Talvez eu não tenha motivos
para grandes comemorações.
Mas não deixarei de me alegrar
com as pequenas conquistas.

Talvez a vontade de abandonar tudo
torne-se a minha companheira. Mas ao invés de fugir,
irei correr atrás do que almejo.

Talvez eu não seja exatamente
quem gostaria de ser.
Mas passarei a admirar quem sou.

Porque no final saberei que,
mesmo com incontáveis dúvidas,
eu sou capaz de construir
uma vida melhor.


E se ainda não me convenci disso,
é porque como diz aquele ditado:

“ainda não chegou o fim
Porque no final não haverá
nenhum “talvez” e sim a certeza
de que a minha vida valeu a pena
e eu fiz o melhor que podia."

Desconhecido

Quando se é demasiado curioso de coisas praticadas nos séculos passados, é comum ficar-se ignorante das que se praticam no presente.

René Descartes

E entre me apaixonar e ser forte, eu sempre escolho aguentar firme por mais um tempo. Talvez por não me sentir capaz de amar qualquer coisa, talvez por não ter mesmo escolha, porque eu não consigo abraçar ninguém por muito tempo e ter saudade de coisas que eu nunca vou ter.

Maria Paula Fraga

Talvez a verdade seja só uma teoria que eu entendi errado. Ou talvez não exista jeito certo de entender.

Maria Paula Fraga

Recado pro espelho

Vamos lá, Maria Paula. Aguenta o tédio, só mais hoje. Levanta dessa cama, pare de existir e recomece a viver. Vamo, vamo, tem tanta coisa lá fora. Aguenta o desastre da rotina, só hoje. Amanhã talvez ele te ligue, ou talvez você consiga não querer que ele te ligue. Talvez você ganhe na mega-sena semana que vem, ou pelo menos comece a jogar. Aguenta até lá. Só mais um dia, mais uma semana. Não desiste. Pisa lá fora, fica firme. Daqui a pouco acontece alguma coisa bem bonita e poderosa pra te fazer feliz. Mas enquanto isso você precisa aprender a sorrir de graça. Vem, não custa nada. Sorri pra mim. Não há nada a perder, e abandonar o mundo não é opção. E de qualquer modo, você sabe que as coisas sempre se resolvem. Então, vamos em frente, vem logo, você não tem escolha. É isso ou desistir de você mesma, não dê razão aos que já fizeram isso, não te abandona, só mais hoje. Amanhã tudo pode acontecer. Mas enquanto nada acontece, você precisa aprender a sorrir de graça. Sorri pra mim. - E eu sorrio, e continuo passando o batom.

Maria Paula Fraga

AS VEZES ME PEGO A PENSAR, PORQUE NOS ARREPENDEMOS DE não TER TOMADO CERTAS DECISÕES, QUANDO ERA NECESSÁRIO SER TOMADAS, TALVEZ POR MEDO, TALVEZ POR NOS TER ACOMODADOS COM A SITUAÇÃO E PENSAR QUE UMA MUDANÇA ASSIM TAO DERREPENTE PODERIA NOS FAZER ARREPENDER NO FUTURO, MAIS É EXATAMENTE ESTE MEDO DE TOMAR AS DECISOES QUE NOS FAZ SOFRER NO FUTURO, E não O CAMINHO QUE DECIDIMOS SEGUIR.

FICO PENSANDO OQUE TERIA ACONTECIDO QUANDO EU ESTAVA CAMINHANDO E NO MEIO DO CAMINHO APARECERAM DOIS CAMINHOS, UM A DIREITA E UM A ESQUERDA, ME LEMBRO DE TER VIRADO A ESUQERDA, não SEI PORQUE MAIS VIREI, SEM AO MENOS TER PERCEBIDO QUE ALI, AO VIRAR DA ESQUINA, MINHA VIDA IRIA MUDAR POR COMPLETO, SEGUI EM FRENTE E ENCONTREI VARIAS ENTRADAS DURANTE A MINHA CAMINHADA, PENSEI VARIAS VEZES EM ENTRAR EM ALGUNS DESVIOS, MAIS O MEDO DE TOMAR A DECISÃO ERRADA ME FEZ SEGUI EM FRENTE, AGORA FICO ME PERGUNTANDO... COMO SERIA SE LÁ TRAS EU TIVESSE VIRADO A ESQUERDA OU A DIREITA NAS DIVERSAS VEZES QUE ME VI EM FRENTE A UMA ENTRADA PARA UM CAMINHO DIFERENTE. SERÁ QUE EU TERIA DADO AQUELA GARGALHADA QUE DEI QUANDO ESTAVA COM MEUS AMIGOS ? TERIA SENTIDO AQUELA ANGUSTIA QUANDO VI QUE OQUE EU MAIS DESEJAVA ESTAVA ME FUGINDO ENTRE OS DEDOS ? SERÁ QUE EU TERIA DEIXADO DE CONHECER AQUELA PESSOA QUE TANTO AMEI E QUE POR IRONIA DO DESTINO E TAMBÉM TALVEZ POR MEDO DAS CONSEQUENCIAS DAS DECISOES, não PÔDE FICAR ???... A VIDA É MESMO ASSIM.. BREVE... CABE A NOS SABERMOS DECIDIR OS CAMINHOS A SER TOMADOS... E MESMO QUE VOCE TENTE SEGUIR O MELHOR CAMINHO... QUANDO VOCE OLHAR PARA TRAS E LEMBRAR DE TODO PERCURSO DA SUA VIDA, VAIS ENCONTRAR AQUELE CAMINHO QUE VOCÊ ATÉ PAROU EM FRENTE DELE, PENSOU... ATÉ MESMO CHEGOU A DAR ALGUNS PASSOS EM SUA DIREÇÃO, MAIS PREFERIU VOLTAR ATRAS E SEGUIR O CAMINHO PRINCIPAL, É POR ISSO QUE DEVEMOS VIVER A VIDA DA MELHOR FORMA POSSIVEL, VIVER OS MELHORES MOMENTOS POSSIVEIS, ACORDAR DE MANHA E SENTIR O DOCE AROMA DA VIDA, NUNCA TENHA MEDO DE DECIDIR, A DECISAO PODE TE LEVAR PARA CAMINHOS BONS OU MAL, MAIS FICAR INDECISO OU TER MEDO DE DECIDIR, não TE LEVA A LUGAR NENHUM, APENAS TE FAZ SOFRER E CONSEQUENTEMENTE FARA SOFRER QUEM VOCE AMA, MAIS QUE, NO FUNDO, ESTA PESSOA FOI ENCONTRADA NESTE CAMINHO DE INDECISAO E MEDO DE ARRISCAR, não É QUE não VALEU A PENA OU QUE não FOI BOM, MAIS NA MAIORIA DAS VEZES PRENDEMOS AS PESSOAS EM NOSSAS VIDAS COM MEDO DE AS DEIXAR IR VIVER OUTRAS EXPERIENCIAS, TALVEZ POR já ESTARMOS ACOSTUMADOS COM A SIMPLES PRESENÇA DESTA PESSOA. MAIS DO QUE VALE A PRESENÇA, SE O PENSAMENTO E O CORAÇÃO não ESTA PRESENTE ? VIVA VIDA INTENSAMENTE...ELA É BREVE DEMAIS PARA SE PRENDER AS PESSOAS POR MEDO DE SOFRER, MAIS VALE VIVER E DEIXAR VIVER DO QUE CHEGAR AO FINAL DO CAMINHO E OLHAR PARA TRAS E VER QUE TUDO QUE FOI FEITO, FOI POR MEDO....

Fabio Oliveira

- Por favor, uma passagem!
- Para qual destino, senhor?
Qual destino ele quer saber. Talvez onde as pessoas deitem em suas camas cansadas de lutar por seus sonhos, e simplesmente, dormem e não aqui onde as pessoas são tristes, e simplesmente, deitam. Queria ir para um lugar onde a boca fosse pequena para o sorriso da minha alma, onde o coração ficasse pequeno por tanto amor, um lugar em que as pessoas dessem importância, dessem carinho, dessem sorrisos. Queria ir para um lugar onde as pessoas se cansam do dia e não do amor, não dos amigos, não dos relacionamento, não da vida.

Wilton Lazarotto

Amar talvez seja dar atenção ao outro, não precisar de palavras para saber como ele está o que se passa, talvez seja dar sem querer nada em troca, pensar não apenas em um futuro próximo juntos sim em uma vida toda. Saber que vocês estão ali para tudo um pelo outro e pelos dois. Amar talvez seja ter vontade de estar sempre perto, de passar horas ali sem se preocupar com nada, morrer de saudades após cinco minutos, saber pedir desculpas sem precisa de um bom motivo. Amar talvez seja saber à hora certa de chegar juntinho e também de recuar, se preocupar literalmente com a outra pessoa. Amar talvez seja saber que você sempre terá uma pessoa que vai te dar apoio, que vai chorar a cada perda sua, que vai sofrer a cada briga, que vai sorrir a cada palavra ou gesto, que vai saber te perdoar, que vai sempre achar que você é o melhor, mesmo que você não tenha feito nem metade do que é capaz, sempre vai te dar um sorriso toda vez que te ver. Amar talvez seja ser tudo e mais um pouco para a outra pessoa. Digo talvez pois quando a gente ama mesmo de verdade e da mesma forma é amado, tudo que sabemos do tal amor é reeditado, nossa história é reescrita e nós simplesmente evoluímos como pessoa. O que não pode haver talvez é na entrega ao amor, é em arriscar-se para vivê-lo, pois, só quando se ama é que a vida passa a ter sentido. Então sem poréns e sem talvez, Ame!

Roger Stankewski

Talvez o tempo não corra linear como água saindo de uma torneira... talvez se pareça mais com catchup saindo aos trancos das antigas embalagens de vidro. Talvez o tempo esteja se lixando pro que eu penso dele. Talvez? Certamente.

Humberto Gessinger

Penso, logo existo. Ou penso, pois existo ? O que existe, nós ou nossos pensamentos ? Talvez nós não estejamos aqui, apenas nossas mentes criando um mundo irreal para o nosso entretenimento, talvez eu seja fruto de sua imaginação, ou talvez você e eu sejamos um fruto da imaginação alheia. Nos questionamos o tempo todo sobre diversas coisas, mas raramente paramos para pensar por que estamos aqui e por que vivemos e sofremos... Devemos nos perguntar ? Não sei, mas mesmo assim eu pergunto, mesmo sem obter as respostas. Eu pergunto, e mesmo sem saber o porquê das perguntas, me pergunto, por que ? Eu não sei, não sei...

Rei Ayanami (Evangelion)

Sobre o que sinto não se é dito sobre o que penso lhe é escondido... Talvez uma defesa... Talvez um instinto...

Bia Nikita

Talvez

O talvez é uma palavra que muitas vezes pode facilitar ou dificultar a vida de alguém...
Talvez eu...; talvez eu poderia; talvez a felicidade estivesse diante dos meus olhos...; talvez eu a tenha perdido.
Em muito o talvez possa significar uma afirmação discreta, ou uma negação concreta, mas na maioria dos casos um “eu não sei”, demonstrando total confusão.
O Talvez é tão complexo que chega a ser trágico ou maluquice decifra-lo... Às vezes passa uma segurança, e no, momento seguinte desordenado, sem controle e impróprio.
Já tive “muitos talvez” em minha vida, e em quase todos foi ele o causador da frustração..., mas em um caso especifico o talvez me intrigue, por que se ele não existisse talvez conseguisse..., provavelmente eu conseguiria...
PROVAVELMENTE!???
Ah essa não!
Talvez; provavelmente; consequentemente; arbitrariamente; distantemente; infelizmente..., talvez...
Talvez o talvez faça mesmo parte de nossas vidas e talvez o mais importante seja seu propósito.
A única certeza que tenho neste momento é que talvez a minha certeza esteja errada e, o talvez, seja provável...
Parece-me agora que o talvez seja o mais certo em minha vida, pois diferente do sim ou do não, que são incógnitas e na maior parte ausentes, o talvez do contrário sempre esteve lá, ou aqui, ou talvez..., mas sempre esteve junto, companhia cativa e permanente...
Talvez... Eternamente.

Emerson PS

Não fui eu que te disse o último eu te amo, e talvez nem seja. Não fui eu a última que se declarou por você em anonimato. Li declarações de um desconhecido e refleti muito sobre isso. Talvez alguém, um alguém a mais esteja apaixonado por você, mais um alguém prestes a se dedicar aos seus apegos e desapegos. Seu aparecer e desaparecer, que chateia, magoa, entristece. Não pelo fato de ir e vir, mas, pelo motivo de nunca avisar se voltará ou não! Os dias passam e eu acabo me esquecendo, de quando foi a última vez que apareceu, quando foi que o vi, ou senti perto de mim próximo o bastante para eu me segurar, ir contra os meus sentimentos, e desapegar-me. Por motivos óbvios de tantos encontros nunca feitos e desfeitos. Talvez por tantas chamadas de últimas horas ou por sentir que era o último momento, último este que ainda não me lembro se realmente será o último! Nayara Almeida

Nayara Almeida

Talvez eu te incomode mesmo. Talvez você realmente cansou de mim. Mas só talvez. Eu tenho tanto pra te falar, eu apenas não consigo. Mas e quando conseguir? Vai ser tarde demais né? Você normalmente não me esperaria. Você não me daria novamente suas mãos pra mim segurar com força. Eu gostaria de tentar de novo, mas acho que você não me incentivaria a continuar falando. Será que você também tem vontade de voltar as coisas como eram antes? Acho que não. Honestamente, eu queria muito que você chegasse, num susto e dissesse “você está errada. Eu nunca vou te deixar”. Mas é nessa hora que eu acordo.

Bianca Munhoz

Sei que já sofreu por amor
Passar por isso ninguém deseja
Mas lembre-se, não fui eu que te disse o último eu te amo,
e TALVEZ nem seja...

Érico Macri