Sumiu

Cerca de 101 frases e pensamentos: Sumiu

JOSÉ

E agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
e agora, José?
e agora, Você?
Você que é sem nome,
que zomba dos outros,
Você que faz versos,
que ama, protesta?
e agora, José?

Está sem mulher,
está sem discurso,
está sem carinho,
já não pode beber,
já não pode fumar,
cuspir já não pode,
a noite esfriou,
o dia não veio,
o bonde não veio,
o riso não veio,
não veio a utopia
e tudo acabou
e tudo fugiu
e tudo mofou,
e agora, José?

E agora, José?
sua doce palavra,
seu instante de febre,
sua gula e jejum,
sua biblioteca,
sua lavra de ouro,
seu terno de vidro,
sua incoerência,
seu ódio, - e agora?

Com a chave na mão
quer abrir a porta,
não existe porta;
quer morrer no mar,
mas o mar secou;
quer ir para Minas,
Minas não há mais.
José, e agora?

Se você gritasse,
se você gemesse,
se você tocasse,
a valsa vienense,
se você dormisse,
se você cansasse,
se você morresse...
Mas você não morre,
você é duro, José!

Sozinho no escuro
qual bicho-do-mato,
sem teogonia,
sem parede nua
para se encostar,
sem cavalo preto
que fuja do galope,
você marcha, José!
José, para onde?

Carlos Drummond de Andrade

Desculpa, eu sei que não faz sentido te escrever agora e já faz tempo desde que esse sentido sumiu. Por minha culpa. Mas é que hoje tem tanta gente aqui e ninguém me vê... Você me viu num momento desses e é do seu olhar que eu sinto falta. Do mundo parando só pra você ser meu.

Verônica H.

Você me fez a pessoa mais feliz do mundo e depois sumiu. Por que?

Pequena Sereia

Pelo curto tempo que você sumiu
Nota-se aparentemente que você subiu
Mas o que eu soube a seu respeito
Me entristeceu, ouvi dizer
Que pra subir você desceu
Você desceu

Todo mundo quer subir
A concepção da vida admite
Ainda mais quando a subida
Tem o céu como limite

Por isso não adianta estar
No mais alto degrau da fama
Com a moral toda enterrada na lama

Mauro Duarte - LAMA

E agora, menina?
A amarelinha borrou
a brincadeira acabou
o faz-de-conta sumiu
o tempo passou,
e agora, menina?
e agora, você?
você que é sem fronteira,
que se busca nos outros,
você que faz amigos,
que se apaixona, odeia?
e agora, menina?


Está sem correntes,
está sem exemplo,
está sem trilha,
já não pode chorar,
já não pode conter,
eximir-se já não pode,
a noite estrelou,
o príncipe não veio,
a liberdade não veio,
o sonho não veio
não veio a perfeição
e tudo virou
e tudo explodiu
e tudo desapontou,
e agora, menina?


E agora, menina?
Seu pronto sorriso,
seu tempo de fantasia,
sua vontade e desespero,
sua festa,
sua roupa de mulher,
seu jeito de criança,
sua inconstância,
seu encantamento – e agora?


Com o desejo no corpo
quer sair pela janela,
não existe volta,
quer correr o mundo,
mas o mundo a engoliu,
quer colo,
Colo não há mais.
Menina, e agora?


Se você ouvisse,
se você recuasse,
se você deixasse
a mão guiá-la,
se você serenasse,
se você pedisse,
se você consentisse...
Mas você não retorna,
você é grande, menina!


Solta na vida
qual gata de muro,
sem medo de altura,
sem beira segura
para se equilibrar,
sem anjo alado
que proteja sua sorte,
você continua, menina!
Menina, para onde?

Valéria Piassa Polizzi

ENTÃO ELA SIMPLESMENTE SUMIU.

E no silêncio houve a exclamação...

Sumiu!!!

Sumi porque minha mente desordenada não permite a constante sensação de que não serás meu, como ela sempre desejou, atordoada ela percebe que você mesmo carregando consigo a certeza que me amará eternamente, prossegue numa busca desorientada a procura de braços e abraços alheios. Isso me consome.
Sumi porque em meus lábios permaneciam com a dolorosa e ultrajante saudade de teus poucos beijos.
Sumi porque minha loucura tomou seu rumo, e a sanidade me ensinou um caminho.
Caminho que me levou para longe de ti, mas não distante o suficiente para conseguir suportar sua falta.
Então de uma vez por toda melhor sumir a permanecer pensando e fazendo besteira cada vez que me via diante de ti, não quero mais sentir aquela paralisia infame quando sinto teu perfume mesmo estando a tão distante.
Sumi porque me fartei de ver em ti indecisão, uma dose cavalar de incerteza e ousadia duvidar de um amor que era só teu.
Duvidou mesmo tendo a veraz certeza que lhe pertencia.
Eu era tua, apenas tua, percorri milênios a tua procura, cansou de me ver em tuas visões, cansou de me olhar em teus sonhos e mesmo já me conhecendo num passado latente, não me prendeu no seu presente.
Então porque deveria eu permanecer no vazio?
Porque habitar terras quais meus pés não poderiam tocar o chão?
Terras que onde minhas intenções e desejos não seriam fontes suficientes para tê-lo para todo o sempre.
Sinto pois você tendo de mim o meu melhor, não viu que tinhas o maior e mais denso esforço da paixão de uma mulher.
Assim sendo, decidi sumir.
Sumi porque você não teve coragem suficiente de lutar por mim, não teve coragem de sair deste seu mundo insólito e desafiar a VIDA face como ela verdadeiramente é.
Sumi porque não quero olhar nos teus olhos e saber que enxerguei o que meu coração quis enxergar, não o que eles realmente viram.
Detesto assumir que errei, mas neste instante alcanço apenas os ecos que entoam o som dos meus erros.
Você foi parte de um futuro que nunca aconteceu, um delírio sem fim que meus impulsos ainda teimam em querer me guiar.
Também detesto admitir que eu te perdi, sinto um seco nó querendo rasgar minhas entranhas, mas confesso mesmo sumindo, desaparecendo, você ainda me persegue em sonhos.
Eu sei que se coça querendo saber se ainda te amo, assumo que sim, mas te amar sem conseguir compreender com este seu ego maldito me causa fúria, então antes que esta fúria caminhe para uns dentes quebrados, um estomago apertado e um coração partido decidi sumir.

Observação: Os dentes quebrados seriam os teus... que isso fique bem claro... rs




Rê Pinheiro

Rê Pinheiro

E Como nada apareceu, do nada sumiu, mas a Saudade ficou e ela é real. De repente O que ocorreu foi só mais um sonho.

Lucas Ismael de Paula

Você já não reflete mais nesse espelho. Sua imagem sumiu da minha mente, seu perfume ninguém mais sente. Eu já entendo o que significa esse vazio, já entendo o porque do mundo estar lento, e meu coração sofrendo. Você foi embora, e esqueceu do adeus. Você foi embora, e esqueceu de mim aqui. Eu não entendo seu coração, nunca entendi. E agora, cadê toda aquela paixão? Porque você foi embora, e eu nem tive tempo de te provar? Porque vou foi caminhar em outro lugar? Eu preciso tanto de você aqui, eu sinto falta do seu abraço. Eu sinto falta de você, sinto falta de tudo aquilo que me fazia te ter.

AmandPetrovic

Meu coração resolveu virar pássaro...
Criou asas, voou e sumiu.

Rafael Kozechen

-Sumiu uai!

- Nada, estou só invertendo as posições, diminuindo as prioridades e dando o valor que você merece.

(K.G.X.S.)

Karla Geovana Xavier de Sousa

Assim que você sumiu do meu MSN, a saudade que sinto digitalizou-se.

Luciano Dias

Quando quis falar, não me ouviu,
quando quis ouvir, se calou,
quando quis te amar, você sumiu,
agora voltou, mais meu amor acabou!

Bruno Kassio

Você sumiu.
Naquele momento eu gostaria de ter dado as respostas mais clichês - “Você me procurou?, ou, “Meu endereço é o mesmo” - Queria ter gritado a mais cruel verdade - “Me afastei pra ver se sentia minha falta” - e outras mil frases que vieram em mente. Suspirei e disse as únicas palavras que consegui:
— Você também sumiu.

Pedro Pinheiro.

Desculpa, eu sei que não faz sentido te escrever agora e já faz tempo desde que esse sentido sumiu. (…) Mas é que hoje tem tanta gente aqui e ninguém me vê… Você me viu num momento desses e é do seu olhar que eu sinto falta. Do mundo parando só pra você ser meu. (…)
Desculpa, eu sei que te incomodo ligando sem parar no seu celular pra dizer nada. Mas sua voz faz a corrida maluca do meu cérebro parar. Cura minhas náuseas da angústia de não saber. E você é tão educado, tão carinhoso. Finge que não atrapalho e pergunta se pode me ligar depois…
(…)
Eu não deixo você seguir em frente, não é?
(…)
Não desiste de mim. Por trás de tanta indecisão tem alguém que precisa de companhia mesmo fingindo que não. Tem alguém que odeia todo mundo num segundo e chora de saudades de todos no segundo seguinte. E de você principalmente. Desculpa. Eu realmente não queria ser assim pra você.

Voltas e voltas em lugar nenhum - Verônica H.

Faz tempo que ele se foi, sumiu sem aviso nem se quer um adeus o ingrato me deu.
Só deixou de presente o vazio no meu peito. Até hoje eu ainda tento preencher, tentei de tudo. Tudo mesmo, de terapia até a oração, e nada leva esse vazio embora.
Mas sabe, eu não o culpo, a vida foi tão cruel com ele. O coitado só apanhava, fez papel de palhaço, servia de brinquedo e sempre acabava machucado e quebrado em vários pedacinhos.Lembro de todas as vezes que cuidei de suas feridas, esperei cicatrizar. Mais não adiantava, logo a história se repetia, e lá estava ele todo dolorido, acabado e iludido de novo.Cansou de ser maltratado, acreditar no amor, amar demais e sofrer.Por isso fugiu.
Eu sinto falta do jeito animado que ele batia forte aqui dentro.Se alguém souber onde se escondeu esse danado,diz que estou sozinha e prometo que não vou me apaixonar . Não! Não dessa vez! Agora vai ser tudo diferente!
Juro que irei mudar, fazer tudo certo, só precisa ficar aqui comigo.Me fazer companhia, ficar quietinho batendo feliz no meu peito.Trazer de voltar a minha ternura, os sonhos e a inocência de ver o mundo como uma criança.

Fernanda Lima

A paz sumiu ao tentar fugir de coisas que insistiam em me perseguir. Tentar fugir pareceu algo avassalador e insensato, mas eu achava que era a única saída. Os sentimentos se perderam depois da primeira lágrima, e ela desceu, desceu rasgando minha pele como uma queimadura feita por água fervente.
Tudo parecia sem sentido, o amor parecia sem sentido, as pessoas pareciam sem sentido. Apesar de tudo isso, o amor sempre continua tendo o sentido mais belo e doloroso de sempre, mas ainda não consigo entender as pessoas.
Quando as dúvidas começam a surgir, a liberdade se perde dentre tanta ilusão. A irrealidade passou a ser algo mais forte e avassalador. E apesar de tudo, consigo me conter.
Achei que perderia a liberdade, mas a perdi ao achar que perderia o amor. O amor é minha liberdade, sem ele, fico presa em um lugar que não existe, mas finjo que existe.
A paz se perdeu entre alguns, o amor foi sonhado por muitos, a ilusão foi sentida por todos. A lágrima nasceu, o sorriso se perdeu e apesar do sofrimento segui. Sentia que aquilo tinha volta, que tudo era apenas invenção da minha cabeça. E o pior de tudo, é que nem tudo era. Tentar fugir do que é real não é invenção, é prisão. A liberdade foge quando o amor não é mais sonhado.
O amor é a base do mundo, o motivo de existirmos, o motivo de nos apaixonarmos, aprendermos e amarmos. O amor é liberdade.
E ainda me perguntam porque eu gosto tanto dele.

Letícia Nogara

Sabe aquela criança que contava seus sonhos e tinha certeza deles? Pois é, ela não sumiu, apenas adormeceu. ACORDE!

Joakim Antonio

Cadê a menina q gritava dentro de mim ? ela sumiu ,desistiu do meu corpo ,tão cansado mais q ainda se mantém em pé . procurei dentro do espelho mais meus olhos não brilhavam mais ,gritei pelas ruas mais era como se eu fosse muda , escutei atrás de cada porta e só o q eu ouvia era o silencio q minha alma fazia .menina te imploro volte atrás, não desista de mim ,entenda que você perdida é só meu corpo contra todos.

rayane destri

VISÃO

Tentei tocar-te com as mãos
mas o teu corpo sumiu
Tentei gritar o teu nome
a minha voz não saiu
tentei correr e alcançar-te
o chão desapareceu
no ar vi-me flutuando
e o vento levando-te
com um aceno de "adeus" …
Tentei chorar
Não encontrei lágrimas
Tentei respirar
Não encontrei ar …
E num soluço inocente,
tão brando
deitei o meu corpo e
fui deixando
o vento também me levar …

Célia Pedroso