Sinceramente

Cerca de 577 frases e pensamentos: Sinceramente

Adoro histórias que falam de amor. Mas, sinceramente?
Romeu de Julieta, de Shakespeare, é de cansar até os mais poéticos... Romeu é bem romântico, do tipo que fala belas palavras - mas raptar Julieta da sacada que é bom NADA!

Huandra Siqueira

Eu sinceramente, não concordo com esse ditado de “gruda que ele pisa, pisa que ele gruda”. Sabe porque? Os relacionamentos que mais duram não são feitos de joguinhos. Se você não dá atenção o suficiente, como espera receber também? Eu acredito, que cada um deve ter seu espaço, mas quem não adora receber uma mensagem de “boa noite” ? Quem não adora escutar um “eu te amo” ? O que ocorre na verdade é que de tanto você “pisar” um dia a pessoa “desgruda”. Então, aprenda: Dê atenção para quem te dá atenção. Na mesma medida, nem mais e nem menos. Sabe porque? Quem gosta de joguinho é criança :)

john silveira

Supondo que esta fosse a última vez que te vejo, gostaria de dizer-te, sinceramente: EU TE AMO!!!
Sem pensar que não é necessário dizê-lo apenas porque penso que você já o sabe...
E ainda aproveitando a ocasião, eu te amo não tanto por quem você é, e sim, por quem eu sou quando estou contigo!
Amo pela simples certeza de tua existência...
Amo pelo teu olhar amoroso e zeloso...
Amo pelo teu sorriso que me enche de luz...
Te amo porque existes, porque estás em algum lugar deste imenso mundo...
E te amo principalmente porque sei que onde estiveres,
a distância e o tempo não importarão e o teu coração ainda será meu, assim como o meu coração aprendeu a ser teu.
Te amo, I love you, Ich liebe dich, io te amo, je t’aime, t’estimo.

Lou Cano

Cansei de você
Nunca imaginei que fosse dizer isso para mim mesma mas sinceramente cansei de você. Valeu a pena cada momento bom que vivemos mas cansei de ser passada para trás, de ser enganada e principalmente enrolada. Você não soube me dar o devido valor e eu te desculpei e te dei várias chances na esperança de sermos felizes. Caí nas suas histórias achando que tudo fosse verdade mas agora vejo que não passou de uma grande falsidade da sua parte. Não sei porque perdi meu precioso tempo contigo. E não sei qual era a graça de me iludir, de fazer mil planos e prometer inúmeras coisas. Quem gosta de verdade quer estar perto nas horas boas e ruins e é sempre compreensivo e por mais que desgaste faz de tudo para melhorar a situação. Por mais que tenha seus motivos, sinto dizer mas, eles não foram suficientes para que acabasse desta forma. Eu te respeitei, te ouvi quando você queria outra chance comigo. Agora quando foi minha vez você simplesmente disse que não queria mais saber e que estava encerrado o assunto ali. Acho que na verdade você nunca me mereceu.
A promessa feita era de que iríamos conversar sempre quando algo estivesse dando errado e pelo visto não foi o que ocorreu. Não irei te pedir desculpas pois não fiz nada a ponto de chegar nesta decisão tão grave. Não pense que sou de ferro pois sou frágil e meu sentimento não acabou porém estou farta disso tudo.
Se não soube lidar com meu pior, só lamento. Boa sorte e tenta um jogo mais fácil.

Mayara Gabrielle

Sinceramente, eu não esperava que você fosse me conquistar assim, de forma tão rápida. Eu não esperava que fosse fazer tanta diferença na minha vida quanto está fazendo. Eu não esperava que minha vida virasse o que é hoje, em tão pouco tempo, e por um único motivo: você. Você não faz parte do meu passado, mas é meu presente e futuro. Eu já criei sonhos contigo, imaginei momentos que quero viver com você. Já fazia algum tempo tempo que não olhava a vida com o olhar de agora. Observar as nuvens passando e desejar que um dia a gente as observe juntos num gramado. Sentir a brisa passar e ter vontade de que ela seja a sua respiração soprando no meu rosto. Abraçar uma almofada e imaginar que ela é você. E sabe, o passado me perturba às vezes, mas não mais como antes, e sim de uma forma diferente. Daquela forma que eu olho pra trás e percebo que tudo aquilo foi apenas um preparo para o que estou vivendo hoje. De uma forma a qual me arrependo de não ter feito tudo isso antes. Mas dizem que tudo que se incia rápido, acaba rápido, não é? E nós vamos provar, juntos, que essa teoria está errada. E por hoje eu só quero te agradecer por ter entrado na minha vida, por ter dado sentido em tudo de uma maneira que eu já estava sentindo falta.

SanctusReal

Sinceramente eu não entendo o porque das guerras...
Por que matar pessoas inocentes, as quais, na verdade, não querem guerriar?
Por que confrontar jovens como se fossem inimigos, se nem ao menos se conhecem?
Por que tanto derramamento de sangue?
Por que tanto ódio?
Por que tanta violência?
Por que tanta ambição pela conquista?
Conquista?
Creio que a verdadeira conquista é a da amizade, da paz, do amor, da fraternidade entre os homens...
Que conquista poderia ser maior que a de um sorriso franco num rosto infantil?
Por que não realizar um gesto de carinho ao invés de se cometer um ato de violência?
Por que não amar ao invés de odiar?
Por que não sarar ao invés de ferir?
Por que não procurar unir os jovens ao invés de intrigá-los?
Por que não salvar vidas ao invés de matar?
Seria tão bom se todos os povos de todas as nações se dessem as mãos e cantassem num só coro uma única canção de amor e paz...
Como seria bom se todos os “muros de Berlim” fossem derrubados e assim o mundo se tornasse um único país e a humanidade um só povo...
Muitas pessoas dizem que a paz mundial não passa de um sonho impossível...Será?
Creio que isso só depende de nós mesmos...

Nilza Rodrigues

Sinceramente, eu não sei
Por que me escolhestes pra ti
E que valor teus olhos viram em mim
Pode alguém como tu
amar tanto alguém como eu

Toque no Altar

Senhor sinceramente, eu não sei
Por que me escolhestes pra ti
E que valor teus olhos viram em mim
Pode alguém como tu
amar tanto alguém como eu.

Toque no Altar

Sinceramente o futuro me amedronta, se é que vamos ter, mais e mais as coisas vem se modificando e tudo se inclina para o lado do martírio, refletindo como num espelho todo nosso desespero.

Paulo Master

Sinceramente. Ser punido ou penalizado por ser sincero e realista é realmente inacreditável! Ser verdadeiro hoje em dia é realmente perigoso, a ponto de quase ser um marginal.

Diego Belo

Sinceramente eu não sei. Não posso dizer que é você quem me faz feliz. Acho que há muito mais coisas do que a felicidade. Isso não me faz bem. Nem a mim, nem a você.

Geissiane Aguiar

Mais um dia chegando ao fim e novamente te encontro em meus pensamentos.
Sinceramente essa dor de sua ausência, hoje, já não é mais acompanhada pelas lágrimas e sim por uma grande vazio: o da saudade.
Ando na contramão da certeza do fim, e, ainda espero seu amor como recompensa pela espera.

JulianaMM

O que é sentido verdadeiramente, sinceramente assim deve ser expressado, por mais que muitas vezes somos capazes e idiotas a ponto de expressar, o que não devia, mas que o tempo mostra o erro, cujo erro não é baseado em arrependimentos, mas sim nas bobagens que acabamos percebendo em que um dia fomos capazes de expressarmos sobre pessoas nas quais com o tempo percebemos o quanto nada deveria ser como um dia já foi.

Gustavo Gutierrez

Sinceramente, eu não sei se suporto mais. Tantas palavras presas, tantas coisas por falar. Eu não sei como me livrar disso, nada é tão fácil como parece. Eu não sou perfeita, e estou cansada de tentar ser.
Cansada de ouvir os problemas de todo mundo e ninguém sequer perguntar se estou bem. Estou cansada de querer fazer parte de uma família que nunca mais será a mesma. E nunca vou me encaixar.
Eu estou cansada de deixar sinais, e ninguém perceber.
Eu sou fraca demais pra pedir ajuda.
Eu sempre quero que percebam, mas eu disfarço muito bem.
Nas discussões eu sempre sou quem leva a pior, sou a primeira a ligar, a pedir desculpa. Mesmo não sendo eu quem errou.
Eu não aguento mais as pessoas me procurando pra pedir conselho sendo que eu nunca sei o que fazer com a minha própria vida.
Estou cheia de sempre estar disponível e quando eu preciso ninguém sequer me ouvir. Eu não quero ser consolada, eu só queria alguém que estivesse do meu lado, que entendesse meu silêncio.
Eu sempre me esforço o máximo para ser o que as pessoas querem, mas elas se esquecem de notar.
O celular continua no mesmo lugar, nenhuma ligação sequer.
Eu policiei minhas atitudes por toda a minha vida porquê não queria ser injusta, muito menos egoísta. Mas acabei sendo egoísta comigo mesma.
Acabei deixando a vida de outra pessoa ser mais importante que a minha.
Deixei as pessoas acreditarem que eu tinha o controle de tudo e que nunca ia me cansar.
Mas eu não me orgulho disso.
Queria poder me desligar um pouco do mundo, sumir por uns tempos, quem sabe. Eu não queria chorar, eu não quero parecer fraca.
Eu só queria ter a coragem de admitir que eu estou realmente cansada.

Laís Rodrigues (justlah)

SINCERAMENTE ADEUS

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Sempre fui um perito em saltar das relações que apresentem o mais leve declínio. Se tem que haver o infarto, que seja fulminante. Morrer a prazo está fora de cogitação para os meus afetos... os meus.
Toda conquista é gradativa, e vale a pena subir degrau por degrau, porque o prazer é assim. É como beber socialmente; gole a gole. Fazer a língua estalar com sutileza no céu da boca, e sentir bem mais do que o sabor... a essência do que se bebe.
Desconquista, não. Ela não pode ser gradativa, porque neste caso, é agonizar. Se há de reduzir a cumplicidade, frear a entrega ou estabelecer parâmetros, é o começo do fim. Contagem regressiva. Quando percebo essa contagem, prefiro ignorar os degraus e ir direto ao fim, pois é melhor me quebrar do que me consumir.
Não quero mais sua tática de me fazer notar que os tempos mudaram. Que já não somos os mesmos daqueles anos. Rejeito a contabilidade ou administração fria de uma nova forma de afeto, por ser uma novidade somente sua.
No que tange a nossa relação, ainda sou aquele menino e os tempos não mudaram. Não me tornei prudente ou probo. Meu afeto não despertou para os novos rumos da realidade que nos rodeia. Posso dizer que não cresci.
Por esse olhar adverso, essa contramão de conceitos que divergem na forma de revivermos nossa história, resolvi dar adeus. As adaptações racionais, as aparas e a contemporização criam sucos gástricos que me consomem nas entranhas do sentimento.
Pulo da escada que você sugere. Vou direto ao chão, para não chegar lentamente à mornura de uma relação básica. Uma espécie de limbo afetivo que não combina com o que já fomos... ou fui por nós.

Demétrio Sena - Magé-RJ.

Garanto-lhe sinceramente minha alma esta em paz. E ela esta tão em paz, que não estou sega, as chagas que acometem a sociedade e talvez seja esta, a real diferença, entre minha condição de visionária e as concepções, de pessoas que por medo e insegurança vivem o ilusório de uma falsa realidade democracia racial, onde a felicidade esta completa, porque é mais fácil fazer de conta que nada acontece, acomodar-se vivendo na ilusão. Ora! Ora! Todos são legalmente tratados como irmãos...É isso. Não amigo, se este é o preço que pago por encarrar o mundo dentro das reais perspectivas que ele se apresenta, então que seja estou doente. kkkk Mas não estou cega!!! Quanto ao exposto a cima, o real objeto de minhas postagens. É na realidade uma expressar, indignação ante uma comparação absurda, de que animais enjaulados, causam a mesma indignação que pessoas negras enjauladas. O que faço aqui é um total combate a qualquer atitude que venha a abalar a autoestima do negro, nesta diáspora ou qualquer lugar, estou em pleno combate as atitudes de entonações racistas e esta é minha bandeira.

Eli Odara Theodoro

Um novo beijo.

É tão bom um beijo seu,
Tem um sabor de quero mais,
E lhe falo sinceramente por Deus,
Se eu pudesse o repetiria uma vez mais.
É algo que me tira desta realidade,

Me transportando a um novo mundo,
Onde só vejo uma verdade,
Que seu beijo me deixa mudo.
E porque eu falaria algo,

Se o que quero é provar seu sabor,
Pra entender que esse pequeno beijo,
Me derrete pelo seu calor.

Sou refém desta lembrança eterna,
Que me perseguirá por toda a vida,
E posso jurar que estarei a espera,
Sonhando que ele virá em um outro dia.

Alex Sanjeri

Eu trafego por todos os setores da sociedade, mas, sinceramente eu não pertenço a nenhuma delas

Renan Bride de Oliveira