Significado nome Rosely

Cerca de 1080 frases e pensamentos: Significado nome Rosely

O amor é uma palavra tão pequena, mas com significado tão enorme, tão sem explicação.
O amor é uma porta que entramos, e nos comprometemos a entrar e nunca sair.
O amor é quando, mesmo em meio as brigas, você olha pra pessoa que você ama e diz :
- Mesmo em meio a defeitos, crises, eu ainda te amo !
O amor é quando mesmo quando se está longe, sentimos falta, e mesmo estando longe sentimos a presença daquele alguém que tanto amamos.
O amor , é quando aquele alguém te promete ligar tal hora, e de minuto e minuto, você verifica o relógio pra chegar logo aquele momento de você falar com quem tanto ama.
O amor, é quando, mesmo depois de uma briga, mesmo você estando certa, volta e pede desculpas.
O amor, aah, o amor... Sentimento que nada consegue explicá-lo, defini-lo nem os homens, nem a ciência, nada ...e se conseguirem? não é amor , pois o amor não é pra ser explicado e sim pra ser sentido.
Por isso ame, e sinta o que tem de melhor nessa vida, o que tem de mais lindo O AMOR !

Mayla Vieira

Significado do sentimento

O sentimento é o tipo de entidade que tem que se mater intacta. Não se pode tocar nem pensar sobre ele. É quase deus para os evangélicos.
Ele é manipulador e cegante. Se o sentimento fosse deus, ao pensar sobre ele automaticamente deixa de existir. A não ser que seja real por ser apaixonante, mas nem sempre é assim.
Ele é mutável e vunerável a qualquer bárbaro que goste de fazer imoralidade e sujeira em um império.
Podemos comparar ele a um imperador que vive pelo suor dos seus suditos. Sim, ele é um imperador ordinário que vive dos sofrimentos aleios.
Mas é vunerável a qualquer pensamento sobre ele. Podre ditador que vive das desgraças dos outros. Colhendo as migalhas dos seus servos miseráveis.
Pobres servos que vivem sem conhecer o ditador. Pobres migalhas colhidas com suor, que vivem para ser produto de troca da escravidão.
Pobre escravidão que nasceu com esse nome tão horrivel. No qual nem ela sabe o significado.
Pobre dicionário que foi escrito pela mão de qualquer pessoa que quis traduzir a vida.
Pobre pessoa que quis traduzir a vida. Pobre desse que vive de sentimentos e tem que procurar no dicionário seus significados.
Pobres palavras sem qualquer significado. Pobre estrangeiro que lê um dicionário de uma lingua desconhecida e não traduz sua vida.
Pobre vida que vive sendo analizada por pensadores fanáticos, imorais, imprudentes e irresponsáveis. Que não ligam para o sentimento, para os significados das palavras nem para nada que possa ser descodificado e modificado a qualquer momento.

Carol Vaz

Tudo passa a ser saudades e um martírio sem fim. Cada coisa toma um significado gigantesco. Ás vezes é melhor não colecionar esses restos. No fim, que fazer com as fotos? Queima-se? Joga-se no lixo em meio ás sobras de comida? Rasgam-se as camisas? Que se há de fazer? Nunca mais visitar aquele restaurante japonês que ele tanto gostava, ou quem sabe evitar aquele filme que a fazia rir feito uma louca esganada? Que se pode lutar contra esse monte de coisa que se torna quase palpável quando o coração é dilacerado em alguns momentos de desespero, em que se procura o outro loucamente, em momentos de saudades absurdas, que a gente invade qualquer buraco, escuta qualquer música que faça lembrar o ser incondicionalmente amado. Como frear as lágrimas diante de um CD que o parceiro tanto apreciava e que dançava desengonçadamente para provocar o riso desenfreado?

Marcella Prado

Tem certas coisas relativas que algumas pessoas tratam como se tivessem um só significado... me dá raiva... pior é que não dá pra conversar com essas pessoas, pois a "conversa" vira discussão... então tá... a vida é do jeito que vc acha... novos horizontes? Nem pensar... mudança de prisma??? Vixxx... pior ainda...

Juliana Tormena

Aprendemos a dar valor às pessoas que realmente conhecem seu significado!

Ericson Freitas

HÁ, MAS SÃO VERDES

Significado: Exclamação referente àquilo que uma pessoa cobiça, mas de que desdenha por estar fora do seu alcance.

Origem: Corresponde a uma das fábulas que La Fontaine, adaptada por Bocage:
Contam que certa raposa,
andando muito esfaimada,
viu roxos, maduros cachos
pendentes de alta latada.
De bom grado os trincaria,
mas sem lhes poder chegar,
disse: "Estão verdes, não prestam,
só cães os podem tragar!"

JoegeSantos

SEM DIZER ÁGUA VAI

Significado: Sem aviso prévio; inesperadamente.

Origem: Quando ainda não havia esgotos nas cidades,
os moradores lançavam a água usada pelas janelas, usando
sempre o indispensável grito de alerta. Água vai...!

É compreensível a intolerância às pessoas que costumavam
lançar seus dejectos à rua sem o costumeiro grito.

JorgeSantos

São nesses momentos que a vida se mostra cheia de luz.De graça.E significado.Tudo passa a valer a pena.FÉ!

Janete Ariana

O unico problema do olhar é não saber seu significado, mais se em apenas, uma troca de olhares rapidos você, soubesse o que ele significa você não ficaria, alimentando, falsas esperanças de um possivel futuro que na verdade nunca irá existir.

Michael Obrain Jr.

Só através da filosofia conseguimos
compreender o mundo e o significado da vida.

Miral Pereira dos santos

Nunca chore diante de pessoas q não sabem o verdadeiro significado d suas lagrimas.Amar é uma arte e nem todo mundo são artistas.

Evanilsom

Aquele que depende dos outros para ser feliz não sabe o verdadeiro significado de Felicidade.

Alexsandra Rios

Era só uma criança, no auge de sua infantilidade e sem conhecimento real do significado de consequência. Por mais que a criança tivesse consciência da culpa, o susto e a dor eram mais fortes, choro e revolta, consequências, inconsequentes. No entanto, aquele que a cuida; recebe; divide; guarda, não somente aquelas, nem apenas a dela diz: amei como ama o amor; não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar, e se não me amou, lamento, sempre o busquei e fiz da minha vida tua vida. Esperei dar-lhe uma vida como nunca tiveres, mas nunca pensei em perder a minha. Descobri que a minha não vale mais ou menos que a tua, mas sem a tua não tenho a minha. Que fiques com a tua e a minha, ao menos em tua memória, pois está já não me pertence, a dei a ti assim como meu coração no dia em que te disse ser para sempre. Te amei, mais do que me amei, mesmo que não tenha me amado como eu sonhei. Que todos saibam que escolhi assim, não ser mais alguém, apenas ser algo, algo que lembrem como bom, que tenha te feito o bem, mesmo que fiques com outro alguém.

Diego de Miranda

O educador nunca será um verdadeiro educador, a menos que leve muito a sério o significado de ensinar.
Porém, o que vemos é que nem os próprios professores se importam com eles mesmos! Onde estão as assembleias de reivindicações?

Claudeci Ferreira de Andrade

Seja lá o que for que faça da vida não tem significado se você não souber o por que esta fazendo...

Dirceu

Amor uma frase tão simples apenas quatro silabas e um significado tão extenso. Se você ama, faça de tudo para não magoar o mais puro coração, aquele que contem uma essência maravilhosa dentro "você".

Clézia Cavalcante

Dizem que os anjos gostariam de ser humanos apenas por um dia, porque eles reconhecem o significado da palavra vida. Mas seria uma honra para os anjos serem meros mortais. Pois gozariam de todos os sentimentos, entenderiam o significado e dariam o devido valor de ter apenas ar enchendo seus pulmões.

Marco Ferreira

Toda minha vida tem sido um processo para entender o significado da graça.
Levou muito tempo para que eu entendesse que não preciso ser perfeita pra deu me amar.

Ivana virginia

Compreendendo o Significado da Nossa Existência Pela Perspectiva Correta

A compreensão do propósito para o qual fomos criados por Deus, e do verdadeiro significado de nossas vidas, depende de que o vejamos pela perspectiva correta, ou seja, pela do espírito eterno que nos foi dado, por termos sidos criados à Sua imagem e semelhança.
Assim, quando um ente querido morre podemos ficar cheios de saudade e até mesmo de tristeza pela ruptura momentânea da companhia que desfrutávamos aqui na Terra.
Porém, isto não significa de modo algum, para aqueles que atendem ao propósito da criação da humanidade por Deus, uma ruptura dos laços de amor e união, que são eternos, e prosseguirão portanto, pela eternidade afora, quando todos estivermos reunidos com Ele no céu.
Assim, juntamos às nossas saudades e tristezas a grande alegria e certeza da esperança de que a morte não passa na verdade de um até breve querido (a).
Seria cruel, se a existência de seres conscientes, que possuem o conhecimento do que seja a vida e a morte, se limitasse apenas ao curto período de vida que temos neste mundo. Mas, como amamos a um Deus que não é cruel, senão perfeito amor, podemos estar certos da Sua fidelidade em cumprir todas as boas promessas que nos fez por estarmos unidos a Jesus Cristo.
As tribulações e perdas que experimentamos deste outro lado do céu não são motivo para descrermos na bondade e amor do Senhor. Ao contrário, é justamente por meio delas que prova o Seu grande amor e misericórdia para conosco, porque em meio a elas, nos fortalece com a Sua graça e nos dá a certeza da Sua sempre presença conosco em toda e qualquer circunstância, e o melhor de tudo, faz com que nisto a nossa fé nEle seja aperfeiçoada, e o nosso caráter é melhorado a cada tentação e provação que são vencidas pelo poder de Jesus Cristo, que opera em nós por meio do Espírito Santo.
Nós podemos ver isto, por exemplo na vida do profeta Jeremias,que quando se encontrava ainda preso no pátio da guarda, por ordem do rei Zedequias, e mesmo ali, encarcerado, o Senhor continuou lhe dando as grandes e preciosas revelações e promessas relativas à Nova Aliança (Jeremias 33).
Ele encorajou o Seu profeta a não ficar intimidado pelas circunstâncias em que se encontrava, mas que continuasse na Sua presença, clamando a Ele, porque lhe responderia ao clamor e lhe anunciaria, ou seja, lhe revelaria as coisas grandes e ocultas relativas ao futuro glorioso do Seu povo, que Jeremias ainda não conhecia, e que não se cumpririam nos seus dias de vida na Terra.
Jerusalém estava sendo invadida pelos babilônios, mas o Senhor ainda faria com os judeus, no futuro, tudo o que está escrito a partir do verso 6, no qual afirma o seguinte:

“Eis que lhe trarei a ela saúde e cura, e os sararei, e lhes manifestarei abundância de paz e de segurança.” (v. 6)

Deus formou Israel para ser um povo santo, e Ele teria este povo santo, quando lhes desse o Messias, porque não somente faria com que voltassem do exílio em Babilônia, mas os edificaria, purificando-lhes de toda a iniquidade do seu pecado contra Ele, e perdoaria todas as suas iniquidades com que haviam pecado e transgredido contra Ele, conforme promessa que já havia feito através do profeta em Jer 31.27-34.
Jerusalém serviria então, conforme a vocação que lhe fora dada por Deus, de nome de júbilo, de louvor e de glória diante de todas as nações da terra, por verem todo o bem e paz que o Senhor daria ao Seu povo (Jer 33.9).
Uma demonstração desta bem-aventurança eterna, quando estivessem reunidos ao Messias, seria o fato de trazê-los de volta de Babilônia para a sua própria terra, na qual eles seriam alegrados novamente por Ele (v. 10 a 14).
E depois disto, ainda lhes daria o Rei justo prometido em Jer 23.5,6, pelo qual seria cumprida a promessa de inauguração de uma Nova Aliança com o Seu povo.
É importante lembrar que mesmo depois da volta dos judeus de Babilônia em 537. a. C, eles tiveram que esperar ainda 570 anos, até a morte e ressurreição de Jesus, quando foi finalmente inaugurada a Nova Aliança prometida.
Por isso o Senhor se referiu ao cumprimento desta promessa como sendo relativa a dias futuros, com a expressão “Eis que vêm os dias, diz o Senhor, em que cumprirei...”.
Ele chamou a Nova Aliança em Cristo, como sendo o cumprimento da boa promessa que havia dado a Israel e a Judá (v. 14). É boa palavra porque se refere à boa nova, ao evangelho, que é o Seu poder para salvar os que creem.
O enfoque da promessa da Nova Aliança não está no povo, mas no Renovo de justiça, que brotaria a Davi e que executaria juízo e justiça na Terra, porque é a Ele que o Pai tem dado o poder de julgar tanto a vivos quanto a mortos, como também de justificar os pecadores que se arrependem e que nEle creem.
É por isso que o povo que se acha debaixo do governo deste Rei justo será chamado pelo nome: O SENHOR É NOSSA JUSTIÇA. Porque é por causa da Sua justiça em nós que temos salvação e segurança eternas (v. 15,16), a saber a Sua justiça eterna e perfeita com a qual somos justificados.
É nele que se cumpriria a promessa feita por Deus a Davi no passado de que não lhe faltaria varão que se assentasse sobre o trono da casa de Israel, e que seria da sua descendência.
Este varão que nunca faltará a Davi, assentado em Seu trono, é Cristo (v. 17).
A segurança deste pacto firmado com Davi é eterna, do mesmo modo que ninguém pode fazer com que deixe de existir dia e noite (v. 20 a 26).

Silvio Dutra

O Significado da Verdadeira Renúncia




“26 Se alguém vier a mim, e não aborrecer a pai e mãe, a mulher e filhos, a irmãos e irmãs, e ainda também à própria vida, não pode ser meu discípulo.
27 Quem não leva a sua cruz e não me segue, não pode ser meu discípulo...
33 Assim, pois, todo aquele dentre vós que não renuncia a tudo quanto possui, não pode ser meu discípulo.” (Lc 14.26, 27, 33).

O verdadeiro significado da renúncia cristã não diz respeito tanto ao que abandonamos e o esforço que realizamos, quanto por quem o fazemos, a saber, se por nós mesmos ou por Cristo.
Este desapego às coisas que mais amamos, inclusive a nós mesmos, conforme nos é imposto pelo Senhor para segui-lO, é de caráter totalmente diferente das renúncias que as pessoas costumam fazer para atingirem seus objetivos, porque elas o fazem por si mesmas e por aquilo que escolhem fazer, e não para Cristo, e segundo a Sua vontade divina.
O cristão é portanto chamado a se auto negar e carregar a cruz que mortificará o seu ego, para poder seguir verdadeiramente a Cristo, de maneira que possa dizer de fato que tem feito a vontade de Deus neste mundo, e não a sua própria vontade.
Nós selecionamos apenas três versículos da porção de Lucas 14.25-35 nos quais Jesus expôs as condições exigidas por Ele para o discipulado, de maneira que aqueles que pretendem segui-lO fazendo a Sua vontade estejam plenamente instruídos quanto ao que será exigido deles para tal, de maneira que possam se armar do pensamento das coisas que terão que fazer e ao que terão que renunciar se pretenderem fazer de fato a vontade de Deus.
Todos os que pretenderem seguir a Cristo têm que contar com o pior, e se prepararem adequadamente.
É possível que muitos discípulos de Jesus pensassem que Ele lhes diria o seguinte: “Se qualquer homem vier a mim, e for meu discípulo, ele terá honras e riquezas em abundância neste mundo.”. Mas Ele lhes disse exatamente o contrário disto, e lhes revelou que deveriam se dispor a deixar tudo o que fosse querido a eles, e deveriam ser desmamados de tudo aquilo em que buscavam o seu conforto e segurança, e que teriam aflições.
Eles deveriam morrer para tudo aquilo que lhes desse conforto e segurança no mundo e morrerem inclusive para si mesmos, não mais vivendo para fazer a vontade do eu, de maneira que pudessem conhecer e praticar a vontade de Deus.
Assim ninguém pode ser discípulo de Cristo se não estiver disposto a contrariar a vontade de seus familiares (v. 26) quando esta vontade entrar em competição com a de Deus. E não somente isto, deve estar disposto a contrariar a sua própria vontade e vida. Se não for sincero nisto e se não o fizer, não poderá ser constante e perseverante na obra de Deus, a não ser que ame mais a Cristo do que qualquer outra coisa neste mundo, e esteja disposto a se separar de tudo aquilo que ele possuir oferecendo-o como um sacrifício para Deus, de maneira que Cristo possa ser glorificado por esta nossa separação para nos consagrarmos inteiramente a Ele (tal como os mártires que não amaram as suas vidas diante da morte).
É somente quando nos separamos dos afetos que nos prendem a este mundo, que somos capacitados a servir melhor a Cristo.
Assim Abraão se separou do próprio país dele, e Moisés da corte de faraó.
Não é feito nesta passagem de Lucas menção a casas e terras porque a filosofia ensinará a olhar para isto com desprezo; mas o cristão considera isto de uma maneira bem mais elevada, por saber que tudo o que o homem amar seja em seu relacionamento com pessoas ou bens, se ele for um discípulo de Cristo, terá que amar menos estas coisas do que a Cristo, e estar disposto a se separar delas caso seja necessário para continuar seguindo ao Senhor.
Não que as pessoas que amamos devam ser em algum grau desprezadas, mas deve ser perdido o conforto e satisfação que achamos nelas para que somente Cristo seja todo o conforto e sustentáculo de nossas vidas. E é a este tipo de renúncia a que o Senhor se refere ao dizer que é necessário renunciar a tudo para ser seu discípulo, isto é, aqueles que pretendem segui-lo não podem ter a razão da sua esperança e conforto em qualquer coisa ou pessoa deste mundo, porque terão que aprender a depender inteiramente do Senhor porque Deus os provará muitas vezes vendo falhar ou faltar estes confortos, e não raro, mesmo aqueles que muito amamos e prezamos se levantarão contra nós quando perceberem a nossa plena disposição de nos consagrarmos inteiramente a Deus.
Quando nosso dever para com nossos pais entrar em competição com nosso dever evidente para Cristo, nós temos que dar a preferência a Cristo. Se nós tivermos que negar a Cristo para não sermos banidos por nossos parentes, nós temos que perder a companhia deles e permanecer fiéis a Cristo.
Todo homem ama a sua própria vida, mas nós não podemos ser discípulos de Cristo se nós não O amamos mais que nossas próprias vidas. A experiência dos prazeres da vida espiritual e a esperança da vida eterna farão com que esta dura declaração do Senhor se torne fácil. Quando a tribulação e a perseguição surgirem por causa da Palavra, então principalmente a tentação será superada se nós amarmos mais a Cristo.
A tentação constante de buscarmos a Deus para que Ele faça a nossa vontade, em vez de nos inteirarmos qual seja a vontade dEle para conosco, para que nos empenhemos em fazê-la, só pode ser tratada pela cruz, que imporá sua sentença de morte sobre os desejos carnais de nossa alma, de forma que sejamos conduzidos pelo Espírito Santo.
Há um grande equívoco em se pensar que uma grande fé é aquela que consegue obter coisas de Deus para própria e exclusiva conveniência pessoal. Mas, ao contrário uma fé verdadeira em exercício nos capacitará a renunciar a tudo e a fazer com amor e paciência perseverante a obra que Deus nos tem designado, enquanto descansamos na Sua promessa de suprir aquilo que nos for necessário.
Esta fé verdadeira em exercício fará muitas petições a Deus, mas somente daquilo que for da Sua vontade, para que possamos continuar a Seu serviço neste mundo, que não devemos amar, e do qual devemos estar desmamados.
A verdadeira fé nunca levará um cristão amadurecido e devidamente instruído a buscar o que seja da sua própria conveniência, mas somente aquilo que é aprovado e conveniente de ser pedido a Deus.
Ele saberá desfrutar o melhor desta vida, sem qualquer ascetismo, mas nada terá o domínio de sua vontade e coração, porque este domínio pertencerá ao Senhor, que sempre quer o melhor para nós.
Os que são verdadeiramente discípulos de Cristo estão construindo uma torre que os aproxima cada vez mais das realidades do céu, e eles sabem que a construção desta torre lhes impõe o custo da mortificação dos seus pecados, da renúncia ao mundo e ao eu, e de tudo o mais que é necessário para permanecerem em sua obediência a Deus.
Eles são também como reis empenhados numa grande guerra contra os poderes das trevas, contra o pecado, e contra as tentações do mundo.
E a vitória nesta guerra lhes exigirá o custo da vigilância, da oração perseverante, de estarem equipados continuamente com toda a armadura de Deus, resistindo firmes na fé ao diabo, vivendo em sobriedade.
Enfim, o discipulado cobra o preço da consagração total a Deus, porque o homem de coração dobre não obterá nada do Senhor. Não se pode servir a dois senhores. Ou se serve a Deus ou às riquezas. Ao que é terreno ou ao que é celestial. Ao que é do Espírito Santo ou ao que é da carne. À luz ou às trevas. Não se pode ter um pouco de um e um pouco de outro nestas coisas citadas. Se tivermos um não teremos o outro. Porque onde estiver o nosso tesouro, ali estará também o nosso coração. Mas é comum que muitos se enganem pensando que estão seguindo a Cristo e fazendo uma obra verdadeira para Deus enquanto não renunciam a tudo quanto devem renunciar para que Cristo e somente Cristo seja o grande prazer e objetivo de suas vidas.
A vida cristã é uma declaração de guerra contra o pecado, o diabo e o mundo, para que almas possam ser resgatadas das trevas para a luz de Jesus. E somente os que têm calculado o custo desta guerra e pago efetivamente o preço necessário poderão desfrutar das grandes vitórias que obterão pelo auxílio da graça do Senhor.
Sem esta renúncia que é imposta aos discípulos de Cristo eles não poderão ter sal em si mesmos para preservar este mundo da corrupção, e salgarem a vida de muitos com o testemunho de suas próprias vidas. Sem renúncia o sal perde o sabor e quando isto acontece é lançado fora e será pisado pelos homens, porque terá perdido a sua função de salgar para preservar. Isto ensina de modo muito claro que o Senhor somente pode usar aqueles que estiverem consagrando efetivamente suas vidas.




xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Veja tudo sobre as Escrituras do Velho Testamento no seguinte link:
http://livrosbiblia.blogspot.com.br/

Veja tudo sobre as Escrituras do Novo Testamento no seguinte link:
http://livrono.blogspot.com.br/

A Igreja tem testemunhado a redenção de Cristo juntamente com o Espírito Santo nestes 2.000 anos de Cristianismo.
Veja várias mensagens sobre este testemunho nos seguintes links:
http://retornoevangelho.blogspot.com.br/
http://poesiasdoevangelho.blogspot.com.br/

A Bíblia também revela as condições do tempo do fim quando Cristo inaugurará o Seu reino eterno de justiça ao retornar à Terra. Com isto se dará cumprimento ao propósito final relativo à nossa redenção.
Veja a apresentação destas condições no seguinte link:
http://aguardandovj.blogspot.com.br/

Silvio Dutra