Sexta

Cerca de 316 frases e pensamentos: Sexta

chegou a sexta feira,
poderia te convidar a sair em uma balada qualquer...... mas não!!!!
poderia te convidar a ir ao culto na igrejinha aqui perto de casa.......
mas não!!!!
poderia apenas convida-la a vim me visitar,
mas não farei nada disso..
porque sei que não estou em sua agenda para este fim de semana,
então quem sabe arruma um tempinho para nós juntos, para o próximo.
Bom fim de semana, com realizações!!!!
divirta-se....

altairtico

Bom Dia Sexta-feira!
Entra por favor e invade minha vida,
traga paz, amor e serenidade, renova
a minha esperança e me conceda a graça
de um sereno final de semana. Obrigada
Deus por esse lindo dia que acaba de
nascer.

Priscilla Rodighiero

lembrei d uma conversa...
com 8 anos uma menina chegou em casa toda apavorada... joelho ralado!
e disse:
"Tia do céu, uma amiga disse que hoje a gente tem que tomar cuidado, que tudo vai dar errado, porque é sexta feira 13! Olha meu joelho, tropecei e cai, ela tava certa, será que os meninos já sabem disso? ! "

a tia que tava séria preparando o almoço até deu risada, e disse:
"Só você mesmo menina! O azar está na cabeça das pessoas, se você pensa que está com azar estará! Pensa como foi seu dia desde a hora que levantou. Não tomou seu banho e café quentinhos? Não foi pra escola e foi tudo bem? !
"Sim, mas olha quando voltei da escola, tropecei machuquei e tá doendo!"
"Mas, só aconteceu porque você estava com isso na cabeça, que nada daria certo! Esperava o que?!

a menina parou... pensou, pensou e ...:
- É mesmo! Verdade!"
É... !

Niva Aragues

Os pecados do mundo podem lhe matar na sexta-feira, ignorar sua existência no sábado, mas quando for no domingo Deus vai levantar a sua vida.

Helgir Girodo

Maravilhoso místico e valoroso são os ânimos em uma sexta feira em uma repartição publica ou privada.

Renato siqueira de souza

“Sexta-feira é igual mulher bonita: quando chega todo mundo se agita.”

Jeferson Calixto

É fácil namorar uma mulher/homem bonita e desfilar na sexta-feira à noite, atualizar o "status" do face, postar fotos comendo nutella. Difícil é ser um porto seguro, alguém que transpasse segurança, que segure a barra quando um ente querido partir. Difícil é manter uma relação quando se está envolvido pela desilusão, pela angustia e frustrações que sua companheira (o) passa. Quando o trabalho nos desgasta ao limite, os estudos nos saturam, as madrugadas viram dia, os sábados viram quartas e os domingos horas de exaustão em busca de um sonho. É difícil ser leal, mas é ainda pior se retratar por um erro. É difícil lutar por um sonho, mas é ainda pior viver sem ele. É difícil ser um companheiro, mas é ainda pior viver na solidão. É difícil ser feliz, mas é ainda pior ser triste. É fácil amar, difícil é manter-se amando sempre.

Wilton Lazarotto

Hoje é sexta...
Jura querido? Quase não consegui notar com essas milhares de publicações. Pra que calendário se temos Facebook?

Dayane Frige

Sexta feira dia 13
Gatos pretos vasculham seu medo
Ansiosos ao receios das surpresas
Na noite cheia do azar e da sorte
Onde muitos nascem
Outros morte.

André Luz Gonçalves

Agosto
mês comprido
com amuleto ou sem...
tem sexta-feira...
e tem 13
não nesse...
Que venha:
sem teima
sem gato,
só manha!

Luciete Valente

Toda Sexta-feira, como se diz em Minas Gerais, é um dia bão.

Gil Nunes

Pra tudo na vida existe o INÍCIO,MEIO E FIM...todo início é no começo,todo meio é na metade e todo o FIM pra mim é o de semana.

leto rocha

Tentamos não gostar de alguém por medo de se machucar de novo e de novo. E foi basicamente isso que me aconteceu. Tentei me controlar tanto que acabei descobrindo que estava gostando de alguém em pleno um amasso com um qualquer numa chuvosa sexta-feira.

Suh Rodrigues

FRIGATRISCAIDECAFOBIA

Vou ministrar-lhes uma suave infusão de mitologia nórdica!

Há contradições, mas tudo indica que Freya e Frigg, deusas de grande importância na mitologia nórdica, sejam dois dos três aspectos diferentes da Grande Deusa. Freya representa a donzela. É a deusa do sexo, da sensualidade, da atração, da beleza, da luxúria, da música, das flores. Indomável, sedutora e voluptuosa, Freya têm gatos sempre por perto. Frigg representa a mãe. É a deusa da fertilidade, do amor, da união, das artes domésticas. É sábia, doce e cautelosa. Friday, a sexta-feira, é o dia dedicado a elas. Ambas são associadas à Vênus do panteão romano e à Afrodite do grego.

Quando ocorreu a cristianização dos países nórdicos, Freya e Frigg passaram a ser consideradas como bruxas. E, a partir de então, tanto o gato, animal que representa Freya, quanto o dia que lhes fora dedicado, passaram a indicar mau agouro.

Em uma ocasião, reza a lenda, foi oferecido por Odin um banquete para 12 deidades do Aesir. Loki, uma das figuras mais complexas e controversas da mitologia nórdica, não fora convidado. Ele não pertencia ao Aesir, embora vivesse ali com os outros deuses. Veja, mesmo sendo considerado o deus do fogo, da mentira e da trapaça, mesmo sendo extremamente traiçoeiro, mesmo gostando de confusão como ninguém e estando envolvido nas maiores tramoias de Asgard, Loki não era um mau sujeito. Na mitologia nórdica não existia essa dicotomia de bem e mal. A divisão era entre ordem e caos. E, para que houvesse equilíbrio, a figura de Loki era muito importante. Como o próprio fogo, ele era a figura que causava a mudança nas situações, que transformava. Geralmente o processo era doloroso, mas o resultado era positivo.

Mas voltemos à lenda: eis que não soou bem para Loki o fato de não ter sido convidado para a confraternização. Então ele tramou um pequeno acontecimento para animar a festa. Era sabido que Balder – deus da justiça e da sabedoria, filho de Frigg e Odir e um dos mais amados entre os deuses – tinha ganhado poderes e se tornado invulnerável, devido a uma série de pactos que sua mãe, Frigg, selara com todas as coisas que poderiam, por ventura, ferir seu amado filho. É que na mitologia nórdica os deuses eram mortais e só conservavam juventude e longevidade pela ingestão das maçãs do pomar de Iduna. Então, se tornou anedota comum, nas ocasiões em que os deuses se reuniam, lançar toda sorte de coisas sobre Balder, para testar sua invulnerabilidade.

Sabendo disso, Loki, que podia mudar de forma, tomou a forma de uma mulher e foi investigar com Frigg possíveis vulnerabilidade de Balder. Acabou extraindo dela a informação de que não fora exigido o pacto de um determinado visgo. A deusa o considerara muito jovem e inofensivo.
Então, em meio ao tal banquete, Loki entrou de penetra. E, no momento em que os deuses lançavam coisas sobre Balder, ele, prestativamente ofereceu a Hod, irmão de Balder, uma flecha feita com um ramo do visgo. Hod era cego e, geralmente, ficava de fora dessas brincadeiras. Mas Loki apontou-lhe a direção em que deveria atirar. A flecha acertou em cheio o coração de Balder e ele morreu.

Em outra ocasião parecida, de uma mitologia bem diversa, rolou um jantarzinho em que o menu era pão e vinho onde havia, a princípio, 11 pessoas reunidas em torno do mais popular do grupo, o líder carismático, até que chegou a persona non grata, fechando um grupo de 13. Eis que, logo depois, essa 13ª pessoa traiu o herói da patota, condenando-o à morte (aliás, numa sexta-feira). A história soa familiar?

Por isso, o número 13 é sempre visto com certa cautela. O fato de, na antiga numeração hebraica, o 13 ser representado pelo mesmo símbolo que a palavra morte e, no tarô, o arcano 13 significar morte, não ajudaram muito a melhorar a reputação do número. Pois é. Mitos à parte, o receio excessivo da sexta-feira 13 chama-se frigatriscaidecafobia. Palavra bonita, não? Nem parece fobia, parece título de nobreza. Na dúvida, sempre que oferecer um evento, evite convidar 12 pessoas (além de você). E, se chamar 11, dê atenção especial à segurança. Ou, se chamar 13, certifique-se de que todas se farão presentes.

Ou ainda, faça como eu. Apenas viva, lembrando-se dessas sábias palavras: “Shit happens!”

Anna Vargas

Quem tiver dinheiro para comprar carne, em nome de Deus,eu libero para comê-la na Sexta Feira Santa!

D. Paulo Evaristo Arns

Ele

Ele acordou numa sexta feira como de costume as sete e quinze, e como de costume observou da janela a casa daquela garota no qual era seu sentido maior da vida ou seja a espera de talvez um milagre. Ele era tímido, feio e bobo com grandes olhos estranhos, e ela era tão docê, tão meiga e todos se apaixonavam perdidamente pela sua voz que sempre ao amanhecer cantava e ecoava um som tão lindo que fazia ele esquecer do quanto estragado e esquisito Deus o tinha feito. Más nesse dia, não era apenas mais um amanhecer que ele acordara as sete e quinze,olhava para a janela e ouvia o som da bela paixão, esse era outro amanhecer, o dia da coragem, o dia que ele se tornaria o homem.
Como possuído por uma forte energia e liberdade, ele vestiu o velho paletó que só usara em ocasiões especiais, calçou seu mais belo par de botas, usou aquele perfume que estava jogado numa gaveta de cuecas rasgadas e deu aquela olhada no espelho e pensou por um instante que não era tão feio o quanto sempre o fizeram acreditar. Saindo de casa ele seguindo aquela voz linda como se fosse migalhas de pão, ele não se sentia mais um covarde e sim um homem prestes a abrir a porta do paraíso. Tocou a campainha e ela surgiu tão perfeita e pura que os olhos estranhos e feios dele paravam e admiravam aquela beldade. Naquele mesmo instante certo que nem sempre quando as nuvens se juntam e o céu fica cinza é sinal de chuva, ela com o tom áspero que não parecia ser aquela linda voz disse amargamente :
___ O que tu queres? Diga rápido pois o tempo é precioso e quando o perdemos , é como se perdessemos uma parte de nossa alma. Ele então prestou total atenção naquela frase, como pode aquela garota tão linda e pura falar do tempo, da alma , e logo pensou que talvez ela estivesse certa, perdeu tanto tempo escondendo se do espelho que talvez ja nem estivesse mais alma. Ele virou se pra a garota dos seus sonhos e não disse uma só palavra, lhe deu as costas e voltou para seu mundo, e o estranho que a imagem da garota não vinha mais a sua cabeça e foi logo que ele abriu os olhos e não eram sete e quinze , sim sete e dez. Seria aquilo um sonho? Seria um aviso? Mas dessa vez era tudo tão real, ao lado dele estava os mais de cem comprimidos que ele tomara naquela noite, foi quando ainda faltavam cinco minutos para o fim, daria para vomitar,correr ao hospital, mas não adiantara, pois o que não se pode ser é obra lamentável do que não se pode criar.

Fernando Luís de jesus

Sexta-Feira 13 não é pior que Segunda-Feira 1, Segunda-Feira 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15... 28, 29, 30, 31.

Mauro Sérgio de Morais

Quando estou triste fecho os olhos e imagino que é sexta-feira.

Lis M. Pinheiro

Sorria como se fosse sexta e verá como as segundas passam melhor.

Vanessa Pimentel