Sertao

Cerca de 133 frases e pensamentos: Sertao

Assim sou


Nasci para ser flor, espinho ou relva;
Quem sabe cactus?
Do sertão o verde; do mato a cor.
Não sei, não sei se sou da rosa o rubro;
Da vida a cor, nasci; assim sou.
Do mar, a concha; da vida, o amor.
... O riso...
Quem sabe a dor?
Não sei, assim nasci.
A estrada longe...
O amor, o desamor.
Assim nasci, assim sou.
A flor do campo; da brisa, o orvalho
A noite; o dia.
A luz, não sei.
Assim sou.
A mata; a duna; o perto; o longe;
O silêncio; o canto;
O barco; a vela; a saudade
Ou a felicidade?
Não sei, assim sou.
O silêncio; o riso;
O Sol; o fim da tarde;
O olhar que partiu; que ficou;
A onda do mar;
O barco que surge; a felicidade;
O pescador; A areia;
O ficar; o verso e o inverso;
O que nem sei dizer se sou;
Assim... sou!

(Ednar Andrade).

EdnarAndrade

"Gotas de orvalho numa folha seca de palma,seria lindo o sertão com água..."

Érwelley C. de Andrade

Do sol escaldante do sertão,
solo rachado,
terra escura,
nasci à prova que o Deus existe.
pingos de graças,
sorriso no rosto,
forró ao entardecer,
benção antes de dormir,
homem que vivi para cuidar da natureza,
assim é o mundo, o mundo do sertão,
dos homens que sabem que depois que a chuva cai na terra,
é hora, hora de depositar no solo sua esperança,
sua riqueza que alimenta a nação.

Reinaldo Vasconcelos Pereira

Água no sertão é como o sol que brilha no horizonte na beira de uma praia, encanta os olhos e massageia o coração dos amantes apaixonados.

Reinaldo Vasconcelos Pereira

Flor do Sertão
Cheiro de Mato
Desejo afago do teu coração
Beijo a solidão
Que voa com o vento
Perdido no tempo
Na melodia da canção

Emiliano Pordeus

Você é o sol dos meus dias nublados , a lua nas minha noites escuras a chuva no meu sertão...e é por isso que eu te dou meu coração.

MarcioS.

Guanambi o sertão baiano te acolhe
Como terra de gente nobre
e de deslumbre encantador
Beija-Flor que aos pés de Santo Antônio
Foi criada e adorada por um povo sonhador
A cidade cresceu Guanambi se tornou!
Nome dado pelos indios que aqui morou
A beleza dessa cidade
nunca foi vista por aqui
Salve!Salve!
A nossa querida e belissima Guanambi!

És aqui autores,pintores e escritores...
Banhado pela sabedoria dessa terra!
Teu horizonte é lindo
E teu sol guarda um brilho especial
Teus montes,teus rios
E ate tua seca me encanta
Oh Guanambi tua beleza me espanta!

Beija-flor!Beija-flor!
São os gritos dados por aqui
Teu céu azul nos direciona a ir,
Ir lutar por trabalho,
Ir lutar com amor
Te amaremos sempre
minha querida!
"Beija-fulôr"

Gabriela Santos

Mais belo que um dia de sol numa região é um dia de chuva no sertão.

Flávio Alexandre

Sertão de Sol
De seca, de melodia
Sertão de Lua
De chuva, de alegria
Sertão de rios correndo para o Mar
Sertão do meu coração:
- Sou Made in Parahyba!

Emiliano Pordeus

Fogo de sertaneja,
o sol que arde no sertão ecoa no intimo dela!
só a água do bem querer para acalmar a labareda,
arde em brasa rubra feito sol do entardecer no sertão,
arde sem queimar, ferve sem vapor,
mas se encontra uma gota de bem querer,
que escorre feito orvalho na relva,
mantem sempre o calor da chama,
até mesmo quando o sereno entibiar-se e amorna,
se acalma, mas nunca se apaga!

ROBSON SANTANA

Tenho orgulho do sertão, gosto do seu cheiro. Tenho orgulho dos meus risos, gosto dos seus ruídos. Tenho orgulho do meu olhar, gosto de suas palavras.

GraciMota

INHAMBU

No amanhecer do sertão
O inhambu com o gavião
Colorindo o céu, que nuvens
Cinza ficará azul.

O sol que ao bater o chão,
Coleirinho e o sabiá branco
Ticou-me meus olhos azuis.

Emanuel Carvalho

FOLHAS EM POEMAS

Espelhos quebrados no
sertão em meus olhos
emaranhado de folhas
em poemas.

Papeis brancos e rascunhos
escritos entre as fissuras
das folhas verdes.

O rio em córrego em
notas musicais pelas
volutas da noite a
escuridão.

Emanuel Carvalho

VERÃO SERTANEJO


O coro das aves do sertão
trina e grasna em um
curto espaço do vento

Seu vôo curto no céu no
verão quente perdidos e
sem rumo sem deixar rastro
em braile.

O sol quente do sertão
arqueia em minhas veias
e cada leito do rio como
cristais brilhos.

Emanuel Carvalho

Eu Sertão

Meu corpo ferido
cicatrizado pela
remoção da poeira.

Verão pela estrada
a pele queimada de
carvão.

Emanuel Carvalho

Êita vida
Vivida com métrica e medida.
Chão de pedra sabão
Som do mar nas geraes, sertão.
Irregular saudade de você
Que está aqui do lado
Aos beijos no largo do enforcado
Entre inconfidentes sorrisos morenos
Brejeiros baianos
Em passagem entre mineiros.

carlos santos

O sertão nordestino nunca vai acordar do pesadelo da fome porque os políticos brasileiros "dormem eternamente em berço esplêndido".

Lucêmio Lopes da Anunciação

"Os olhos negros ficaram cor de luto. A boca seca como o sertão arrido. A sua expressão uma arte sem escola. O coração batia feito sino."

Murillo Leal

Quiça de meu cantinho encravado no sertão eu pudesse ver as muralhas da China, eu pudesse ver o monte Fuji, ou a torre Eiffel, mas os olhos, o olhar não faz curva, não segue o plano da terra, e isso faz com que eu apenas imagine, crie estruturas seculares e milenares na minha imaginação, quem dera o planeta fosse plano, a viagem ocular seria linear sem interferências naturais.
mesmo assim o limite visual não pode ultrapassar a barreira da longitude métrica, próximo,muito próximo,
quiça, meu olhar pudesse atravessar o universo, e entre os planetas longínquos, entre as estrelas entre anjos e santidades eu conseguisse ver Deus, no esplendor de sua moradia celestial.

diógenes Oliveira