Se não Valorizar Perde

Cerca de 2957 frases e pensamentos: Se não Valorizar Perde

Faço sempre o que acho que tem que ser feito.. Se vão valorizar ou não já não é problema meu, a questão é que isso vai da consciência de cada um.. Agir, fazer, amar, sorrir sem pedir nada disso em troca requer muita coragem.. Essa a qual aprendemos a obter ao longo do caminho.. É isso, minha breve reflexão momentânea.

Barbara Ellen

Não deixe de viver a sua vida para valorizar as pessoas. Elas não merecem! E não farão o mesmo por você. Não se iluda!!!

William Asaph

Senão soubermos o q é a dor de uma lágrima...como podemos valorizar o amor de um sorriso?

Carla Toscano

Valorizar a diferença entre os seres humanos é potencializar o que temos de melhor: Nossa complementaridade.

Vinícius soares

Valorizar a si mesmo é o que lhe faz seguir adiante.

L. L. Santos

Cansei de valorizar e não ser valorizado, cansei mas não desisto de ser assim, a esperança é imortal, mas será que é tão difícil de simplesmente retribuir da mesma forma o valor que lhe é oferecido ?

Eddy Henrique

Eu aprendi a me valorizar, apreciar as minhas qualidades e reconhecer os meus defeitos.
Aprendi que a vida por muitas das vezes parece ser severa, mas precisamente ela só quer ensinar e nos me preparar, para quando cairmos, levantarmos e sobressairmos de cabeça erguida e satisfeitos.

Juliana Silva

Os sonhos são frustados quando passamos a valorizar a opinião de outras pessoas.

H. Batista

Que mania esta nossa de valorizar os erros alheios! Esquecemos do exemplo dado no adestramento de cães. O cão que é recompensado por se sair bem, e quando erra é dado uma nova chance sem críticas, aprende com maior rapidez e retem o conteúdo ensinado. E o cão que é criticado? Nada aprende, nada retem se não a mágoa e o medo. Pense nisto quando sua vontade for criticar.

Roger Stankewski

Pare de valorizar coisas fúteis e viva mais intensamente.

Maycon Sena

Ser feliz é saber valorizar pequenos gestos, momentos marcantes e pessoas inéditas.

Leonardo Martins

Tem pessoas que só aprendem a valorizar as verdadeiras amizades e amores quando na vida não mais os encontra! O tempo de cativar é hoje, não amanha! O tempo de dizer eu te amo é agora, não depois! A ajuda tem que acontecer antes do cair, não depois do levantar! Faça e não espere quem façam!

Felipe de Souza Silva

É preciso mergulhar na escuridão para valorizar a LUZ.

Iolanda Brazão

Talvez eu tenha percebido tarde demais, mas agora aprendi a valorizar os detalhes, os olhares,a conversa. A ausência nos ensina muita coisa, e uma delas foi o valor de sua presença.

Yasmin Nobre

Diante do Sol aprendi a valorizar meu precioso dia;
Diante da noite aprendi a grande importância do descanso;
Diante das pessoas aprendi que é importante às vezes pararmos para refletir;
Diante da solidão aprendi o tamanho da importância, de valorizarmos as pessoas a nossa volta;
Diante da desorientação aprendi a importância de descobrirmos o que realmente queremos em nossa vida;
Diante de um objetivo em mente aprendi que para conquistá-lo a instrução é fundamental;
E você o que aprendeu?
Complete esses pensamentos inacabados...

Oeverson Dias Vieira

Cuidado com aqueles que só sabem valorizar a sua beleza ou o que você tem, pois estes serão os primeiros a te abandonar quando você não tiver mais nada disso para oferecer.

Fernando Francisco de Lima ( Fernando Akira Nagano )

É importante valorizar as pequenas coisas, assim como o ritmo se dá nota a nota, passo a passo.
O amor tem na essência a amizade.

Wall de Souza

O bom de gostar das pessoas erradas é que agente aprende a valorizar cada vez mais as pessoas certas.

Paullo Tavares

Quem não é suficientemente sábio para valorizar os presentes da vida, poderá ser condenado a um dia chamar de saudade o que hoje chama de rotina!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

A importância do professor

Valorizar o professor. Capacitá-lo para o exercício pleno de suas atividades como educador. Proporcionar-lhe os instrumentos necessários à sua função primordial: lapidar diamantes. Hoje, esses são os objetivos principais da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Em outras palavras: entendemos o professor como a figura mais importante do processo educativo, em todas as suas esferas. Cabe ao mestre a incumbência de ensinar, orientar, estimular e incentivar crianças e jovens a descobrir suas potencialidades. É uma tarefa nobre e gratificante, mas que exige um esforço e um empenho ininterruptos. Sem o educador seria impossível conceber a sociedade e sua contínua evolução cultural e científica. Afinal, todas as áreas do conhecimento humano dependem do professor para serem apreendidas com eficácia e colocadas em prática com competência e habilidade. A palavra professor vem do latim professore, cujo significado é: aquele que professa ou ensina uma ciência, uma arte, uma técnica, uma disciplina. Mas para que isso aconteça, o professor deve instigar o aluno. Levá-lo à dúvida, à inquietação, à contestação, ao questionamento. A transmissão do saber precisa ser estimulante e prazerosa. Há que se estabelecer entre os mestres e seus aprendizes uma relação de troca porque ensinar também é, antes de tudo, aprender. Educar é um missão que guarda em si um mundo repleto de possibilidades. Entre elas, a capacidade de despertar no outro um sem-número de qualidades adormecidas. Na Grécia Antiga, Sócrates já nos mostrou o caminho com a sua maiêutica. Sem a provocação, sem o questionamento, sem a inquietação, sem as perguntas incessantes do mestre não ocorrerá esse processo pedagógico socrático em que se multiplicam as perguntas a fim de obter um conceito a respeito do objeto em questão. Sem a maiêutica não é possível haver a parturição das idéias. Não se adquire o conhecimento, a sabedoria. Machado de Assis, no clássico Dom Casmurro, mais precisamente no Capítulo 9, nos brinda com sua poesia, ironia e irreverência quando compara a vida e os personagens que a compõem a uma ópera. Vamos pedir licença ao grande gênio da nossa Literatura para utilizar essa metáfora no universo específico da sala de aula. Quem dentre os alunos será o maestro que irá reger os personagens do espetáculo da existência? Quem será barítono, soprano, contralto, tenor? Quem irá optar por conceber a cenografia? Quem será o diretor? Quem será o figurinista? Quem irá compor o coro? Quem serão os bailarinos? Bem, o professor pode até imaginar os rumos que serão seguidos pelos seus alunos, mas isso não é sua tarefa principal. Cabe aos educadores conceder às crianças e jovens o direito de escolha, a partir do momento em que aprenderão sobre a importância de todos os personagens da ópera, inclusive os que optam por ficar nos bastidores. A nobreza do magistério reside justamente na capacidade de transmitir aos aprendizes a beleza e a grandiosidade dessa magnífica experiência que é a vida. Temos por meta preparar o professor para o exercício de uma profissão cada vez mais essencial à formação do ser humano. Por isso estamos realizando capacitações, palestras, teleconferências e seminários. No último mês de maio, por exemplo, reunimos cerca de mil educadores das 89 regionais de ensino do Estado em capacitação realizada no Interior de São Paulo. A idéia é transformá-los em multiplicadores de informação em suas localidades de origem. Acreditamos ser possível conceder ao educador o que lhe é de direito: o respeito de todos e o orgulho por ser quem traz à tona o que as pessoas têm de mais sublime. O professor, para nós, é a alma da educação e a espinha dorsal da sociedade. Sem ela, torna-se impossível adquirir o equilíbrio, a força e a vitalidade necessária para fazer do Brasil um país comprometido com a formação de seus cidadãos. Um país cuja nação será consciente e intelectualmente capaz de construir as bases sólidas que sustentarão os sonhos das novas gerações.


Publicado no Jornal A Tribuna

Gabriel Chalita