Saudades de um Amigo que Morreu

Cerca de 1033 frases e pensamentos: Saudades de um Amigo que Morreu

SE POR MIM MINHA MÃE PERGUNTAR

Se por mim minha mãe perguntar
Diga a ela que estou morto, diga...
Que contrariando sua vontade, fui poeta,
Mas que meus versos eram pobres e as rimas
Não foram o bastante para pagar as contas.

Diga a ela que tive muitos amigos, os melhores.
E que nessa vida amores não me faltaram.
Não diga a ela que meus amores eram putas
Nem que os amigos eram escória.
- Mas diga que amei a todos.

Caso ela descubra, diga que eram moças de família
E por alguns trocados precisavam pagas as contas.
(Não importava a sífilis à insensatez)
E diga que aqueles amigos foram únicos e verdadeiros,
Por mais que a vida eles tenham me tirado.

Não diga à minha mãe que fui alcoólatra ou que
Pouco me alimentava - não mais que um pedaço de pão diário
(Justamente aquele que o diabo amassa)
Ela não suportaria saber que seu filho era ébrio e subnutrido.
Diga a ela que eu adorava doces e de sonhos me alimentava.
(Não diga que os mesmos eu adquiria na cama da boleira - em troca de muito amor)

Tampouco diga que por amor eu vendia minha poesia
Por mais pobres que os versos fossem, minha cama nunca esteve vazia.
Diga a ela que quase me casei, não com uma das putas, mas...
Esquece, diga apenas que pretendentes eu tive.
Não eram todas boas, mas as tive.
E quando se foram - não mais me tiveram.

Diga que fui religioso e comparecia em todas as missas.
Diga que a Deus eu adorava, não que o Diabo eu escrevia.
Conte de minhas amizades paroquiais, exceto que com o vinho
O padre me embebecia e com as freiras eu dormia.
(Aqueles crucifixos e hóstias tinham utilidades)

Diga a ela que fui poeta menino, criança amada e adorada.
Não há nada melhor do que lembrar minha pobre mãe da criança que fui - e morri sendo.
Diga que alegrava a vida das pessoas, não que eu as entristecia.
Diga que constantemente, tristemente eu sentia falta dela.
- A todo momento.

Fui poeta, jovem fino, amante - assassino.
Fui tudo o que não prestou e mais um pouco.
Nunca tive nada e nada me deram!
Exceto o lenitivo da vida, esse eu precisava.
Fui saudoso, fui nostálgico, depressivo - esquizofrênico.

Amorosamente louco, tampouco lúcido e regular.
Tive tudo e ao mesmo tempo nada. Ao nada
Fui reduzido e agora por todos - brevemente - serei esquecido!
Exceto por minha mãe - por ela serei lembrado...
- Com muito amor.

Diego Evair

Não busco amigos por serem raros e preciosos, igual à vida; não busco inimigos são iminentes igual à morte!

EstherRogessi.

Você não tem motivos para sorrir, seus amigo estão mortos, mas sua mente adora pregar peças.

AntisocialQueen

Para onde vou não levarei casas, terras, riquezas, amigos ,carros e com certeza irei sozinho sem nem ao menos caminhar serei levado por parentes e amigos ou ate mesmo desafetos e ninguém ficará comigo então para as minhas filhas terei deixado apenas o conhecimento para que elas possam passar para as próximas gerações. Para os amigos e a historia contemporânea a marca de um cidadão de bom caráter filho de Pedro Clementino e Maria Augusta

Andre sales

Tinha 5 mil amigos no facebook. A esposa "postou" data, hora e local do sepultamento. No dia, todos estavam postando notas de sentimentos, fotos, vídeos e aúdios relacionados ao falecido, além de criarem um grupo no whatsapp só para falar bem dele. Enquanto isso o tempo ia passando e na hora de carregar o caixão, não apareceu 1 amigo.

Adriano Reis

Ah meu amigo... Quanto tempo eu não esperei por aquele abraço de à pouco...agora só queria que tivesse durado alguns milésimos a mais...coisas como isso fazem seu dia, semana, mês ou ano ruim ter valido a pena... Nem que seja só naquele instante...

Victor Cassucci

Nos preparamos para perder
tudo nesta vida,bens materiais
amizades,conquistas.
Nos adaptamos tão bem a
novas condições impostas
pela vida, más nunca estaremos
preparados para perder alguém
que esta ao nosso lado,
não ah como se adaptar
ao vazio deixado por quem
foi tão amado.

Suelen Soares L

Que loucura é a vida... encontro e desencontros, amores que viram conhecidos, amigos que viram lembranças...
Caminhar para a morte... talvez não seja um bom angulo de ver a vida, mas aceitar que é a única certeza que temos é necessário... e viver como se fosse o ultimo dia, tem que ser feito, nem que seja em pequenos detalhes do dia-a-dia... como mudar o percurso de volta para casa, mandar uma mensagem para aquela pessoa que vc morre de medo de não te responda, experimentar novos gostos, sensações, sentimentos...
VIVER DE VERDADE, NÃO APENAS SOBREVIVER...
Vc já fez algo diferente hoje, que te faça sorrir ou até mesmo chorar?! FAÇA... coloque vida, na sua vida

aline ignacio

Eu estava ficando completamente insana. Minhas atitudes não coincidiam mais com minhas palavras, eu era absurda. Era teimosa, exagerada, dramática, tinha o desejo do mundo girar a meu redor, tinha o desejo de seu mundo girar a meu redor. Hoje sou um fundo, sem fundo. Uma alma perdida a procura de um corpo que lhe sirva. Hoje sou a mente que nunca pensa, as pernas que nunca andam. Hoje sou o coração, o que nunca bate por ninguém, a não ser você. Era engraçada, hoje sou apenas desleixada. Era tanto, mais tanto que chegava até a ser de verdade. Hoje sou, sou nada, um fundo sem fundo, uma alma perdida a procura de um corpo que lhe sirva a procura de uma mente que lhe acolha, de um coração que bata por mim de olhos que só me vejam. A procura de alguém. Que com o tempo foi recebendo nome, olhos, boca, com o tempo fui chamando de você.

Giulia Staar

Ele tinha rido, ele tinha chorado, era tudo tão novo, os papeis tinham se invertido. Ele tinha seu corpo coberto por esperanças, tinha seu corpo desejando o dela. Ele encarava a parede, suspirava incontestavelmente, ela era uma droga…Uma das mais viciantes, pode se dizer. Ele sempre precisava dela, e quando o finalmente tinha, era uma das sensações mais loucas e maravilhosas de suas vidas, ele ficava anestesiado, curado, em fim vivo. Mas, quando ela não chegava, não vinha, não aparecia, não ligava, simplesmente fugia… Ele ficava insano, desesperado ele precisava dele acima de qualquer coisa para viver, ele havia entrado em overdose em overdose… do amor? E no dia em que ela não chegou a voltar… Não havia mas a historia de dependência… Dependência de algo que, não o via mais? Que foi embora? E a partir daí ele começou a procurar em todos o que só ela sabia ser… Então começou a ter varias, e deixou de ter uma novamente. Começou a ter tantas que juntas completavam o que ela sabia ser por si só… Uma tinha seu sorriso irônico, outra com as mãos delicadas pintadas sempre das cores mais loucas, uma chegou até mesmo a ter a mesma mania de olhar para cima envergonhada… Mas nenhuma chegava aos seus pés, nenhuma possuía seu cheiro, a maciez de seus cabelos, nem mesmo chegavam a ter a coloração, algumas até podia ter seu humor inconstante, mas não do jeito que ele queria… Ele saia com varias para ter uma só, a que ele desejava a unica que fez ele despertar… Mas já era tarde demais. Ele havia descoberto tarde demais, e hoje o seu maior vicio, sua maior droga… Já tinha se tornado proibida, para a pessoa que mais a desejava.

Giulia Staar

Quando amamos um cão, a dor da sua perda é irreparável, mas o amor é infinito e renovável. O tamanho do sofrimento da sua perda, jamais chegará aos pés do tamanho da riqueza deixada em nossos corações.

Portanto, não é hora de negar uma nova oportunidade de adotar um novo amigo. Que não substituirá o que partiu. Mas nos ajudará a seguir em frente.

Leticia Bergallo

Um dia ela não poderá mais voltar e não irá adiantar você deixar de ser orgulhosa.

Gabriel Petrone

Quando tenho que ir?
Eu não quero, não partir.
Quero viver a vida...
Viver o que não vivi
pois, a muito tempo já percebi que morri.
Quero banhar-me ao mar no verão.
Sentir minhas pernas trêmulas no chão.
De ganhar um beijo roubado...
Pernoitar ouvindo o som na balada
Curtir a revoada da madrugada.
Ver felicitamente o raiar do dia
Ouvir a melodia de um bom dia...
Voltar para casa sem me lamentar
Fazer com que aqui se torne um lar doce lar.

Samanta Bernardi

Pensando sobre a eternidade...
Acredite nela, é ela quem guarda aqueles que não estão mais aqui...

Lukas Bady

Agente perde pessoas que ama e tem que encontrar uma maneira de seguir adiante.

Kristin Hannah

Chuva Fina

Chuva fina
Vem ao relento
Molha minha alma
Com meus sentimentos

Aqui dentro eu percebo
O quanto molha aqui fora
Mas eu estou aqui
E você foi embora

Cada gota que bate
No chão da saudade
Lembra a verdade
Da nossa amizade

Vem a chuva fina
Que eu não estou vendo
Molha o que vê
Também molha aqui dentro

Não entendo chuva
Porque deixou de molhar a alegria
Para que essa florescesse
E desse frutos a cada dia

O que cresceu foram tempestades
Que inundaram minha face
Cada gota que cai
Expressa mais saudades

De que adianta tempestade
Se esta não cultiva a vida
Que florescia radiante
Como era o dia a dia

Nostálgico será
Te ver da carne as cinzas
Chuva escorre em seu sepulcro
Vai chuva fina

Ednilson Emmanoel Cintra

“É necessário regar o coração com a chuva fina, pois onde não se molha nada se brota ”

Ednilson Emmanoel Cintra

Me estrangule e me parta !!!

Ah... o olor imaginário de teus cabelos!
loiros como ti mesma , está a me afagar em um veemente debelo
como outrora , em que muitos homens se escondiam por tua carícia .
Ignorantes vermes de teu sorriso e mal interpretes de tua malícia.

Más, do imaginário , só pude no máximo ser abstrato ,
jamais viria tuas amostragens orais de tua voz , quão brandura!!
sequestrando meus alentos da abrasada e atroz chibata do mal trato
retorcendo tudo em urros.Ah feridas sem cura!!

Quero mais que tudo ,a foz de nossas bocas
em um choque sensitivo e revoltado das fatídicas línguas
resvaladias e de peculiar sabor dado ao tempero de minhas mínguas,
ascendendo minha vital inspiração e poesias de tuas curvas mais rotas

Gabriel Silva Corrêa Lima

Gabriel SIlva Corrêa Lima

Eu continuo sozinha
dentro de mim
Já morri e nasci
mais de mil vezes
Já te amei e deixei de amar
mais de mil também
Engoli sapos
e devolvi rosas
Quando me cortaram os pulso
os costurei com a linha do tempo
Quando perdi a batalha
bati a poeira e continuei a luta
Mas continuo só
Cruzei com muitas pessoas
por muitas cidades
Perdi companheir@s
Guardei-@s na memoria
Ganhei mais amigos
Mas continuo só
Muitos me atravessaram
Ascenderam luzes
e partiram
Colecionei livros e amores
E continuo só
apesar das multidões
a cruzada se faz só
se morre só .

Marcela Melo

NÃO ME DÊ FLORES!

Não me dê flores quando não poderei sentir mais o cheiro delas;
Dê-me presentes, simples, até nem comprados mas que signifique!

Não faça mensagens para a minha missa de sétimo dia,
Me mande um SMS, um Whatsapp, me ligue, me chame ou vá me visitar...
Me diga o que tem que dizer agora, enquanto ouso e posso retribuir!

Não chore em meu velório e nem tão pouco ria nele...
Quer chorar? Que seja comigo, com as dores suas ou minhas...
Quer rir? Que seja de mim ou comigo, mas de algo que vire história...

Não diga com meu corpo presente: Ele era bom, amigo, tão inteligente...
Não sou tão bom, também tem gente que não é meu amigo, e sei muito que pouco sei...

Quer me ver sendo bom? Vem comigo agora e me ajude a ser melhor...
Quer dizer que sou amigo? Venha hoje fazer jus a isso, dia a dia...
Quer dizer que sou inteligente? Me pergunte, me faça duvidar e me ensine...

E assim, quando tiveres diante de minha morada temporária, sim porquê a ressurreição existe!

Quando estiveres assim e me olhar, branquelo, a boca já azul, como se estivesse dormindo...

Dirás calmo: pode ir, que soubemos aproveitar o que pudemos juntos...

E te dou certeza, que sentirão paz, porquê continuarei presente em cada palavra ou gesto, música ou arquitetura etc. que me lembre!

Aproveitemos, e façamos a única coisa que Jesus fez e pediu-nos parar fazer como Ele!

Amar! Uns aos outros!

MOURA OLIVEIRA, João Pedro Rocha de