Salmos da Bíblia

Cerca de 470 frases e pensamentos: Salmos da Bíblia

Que darei eu ao Senhor, por todos os benefícios que me tem feito? Salmos 116:12

Bíblico

Salmo 89


1 Cantarei para sempre o amor do Senhor;
com minha boca anunciarei
a tua fidelidade por todas as gerações.
2 Sei que firme está o teu amor para sempre,
e que firmaste nos céus a tua fidelidade.
3 Tu disseste: "Fiz aliança com o meu escolhido,
jurei ao meu servo Davi:
4 'Estabelecerei a tua linhagem para sempre
e firmarei o teu trono
por todas as gerações' ".
5 Os céus louvam as tuas maravilhas, Senhor,
e a tua fidelidade na assembleia dos santos.
6 Pois quem nos céus
poderá comparar-se ao Senhor?
Quem entre os seres celestiais
assemelha-se ao Senhor?
7 Na assembleia dos santos Deus é temível,
mais do que todos os que o rodeiam.
8 Ó Senhor, Deus dos Exércitos,
quem é semelhante a ti?
És poderoso, Senhor,
envolto em tua fidelidade.
9 Tu dominas o revolto mar;
quando se agigantam as suas ondas,
tu as acalmas.
10 Esmagaste e mataste o Monstro dos Mares;
com teu braço forte
dispersaste os teus inimigos.
11 Os céus são teus, e tua também é a terra;
fundaste o mundo e tudo o que nele existe.
12 Tu criaste o Norte e o Sul;
o Tabor e o Hermom
cantam de alegria pelo teu nome.
13 O teu braço é poderoso;
a tua mão é forte, exaltada é tua mão direita.
14 A retidão e a justiça são os alicerces
do teu trono;
o amor e a fidelidade vão à tua frente.
15 Como é feliz o povo
que aprendeu a aclamar-te, Senhor,
e que anda na luz da tua presença!
16 Sem cessar exultam no teu nome,
e alegram-se na tua retidão,
17 pois tu és a nossa glória e a nossa força,
e pelo teu favor exaltas a nossa força.
18 Sim, Senhor, tu és o nosso escudo,
ó Santo de Israel, tu és o nosso rei.
19 Numa visão falaste um dia,
e aos teus fiéis disseste:
"Cobri de forças um guerreiro,
exaltei um homem escolhido dentre o povo.
20 Encontrei o meu servo Davi;
ungi-o com o meu óleo sagrado.
21 A minha mão o susterá,
e o meu braço o fará forte.
22 Nenhum inimigo o sujeitará a tributos;
nenhum injusto o oprimirá.
23 Esmagarei diante dele os seus adversários
e destruirei os seus inimigos.
24 A minha fidelidade e o meu amor
o acompanharão,
e pelo meu nome aumentará o seu poder.
25 A sua mão dominará até o mar;
sua mão direita, até os rios.
26 Ele me dirá: 'Tu és o meu Pai,
o meu Deus, a Rocha que me salva'.
27 Também o nomearei meu primogênito,
o mais exaltado dos reis da terra.
28 Manterei o meu amor por ele para sempre,
e a minha aliança com ele jamais se quebrará.
29 Firmarei a sua linhagem para sempre,
e o seu trono durará enquanto existirem céus.
30 "Se os seus filhos abandonarem a minha lei
e não seguirem as minhas ordenanças,
31 se violarem os meus decretos
e deixarem de obedecer aos meus mandamentos,
32 com a vara castigarei o seu pecado,
e a sua iniquidade com açoites;
33 mas não afastarei dele o meu amor;
jamais desistirei da minha fidelidade.
34 Não violarei a minha aliança
nem modificarei as promessas dos meus lábios.
35 De uma vez para sempre jurei
pela minha santidade
e não mentirei a Davi,
36 que a sua linhagem permanecerá para sempre,
e o seu trono durará como o sol;
37 será estabelecido para sempre como a lua,
a fiel testemunha no céu."
38 Mas tu o rejeitaste, recusaste-o
e te enfureceste com o teu ungido.
39 Revogaste a aliança com o teu servo
e desonraste a sua coroa, lançando-a ao chão.
40 Derrubaste todos os seus muros
e reduziste a ruínas as suas fortalezas.
41 Todos os que passam o saqueiam;
tornou-se objeto de zombaria
para os seus vizinhos.
42 Tu exaltaste a mão direita dos seus adversários
e encheste de alegria todos os seus inimigos.
43 Tiraste o fio da sua espada
e não o apoiaste na batalha.
44 Deste fim ao seu esplendor
e atiraste ao chão o seu trono.
45 Encurtaste os dias da sua juventude;
com um manto de vergonha o cobriste.
46 Até quando, Senhor?
Para sempre te esconderás?
Até quando a tua ira queimará como fogo?
47 Lembra-te de como é passageira a minha vida.
Terás criado em vão todos os homens?
48 Que homem pode viver e não ver a morte,
ou livrar-se do poder da sepultura?
49 Ó Senhor, onde está o teu antigo amor,
que com fidelidade juraste a Davi?
50 Lembra-te, Senhor,
das afrontas que o teu servo tem sofrido,
das zombarias que no íntimo
tenho que suportar de todos os povos,
51 das zombarias dos teus inimigos, Senhor,
com que afrontam a cada passo o teu ungido.
52 Bendito seja o Senhor para sempre!
Amém e amém.
QUARTO LIVRO

bibliasagrada

Salmo 90



1 Senhor, tu és o nosso refúgio, sempre,
de geração em geração.
2 Antes de nascerem os montes
e de criares a terra e o mundo,
de eternidade a eternidade tu és Deus.
3 Fazes os homens voltarem ao pó,
dizendo: "Retornem ao pó, seres humanos!"
4 De fato, mil anos para ti
são como o dia de ontem que passou,
como as horas da noite.
5 Como uma correnteza, tu arrastas os homens;
são breves como o sono;
são como a relva que brota ao amanhecer;
6 germina e brota pela manhã,
mas, à tarde, murcha e seca.
7 Somos consumidos pela tua ira
e aterrorizados pelo teu furor.
8 Conheces as nossas iniquidades;
não escapam os nossos pecados secretos
à luz da tua presença.
9 Todos os nossos dias passam
debaixo do teu furor;
vão-se como um murmúrio.
10 Os anos de nossa vida chegam a setenta,
ou a oitenta para os que têm mais vigor;
entretanto, são anos difíceis
e cheios de sofrimento,
pois a vida passa depressa,
e nós voamos!
11 Quem conhece o poder da tua ira?
Pois o teu furor é tão grande
como o temor que te é devido.
12 Ensina-nos a contar os nossos dias
para que o nosso coração alcance sabedoria.
13 Volta-te, Senhor! Até quando será assim?
Tem compaixão dos teus servos!
14 Satisfaze-nos pela manhã
com o teu amor leal,
e todos os nossos dias cantaremos felizes.
15 Dá-nos alegria pelo tempo que nos afligiste,
pelos anos em que tanto sofremos.
16 Sejam manifestos os teus feitos
aos teus servos,
e aos filhos deles o teu esplendor!
17 Esteja sobre nós a bondade
do nosso Deus Soberano.
Consolida, para nós,
a obra de nossas mãos;
consolida a obra de nossas mãos!

bibliasagrada

Salmo 91


1 Aquele que habita no abrigo do Altíssimo
e descansa à sombra do Todo-poderoso
2 pode dizer ao Senhor:
"Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza,
o meu Deus, em quem confio".
3 Ele o livrará do laço do caçador
e do veneno mortal.
4 Ele o cobrirá com as suas penas,
e sob as suas asas você encontrará refúgio;
a fidelidade dele será o seu escudo protetor.
5 Você não temerá o pavor da noite
nem a flecha que voa de dia,
6 nem a peste que se move sorrateira
nas trevas,
nem a praga que devasta ao meio-dia.
7 Mil poderão cair ao seu lado;
dez mil, à sua direita,
mas nada o atingirá.
8 Você simplesmente olhará,
e verá o castigo dos ímpios.
9 Se você fizer do Altíssimo o seu abrigo,
do Senhor o seu refúgio,
10 nenhum mal o atingirá,
desgraça alguma chegará à sua tenda.
11 Porque a seus anjos ele dará ordens
a seu respeito,
para que o protejam em todos
os seus caminhos;
12 com as mãos eles o segurarão,
para que você não tropece em alguma pedra.
13 Você pisará o leão e a cobra;
pisoteará o leão forte e a serpente.
14 "Porque ele me ama, eu o resgatarei;
eu o protegerei, pois conhece o meu nome.
15 Ele clamará a mim, e eu lhe darei resposta,
e na adversidade estarei com ele;
vou livrá-lo e cobri-lo de honra.
16 Vida longa eu lhe darei,
e lhe mostrarei a minha salvação."

bibliasagrada

Salmo 92



1 Como é bom render graças ao Senhor
e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo;
2 anunciar de manhã o teu amor leal
e de noite a tua fidelidade,
3 ao som da lira de dez cordas e da cítara,
e da melodia da harpa.
4 Tu me alegras, Senhor, com os teus feitos;
as obras das tuas mãos
levam-me a cantar de alegria.
5 Como são grandes as tuas obras, Senhor,
como são profundos os teus propósitos!
6 O insensato não entende, o tolo não vê
7 que, embora os ímpios brotem como a erva
e floresçam todos os malfeitores,
eles serão destruídos para sempre.
8 Pois tu, Senhor, és exaltado para sempre.
9 Mas os teus inimigos, Senhor,
os teus inimigos perecerão;
serão dispersos todos os malfeitores!
10 Tu aumentaste a minha força
como a do boi selvagem;
derramaste sobre mim óleo novo.
11 Os meus olhos contemplaram a derrota
dos meus inimigos;
os meus ouvidos escutaram a debandada
dos meus maldosos agressores.
12 Os justos florescerão como a palmeira,
crescerão como o cedro do Líbano;
13 plantados na casa do Senhor,
florescerão nos átrios do nosso Deus.
14 Mesmo na velhice darão fruto,
permanecerão viçosos e verdejantes,
15 para proclamar que o Senhor é justo.
Ele é a minha Rocha;
nele não há injustiça.

bibliasagrada

Salmo 111



1 Aleluia!
Darei graças ao Senhor de todo o coração
na reunião da congregação dos justos.
2 Grandes são as obras do Senhor;
nelas meditam todos os que as apreciam.
3 Os seus feitos manifestam
majestade e esplendor,
e a sua justiça dura para sempre.
4 Ele fez proclamar as suas maravilhas;
o Senhor é misericordioso e compassivo.
5 Deu alimento aos que o temiam,
pois sempre se lembra de sua aliança.
6 Mostrou ao seu povo os seus feitos poderosos,
dando-lhe as terras das nações.
7 As obras das suas mãos são fiéis e justas;
todos os seus preceitos merecem confiança.
8 Estão firmes para sempre,
estabelecidos com fidelidade e retidão.
9 Ele trouxe redenção ao seu povo
e firmou a sua aliança para sempre.
Santo e temível é o seu nome!
10 O temor do Senhor
é o princípio da sabedoria;
todos os que cumprem os seus preceitos
revelam bom senso.
Ele será louvado para sempre!

bibliasagrada

Salmo 116



1 Eu amo o Senhor, porque ele me ouviu
quando lhe fiz a minha súplica.
2 Ele inclinou os seus ouvidos para mim;
eu o invocarei toda a minha vida.
3 As cordas da morte me envolveram,
as angústias do Sheol vieram sobre mim;
aflição e tristeza me dominaram.
4 Então clamei pelo nome do Senhor:
Livra-me, Senhor!
5 O Senhor é misericordioso e justo;
o nosso Deus é compassivo.
6 O Senhor protege os simples;
quando eu já estava sem forças, ele me salvou.
7 Retorne ao seu descanso, ó minha alma,
porque o Senhor tem sido bom para você!
8 Pois tu me livraste da morte,
livraste os meus olhos das lágrimas
e os meus pés de tropeçar,
9 para que eu pudesse andar diante do Senhor
na terra dos viventes.
10 Eu cri, ainda que tenha dito:
Estou muito aflito.
11 Em pânico eu disse:
Ninguém merece confiança.
12 Como posso retribuir ao Senhor
toda a sua bondade para comigo?
13 Erguerei o cálice da salvação
e invocarei o nome do Senhor.
14 Cumprirei para com o Senhor
os meus votos,
na presença de todo o seu povo.
15 O Senhor vê com pesar
a morte de seus fiéis.
16 Senhor, sou teu servo,
Sim, sou teu servo, filho da tua serva;
livraste-me das minhas correntes.
17 Oferecerei a ti um sacrifício de gratidão
e invocarei o nome do Senhor.
18 Cumprirei para com o Senhor
os meus votos,
na presença de todo o seu povo,
19 nos pátios da casa do Senhor,
no seu interior, ó Jerusalém!
Aleluia!

bibliasagrada

Salmo 118



1 Deem graças ao Senhor porque ele é bom;
o seu amor dura para sempre.
2 Que Israel diga:
"O seu amor dura para sempre!"
3 Os sacerdotes digam:
"O seu amor dura para sempre!"
4 Os que temem o Senhor digam:
"O seu amor dura para sempre!"
5 Na minha angústia clamei ao Senhor;
e o Senhor me respondeu,
dando-me ampla liberdade.
6 O Senhor está comigo, não temerei.
O que me podem fazer os homens?
7 O Senhor está comigo;
ele é o meu ajudador.
Verei a derrota dos meus inimigos.
8 É melhor buscar refúgio no Senhor
do que confiar nos homens.
9 É melhor buscar refúgio no Senhor
do que confiar em príncipes.
10 Todas as nações me cercaram,
mas em nome do Senhor eu as derrotei.
11 Cercaram-me por todos os lados,
mas em nome do Senhor eu as derrotei.
12 Cercaram-me como um enxame de abelhas,
mas logo se extinguiram
como espinheiros em chamas.
Em nome do Senhor eu as derrotei!
13 Empurraram-me para forçar a minha queda,
mas o Senhor me ajudou.
14 O Senhor é a minha força e o meu cântico;
ele é a minha salvação.
15 Alegres brados de vitória
ressoam nas tendas dos justos:
"A mão direita do Senhor age com poder!
16 A mão direita do Senhor é exaltada!
A mão direita do Senhor age com poder!"
17 Não morrerei; mas vivo ficarei
para anunciar os feitos do Senhor.
18 O Senhor me castigou com severidade,
mas não me entregou à morte.
19 Abram as portas da justiça para mim,
pois quero entrar para dar graças ao Senhor.
20 Esta é a porta do Senhor,
pela qual entram os justos.
21 Dou-te graças, porque me respondeste
e foste a minha salvação.
22 A pedra que os construtores rejeitaram
tornou-se a pedra angular.
23 Isso vem do Senhor,
e é algo maravilhoso para nós.
24 Este é o dia em que o Senhor agiu;
alegremo-nos e exultemos neste dia.
25 Salva-nos, Senhor! Nós imploramos.
Faze-nos prosperar, Senhor! Nós suplicamos.
26 Bendito é o que vem em nome do Senhor.
Da casa do Senhor nós os abençoamos.
27 O Senhor é Deus,
e ele fez resplandecer sobre nós a sua luz.
Juntem-se ao cortejo festivo,
levando ramos até as pontas do altar.
28 Tu és o meu Deus; graças te darei!
Ó meu Deus, eu te exaltarei!
29 Deem graças ao Senhor, porque ele é bom;
o seu amor dura para sempre.

bibliasagrada

salmo 4



1 Responde-me quando clamo,
ó Deus que me fazes justiça!
Dá-me alívio da minha angústia;
tem misericórdia de mim
e ouve a minha oração.
2 Até quando vocês, ó poderosos,
ultrajarão a minha honra?
Até quando estarão amando ilusões
e buscando mentiras?
3 Saibam que o Senhor escolheu o piedoso;
o Senhor ouvirá quando eu o invocar.
4 Quando vocês ficarem irados, não pequem;
ao deitar-se, reflitam nisso
e aquietem-se.5 Ofereçam sacrifícios como Deus exige
e confiem no Senhor.
6 Muitos perguntam:
"Quem nos fará desfrutar o bem?"
Faze, ó Senhor, resplandecer sobre nós
a luz do teu rosto!
7 Encheste o meu coração de alegria,
alegria maior do que a daqueles
que têm fartura de trigo e de vinho.
8 Em paz me deito e logo adormeço,
pois só tu, Senhor,
me fazes viver em segurança.

bibliasagrada

salmo 7


1 Senhor, meu Deus, em ti me refugio;
salva-me e livra-me de todos
os que me perseguem,
2 para que, como leões,
não me dilacerem nem me despedacem,
sem que ninguém me livre.
3 Senhor, meu Deus, se assim procedi,
se nas minhas mãos há injustiça,
4 se fiz algum mal a um amigo
ou se poupei sem motivo o meu adversário,
5 persiga-me o meu inimigo até me alcançar,
no chão me pisoteie e aniquile a minha vida,
lançando a minha honra no pó.
6 Levanta-te, Senhor, na tua ira;
ergue-te contra o furor dos meus adversários.
Desperta-te, meu Deus! Ordena a justiça!
7 Reúnam-se os povos ao teu redor.
Das alturas reina sobre eles.
8 O Senhor é quem julga os povos.
Julga-me, Senhor, conforme a minha justiça,
conforme a minha integridade.
9 Deus justo,
que sondas a mente e o coração dos homens,
dá fim à maldade dos ímpios
e ao justo dá segurança.
10 O meu escudo está nas mãos de Deus,
que salva o reto de coração.
11 Deus é um juiz justo,
um Deus que manifesta cada dia o seu furor.
12 Se o homem não se arrepende,
Deus afia a sua espada,
arma o seu arco e o aponta,
13 prepara as suas armas mortais
e faz de suas setas flechas flamejantes.
14 Quem gera a maldade concebe sofrimento
e dá à luz a desilusão.
15 Quem cava um buraco e o aprofunda
cairá nessa armadilha que fez.
16 Sua maldade se voltará contra ele;
sua violência cairá sobre a sua própria cabeça.
17 Darei graças ao Senhor por sua justiça;
ao nome do Senhor Altíssimo
cantarei louvores.

bibliasagrada

salmo 5


1 Escuta, Senhor, as minhas palavras,
considera o meu gemer.
2 Atenta para o meu grito de socorro,
meu Rei e meu Deus,
pois é a ti que imploro.
3 De manhã ouves, Senhor, o meu clamor;
de manhã te apresento a minha oração
e aguardo com esperança.
4 Tu não és um Deus
que tenha prazer na injustiça;
contigo o mal não pode habitar.5 Os arrogantes não são aceitos
na tua presença;
odeias todos os que praticam o mal.
6 Destróis os mentirosos;
os assassinos e os traiçoeiros
o Senhor detesta.
7 Eu, porém, pelo teu grande amor,
8 entrarei em tua casa;
com temor me inclinarei
para o teu santo templo.


Conduze-me, Senhor, na tua justiça,
por causa dos meus inimigos;
aplaina o teu caminho diante de mim.
9 Em seus lábios não há palavra confiável;
a mente deles só trama destruição.
A garganta é um túmulo aberto;
com a língua enganam sutilmente.
10 Condena-os, ó Deus!
Caiam eles por suas próprias maquinações.
Expulsa-os por causa dos seus muitos crimes,
pois se rebelaram contra ti.
11 Alegrem-se, porém,
todos os que se refugiam em ti;
cantem sempre de alegria!
Estende sobre eles a tua proteção.
Em ti exultem os que amam o teu nome.
12 Pois tu, Senhor, abençoas o justo;
o teu favor o protege como um escudo.

bibliasagrada

salmo 9


1 Senhor, quero dar-te graças de todo o coração
e falar de todas as tuas maravilhas.
2 Em ti quero alegrar-me e exultar,
e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo.
3 Quando os meus inimigos
contigo se defrontam,
tropeçam e são destruídos.
4 Pois defendeste o meu direito e a minha causa;
em teu trono te assentaste,
julgando com justiça.
5 Repreendeste as nações e destruíste os ímpios;
para todo o sempre apagaste o nome deles.
6 O inimigo foi totalmente arrasado,
para sempre;
desarraigaste as suas cidades;
já não há quem delas se lembre.
7 O Senhor reina para sempre;
estabeleceu o seu trono para julgar.
8 Ele mesmo julga o mundo com justiça;
governa os povos com retidão.
9 O Senhor é refúgio para os oprimidos,
uma torre segura na hora da adversidade.
10 Os que conhecem o teu nome confiam em ti,
pois tu, Senhor, jamais abandonas
os que te buscam.
11 Cantem louvores ao Senhor,
que reina em Sião;
proclamem entre as nações os seus feitos.
12 Aquele que pede contas do sangue derramado
não esquece;
ele não ignora o clamor dos oprimidos.
13 Misericórdia, Senhor!
Vê o sofrimento que me causam
os que me odeiam.
Salva-me das portas da morte,
14 para que, junto às portas da cidade de Sião,
eu cante louvores a ti
e ali exulte em tua salvação.
15 Caíram as nações na cova que abriram;
os seus pés ficaram presos
no laço que esconderam.
16 O Senhor é conhecido
pela justiça que executa;
os ímpios caem em suas próprias armadilhas.
Interlúdio.
17 Voltem os ímpios ao pó,
todas as nações que se esquecem de Deus!
18 Mas os pobres nunca serão esquecidos,
nem se frustrará a esperança dos necessitados.
19 Levanta-te, Senhor!
Não permitas que o mortal triunfe!
Julgadas sejam as nações na tua presença.
20 Infunde-lhes terror, Senhor;
saibam as nações
que não passam de seres humanos.

bibliasagrada

salmo 3



1 Senhor, muitos são os meus adversários!
Muitos se rebelam contra mim!
2 São muitos os que dizem a meu respeito:
"Deus nunca o salvará!"
3 Mas tu, Senhor,
és o escudo que me protege;
és a minha glória
e me fazes andar de cabeça erguida.
4 Ao Senhor clamo em alta voz,
e do seu santo monte ele me responde.
5 Eu me deito e durmo, e torno a acordar,
porque é o Senhor que me sustém.
6 Não me assustam os milhares que me cercam.
7 Levanta-te, Senhor!
Salva-me, Deus meu!
Quebra o queixo de todos os meus inimigos;
arrebenta os dentes dos ímpios.
8 Do Senhor vem o livramento.
A tua bênção está sobre o teu povo.

bibliasagrada

salmo 2


1 Por que se amotinam as nações
e os povos tramam em vão?
2 Os reis da terra tomam posição
e os governantes conspiram unidos
contra o Senhor e contra o seu ungido,
e dizem:
3 "Façamos em pedaços as suas correntes,
lancemos de nós as suas algemas!"
4 Do seu trono nos céus
o Senhor põe-se a rir e caçoa deles.
5 Em sua ira os repreende
e em seu furor os aterroriza, dizendo:
6 "Eu mesmo estabeleci o meu rei
em Sião, no meu santo monte".
7 Proclamarei o decreto do Senhor:
Ele me disse: "Tu és meu filho;
eu hoje te gerei.
8 Pede-me, e te darei as nações como herança
e os confins da terra como tua propriedade.
9 Tu as quebrarás com vara de ferro
e as despedaçarás como a um vaso de barro".
10 Por isso, ó reis, sejam prudentes;
aceitem a advertência, autoridades da terra.
11 Adorem o Senhor com temor;
exultem com tremor.
12 Beijem o filho, para que ele não se ire
e vocês não sejam destruídos de repente,
pois num instante acende-se a sua ira.
Como são felizes todos os que nele se refugiam!

bibliasagrada

salmo 10


1 Senhor, por que estás tão longe?
Por que te escondes em tempos de angústia?
2 Em sua arrogância o ímpio persegue o pobre,
que é apanhado em suas tramas.
3 Ele se gaba de sua própria cobiça
e, em sua ganância,
amaldiçoa e insulta o Senhor.
4 Em sua presunção o ímpio não o busca;
não há lugar para Deus
em nenhum dos seus planos.
5 Os seus caminhos prosperam sempre;
tão acima da sua compreensão estão as tuas leis
que ele faz pouco caso
de todos os seus adversários,
6 pensando consigo mesmo: "Nada me abalará!
Desgraça alguma me atingirá,
nem a mim nem aos meus descendentes".
7 Sua boca está cheia de maldições,
mentiras e ameaças;
violência e maldade estão em sua língua.
8 Fica à espreita perto dos povoados;
em emboscadas mata os inocentes,
procurando às escondidas as suas vítimas.
9 Fica à espreita como o leão escondido;
fica à espreita para apanhar o necessitado;
apanha o necessitado e o arrasta para a sua rede.
10 Agachado, fica de tocaia;
as suas vítimas caem em seu poder.
11 Pensa consigo mesmo: "Deus se esqueceu;
escondeu o rosto e nunca verá isto".
12 Levanta-te, Senhor!
Ergue a tua mão, ó Deus!
Não te esqueças dos necessitados.
13 Por que o ímpio insulta a Deus,
dizendo no seu íntimo:
"De nada me pedirás contas!"?
14 Mas tu enxergas o sofrimento e a dor;
observa-os para tomá-los em tuas mãos.
A vítima deles entrega-se a ti;
tu és o protetor do órfão.
15 Quebra o braço do ímpio e do perverso,
pede contas de sua impiedade
até que dela nada mais se ache.
16 O Senhor é rei para todo o sempre;
da sua terra desapareceram os outros povos.
17 Tu, Senhor, ouves a súplica dos necessitados;
tu os reanimas e atendes ao seu clamor.
18 Defendes o órfão e o oprimido,
a fim de que o homem, que é pó,
já não cause terror.

bibliasagrada

salmo 1


1 Como é feliz aquele
que não segue o conselho dos ímpios,
não imita a conduta dos pecadores,
nem se assenta na roda dos zombadores!
2 Ao contrário, sua satisfação
está na lei do Senhor,
e nessa lei medita dia e noite.
3 É como árvore plantada
à beira de águas correntes:
Dá fruto no tempo certo
e suas folhas não murcham.
Tudo o que ele faz prospera!
4 Não é o caso dos ímpios!
São como palha que o vento leva.
5 Por isso os ímpios
não resistirão no julgamento
nem os pecadores na comunidade dos justos.
6 Pois o Senhor aprova o caminho dos justos,
mas o caminho dos ímpios leva à destruição!

bibliasagrada

salmo 6



1 Senhor, não me castigues na tua ira
nem me disciplines no teu furor.
2 Misericórdia, Senhor, pois vou desfalecendo!
Cura-me, Senhor, pois os meus ossos tremem:
3 todo o meu ser estremece.
Até quando, Senhor, até quando?
4 Volta-te, Senhor, e livra-me;
salva-me por causa do teu amor leal.5 Quem morreu não se lembra de ti.
Entre os mortos, quem te louvará?
6 Estou exausto de tanto gemer.
De tanto chorar inundo de noite
a minha cama;
de lágrimas encharco o meu leito.
7 Os meus olhos se consomem de tristeza;
fraquejam por causa de todos
os meus adversários.
8 Afastem-se de mim
todos vocês que praticam o mal,
porque o Senhor ouviu o meu choro.
9 O Senhor ouviu a minha súplica;
o Senhor aceitou a minha oração.
10 Serão humilhados e aterrorizados
todos os meus inimigos;
frustrados, recuarão de repente.

bibliasagrada

salmo 11



1 No Senhor me refugio.
Como então vocês podem dizer-me:
"Fuja como um pássaro para os montes"?
2 Vejam! Os ímpios preparam os seus arcos;
colocam as flechas contra as cordas
para das sombras as atirarem
nos retos de coração.
3 Quando os fundamentos
estão sendo destruídos,
que pode fazer o justo?
4 O Senhor está no seu santo templo;
o Senhor tem o seu trono nos céus.
Seus olhos observam;
seus olhos examinam os filhos dos homens.
5 O Senhor prova o justo,
mas o ímpio e a quem ama a injustiça,
a sua alma odeia.
6 Sobre os ímpios ele fará chover
brasas ardentes e enxofre incandescente;
vento ressecante é o que terão.
7 Pois o Senhor é justo e ama a justiça;
os retos verão a sua face.

bibliasagrada

salmo 12


1 Salva-nos, Senhor!
Já não há quem seja fiel;
já não se confia em ninguém entre os homens.
2 Cada um mente ao seu próximo;
seus lábios bajuladores falam
com segundas intenções.
3 Que o Senhor corte
todos os lábios bajuladores
e a língua arrogante
4 dos que dizem:
"Venceremos graças à nossa língua;
somos donos dos nossos lábios!
Quem é senhor sobre nós?"5 "Por causa da opressão do necessitado
e do gemido do pobre, agora me levantarei",
diz o Senhor.
"Eu lhes darei a segurança que tanto an­seiam."
6 As palavras do Senhor são puras,
são como prata purificada num forno,
sete vezes refinada.
7 Senhor, tu nos guardarás seguros,
e dessa gente nos protegerás para sempre.
8 Os ímpios andam altivos por toda parte,
quando a corrupção é exaltada entre os ho­mens.

bibliasagrada

salmo 13


1 Até quando, Senhor?
Para sempre te esquecerás de mim?
Até quando esconderás de mim o teu rosto?
2 Até quando terei inquietações
e tristeza no coração dia após dia?
Até quando o meu inimigo triunfará sobre mim?
3 Olha para mim e responde, Senhor, meu Deus.
Ilumina os meus olhos,
ou do contrário dormirei o sono da morte;
4 os meus inimigos dirão: "Eu o venci",
e os meus adversários festejarão o meu fracasso.
5 Eu, porém, confio em teu amor;
o meu coração exulta em tua salvação.
6 Quero cantar ao Senhor
pelo bem que me tem feito.

bibliasagrada