Salmos da Bíblia

Cerca de 410 frases e pensamentos: Salmos da Bíblia

Salmo 119



1 Como são felizes os que andam
em caminhos irrepreensíveis,
que vivem conforme a lei do Senhor!
2 Como são felizes os que obedecem
aos seus estatutos
e de todo o coração o buscam!
3 Não praticam o mal
e andam nos caminhos do Senhor.
4 Tu mesmo ordenaste os teus preceitos
para que sejam fielmente obedecidos.
5 Quem dera fossem firmados os meus caminhos
na obediência aos teus decretos.
6 Então não ficaria decepcionado
ao considerar todos os teus mandamentos.
7 Eu te louvarei de coração sincero
quando aprender as tuas justas ordenanças.
8 Obedecerei aos teus decretos;
nunca me abandones.
9 Como pode o jovem
manter pura a sua conduta?
Vivendo de acordo com a tua palavra.
10 Eu te busco de todo o coração;
não permitas que eu me desvie
dos teus mandamentos.
11 Guardei no coração a tua palavra
para não pecar contra ti.
12 Bendito sejas, Senhor!
Ensina-me os teus decretos.
13 Com os lábios repito
todas as leis que promulgaste.
14 Regozijo-me em seguir os teus testemunhos
como o que se regozija com grandes riquezas.
15 Meditarei nos teus preceitos
e darei atenção às tuas veredas.
16 Tenho prazer nos teus decretos;
não me esqueço da tua palavra.
17 Trata com bondade o teu servo
para que eu viva e obedeça à tua palavra.
18 Abre os meus olhos
para que eu veja as maravilhas da tua lei.
19 Sou peregrino na terra;
não escondas de mim os teus
mandamentos.
20 A minha alma consome-se de perene desejo
das tuas ordenanças.
21 Tu repreendes os arrogantes;
malditos os que se desviam
dos teus mandamentos!
22 Tira de mim a afronta e o desprezo,
pois obedeço aos teus estatutos.
23 Mesmo que os poderosos se reúnam
para conspirar contra mim,
ainda assim o teu servo meditará
nos teus decretos.
24 Sim, os teus testemunhos são o meu prazer;
eles são os meus conselheiros.
25 Agora estou prostrado no pó;
preserva a minha vida
conforme a tua promessa.
26 A ti relatei os meus caminhos
e tu me respondeste;
ensina-me os teus decretos.
27 Faze-me discernir o propósito
dos teus preceitos;
então meditarei nas tuas maravilhas.
28 A minha alma se consome de tristeza;
fortalece-me conforme a tua promessa.
29 Desvia-me dos caminhos enganosos;
por tua graça, ensina-me a tua lei.
30 Escolhi o caminho da fidelidade;
decidi seguir as tuas ordenanças.
31 Apego-me aos teus testemunhos,
ó Senhor;
não permitas que eu fique decepcionado.
32 Corro pelo caminho
que os teus mandamentos apontam,
pois me deste maior entendimento.
33 Ensina-me, Senhor,
o caminho dos teus decretos,
e a eles obedecerei até o fim.
34 Dá-me entendimento,
para que eu guarde a tua lei
e a ela obedeça de todo o coração.
35 Dirige-me pelo caminho
dos teus mandamentos,
pois nele encontro satisfação.
36 Inclina o meu coração para os teus estatutos,
e não para a ganância.
37 Desvia os meus olhos das coisas inúteis;
faze-me viver nos caminhos que traçaste.
38 Cumpre a tua promessa
para com o teu servo,
para que sejas temido.
39 Livra-me da afronta que me apavora,
pois as tuas ordenanças são boas.
40 Como anseio pelos teus preceitos!
Preserva a minha vida por tua justiça!
41 Que o teu amor alcance-me, Senhor,
e a tua salvação, segundo a tua promessa;
42 então responderei aos que me afrontam,
pois confio na tua palavra.
43 Jamais tires da minha boca
a palavra da verdade,
pois nas tuas ordenanças
depositei a minha esperança.
44 Obedecerei constantemente à tua lei,
para todo o sempre.
45 Andarei em verdadeira liberdade,
pois tenho buscado os teus preceitos.
46 Falarei dos teus testemunhos diante de reis,
sem ficar envergonhado.
47 Tenho prazer nos teus mandamentos;
eu os amo.
48 A ti levanto minhas mãos
e medito nos teus decretos.
49 Lembra-te da tua palavra ao teu servo,
pela qual me deste esperança.
50 Este é o meu consolo no meu sofrimento:
A tua promessa dá-me vida.
51 Os arrogantes zombam de mim
o tempo todo,
mas eu não me desvio da tua lei.
52 Lembro-me, Senhor,
das tuas ordenanças do passado
e nelas acho consolo.
53 Fui tomado de ira tremenda
por causa dos ímpios
que rejeitaram a tua lei.
54 Os teus decretos são o tema
da minha canção em minha peregrinação.
55 De noite lembro-me do teu nome, Senhor!
Vou obedecer à tua lei.
56 Esta tem sido a minha prática:
Obedecer aos teus preceitos.
57 Tu és a minha herança, Senhor;
prometi obedecer às tuas palavras.
58 De todo o coração suplico a tua graça;
tem misericórdia de mim,
conforme a tua promessa.
59 Refleti em meus caminhos
e voltei os meus passos
para os teus testemunhos.
60 Eu me apressarei e não hesitarei
em obedecer aos teus mandamentos.
61 Embora as cordas dos ímpios
queiram prender-me,
eu não me esqueço da tua lei.
62 À meia-noite me levanto para dar-te graças
pelas tuas justas ordenanças.
63 Sou amigo de todos os que te temem
e obedecem aos teus preceitos.
64 A terra está cheia do teu amor, Senhor;
ensina-me os teus decretos.
65 Trata com bondade o teu servo, Senhor,
conforme a tua promessa.
66 Ensina-me o bom senso e o conhecimento,
pois confio em teus mandamentos.
67 Antes de ser castigado, eu andava desviado,
mas agora obedeço à tua palavra.
68 Tu és bom, e o que fazes é bom;
ensina-me os teus decretos.
69 Os arrogantes mancharam o meu nome
com mentiras,
mas eu obedeço aos teus preceitos
de todo o coração.
70 O coração deles é insensível;
eu, porém, tenho prazer na tua lei.
71 Foi bom para mim ter sido castigado,
para que aprendesse os teus decretos.
72 Para mim vale mais a lei que decretaste
do que milhares de peças de prata e ouro.
73 As tuas mãos me fizeram e me formaram;
dá-me entendimento para aprender
os teus mandamentos.
74 Quando os que têm temor de ti me virem,
se alegrarão,
pois na tua palavra
depositei a minha esperança.
75 Sei, Senhor, que as tuas ordenanças
são justas,
e que por tua fidelidade me castigaste.
76 Seja o teu amor o meu consolo,
conforme a tua promessa ao teu servo.
77 Alcance-me a tua misericórdia
para que eu tenha vida,
porque a tua lei é o meu prazer.
78 Sejam humilhados os arrogantes,
pois me prejudicaram sem motivo;
mas eu meditarei nos teus preceitos.
79 Venham apoiar-me aqueles que te temem,
aqueles que entendem os teus estatutos.
80 Seja o meu coração íntegro
para com os teus decretos,
para que eu não seja humilhado.
81 Estou quase desfalecido,
aguardando a tua salvação,
mas na tua palavra depositei a minha esperança.
82 Os meus olhos fraquejam
de tanto esperar pela tua promessa,
e pergunto: "Quando me consolarás?"
83 Embora eu seja como uma vasilha inútil,
não me esqueço dos teus decretos.
84 Até quando o teu servo deverá esperar
para que castigues os meus perseguidores?
85 Cavaram uma armadilha contra mim
os arrogantes,
os que não seguem a tua lei.
86 Todos os teus mandamentos
merecem confiança;
ajuda-me, pois sou perseguido com mentiras.
87 Quase acabaram com a minha vida
na terra,
mas não abandonei os teus preceitos.
88 Preserva a minha vida pelo teu amor,
e obedecerei aos estatutos que decretaste.
89 A tua palavra, Senhor,
para sempre está firmada nos céus.
90 A tua fidelidade é constante
por todas as gerações;
estabeleceste a terra, que firme subsiste.
91 Conforme as tuas ordens,
tudo permanece até hoje,
pois tudo está a teu serviço.
92 Se a tua lei não fosse o meu prazer,
o sofrimento já me teria destruído.
93 Jamais me esquecerei dos teus preceitos,
pois é por meio deles
que preservas a minha vida.
94 Salva-me, pois a ti pertenço
e busco os teus preceitos!
95 Os ímpios estão à espera para destruir-me,
mas eu considero os teus testemunhos.
96 Tenho constatado
que toda perfeição tem limite;
mas não há limite para o teu mandamento.
97 Como eu amo a tua lei!
Medito nela o dia inteiro.
98 Os teus mandamentos me tornam
mais sábio que os meus inimigos,
porquanto estão sempre comigo.
99 Tenho mais discernimento
que todos os meus mestres,
pois medito nos teus testemunhos.
100 Tenho mais entendimento que os anciãos,
pois obedeço aos teus preceitos.
101 Afasto os pés de todo caminho mau
para obedecer à tua palavra.
102 Não me afasto das tuas ordenanças,
pois tu mesmo me ensinas.
103 Como são doces para o meu paladar
as tuas palavras!
Mais que o mel para a minha boca!
104 Ganho entendimento
por meio dos teus preceitos;
por isso odeio todo caminho de falsidade.
105 A tua palavra é lâmpada
que ilumina os meus passos
e luz que clareia o meu caminho.
106 Prometi sob juramento e o cumprirei:
vou obedecer às tuas justas ordenanças.
107 Passei por muito sofrimento;
preserva, Senhor, a minha vida,
conforme a tua promessa.
108 Aceita, Senhor, a oferta de louvor
dos meus lábios,
e ensina-me as tuas ordenanças.
109 A minha vida está sempre em perigo,
mas não me esqueço da tua lei.
110 Os ímpios prepararam uma armadilha
contra mim,
mas não me desviei dos teus preceitos.
111 Os teus testemunhos
são a minha herança permanente;
são a alegria do meu coração.
112 Dispus o meu coração para cumprir
os teus decretos até o fim.
113 Odeio os que são inconstantes,
mas amo a tua lei.
114 Tu és o meu abrigo e o meu escudo;
e na tua palavra depositei a minha esperança.
115 Afastem-se de mim os que praticam o mal!
Quero obedecer
aos mandamentos do meu Deus!
116 Sustenta-me, segundo a tua promessa,
e eu viverei;
não permitas que se frustrem
as minhas esperanças.
117 Ampara-me, e estarei seguro;
sempre estarei atento aos teus decretos.
118 Tu rejeitas todos os que se desviam
dos teus decretos,
pois os seus planos enganosos são inúteis.
119 Tu destróis como refugo
todos os ímpios da terra;
por isso amo os teus testemunhos.
120 O meu corpo estremece diante de ti;
as tuas ordenanças enchem-me de temor.
121 Tenho vivido com justiça e retidão;
não me abandones
nas mãos dos meus opressores.
122 Garante o bem-estar do teu servo;
não permitas que os arrogantes
me oprimam.
123 Os meus olhos fraquejam,
aguardando a tua salvação
e o cumprimento da tua justiça.
124 Trata o teu servo conforme o teu amor leal
e ensina-me os teus decretos.
125 Sou teu servo; dá-me discernimento
para compreender os teus testemunhos.
126 Já é tempo de agires, Senhor,
pois a tua lei está sendo desrespeitada.
127 Eu amo os teus mandamentos
mais do que o ouro,
mais do que o ouro puro.
128 Por isso considero justos
os teus preceitos
e odeio todo caminho de falsidade.
129 Os teus testemunhos são maravilhosos;
por isso lhes obedeço.
130 A explicação das tuas palavras ilumina
e dá discernimento aos inexperientes.
131 Abro a boca e suspiro,
ansiando por teus mandamentos.
132 Volta-te para mim
e tem misericórdia de mim,
como sempre fazes aos que amam o teu nome.
133 Dirige os meus passos,
conforme a tua palavra;
não permitas que nenhum pecado me domine.
134 Resgata-me da opressão dos homens,
para que eu obedeça aos teus preceitos.
135 Faze o teu rosto resplandecer
sobre o teu servo
e ensina-me os teus decretos.
136 Rios de lágrimas correm dos meus olhos,
porque a tua lei não é obedecida.
137 Justo és, Senhor,
e retas são as tuas ordenanças.
138 Ordenaste os teus testemunhos com justiça;
dignos são de inteira confiança!
139 O meu zelo me consome,
pois os meus adversários
se esquecem das tuas palavras.
140 A tua promessa
foi plenamente comprovada,
e, por isso, o teu servo a ama.
141 Sou pequeno e desprezado,
mas não esqueço os teus preceitos.
142 A tua justiça é eterna,
e a tua lei é a verdade.
143 Tribulação e angústia me atingiram,
mas os teus mandamentos são o meu prazer.
144 Os teus testemunhos são
eternamente justos,
dá-me discernimento para que eu tenha vida.
145 Eu clamo de todo o coração;
responde-me, Senhor,
e obedecerei aos teus testemunhos!
146 Clamo a ti; salva-me,
e obedecerei aos teus estatutos!
147 Antes do amanhecer me levanto
e suplico o teu socorro;
na tua palavra depositei a minha esperança.
148 Fico acordado nas vigílias da noite,
para meditar nas tuas promessas.
149 Ouve a minha voz pelo teu amor leal;
faze-me viver, Senhor,
conforme as tuas ordenanças.
150 Os meus perseguidores
aproximam-se com más intenções,
mas estão distantes da tua lei.
151 Tu, porém, Senhor, estás perto,
e todos os teus mandamentos são verdadeiros.
152 Há muito aprendi dos teus testemunhos
que tu os estabeleceste para sempre.
153 Olha para o meu sofrimento e livra-me,
pois não me esqueço da tua lei.
154 Defende a minha causa e resgata-me;
preserva a minha vida
conforme a tua promessa.
155 A salvação está longe dos ímpios,
pois eles não buscam os teus decretos.
156 Grande é a tua compaixão, Senhor;
preserva a minha vida conforme as tuas leis.
157 Muitos são os meus adversários
e os meus perseguidores,
mas eu não me desvio dos teus estatutos.
158 Com grande desgosto vejo os infiéis,
que não obedecem à tua palavra.
159 Vê como amo os teus preceitos!
Dá-me vida, Senhor, conforme o teu amor leal.
160 A verdade é a essência da tua palavra,
e todas as tuas justas ordenanças são eternas.
161 Os poderosos perseguem-me sem motivo,
mas é diante da tua palavra
que o meu coração treme.
162 Eu me regozijo na tua promessa como alguém
que encontra grandes despojos.
163 Odeio e detesto a falsidade,
mas amo a tua lei.
164 Sete vezes por dia eu te louvo
por causa das tuas justas ordenanças.
165 Os que amam a tua lei desfrutam paz,
e nada há que os faça tropeçar.
166 Aguardo a tua salvação, Senhor,
e pratico os teus mandamentos.
167 Obedeço aos teus testemunhos;
amo-os infinitamente!
168 Obedeço a todos os teus preceitos
e testemunhos,
pois conheces todos os meus caminhos.
169 Chegue à tua presença o meu clamor, Senhor!
Dá-me entendimento conforme a tua palavra.
170 Chegue a ti a minha súplica.
Livra-me, conforme a tua promessa.
171 Meus lábios transbordarão de louvor,
pois me ensinas os teus decretos.
172 A minha língua cantará a tua palavra,
pois todos os teus mandamentos são justos.
173 Com tua mão vem ajudar-me,
pois escolhi os teus preceitos.
174 Anseio pela tua salvação, Senhor,
e a tua lei é o meu prazer.
175 Permite-me viver para que eu te louve;
e que as tuas ordenanças me sustentem.
176 Andei vagando como ovelha perdida;
vem em busca do teu servo,
pois não me esqueci
dos teus mandamentos.

bibliasagrada

Salmo 40:1-3 - "ESPEREI com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. Tirou-me dum lago horrível, dum charco de lodo, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos. E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e temerão, e confiarão no SENHOR."

A BIBLIA SAGRADA

Que darei eu ao Senhor, por todos os benefícios que me tem feito? Salmos 116:12

Bíblico

Salmo 131

1 Senhor, o meu coração não é orgulhoso
e os meus olhos não são arrogantes.
Não me envolvo com coisas grandiosas
nem maravilhosas demais para mim.
2 De fato, acalmei e tranquilizei a minha alma.
Sou como uma criança
recém-amamentada por sua mãe;
a minha alma é como essa criança.
3 Ponha a sua esperança no Senhor, ó Israel,
desde agora e para sempre!

Bíblia Sagrada

Salmo 132



1 Senhor, lembra-te de Davi
e das dificuldades que enfrentou.
2 Ele jurou ao Senhor
e fez um voto ao Poderoso de Jacó:
3 "Não entrarei na minha tenda
nem me deitarei no meu leito;
4 não permitirei
que os meus olhos peguem no sono
nem que as minhas pálpebras descansem,
5 enquanto não encontrar
um lugar para o Senhor,
uma habitação para o Poderoso de Jacó".
6 Soubemos que a arca estava em Efrata,
mas nós a encontramos nos campos de Jaar:
7 "Vamos para a habitação do Senhor!
Vamos adorá-lo diante do estrado de seus pés!
8 Levanta-te, Senhor,
e vem para o teu lugar de descanso,
tu e a arca onde está o teu poder.
9 Vistam-se de retidão os teus sacerdotes;
cantem de alegria os teus fiéis".
10 Por amor ao teu servo Davi,
não rejeites o teu ungido.
11 O Senhor fez um juramento a Davi,
um juramento firme que ele não revogará:
"Colocarei um dos seus descendentes
no seu trono.
12 Se os seus filhos forem fiéis à minha aliança
e aos testemunhos que eu lhes ensino,
também os filhos deles
o sucederão no trono para sempre".
13 O Senhor escolheu Sião,
com o desejo de fazê-la sua habitação:
14 "Este será o meu lugar de descanso
para sempre;
aqui firmarei o meu trono,
pois esse é o meu desejo.
15 Abençoarei este lugar com fartura;
os seus pobres suprirei de pão.
16 Vestirei de salvação os seus sacerdotes
e os seus fiéis a celebrarão com grande alegria.
17 "Ali farei renascer o poder de Davi
e farei brilhar a luz do meu ungido.
18 Vestirei de vergonha os seus inimigos,
mas nele brilhará a sua coroa".

bibliasagrada

Salmo 133

1 Como é bom e agradável
quando os irmãos convivem em união!
2 É como óleo precioso
derramado sobre a cabeça,
que desce pela barba, a barba de Arão,
até a gola das suas vestes.
3 É como o orvalho do Hermom
quando desce sobre os montes de Sião.
Ali o Senhor concede a bênção
da vida para sempre.

Bíblia Sagrada

Salmo 134

1 Venham! Bendigam o Senhor
todos vocês, servos do Senhor,
vocês, que servem de noite
na casa do Senhor.

2 Levantem as mãos na direção do santuário
e bendigam o Senhor!

3 De Sião os abençoe o Senhor,
que fez os céus e a terra!

bibliasagrada

salmo 135


1 Aleluia!
Louvem o nome do Senhor;
louvem-no, servos do Senhor,

2 vocês, que servem na casa do Senhor,
nos pátios da casa de nosso Deus.

3 Louvem o Senhor, pois o Senhor é bom;
cantem louvores ao seu nome,
pois é nome amável.

4 Porque o Senhor escolheu Jacó;
a Israel, como seu tesouro pessoal.

5 Na verdade, sei que o Senhor é grande,
que o nosso Soberano é maior
do que todos os deuses.

6 O Senhor faz tudo o que lhe agrada,
nos céus e na terra,
nos mares e em todas as suas profundezas.

7 Ele traz as nuvens desde os confins da terra;
envia os relâmpagos que acompanham a chuva
e faz que o vento saia dos seus depósitos.

8 Foi ele que matou os primogênitos do Egito,
tanto dos homens como dos animais.

9 Ele realizou em pleno Egito
sinais e maravilhas,
contra o faraó e todos os seus conselheiros.

10 Foi ele que feriu muitas nações
e matou reis poderosos:

11 Seom, rei dos amorreus,
Ogue, rei de Basã,
e todos os reinos de Canaã;

12 e deu a terra deles como herança,
como herança a Israel, o seu povo.

13 O teu nome, Senhor,
permanece para sempre,
a tua fama, Senhor, por todas as gerações!

14 O Senhor defenderá o seu povo
e terá compaixão dos seus servos.

15 Os ídolos das nações
não passam de prata e ouro,
feitos por mãos humanas.

16 Têm boca, mas não podem falar;
olhos, mas não podem ver;

17 têm ouvidos, mas não podem escutar
nem há respiração em sua boca.

18 Tornem-se como eles aqueles que os fazem
e todos os que neles confiam.

19 Bendigam o Senhor, ó israelitas!
Bendigam o Senhor, ó sacerdotes!

20 Bendigam o Senhor, ó levitas!
Bendigam o Senhor
os que temem o Senhor!

21 Bendito seja o Senhor desde Sião,
aquele que habita em Jerusalém.
Aleluia!

bibliasagrada

salmo 136


1 Deem graças ao Senhor, porque ele é bom.
O seu amor dura para sempre!

2 Deem graças ao Deus dos deuses.
O seu amor dura para sempre!

3 Deem graças ao Senhor dos senhores.
O seu amor dura para sempre!

4 Ao único que faz grandes maravilhas,
O seu amor dura para sempre!

5 Que com habilidade fez os céus,
O seu amor dura para sempre!

6 Que estendeu a terra sobre as águas;
O seu amor dura para sempre!

7 Àquele que fez os grandes luminares:
O seu amor dura para sempre!

8 O sol para governar o dia,
O seu amor dura para sempre!

9 A lua e as estrelas para governarem a noite.
O seu amor dura para sempre!

10 Àquele que matou
os primogênitos do Egito
O seu amor dura para sempre!

11 E tirou Israel do meio deles
O seu amor dura para sempre!

12 Com mão poderosa e braço forte.
O seu amor dura para sempre!

13 Àquele que dividiu o mar Vermelho
O seu amor dura para sempre!

14 E fez Israel atravessá-lo,
O seu amor dura para sempre!

15 Mas lançou o faraó e o seu exército
no mar Vermelho.
O seu amor dura para sempre!

16 Àquele que conduziu seu povo pelo deserto,
O seu amor dura para sempre!

17 Feriu grandes reis
O seu amor dura para sempre!

18 E matou reis poderosos:
O seu amor dura para sempre!

19 Seom, rei dos amorreus,
O seu amor dura para sempre!

20 E Ogue, rei de Basã,
O seu amor dura para sempre!

21 E deu a terra deles como herança,
O seu amor dura para sempre!

22 Como herança ao seu servo Israel.
O seu amor dura para sempre!

23 Àquele que se lembrou de nós
quando fomos humilhados
O seu amor dura para sempre!

24 E nos livrou dos nossos adversários;
O seu amor dura para sempre!

25 Àquele que dá alimento
a todos os seres vivos.
O seu amor dura para sempre!

26 Deem graças ao Deus dos céus.
O seu amor dura para sempre!

bibliasagrada

salmo 137

1 Junto aos rios da Babilônia
nós nos sentamos e choramos
com saudade de Sião.

2 Ali, nos salgueiros,
penduramos as nossas harpas;

3 ali os nossos captores pediam-nos canções,
os nossos opressores exigiam
canções alegres, dizendo:
"Cantem para nós uma das canções de Sião!"

4 Como poderíamos cantar
as canções do Senhor
numa terra estrangeira?

5 Que a minha mão direita definhe,
ó Jerusalém, se eu me esquecer de ti!

6 Que me grude a língua ao céu da boca,
se eu não me lembrar de ti
e não considerar Jerusalém
a minha maior alegria!

7 Lembra-te, Senhor, dos edomitas
e do que fizeram
quando Jerusalém foi destruída,
pois gritavam: "Arrasem-na!
Arrasem-na até aos alicerces!"

8 Ó cidade de Babilônia,
destinada à destruição,
feliz aquele que lhe retribuir
o mal que você nos fez!

9 Feliz aquele que pegar os seus filhos
e os despedaçar contra a rocha!

bibliasagrada

salmo 138


1 Eu te louvarei, Senhor, de todo o coração;
diante dos deuses cantarei louvores a ti.

2 Voltado para o teu santo templo
eu me prostrarei
e renderei graças ao teu nome,
por causa do teu amor e da tua fidelidade;
pois exaltaste acima de todas as coisas
o teu nome e a tua palavra.

3 Quando clamei, tu me respondeste;
deste-me força e coragem.

4 Todos os reis da terra te renderão graças, Senhor,
pois saberão das tuas promessas.

5 Celebrarão os feitos do Senhor,
pois grande é a glória do Senhor!

6 Embora esteja nas alturas,
o Senhor olha para os humildes,
e de longe reconhece os arrogantes.

7 Ainda que eu passe por angústias,
tu me preservas a vida
da ira dos meus inimigos;
estendes a tua mão direita e me livras.

8 O Senhor cumprirá o seu propósito
para comigo!
Teu amor, Senhor, permanece para sempre;
não abandones as obras das tuas mãos!

bibliasagrada

Salmo 122



1 Alegrei-me com os que me disseram:
"Vamos à casa do Senhor!"
2 Nossos pés já se encontram
dentro de suas portas, ó Jerusalém!
3 Jerusalém está construída
como cidade firmemente estabelecida.
4 Para lá sobem as tribos do Senhor,
para dar graças ao Senhor,
conforme o mandamento dado a Israel.
5 Lá estão os tribunais de justiça,
os tribunais da casa real de Davi.
6 Orem pela paz de Jerusalém:
"Vivam em segurança aqueles que te amam!
7 Haja paz dentro dos teus muros
e segurança nas tuas cidadelas!"
8 Em favor de meus irmãos e amigos, direi:
Paz seja com você!
9 Em favor da casa do Senhor, nosso Deus,
buscarei o seu bem.

bibliasagrada

Salmo 123



1 A ti levanto os meus olhos,
a ti, que ocupas o teu trono nos céus.
2 Assim como os olhos dos servos
estão atentos à mão de seu senhor
e como os olhos das servas
estão atentos à mão de sua senhora,
também os nossos olhos
estão atentos ao Senhor,
ao nosso Deus,
esperando que ele tenha misericórdia de nós.
3 Misericórdia, Senhor!
Tem misericórdia de nós!
Já estamos cansados de tanto desprezo.
4 Estamos cansados de tanta zombaria
dos orgulhosos
e do desprezo dos arrogantes.

bibliasagrada

Salmo 124



1 Se o Senhor não estivesse do nosso lado;
que Israel o repita:
2 Se o Senhor não estivesse do nosso lado
quando os inimigos nos atacaram,
3 eles já nos teriam engolido vivos,
quando se enfureceram contra nós;
4 as águas nos teriam arrastado
e as torrentes nos teriam afogado;
5 sim, as águas violentas nos teriam afogado!
6 Bendito seja o Senhor,
que não nos entregou para sermos dilacerados
pelos dentes deles.
7 Como um pássaro escapamos
da armadilha do caçador;
a armadilha foi quebrada,
e nós escapamos.
8 O nosso socorro está no nome do Senhor,
que fez os céus e a terra.

bibliasagrada

salmo 125


1 Os que confiam no Senhor
são como o monte Sião,
que não se pode abalar,
mas permanece para sempre.
2 Como os montes cercam Jerusalém,
assim o Senhor protege o seu povo,
desde agora e para sempre.
3 O cetro dos ímpios não prevalecerá
sobre a terra dada aos justos;
se assim fosse,
até os justos praticariam a injustiça.
4 Senhor, trata com bondade
os que fazem o bem,
os que têm coração íntegro.
5 Mas, aos que se desviam
por caminhos tortuosos,
o Senhor infligirá o castigo dado aos malfeitores.
Haja paz em Israel!

bibliasagrada

Salmo 126



1 Quando o Senhor trouxe os cativos
de volta a Sião, foi como um sonho.
2 Então a nossa boca encheu-se de riso
e a nossa língua de cantos de alegria.
Até nas outras nações se dizia:
"O Senhor fez coisas grandiosas
por este povo".
3 Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós,
por isso estamos alegres.
4 Senhor, restaura-nos,
assim como enches
o leito dos ribeiros no deserto.
5 Aqueles que semeiam com lágrimas,
com cantos de alegria colherão.
6 Aquele que sai chorando
enquanto lança a semente,
voltará com cantos de alegria,
trazendo os seus feixes.

bibliasagrada

Salmo 127



1 Se não for o Senhor o construtor da casa,
será inútil trabalhar na construção.
Se não é o Senhor que vigia a cidade,
será inútil a sentinela montar guarda.
2 Será inútil levantar cedo e dormir tarde,
trabalhando arduamente por alimento.
O Senhor concede o sono
àqueles a quem ele ama.
3 Os filhos são herança do Senhor,
uma recompensa que ele dá.
4 Como flechas nas mãos do guerreiro
são os filhos nascidos na juventude.
5 Como é feliz o homem
que tem a sua aljava cheia deles!
Não será humilhado quando enfrentar
seus inimigos no tribunal.

bibliasagrada

Salmo 128



1 Como é feliz quem teme o Senhor,
quem anda em seus caminhos!
2 Você comerá do fruto do seu trabalho
e será feliz e próspero.
3 Sua mulher será como videira frutífera
em sua casa;
seus filhos serão como brotos de oliveira
ao redor da sua mesa.
4 Assim será abençoado
o homem que teme o Senhor!
5 Que o Senhor o abençoe desde Sião,
para que você veja a prosperidade de Jerusalém
todos os dias da sua vida
6 e veja os filhos dos seus filhos.
Haja paz em Israel!

bibliasagrada

Salmo 129



1 Muitas vezes me oprimiram
desde a minha juventude;
que Israel o repita:
2 Muitas vezes me oprimiram
desde a minha juventude,
mas jamais conseguiram vencer-me.
3 Passaram o arado em minhas costas
e fizeram longos sulcos.
4 O Senhor é justo!
Ele libertou-me das algemas dos ímpios.
5 Retrocedam envergonhados
todos os que odeiam Sião.
6 Sejam como o capim do terraço,
que seca antes de crescer,
7 que não enche as mãos do ceifeiro
nem os braços daquele que faz os fardos.
8 E que ninguém que passa diga:
"Seja sobre vocês a bênção do Senhor;
nós os abençoamos em nome do Senhor!"

bibliasagrada

Salmo 130


1 Das profundezas clamo a ti, Senhor;
2 ouve, Senhor, a minha voz!
Estejam atentos os teus ouvidos
às minhas súplicas!
3 Se tu, Soberano Senhor,
registrasses os pecados, quem escaparia?
4 Mas contigo está o perdão
para que sejas temido.
5 Espero no Senhor com todo o meu ser
e na sua palavra ponho a minha esperança.
6 Espero pelo Senhor
mais do que as sentinelas pela manhã;
sim, mais do que as sentinelas
esperam pela manhã!
7 Ponha a sua esperança no Senhor, ó Israel,
pois no Senhor há amor leal
e plena redenção.
8 Ele próprio redimirá Israel
de todas as suas culpas.

bibliasagrada