Saber sobre o seu Projeto de Vida

Cerca de 78 frases e pensamentos: Saber sobre o seu Projeto de Vida

"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida.
Cada mudança, cada projeto novo causa espanto:meu coração está espantado.
É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue"
(Um sopro de vida)

Clarice Lispector

Doe sangue para hospitais. Dê seu sangue por um projeto de vida, por um sonho. Mas não doe para aqueles que sempre, sempre, sempre vão lhe pedir mais e lhe retribuir jamais."

Desconhecido

Assim como a planta é o projeto de uma construção civil, o sonho é um projeto de construção da vida.

Wendel Henrique Ferreira

Às vezes, quando somos jovens, empreendemos um projeto de vida sem saber exatamente onde nos metemos, e mais tarde nos damos conta de que estamos vivendo um sonho equivocado: nem queremos realizar esse trabalho, nem estar com essa pessoa, nem nesse lugar.

Miriam Subirana (Do Livro: Criatividade para Mudar sua Vida)

O meu projeto de vida

Começo agora contar
Do meu projeto de vida
Estudo para realizar
A formação preferida.

Minha paixão é ler e escrever,
Pretendo me formar em letras e direito
Na minha vida não posso esquecer
Sempre agindo com o devido respeito.

Gosto de estudar
Estudarei para o meu crescimento
Mas agora vou mencionar
O que eu farei para o meu sustento.

Com o intuito vou me formar
Sempre aprendendo com os professores
De cada um eu vou me lembrar
Nunca esquecerei os seus valores.

Na vida o mercado está aberto
Fecha-se para quem não tem formação
Para quem estuda é certo
Obterá sua estabilização.

Concerteza isso eu quero para mim
Estudo para ser um juiz
Se eu não estudar não será assim
Nunca concluirei o que eu sempre quis.

Mas não vou parar
Quero uma vida promissora
Mas sempre irei lembrar
Da minha grande professora.

O lema dela é certo
O segredo é estudar
Com ela eu fico esperto
Aprendo a me preparar.

Não poderei me abalar
Com as barreiras da vida
Nunca vou me abaixar
Minha cabeça estará erguida.

Na minha vida vou ser influente
Sempre vou andar por bons caminhos
Vou fazer as pessoas contentes
Vou virar uma rosa em vez de espinhos.

Por que assim vou conseguir
O que eu busco de fato
Que isso não sirva só pra mim
O que disse no meu relato.

Agora eu enfrento
Para muitos um temido projeto
Para mim eu não esquento
Eu falo do que é certo.

Sempre buscando experiência
Com sutileza vou seguindo
Aprendo a escrever com inteligência
Pois agora estou partindo.

Partirei para o meu futuro
Sempre me esforçando
Agradeço a Deus por tudo
A vida que estou levando.

Termino esse poema
Com tanta felicidade
De uma coisa eu tenho pena
Para os que fogem da realidade.

Fernando Marcos M. de Souza

" Não quero você apenas com um sorriso,
Com um projeto de vida ou uma esperança.
Não quero nem as circunstancias.
Que te levam a amar, senão na essência.

Não quero outra vez solidificar uma ilusão,
Nem lamentar o elo perdido que nos aproxima...
Pelo que pulsa algo maior.
...
Não quero você, senão inteira,
Sem pesadelos, sem lembranças
Disposta como o vento que atua sempre de gala.
Bravio, quando varre o palco
Ou manso, acariciando a platéia.

Que sejamos assim, areia e mar,
Sem a tempestade, que sempre acompanha,
Aqueles que são capazes de amar..."

Oscar.

Oscar de Jesus Klemz

O Projeto Aldeias são comunidades de pessoas dedicadas ao bem viver, com regras sociais dinâmicas distintas, mostrando ao mundo que é possivel viver bem.

Elcio Souza Geremias

Por que às vezes chamamos a vida de “projeto de vida”? De projeto ela não tem nada! Não tem nada de concreto, não há certeza, não há estatísticas com margem pra mais ou pra menos.

Junior A. Magrafil

A única maneira de você desenvolver o seu projeto de vida, é participando e contribuindo para o projeto de vida de outras pessoas.

Leonardo Anésio

Os sonhos são a base de uma realidade desejada e o projeto de uma vida melhor, portanto, realize-os com a força de seu trabalho e terás um amanhã repleto de êxitos

Jader Amadi

O meu melhor projeto?

"O Projeto da Minha Vida"

"Em que a Estrutura está Família e nos Amigos,
a beleza encontra-se em meus sonhos,
a funcionalidade é a de ser Feliz,
e o valor será sempre Incalculável ;)) "

Brian Oliveira

Hoje, 8 de dezembro de 2014, mais uma etapa do projeto:
Movimento Artístico Alcorão - Seres de Luz
vai dar continuidade ao projeto online, com a adição da informação abaixo e outras conforme a programação da Instituição.
(A obra está sendo construída didaticamente aos poucos no período noturno com reflexões durante a hora de almoço - Pode ser visualizada antes de sua finalização, porém somente estará disponível para o público na madrugada de sábado dia 13 de dezembro de 2014.)

obs.: sujeito a correções no decorrer da construção do projeto

Momento de Reflexão

Existe um algo dentro de nós que quer o extermínio dos elementos que absorvemos como uma mania repetitiva e negativa que deriva para a consumação de nós mesmos. Ela é capaz de se desdobrar em si mesmo até encontrar sobre o ambiente o refúgio em que nos projetamos na forma de ações impensadas de fanatismo conosco mesmos para ver a ideia projetada cristalizada em nosso interior como a libertação de uma condição de submissão e controle por parte do estímulo danoso a integridade humana.
Quando criança, eu e milhões de pessoas temerosos com o trauma do extermínio de nossa civilização, optamos por absorver o conteúdo dos livros considerados sagrados para a época na possibilidade de se fazer um esforço coletivo para salvar a humanidade de sua trajetória de aparente destruição.
Eu, temendo a morte de meus pais, familiares e amigos, me dispus a absorver um papel que integrasse a oportunidade para as gerações que viessem num despertar mais tranquilo em suas vidas e que o fantasma da aniquilação global saísse de seus corações.
Então varei noites, quando podia, em minha tênue idade escolar a estudar os livros dos justos e dos que eram considerados santos e profetas. E encontrei meu refúgio ao me programar para executar algumas estrofes de Michael de Nostradamus.
Assim como eu, muitas pessoas pelo mundo inteiro motivadas pela possibilidade de contribuir pela humanidade passaram a se integrar de forma associativa nas primitivas redes sociais, inicialmente as dedicadas por via telefônica e em seguida as computadorizadas para aproximarem seus pensamentos em torno daquilo que elas acreditavam.
A consequência natural para este movimento foi à projeção da vontade individual de muitas pessoas em desenvolver dentro de si as estruturas cognitivas necessárias para o alcance da tão sonhada paz mundial que afastava definitivamente da lembrança às atrocidades anteriores que induziram ao fazimento das duas grandes guerras mundiais.
Ainda jovem me condicionei a perscrutar minha vida em torno de um maçante treinamento neural para compreender a essência do que movia os seres humanos para estar preparado caso o meu projeto de vida fosse escalado por esta força criadora.
Concentrei inicialmente sobre a contribuição de décadas passadas do ilustre Michael de Nostradamus onde eu atribuí a minha motivação inicial, depois dos meus pais é claro, a me levar pela senda da educação.
A minha forma de interpretação para o fenômeno que tenho certeza ter desencadeado por várias partes do mundo integrou em mim desta forma:
"No ano de 1999, sétimo mês, do céu virá o Rei do Terror para ressuscitar o Rei dos Mongóis"
"L'an mil neuf cens nonante, sept mois, Du ciel, viendra, san Roy, Gran deffraieur, resuciter le Roy D'Angelmois" (A tradução literal diz o seguinte: "Em 1999, sétimo mês, do céu virá, sem rei, grande comoção, ressuscitar o rei de Angel Mois".
O que me levou nesta data a fazer uma viagem para Alemanha para continuar os estudos, em plena época da guerra na antiga Iugoslávia ameaçar as fronteiras para se alastrar na Alemanha. O meu consciente não projetava a minha eminente aniquilação, mas projetava a necessidade de congregar com meus irmãos alemães para contribuir para um avanço cultural no planeta.
Retornei da Alemanha em 1999 meses antes do sétimo mês, quando a guerra já estava em curso, então a projeção de tudo que armazenei em meu cérebro aliado a capacidade humana de ligar elementos cognitivos me levou pelo medo a um surto psicótico em que meu espírito tentava chamar atenção para si de um fenômeno não explicado com o intuito de causar temor, segundo minha interpretação de temor, para que os que estavam em guerra parassem para observar o fenômeno contido dentro de mim.
Porém a humanidade ainda deriva para formas de destruição e ruina, e à medida que a estrutura da percepção estabelece elementos que o objetivo inicial daquela civilização que existiu na década de 1980 ainda não foi atingido repousa e transfere ainda seguidamente sua apreensão por mundo melhor para as gerações que se seguem.
Como um código Morse a repetir incessantemente o compromisso de afirmação da humanidade no caminho pela integridade física dos habitantes.
Como efeito ilustrativo, ainda continuo a fazer minha programação de estudo contínuo, para alertas mentes incautas para a necessidade de consciência quando atribuírem para si papeis a serem desempenhados em sociedade. Da mesma forma que nos segmentamos em classes de profissões, assim também é a aproximação de tudo o que percebemos como indivíduos. Tenha consciência em atribuir para si algo que contribua verdadeiramente para um Unidade duradora entre nós.
Parte de minha programação:
Perto de Aux, de Lestore e Mirande,
o grande fogo tombará do céu três noites,
será causa estupenda e surpreendente,
a terra tremerá logo depois.

Perto de Max, da Lender Store (loja de livros, que me levou a fazer em 1997 o site extinto www.obraselivros.com, em seguida o site LenderBook, meu intelecto havia migrado a junção da imagem Lestore e Mirande, como um anagrama = Le Store e Max ande = Store Max leande = Store Max Lender (som mais próximo do português) ao registrar www.lenderbook.com
A partir deste instante em nossa exposição de Arte Cognitiva encontrei uma forma de repousar o estímulo sensorial repousando através de vídeo a acomodação das pequeninas estruturas de desequilíbrio que ainda resistem. Não absorvam aspectos negativos para não se sentirem programados a tomar decisões pela ilusão de uma causa.
Para efeito ilustrativo, reafirmo, vou apaziguar meu coração a recitar abaixo os três versos da estrofe de forma que me recorro a um processo lúdico para manter a coesão neural e assim, não partir para outras formas de variação do pensamento que induzam outras pessoas ao armagedon.
o grande fogo tombará do céu três noites,
Abrirei o selo por três noites à abertura a Exposição de Arte Islâmica com um vídeo do fogo a consumir as profundezas da alma dos profanadores.
será causa estupenda e surpreendente,
Embora a aparente reprodução na mídia seja reduzida para 1.200 pessoas intensificarei meu cérebro para que haja a percepção de um evento estupendo e surpreendente,
a terra tremerá logo depois.
Depois a terra tremerá na quinta-feira com vídeos de terremoto.
Assim, aliviarei a programação do consciente coletivo no qual estou conectado sensorialmente. Somente garanto o despertar para a essência deste fenômeno para quem tomar conhecimento de minha programação, pois ela desativa o auto sensoriamento de quem se programou ao longo dos anos a mover por causas similares.
Sião.

Max Diniz Cruzeiro

Hoje, 8 de dezembro de 2014, mais uma etapa do projeto:
Movimento Artístico Alcorão - Seres de Luz
vai dar continuidade ao projeto online, com a adição da informação abaixo e outras conforme a programação da Instituição.
(A obra está sendo construída didaticamente aos poucos no período noturno com reflexões durante a hora de almoço - Pode ser visualizada antes de sua finalização, porém somente estará disponível para o público na madrugada de sábado dia 13 de dezembro de 2014.)

Assim digo assim será feito, no meu intervalo de descanso do trabalho os vasos me foram revelados, e nos próximos dias essa sucessão de eventos irá ocorrer em ordem indefinida:

O vaso do acervo é roubado,
a cerâmica revela a cerâmica
mas eles não ficam de coração partido
pois o vaso já pode ser roubado.

A sintonia toca,
o vaso não quebra,
e o homem socorre o vaso
mas o vaso achado é o homem que definha.

Mas o vaso não será vencido
Nem esquecido,
mesmo morto erguerá para o trono
a cola não cabe na redoma.

Max Diniz Cruzeiro

Hoje, 8 de dezembro de 2014, mais uma etapa do projeto:
Movimento Artístico Alcorão - Seres de Luz

O nome pela vertigem foi adulterado
os adoradores do templo ficaram perplexos
Afinal a luz é o ser ou o ser é o filho?
Quem irá sacudir o grande pássaro no anoitecer?

Como ingresso encaminhe um telegrama para um amigo com a estrofe de convite:

Ele é doido, fala nas entrelinhas
usa a insignia, mas não se diz rei
fala da boca do profeta mas não tem a palavra
se intitula apenas o vencedor.

www.lenderbook.com

Max Diniz Cruzeiro

Hoje, 8 de dezembro de 2014, mais uma etapa do projeto:
Movimento Artístico Alcorão - Seres de Luz

Como ingresso encaminhe um telegrama para um amigo com a estrofe de convite:

Ao entardecer o oculto revelado
A vida devassada pelo início.
O portal acompanhado pelo milheiro
Louco, louco, louco,...

www.lenderbook.com [acompanhe à noite]

Max Diniz Cruzeiro

Hoje, 8 de dezembro de 2014, mais uma etapa do projeto:
Movimento Artístico Alcorão - Seres de Luz

Como ingresso encaminhe um telegrama para um amigo com a estrofe de convite:

Os vermelhos hoje invadem o palácio,
mas não querem o rei, ops, fenômeno acontecido
não tem graça, assim os vermelhos abatem os vermelhos
para que se cumpra a profecia do profeta.


www.lenderbook.com [acompanhe à noite]

Max Diniz Cruzeiro

Hoje, 8 de dezembro de 2014, mais uma etapa do projeto:
Movimento Artístico Alcorão - Seres de Luz

Como ingresso encaminhe um telegrama para um amigo com a estrofe de convite:

Nada aqui está em baixa,
Reino Unido e França caminham juntos,
Japão respira em Tóquio aliviado.
Os vermelhos na América conspiram.

www.lenderbook.com [acompanhe a noite os desdobramentos e inserções]

Max Diniz Cruzeiro

Hoje, 8 de dezembro de 2014, mais uma etapa do projeto:
Movimento Artístico Alcorão - Seres de Luz

Como ingresso encaminhe um telegrama para um amigo com a estrofe de convite:

No Grupo um Árvore cinzenta,
Os vermelhos estão nas chamas,
Abaixo outro vermelho segue junto,
ao Rei de Capa Preta.

www.lenderbook.com [acompanhe a noite os desdobramentos e inserções]
Max Diniz Cruzeiro

Max Diniz Cruzeiro