Sábado

Cerca de 276 frases e pensamentos: Sábado

Quero domingos de manhã sem hora pra sair da cama, e ouvir sua voz rouca de sono. Quero segundas feiras tediosas só pra ouvir sobre o trabalho, o novo chefe chato enquanto tomamos um café da esquina. Quero terças feiras cansativas, só pra ouvir me dizer que o melhor da semana é estar ao meu lado no fim da noite. Quero quartas feiras incomuns, futebol do seu lado. Ah, nem sempre torcendo pelo mesmo time e zuando quando perder depois. Quero quintas feiras apreensivas, planejando como será a sexta feira noite. Ou me contando sobre o projeto do verão que vem. Vou te contar sobre meu novo artigo, a prova que fui tão mal e que fui promovida no trabalho, você só vai me abraçar e dizer: Ah! você consegue. Quero sextas feiras agitadas, com bons drinks, bons amigos e boas risadas até o amanhecer. Mas no final eu quero mesmo estar todos sábados ao teu lado, sem trabalhos, sem faculdade, sem projetos, só nós dois. Sol e praia, Lua e neve. Por ai, sábados sem destinos, igrejinhas no alto do morro. E no final toda noite é nossa pra começar um novo domingo bem mais feliz

Andressa Feitosa

O sábado é mais que uma ilusão,o sábado nem existe.

Adriano Soares

Em um dia tediante de sábado, graças a Deus existe o cumputador e a internet, mas que venha a velocidade!

Douglas Rammon

Sábado a noite, tudo parece tão tranqüilo
Estou sobre o gramado do bosque
Pensando mais sobre nós,
Por onde você anda?
Pensamos, precisamos um pouco mais de realismo
Ficar triste nem sempre é tão ruim assim
Um lágrima derramada é mais uma lição que você aprende
O sorriso vem logo em seguida,
Sábado a noite, parei para contar as estrelas
Imaginamos elas tão acima de nós
Nunca paramos para pensar, elas parecem morar em nossos olhos
Sábado a noite, precisamos conversar
Por onde você anda?
Eu estou deixando uma mensagem de voz para você
Hoje eu refleti perante as estrelas
Havia um filme que dizia;
Elas já não brilham mais, estão mortas e não sabem porque ainda não recebram a notícia
Sabe as coisas perdem os valores de acordo com o valor que damos a elas, ás vezes não prestamos atenção
Mas elas continuam brilhando, se estão mortas para você
É porque o seu olhar está morto para elas
Sábado a noite, não é um dia tão ruim
Eu só queria saber por onde você anda,
Ao ouvir a mensagem, retorne.

Raphaela Bianchi

Plena noite de sábado, estou na balada, com o copo na mão, observando e pensando...
Pensando em cada detalhe teu, me desligo,....
Se eu fosse eu escrever um livro da nossa história nos primeiros capítulos todas as mulheres cairiam de vontade para ter um homem como este, depois os leitores iam cair em muitas lágrimas junto com os personagems (eu e você), depois voltariam a rir, comemorar e achar que aquele era o final perfeito para mais uma hitória de amor, mais páginas a frente descubririam que não estavam nem na metade, e com mais um vacilo iam querer tacar o livro no fogo, ao desistirem do fogo, iriam ler mais algumas páginas e já cansadas de tantos altos e baixos chegariam a conclusão que não era um livro bom de se continuar lendo e por fim o colocariam em uma patrileira qualquer para um dia em que estivessem com mais paciência terminar de lê-lo!
Percebo que tenho medo de me entregar nesse amor e assumir novamente para o mundo que você é tudo na minha vida.
Você não é, mas colocamos em nosso inconsciente que sim.
Tenho medo de acordar e não te tê-lo mais. Te devolver para o mundo. Começar a viver sozinha e fazer uma nova história.
Caminhar novos caminhos. Se entregar em novas oportunidades. É o que tento mostrar as pessoas no meu dia-a-dia, mostrar que não dou a mínima para cada passo seu e que as noitadas me fazem te esquecer. Não, não fazem. Nem a bebida é capaz de me transportar para um outro lugar. Nem a música alta me distrai do pensamento que só quér ir de encontro ao teu...
Ao mesmo tempo que em cada rua eu procurava rostos novos que me fizessem esquecer cada traço do teu rosto, procurei o teu entre todos estes.
Procurei teus beijos em outras bocas, não achei.
Procurei sorrisos tão lindos como o teu, não foi possível!
Passam-se dias, ninguém percebe, sou tua.
Vejo por várias vezes nossas fotos, cartas, declarações e nada daquilo faz sentido. Nada hoje faz sentido. Não faz sentido não estar contigo. Escuto as músicas e todas elas só me trazem um nome à cabeça.
Procuro me distrair, escrever, escrever,... Escrever sobre o quê? Vamos pense em um novo tema. Não consigo, todos os temas vão em direção a você.
Vamos então menino, acorde, veja que eu te amo.
Eu estou aqui, será que é capaz de enchegar todo o amor que carrego?
Será capaz de suprir toda essa vontade de estar junto?
Será capaz de me fazer realmente feliz, sem dúvidas, brigas ou ciúmes?
Será capaz de esquecer todo o passado? Eu não!
Eu vou fingir que passou, mas ainda está aqui, cada lágrima que eu segurei, cada desaforo que guardei, cada detalhe que deixei passar. Está tudo aqui, comigo, carregados e querendo explodir.
Quero que fique longe, e ao mesmo tempo lhe quero aqui do meu lado.
Desejo lhe bater e chingar, mas logo quero apenas beijos e abraços.
Quero viver para sempre ao teu lado, concretizar e provar a todos que fomos fortes o bastante, e ao mesmo tempo, quero viver, longe de você e provar a mim mesma que suporto tudo isso.
Ficar ao teu lado, aguentar tudo, te amar loucamente e exageramente, aceitar os erros e esquecer tudo,...para tê-lo apenas por mais uma noite, sem que existisse passado, eu faria!
Acordei, e toda esta vontade continua aqui.
Cansei de forjar situações, cansei de aceitar desde os vacilos até os perdões, cansei de entregar meu amor e achar que você fosse sincero ao procurar o teu.
Decido continuar a enganar todos, ouvir músicas altas,provocar, beber, procurar, olhar, sorrir, beijar, dançar,...
Decidi chorar escondida, e decido, por fim, parar com essa mania que é você, um vício!
Cansei, estou indo embora, sei que é amor, mas sei que acabou.

Vanessa Ribeiro

sábado, 24 de setembro de 2011Corrupção. Hipocrisia. Futilidade.










Por Maurício A Costa*



"Quando eu aprender que nada sei... e entender o quão pequeno sou, estarei pronto para voar sobre mares turbulentos ou desertas planícies. Só então irei descobrir que todos as minhas inquietudes não passam de quimeras, efêmeras como o vento que me conduz". ('O Mentor Virtual II' - O Elo Invisível - Campinas-SP-2011)

Maurício A. Costa

Dance, beba, brinque e seja FELIZ na companhia dos seus amigos.
É sábado , vamos aproveitar !!!!

Thiago Saraiva

EU sou a melhor, melhor do mundo em ficar em casa sabádo a noite!

Vanessa Pimentel

Lembra-te do dia de sábado para o santificar. Êxodo 20:8

Deus

Se o domingo a tarde é o período mais nostálgico da semana pra mim.
Sábado a noite é um afrodisíaco sem fim.

Waceila Miranda

O telefone grita e eu logo penso ser meus amigos novamente. Trancado num sábado inteiro, detestando a TV, os insetos, as manchas na parede da sala e, cada vez mais, amando o meu sofá, meu cão e o cheiro de casa desarrumada. Mas aí eu atendo e é ela. É, ela com teu tom de voz misterioso e com um jeito de, só pelo telefone, já saber que eu não almocei direito, que eu nã
o corto minhas unhas e que minha barba está por fazer há dias. “Quero te ver”, ela diz. “Venha”, eu resmungo.

Ela diz que está vindo e eu já começo a arrumar a casa, a cara e até penso em dar um banho no cachorro. Espalho alguma essência pela sala, abro as janelas e tento, da minha forma torta, disfarçar qualquer solidão que me acompanha nesses dias de junho. Ela chega, sobe e o porteiro nem avisa mais. Abre a porta que insisto em deixar aberta e me pega de surpresa olhando CDs legais. Me pede para colocar Pink Floyd e deixar rolar a tal "nossa música". Eu sorrio e tento disfarçar qualquer vontade de agarrá-la de saudade.

Começa a tocar “Wish you were here” e eu digo que escolhemos uma música muito ruim para o nosso caso. Ela diz que tudo é real em nosso pseudo-relacionamento e que canções de saudades nunca saem de moda. Eu desconverso, numa eterna tentativa de não deixá-la saber que canto como um louco esta nossa canção em noites de frio, vodca e cânhamo.

Ela se deita. Elogia minha coleção de cervejas importadas e diz que meu cachorro precisa passear um pouco. Depois, transamos, trepamos ou algo assim. Tudo, menos amor. A gente se ajeita no sofá-cama, na blusa flanelada, no edredom velho e nas rodas de ciranda. Mas nunca no “amor”. Amor é palavra besta que fugiu do nosso dicionário e uma ilha desconhecida que não pertence ao nosso mapa-múndi.

Ela volta aqui como quem nunca saiu. Como quem brinca de se esconder em meus vinis. Como quem se veste dos meus quadros. Como quem se disfarça nos meus livros. Volta aqui sabendo que irá embora de novo. Ela sempre vai. Sempre vem. Volta com novidades e se vai com meus beijos e algumas queixas por tuas ausências. Nós seríamos um ótimo caso de amor veraneio. Mas sem as juras eternas de saudade e com a distância inventada.

Hugo Rodrigues

A semana toda no empenho das tarefas, na ansiedade de que no sábado e no domingo, tudo seja melhor do que os outros finais de semana...

Edu Lazaro

BOM DIA NADA, HOJE É SÁBADO!

"Quando você percebe que pode ser quem quiser, ter o que quiser, você se torna um (a) sonhador (a). Quando você perceber que para isto, você precisará enfrentar seus medos, fazer sacrificios e deixar de ser espectador da sua vida, assumir o papel principal da sua história, você será um(a) vencedor(a), feliz, feliz vencedor(a) que fez a diferença."

Roger Stankewski Rogério Stankevicz

Sábado, noite das inspirações, é bom comemorar!

Leandro Flores

Feriado no sábado é como gorda peituda e magrelo definido: não conta.

Raphael Vilhena Alvares

Desabafo de segunda (em um sábado)
Tem coisas que a gente só entende depois de muito tempo, e então olhamos pro céu e agradecemos a Deus por não ter dado certo, e nos desculpamos pelas inúmeras vezes que o culpamos por acontecimentos que não saíram de acordo com o que havíamos desejado ou planejado.
Um dia no futuro, ou mesmo hoje vamos olhar com perspicácia para o passado e entender que aquelas malditas frases feitas que circulam por redes sociais ou sites de busca eram mesmo verdade e vamos concordar que O que muitas vezes pensamos que era para nosso bem Deus tinha certeza que não era, então vamos ser capazes ou Não de ser humildes para reconhecer a tolice em ter acreditado em nossa própria ignorância.
O tempo é um amigo verdadeiro e imperfeito, as vezes ele traz dores mas sempre as recompensa com felicidades, basta termos paciência. É estranho olhar pra trás e ver que algo que você jurou que um dia te faria feliz hoje te causa um sentimento sem nome, é uma sensação que varia entra os extremos do alivio e da pena. De vez em quando faz bem dar uma remexida no passado pra ter a certeza que hoje vivemos apenas o presente, embora tudo tenha valido a pena.
Tudo passa, mas o aprendizado fica! Felicidade é agora...

Fernandha Franklin

E tudo que eu queria dizer foi dito... e nada do que eu queria fazer foi feito... Naquele sábado tudo que eu via eram seus olhos de promessas, tua boca de desejo e sempre aquela dúvida no ar.

Nhy

A Rosa de Sant'Ana

(evangelista da silva)


O sábado amanhecera em flores e cores e amar...
E indo a Feira merquei as flores, vivi o amor e colhi uma Rosa!
Enquanto eu esperava a Princesa do Sertão em carne e Flor!...
Eu imaginava esse encontro em eterna paixão...

E não via a hora de atravessar o Mar da seca...
Para mergulhar em seu corpo doce de mulher!...
Como sempre...
Desde há muito tempo...

Espero-a contente e tenso a sua presença em meus braços,
A soluçar um desejo inesgotável de eterna paixão...
Ai Ana Santa, e minha Rosa, e Flor de Sant'Ana...
Sacana é quem te faz sofrer neste mundo de meu Deus!...

Vem Amor meu!...
Vem!...
Aqui espero nos braços meus
Entre soluços, gemidos e gritos!...

E no silêncio da noite
Sentirão o nosso prazer de Amar...
E despertaremos desejos ofuscados
àqueles casais infelizes...

Por certo irão copiar o nosso gesto dengoso...
Mas nunca nos alcançarão
Em desejo, amor e tesão...
Visto que o nosso amor é desejo infinito de gozar!...

Rjevangelista

Largo da Palma


Tarde de sábado...
O silêncio mistura-se ao passado
Que ainda vive na simplicidade dos casarios
A mais pura e doce harmonia...
A preguiça das ladeiras...
O acanhamento das calçadas...
Tudo são marcas de outrora...
Por essas ladeiras negros subiram e desceram como burros maltratados...
No vai-e-vem de sofrer e cansaço, pisando nessas pedras em pés descalços,
Brotaram calos e mais calos - nos pés e alma. Doce injustiça...
Observe em sua volta. E observe com carinho...
De um lado, Roma ergue-se envergonhada;
D'outro, o Instituto de Letras caindo aos pedaços - entrega-se a velhice em desespero...
Além, lá no alto, lá em baixo, puteiros desmoronam-se em prantos...
É a antítese da vida: humanos abandonados; desamor, luxúrias, encantos, injustiça e desencantos...
Aqui, no barzinho da esquina, tudo se confunde:
Samba, cachaça, Roma, bichas, capitalistas, senhoras e Putas...

Rjevangelista