Retorno

Cerca de 286 frases e pensamentos: Retorno

Educação nunca foi despesa. Sempre foi investimento com retorno garantido.

Sir Arthur Lewis

A vida só se compreende mediante um retorno ao passado, mas só se vive para diante.

Soren Kierkegaard

A saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar.

Rubem Alves

De um certo ponto adiante não há mais retorno.Esse é o ponto que deve ser alcançado.

Franz Kafka

Doe-se. Mas não espere muito o retorno dos outros.

Augusto Cury

O passado é meu algoz, não me permite o retorno, mas o presente levanta generosamente meu semblante descaído e me faz enxergar que não posso mudar o que fui, mas posso construir o que serei. Podem me chamar de louco, psicótico, maluco, não importa. O que importa é que, como todo mortal, um dia terminarei o show da existência no pequeno palco de um túmulo, diante de uma plateia em lágrimas.

Augusto Cury

Para o desesperado, a partida não parece menos impossível do que o retorno.

Thomas Mann

Toda mulher ama física, e leva muito a sério a lei do retorno…

Tati Bernardi

O Eterno Retorno (Quando Nietzsche Chorou)

Nietzsche: Nós devemos morrer... Mas na hora certa. A morte só não é aterrorizante quando a vida já se consumou. Já consumou a sua vida?

Breuer: Eu já consegui muitas coisas.

Nietzsche: Mas aproveitou a vida? Ou deixou-se levar por ela? Você está fora da sua vida... sofrendo. Por uma vida que nunca foi vivida.

Breuer: Não posso mudar minha vida. Tenho minha família, meus pacientes e alunos. É tarde demais.

Nietzsche: Não posso lhe dizer como viver de outra forma, viveria segundo o plano de outra pessoa, mas talvez eu possa lhe dar um presente Josef. Eu poderia lhe dar um pensamento.

E se um demônio lhe dissesse que esta vida da forma como vive e viveu no passado você teria de vivê-la de novo. Porém inúmeras vezes mais e não haverá nada novo nela. Cada dor, cada alegria, cada coisa minúscula ou grandiosa retornaria para você mesmo. A mesma sucessão, a mesma sequência, várias e várias vezes como uma ampulheta do tempo. Imagine o infinito! Considere a possibilidade de que cada ato que você escolher Josef, você escolherá para sempre! Então toda vida não vivida permaneceria dentro de você! Não vivida... por toda a eternidade!

Gosta desta idéia...? Ou detesta...? Escolha!

Friedrich Nietzsche

Não existe triunfo sem perda, não há vitória sem sofrimento, não há liberdade sem sacrifício.

Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei

Existem feridas que vão tão fundo que serão eternas!

Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei

Só existe uma maneira de mudar o mundo: mudar a si mesmo.

O retorno do jovem príncipe

O retorno que colhemos de ações generosas não é sempre evidente.

Francesco Guicciardini

É a pior morte, a do amor.
Porque a morte de uma pessoa
é o fim estabilizado,
é o retorno para o nada,
uma definição que ninguém questiona.
A morte de um amor, ao contrário, é viva.
O rompimento mantém todos respirando:
eu, você, a dor, a saudade,
a mágoa, o desprezo - tudo segue.
E ao mesmo tempo não existe
mais o que existia antes.

Martha Medeiros

Porque a morte de uma pessoa é o fim estabilizado, é o retorno para o nada, uma definição que ninguém questiona.

Martha Medeiros

O Retorno

Há vários anos, fui companheiro de viagem de um ancião que sentou ao meu lado, e sem que perguntasse, contou-me, depois de várias tentativas sem sucesso, sobre sua felicidade por estar voltando para sua cidade natal por ter sido jubilado no emprego. Contemplei as lágrimas no seu rosto, o brilho nos seus olhos, empolgação ao falar das dificuldades que enfrentou ao longo do tempo e a tristeza de estar voltando num momento em que suas forças já não eram as mesmas de sua mocidade.

Muito tempo se passou depois daquela conversa. As árvores, os postes, as casas, os campos, o horizonte, tudo corria em busca de novos sonhos. Cada momento que passava, sentia que estava mais perto de chegar no meu tão esperado destino. Olhando para o céu, podia contemplar a lua e as estrelas, essas sim, às vezes à esquerda ou à direita, não importava, a verdade era que elas eram fiéis companheiras pela noite, pois estavam sempre comigo pela estrada afora, não importando a imperfeição da situação, não importando as dificuldades da vida naquela ocasião. A vontade de chegar ao meu objetivo aumentava à medida que o tempo avançava. Fui tomado por um sentimento nostálgico, e o passado tentava sobrepor o então presente. Na mente, lugares, família e amigos pareciam estar congelados no tempo, uma esperança de um reencontro mágico, seria bom de mais, e às vezes somos traídos pela realidade. De repente, os lugares começaram parecer conhecidos, o coração acelerou na mesma velocidade dos motores e eu estava a alguns passos do final daquela jornada.

- Pai, mãe, sou eu! Seu filho que estava longe, que morava tão distante, que os senhores sempre pediram a Deus o seu retorno!
Onde estão vocês? Não consigo vê-los! Passei vários anos sonhando com esse momento!
- Hei! Estou aqui, venham ver, sou eu mesmo! Onde estão meus amigos do colégio?

Finalmente, fui ao espelho e vi a dura realidade estampada no rosto. A quantidade e a cor dos cabelos já não eram as mesmas, a pele estava com marcas da vida, porque não falar dos calos nas mãos. A força já não era a mesma da juventude, aliás, já não me chamavam de jovem, vi que tudo se passou, a vida continuou, todos viveram paralelamente, muitos se casaram, alguns se foram, tive a estranha sensação que cheguei atrasado ou tarde de mais. A ânsia do retorno cegou-me ao longo dos anos. Hei, a culpa não foi minha, também vivi a vida, porém em lugares diferentes. Estas lágrimas não são à toa, mas uma forma de pedir perdão, voltei, eu amo vocês! Voltei sim, para minha cidade querida, para o meu povo, para os meus poucos amigos e principalmente para aqueles que restaram da minha humilde família.

Rinaldo Pedro

Sonho pelo retorno daqueles que perdemos. Sonho pelo fim da distância. Sonho em anestesiar saudades. Sonho em não precisar mais acordar.

Mel Fronckowiak

Aquele humilha o próximo um dia também será humilhado é a lei do retorno.

Beto Braga

O distante é o que aproxima e o ausente - não a ausência - é uma figura do retorno.

Pierre Fédida

Retorno ao Ultra-Romantismo

Como eu queria te dizer
Que você é mais apenas um elemento humano
Apenas uma criação da natureza
Mais uma neste infinito funesto
Porém meu interior grita em estado de agonia
A crua e mais crua poesia
Que sem seu ser
Serei apenas mais um
Sem rota, sem rumo
Sem guia
Sem caminho
Somente mais um perdido no espaço

Minha última gota de existência
É como uma melancólica poesia
Que demonstra tristeza e demência
Praticamente ausente de alegria

Pode ser ilusão
Exagero
Emoção
Ou mais um desespero
Mas,
Tudo, tudo mesmo!
Foi por você e para você

Sair desse longo pesadelo
Que só aumenta
Transformando-se em grande tormenta
Que não consigo retirar

Acho que já fui tudo
E se perguntarem se agora sou
Respondo somente que já fui
Porque eu me definhei em saudades
Aprisionei-me em mentiras
Que só em remorsos me recordo
Da dor interna que faz uma imagem
Do sentimento eterno que não me abandona

Já prometi andar novamente
Caminhar longe dessa desilusão
Para poder viver melhor
E viajar para um lugar longínquo
De uma existência atormentada

Foram quedas
Foram lágrimas
Desejos
Foi tudo
E hoje de tudo, tenho nada
De qualidades
“O amor tirou”

Hoje apenas há uma poeira escondida
Um indivíduo esquecido
Que carecia de alguma sina
Para escapar desse grilhos da vida

A solidão foi o resultado
Fui vítima de meus próprios sonhos
Como uma autodestruição
Que deixou os devaneios extinguirem uma imensa dimensão de pensamentos
Onde morbidez, tédio e angústia
Transformaram-me em um grande martírio

Lembrando da última rosa
Chorei
Pensando na última rosa
Gritei
Amando a última rosa
Morri
Fechei meus próprios olhos
E se vivo? Nem isso eu sei
Que de joelhos implorarei
Para que esse caos cesse

Às vezes me consolo
Refletindo em seus lábios
Pensando no teu cheiro
Olhando tua pele
Porém é só isso
É só por essa razão e nada mais
Que estou aqui comigo
Respirando
Pulsando
Existindo, mas não vivendo

Posso até descobrir horizontes
Até fugir das dores que me aplacam
Ou descobrir um outro planeta
Onde a filosofia não se esconda em ilhas
Mas se exteriorize no perfume de teu corpo

Compreender isso é difícil
Sentir é pior
Mas esconder é impossível
Talvez meus olhos já tivessem revelado
Ou dar uma pista para essa verdade
Que fundamenta minha vida
Que direciona meu espírito
Talvez algum dia ou em outra dimensão
Mesmo onde a inteligência racional esteja ausente
Eu te direi o que cresce em meu peito

Pode ser um rito à loucura
Contudo, só sei
Que esse fanatismo que tenho por você
Não afasta a solidez de um dia tê-la novamente.

Raul Lennon