Raizes e Asas

Cerca de 1707 frases e pensamentos: Raizes e Asas

O amor e o desejo são as asas da alma para grandes vôos.

Johann Wolfgang von Goethe

A preguiça assemelha o ser humano a uma ave de asas cortadas

Jeanete de Moraes Souza

Para que serve meus pés,se tenho asas para voar?
Voar e viajar pelos lindos campos da imaginação.

Daniel P .Santos

O facto de acreditar-mos em anjos nao implica que eles tenham asas para os ver-mos voar eles estão bem perto de ti basta que olhes com atenção e os ame com o coração.

Eugenio Leandro Pascoal Salvador

Sopro do vento
Soltei palavras ao vento...
Palavras soltas como
Pássaros de asas abertas
Que não possuem destino,
Nem desatino,
apenas pulsam em vôos livres...
Pois que voem livres as palavras,
Que ecoem em canções e gemidos.
Em pranto e prece, até que se calem
Todas as feridas, todas as iras...
Que a palavra finalmente expressa,
Seja livre, doce e calma
Definitivamente liberta, pois...
Hoje quero esta calma,
Azul e mar,
Sono e cama,
Silêncio e palavra...

sonia schmorantz

Tira a poeira das asas, meu anjo. O sol brilha tão lindo lá fora... Os pássaros cantam, as flores desabrocham, e há sorriso nos casais enamorados, deitados na grama do parquinho ali ao lado... As crianças brincam tão felizes, alheias a tudo... E por que as suas asas andam tão empoeiradas?

Tira a poeira das asas, meu anjo. Ainda há tanta coisa por fazer... Um filme engraçado a dois no cinema, uma bebida qualquer num barzinho diferente, um caminhar sem destino de mãos dadas ao vento... Aqueles dois idosos parecem ignorar que já passaram por tanta coisa juntos, olha só o sorriso deles, tá vendo?

Tira a poeira das asas, meu anjo. Não se entrega... Não me dá a opção da escolha, ainda prefiro que você lute... É tão lindo o brilho que sai dos seus olhos quando você sorri... O teu toque fica tão mais macio, o seu abraço fica tão mais quente... O teu beijo fica tão mais doce...

Tira a poeira das asas, meu anjo, já tá na hora de voltar a voar...

Leandro Soriano Ferreira

O homem inveja os pássaros, pois Deus não vos deu asas.

Rodrigo Cézar Limeira

Ser livre e primeiramente conquistar suas próprias asas,para depois saber a hora certa de levantar vôo.

Railane fraga

Desde que eu conheci você; sinto como se estivesse andando com pequenas asas nos meus sapatos; como se meu estômago estivesse cheio de borboletas... mas tudo bem
Saltando de nuvem em nuvem; e eu sinto como se eu nunca fosse cair; e se eu dissesse que eu não gostei você saberia que é mentira; Então eu digo por que você e eu não ficamos juntos e saímos pelo mundo e ficamos juntos para sempre;
Iremos em frente, tentaremos de novo, então eu digo por que você e eu não nos abraçamos e voamos até a lua e vamos direto para o paraíso;
Porque sem você eles não vão me deixar entrar ...Não há uma combinação de palavras que eu poderia colocar no verso de um cartão postal, nenhuma canção que eu poderia cantar mas eu poderia tentar pelo seu coração nossos sonhos; eles são feitos de coisas reais assim como uma caixa de sapato cheio de fotografias, com um tom de sépia do amor
AMOR é a resposta.
pelo menos para a maioria das questões no meu coração;
Por que estamos aqui? E para onde vamos? E por que é tão difícil?
Não é sempre fácil e às vezes a vida pode ser enganadora, vou te dizer uma coisa
é sempre melhor quando nós estamos juntos, sim, nós olharemos para as estrelas quando estivermos juntos; Bem, é sempre melhor quando nós estamos juntos;
Sim, é sempre melhor quando nós estamos juntos;
Eu acredito em lembranças, elas parecem tão bonitas quando eu durmo
E quando eu acordo, você está tão bonito dormindo ao meu lado; mas não há muito tempo; e não há, nenhuma canção que eu poderia cantar;
E não há uma combinação de palavras que eu poderia dizer; mas mesmo assim vou dizer uma coisa;
É SEMPRE MELHOR QUANDO NÓS ESTAMOS JUNTOS!

Mandinha Franklin

Anjo sem asas

Sou anjo caído na estrada
Ajoelhado, com as asas quebradas
Nos olhos a amargura da solidão
Uma flecha pontiaguda atravessou o meu coração!

Meus dias estão incertos
Eu danifiquei a máscara
Meu rosto está descoberto
Como voltar para casa?

Eu sou um vento frio!
Um pote vazio
Chuva gelada
Caminhos tortuosos na estrada

Quem passa não me vê
E quem me vê só quer me esquecer
Eu sou predestinado à solidão
Guardo os meus segredos no coração

Eu sou a canção que ninguém cantou
Restos do amor que se acabou
Eu sou a lágrima do humilhado
Um espírito cansado

Eu sou como a porta do cemitério
Todos os que entram nela, temem ir para o inferno
Eu sou o mistério que lhe tira o sono
Sou a angústia do abandono!

Anjo que não consegue e não quer voar
Sem as asas onde estão os motivos para sonhar?
A noite cai e as estrelas sumiram do céu, escureceu!
Esqueceram de mim e este destino é só meu!

Janete Sales (Dany)

" Ótimo que tua mão ajude o voo...mas que ela jamais se atreva tomar o lugar das asas".

Dom Hélder Câmara

(...) toda pessoa deve ter um par (de asas) perdido ou achado por aí nesse mundão de Meu Deus! Daí a gente espera, não espera, pega estrada, segue o curso, corta caminho ou roda como numa ciranda, muda o rumo, erra/acerta o passo e cruza com alguém que nos faz experimentar sensações até então desconhecidas porque vindas de um jeito novo. Que nos faz delirar, provocar uma sinergia, um descompasso em meio ao calor trêmulo dos passos, o desejo ardente de perde-se naquele abraço, embriagar-se de beijos, fundirem-se entreolhares e entregar-se com paixão. O novo, vestido de flores, sol e sorrisos, tecido de algodão bordado de carícias e coração. (...) Deseja vesti-lo, sentir colado à pele o teu avesso, o vestido mais perfeito, e reza para que te caia bem, que te vista como uma luva, que se encaixe perfeitamente em você, na medida certa do/para o amor, sem mais.

Angella Reis

NAS ASAS DA BORBOLETA

Sou no mundo um passante, andarilho dardejante
Olhos ávidos, deslumbrados de beleza...
Sou no mundo borboleta, nem lagarta nem casulo
Não rastejo na miséria, não me escondo na riqueza

Do mundo não quero a tristeza... o medo a insegurança
Quero a alegria das cores, a liberdade da esperança,
No mundo, eu não serei apontado por ser mal educado
E não tratar com cuidado a casa que me acolheu

E quando chegar o fim do vôo da borboleta
Ficarei nas cores e nos sorrisos
Deixarei o mundo mais colorido nas asas da borboleta!

Inoema Nunes Jahnke

Quem nunca brincou de lama com os amigos, quem nunca sonhou ter asas, e nas asas da imaginação voou para longe, quem nunca ficou com raiva de um amigo, fazendo juras de que nunca mais falará com ele e depois de uma leve olhada tudo ficou como se nada tivesse acontecido, quem nunca pensou em fugir para uma outra dimensão, quem nunca pensou em mudar o mundo, quem nunca pessou em ir na lua, quem nunca esqueceu um compromisso, quem nunca deu uma desculpa esfarrapada, quem nunca sentiu vontade de gritar pra todos que ama, que nunca foi amado, quem nunca foi magoado por um amor, quem nunca fez loucuras para fazer os outros felizes, quem nunca chorou, quem nunca perdou, quem nunca foi perdoado, quem nunca sonhou??? QUEM NUNCA FEZ ISSO, NUNCA VIVEU. SORRIA, CHORE, PERDOE, SINTA, AME, VIVA. by: Suzy

Suzanny Hellen

Morrer de amor..

Ela ainda vive com as asas que lhe foram dadas, o coração na boca liberto e cansado de tantas outras quedas, um pé no chão como atalho pra qualquer fuga.
Não recebe nada em troca, ainda tem o seu amor como garantia e esse, talvez só dure em liberdade.

Pincela em rostos estranhos o que tanto sonhara ou ao menos, imagina em outros quadros os olhos que deseja admirar sem desvios. Os muros do seu coração caem por terra a cada amanhecer em que seus desejos não são dissipados.

Mesmo à beira da loucura e inconstante, ela segue. Que ninguém tente lhe arrancar desse devaneio, a vida pra ela é só mais um, talvez o mais doce e perturbador.

Entorpecida, pressiona a razão pra que ela escorra entre os dedos. Não sabe amar pela metade. Vive pra morrer de amor.

Priscila Rôde

Se uma borboleta perder as asas, votará a ser lagarta, porém se um homem perder a inspiração, estará morto.

Ivan Teorilang

VERDADEIRAMENTE


Saia do interior
Da tua timidez
Busque as asas
Da liberdade,
Deixe a alegria
Contagiar o teu ser
Mate a sede
Da tua alma,
E o desejo
Do teu coração.
Deixe a euforia
Te fazer
Não caber
Dentro de si.
Viva estes momentos
Com a certeza
De que na vida
Verdadeiramente
Só se ama uma vez.
E que esta
É a tua magia
Arrisque uma chance
Entregue-se a loucura
E viva,
Viva intensamente,
Viva loucamente
Sem culpa, sem medo...
Mas viva!
Ou...
Covardemente!
Morra.
De tanto AMOR......

getulio gomes

ILUSÃO

Aqui jaz apenas o silêncio mórbido em suas asas secretas banhadas a solidão
O pensamento se perde no crepúsculo, mais um dia está morrendo e no horizonte faz chuva.
Mais uma noite vem nascendo, mais um tormento se aproximando.
Das sombras eles começam a sair, com seus cânticos sombrios e suas vozes amarguradas
E o silencio é mais doente...
É só mais uma noite, penso, já passei por tantas,
Mas cada uma que nasce, parece desejar a minha morte, sempre parece a última
E é como se apenas eu pudesse vê-los, como se estivessem aqui só por mim...
É estanho, realmente é estranho...
E quando olho para o horizonte, agora sem forma e se misturando ao escuro do céu
Sinto meu espírito implorando para ir embora,
Todos os meus esforços são em vão.
E um sussurro avisa que será sempre assim, caso eu não saiba
Será sempre ilusão.

Escrito em 09/04/2009

Marcela Melo

Entendi que para ter sol, não é preciso não ter nuvens...
Que para voar, não é preciso ter asas...
Que para sonhar, não é preciso dormir...
Que para querer, não há limites...

Entendi que para cantar, não precisa ser afinado...
Que para saber, nem sempre precisa perguntar...
Que para ter fé, não é preciso explicar...
Que para chorar, não é preciso doer...

Entendi que para dizer, não basta falar...
Que para sentir, basta um coração...
Que para beijar, pode ser com os olhos...
Que sorrir, pode começar de uma lágrima...

Entendi que, contra toda lógica, o tempo pode parar...
Que para sempre, pode ser dois segundos ou menos...
Que para agir, pensar pode travar...
Que para viver, não é preciso ter tempo...

Entendi que estar não é o mesmo que ser...
Que para conquistar, às vezes só depende da espera...
Que derrubar, pode ser construindo...
Que para chegar, correr pode atrapalhar...

Entendi que não preciso entender tudo...
Que para ser feliz, não preciso de bons motivos...
Que para fazer calar, não é preciso ter razão...
Que ter medo, pode ser com muita coragem...

Entendi que paradoxo tem outro lado ou não...
Que para ser maluco, não precisa ser da cabeça...
Que para ganhar, pode ser perdendo...
Que cobrar, pode ser a forma de perder tudo...

Entendi que perdoar todo dia é o mínimo para ser perdoado também...
Que para ser eu mesmo, preciso me colocar no lugar do outro...
Que para fazer um amigo, não é preciso ser um outro eu...
Que persistir, é o jeito de encontrar o caminho...

Entendi que a distância é um conceito nada matemático...
Que para se estar longe, pode ser de mãos dadas...
Que para ficar perto, só é preciso imaginar...
Que para amar, não precisa de mais nada...

Pablo Massolar

Liberdade é quando sinto corpo e a alma
despidos de pudores
é quando posso voar
dar asas a imaginação
libertar os sentidos
abraçar o espaço do nada e me sentir
invadida pelo tudo
deixar o vento acariciar a pele
despenteando os cabelos
embalada pelo som do silêncio
estar a beira do abismo
e dançar, dançar...

A Dançarina do Abismo - julia