Raiva

Cerca de 1766 frases e pensamentos: Raiva

Meus pensamentos e vontades

Sinto uma saudade imensa.
Mais tenho um sentimento de "raiva"(bom pelo menos é o q eu tento sentir) que faz com que eu de certa forma esqueça tudo bom que vivi com ele.
Uma vez me disseram algo assim- que nós somos tão egoístas que quando "terminamos" ou coisa assim, nos apegamos tanto ao fato de querer essa pessoa de volta a todo custo, e chorar, e lamentar, que nos esquecemos de quanto foi bom o tempo que passamos junto dela, o quanto valeu a pena, o quanto todos aqueles dias ou meses significaram ,enfim nos esquecemos que embora tenhamos terminado, embora agora choremos, embora agora lamentemos; há um tempo atrás foi muito bom, e essa pessoa que agora tentamos a todo custo sentir uma raiva mortal já nos fez muito feliz, já reservou grande parte dos dias dela pra ficar só com a gente...
Esquecemos dos abraços,dos carinhos, dos sorrisos (que por trás diziam:”que bom q vc tá aqui agora") ,dos beijos (há! os beijos) , esquecemos do quanto aquela pessoas nos tirou o fôlego,o quanto cada um desses gestos já significou e as únicas perguntas que nos vem à cabeça são: "Pq ele não tá aqui agora?" "Eu não sou o suficientemente boa pra ele?" "O q eu fiz de errado?" "Foi culpa minha?" "E se eu tivesse feito diferente, será que ele estaria aqui agora?" ....
E não percebemos que as coisas acontecem por q tem que acontecer. E na maioria das vezes não podia ter sido diferente.
Então, temos que parar de ficar nos perguntando por que não deu certo, e lembrar que deu certo sim!Por um tempo,2 meses,1 mês, um dia que seja, mais deu certo!
Aí eu paro pra pensar naquela dorzinha apertando lá no fundinho do coração,a SAUDADE .Como dói! e então entendo que pra gente é melhor sentir raiva, pra que toda vez que aquela pessoa vir à cabeça não ficarmos lembrando do quanto ela um dia já nos fez bem!
Pensamento inútil, por mais que nos esforcemos pra sentir raiva, na hora da saudade só aparecem os pensamentos bons, e de novo o sentimento de culpa, pensando que se ele não está aqui agora a culpa é nossa!
Acontece que o mundo não pára, e com certeza a vida dele também não parou, então porque não conseguimos sair do lugar?
Talvez seja pq vc acorda pensando nele, vc passa o dia pensando nele, vc vê ele (pior ainda é quando vc o vê exatamente nos lugares onde anteriormente vc e ele já estiveram juntos- e é como se vc viajasse no tempo e desse tudo pra ele voltar atrás), quando finalmente vc acha que vai se livrar dele e ir dormir, não é que ele também está lá, invadindo os seus sonhos!
Difícil?Ninguém disse que seria fácil.
E mesmo com todas as lágrimas, todas as noites sem dormir, todas as dores de cabeça(de tanto chorar), todos os dias que vc viu passando sem nenhuma vontade de vivê-los realmente, toda essa raiva...
Mesmo com tudo isso, se vc pudesse voltar atrás faria tudo igualzinho.Estranho né? Não entendo.
Mais sei que temos que continuar a viver e a lembrar DELE como aquele que um dia já esteve ali, guardar com carinho todo os presentes, os bilhetes, os papeizinhos de bombons, há! E claro, as recordações, dos abraços, dos carinhos, dos sorrisos, dos beijos e da falta de fôlego!
Se achar necessário sentir raiva agora, se por enquanto ainda existe mágoa, sinta!Ninguém pode te condenar por isso!
Mais deixe as coisas acontecerem naturalmente, não se culpe por nada,”as coisas acontecem por que tem que acontecer”, não se esqueça.
E um dia se realmente o destino tiver escolhido ele pra vc, ele vai voltar, se não, com certeza alguém muito mais especial aparecerá na sua vida, é só uma Questão de tempo.
Enquanto isso viva!Viva como se não precisasse dele pra isso(realmente não devia precisar), viva como vivia antes dele aparecer na sua vida e então quando ele não estiver mais aí dentro de vc, nem irá perceber!
Chore se necessário, mais de saudade, só de saudade, não por culpa!

Olhe ao seu redor e valorize que está aí te dando valor, quem se importa com vc! O restante vc esquece, um dia vc esquece!

HÁ!
E SEJA FELIZ!

Com ou sem ELE!

Bruna S Maciel

A raiva é um sentimento onde quem acabada sendo prejudicado é quem sente, pois vai ficar triste e estressado.

Dandara Medeiros

Momentos de raiva

As vezes as pessoas falam algo que você saiba!
As vezes as pessoas falam algo que nao caiba!
Nao fasso nada para manter irritada,
Mas acho que esta apenas estressada.
Tenho rasão que isso sempre ira acontecer.
Sei que com essas pessoas irei conviver.
Nao intendo o motivo de aguir assim.
Sei que algum dia isso tudo tera fim.
Encontro meu espaço,
Sem aquele abraço,
Que tinha prometido pra mim.
Mas sei que ela nao esta afim.
Para que se estressar?
Para que se irritar?
Isso deve ter explição.
Dentro do seu coração!

Rafael Saicom

Se alguém erra comigo eu fico com raiva não porque eu esteja com raiva da pessoa, exatamente, mas é pra ela perceber que eu não gostei. Penso que se eu agir de maneira bondosa, ignorando os erros dos outros, eles vão achar que tá tudo muito bem em errar, e errar comigo.

Itarcio A. L.

Tenho raiva dessa minha ESPERANÇA,ela sempre rouba de mim O DESEJO DE TE ESQUECER, e o pior de tudo é que não consigo prendê-la. Quando penso que ela desapareceu, fico sabendo que está escondida bem onde você mora, no íntimo do meu CORAÇÃO, aliáz, esse CORAÇÃO, está me dando muito trabalho, é o maior cúmplice da ESPERANÇA, e cuida muito bem dela, alimentado-a todos os dias.
Sei que tenho um grande problema, porque por mais que eu despedace o meu CORAÇÃO para tira-la dele, fiquei sabendo que de nada adianta, pois a ESPERANÇA é a ultima que morre!

géssica Barbosa

Tenho raiva do modo como me olha.
Tenho raiva do modo como fala comigo, sem olhar nos meus olhos.
Tenho Pena do seu coração vazio, da sua mente imunda, da sua falta de confiança.
Talvez me esconda dentro dessa raiva pra não demonstrar o que na verdade não seria raiva e sim Amor.

Jamille Reis

Morta de raiva e não de dor.

Se eu olhar para os lados, o que é que eu vou ver? – Minhas mãos estão ocupadas, meus pés continuam andando e meus olhos estão atentos na direção que eu sigo. Mas tudo parece se trancar ao sentir vontade de olhar para o lado, eu acho que meu coração tem medo de sentir o vazio da saudade de estar cheio como antes.
As mentiras – não, prefiro não colocá-las como mentiras – as explicações não dadas e as palavras pela metade, deixam um vazio de dúvida. Como não ligar? Como não sentir-se mal pelo que os outros dizem? Meu coração aperta e de repente, ele sente-se disperso. – Não sei se é determinação ou se é somente preguiça, ou até, medo de esquecer e continuar andando em ritmo acelerado. Talvez, seja apenas confusão da minha cabeça.
Já não é como antes. E nós sabíamos que seria assim. – Vai virar rotina, vai perder o sentido que faltava. Vai ganhar significado e não terá mais graça. – As coisas já não são tão abstratas, elas parecem ganhar formas exatas.
Eu ando sentindo medo e eu ando percebendo minha desatenção. Eu ando largando tudo, não somente essa história. Ando me cansando de tudo e não queria me cansar disso, mas as coisas parecem estar cansadas. – As dúvidas aumentam, e o medo começa a bater forte e rigorosamente. Não entendo o que estou sentindo e sinto falta da sua companhia.
Não estranhe se quando nos encontrarmos novamente, acontecer de eu desviar o olhar. – Não pense que não quero, mas não tenha certeza que quero. – Quando tudo parece surreal, eu tendo a me transportar e me afastar. Quando tudo parece mentira, torna-se mesmo cansativo, e eu tendo a perder o controle das coisas, até que elas acabem.
Não pense que eu estou triste, mas saiba que não estou feliz. Não pense que por sorrir, o sorriso será verdadeiro, mas saiba que irei sorrir. Não pense que ao te olhar, meu coração irá parar, mas saiba que irá. Não pense que eu não quero que termine, mas saiba que eu quero. Não pense que eu prefiro continuar, mas saiba que eu prefiro. Não pense que eu vou negar, mas saiba que irei. Não pense que eu vou aceitar, mas saiba que sempre aceitarei. Não pense que não falta nada, mas saiba que falta, falta algo que só você poderá dizer o que é.
E quando falar, por falar, fale olhando nos olhos que falta. Por favor, não tenha medo de dizer. Não pense que vou sair correndo ou que vou chorar por isso. Não pense que tenho medo de suas palavras ou de pontos finais. Eu tenho medo de continuar, e continuar assim, sem trilha sonora, sem essência, sem verdades. Eu tenho medo da falta de palavras e da falta do necessário, se para você for preciso.
“Porque todas as falcatruas já não tem mais graça e todas as mentiras parecem inúteis”.

Gabriella Beth Invitti

A raiva e um vento que apaga a luz do raciocinio"

Regiane Oliveira

Vivemos de sentir


Coisa maluca é o sentimento. Seja ele: raiva, amor, carinho, etc, etc, e etc. Às vezes ele nasce à primeira vista. Noutras, vai se formando aos poucos, sem nem ser notado. Quando se dá conta já és dominado. É mesmo sem explicação. Como pode num momento está perdido de amor, e em outro enlouquecido de ódio? E quando vem aquela sensação de que não se consegue defini-lo? Sabe-se que sente algo, só não sabe o que. Um coração pulsando aqui. E outro ali, gélido, estático. Nenhuma correspondência. Dois corpos abraçados numa só sintonia. Ao mesmo tempo, nem tão distante dali, na outra esquina, dois olhares se entrelaçando, mas com medo, não se declaram. Encontros. Desencontros. Encontros. São tantos se, porque, mas. E o que se pode fazer se você sente? Nada melhor do que lágrimas e risos para responder. Uma coisa é certa: Vivemos de sentir.

Ilária Oliveira

Havia nela uma lenta elaboração emocional que eu não estava reconhecendo. Algo no limite da raiva, com uma ponta de desejo e uma porção de desespero.
Ciúme, esclareceu ela.

A Hospedeira.

A raiva pode esconder uma necessidade de manipular o outro.

Mestre Arievlis

Raiva.

Raiva é um sentimento de protesto, insegurança, timidez ou frustração, contra alguém ou alguma coisa, que se exterioriza quando o ego se sente ferido ou ameaçado. A intensidade da raiva, ou a sua ausência, difere entre as pessoas.
A raiva também pode ser um sentimento passageiro ou prolongado (rancor) e a expressão da irritabilidade e agressão humana.
Outros nomes como fúria, ira, cólera,ódio, crueldade, etc. aplicam-se à distintas formas ou modulações desse sentimento que enquanto expressão do instinto de agressão é extensível aos demais vertebrados.
A raiva pode ter diversas origens, tais como:
O desejo de vingança: Quando alguém foi de alguma forma insultado, ou prejudicado por outra pessoa, e sente o desejo que ela sinta o mesmo que está sentindo.
A inveja: Uma pessoa pode sentir raiva de outra pelo fato desta ter algo que aquela gostaria para si, no entanto, como não possui recursos próprios para adquirir estes objetos de desejos, e pela sua imaturidade moral, passa a sentir raiva de quem os têm.
O ego: Uma pessoa pode sentir raiva de uma outra pelo fato desta ter afrontado ou ridicularizado o seu ego. A raiva, neste caso, é uma tentativa de proteção ao impor-se uma postura agressiva diante da afronta.
O instinto de superioridade: Uma pessoa que no seu íntimo tem a falsa percepção de superioridade em relação aos demais, quando se vê em uma situação em que não é compreendida ou aceita como gostaria que o fosse, utiliza-se da raiva como mecanismo de evasão dos seus instintos violentos, afligindo a todos que se encontram ao seu lado.
A família: Pode ocorrer quando os pais não dão a devida atenção aos filhos, desinteressando-se pelos problemas que venham a afligir a prole. Inconscientemente o indivíduo começa a ressentir-se, o que ao longo dos anos pode gerar raiva acumulada, o nascimento de um irmão também é a causa, chegando a ser mais um ciúme, tendo também raiva.
A raiva é como uma doença que vai corroendo de dentro para fora, e que causa diversos prejuízos físicos, mentais e espirituais para o próprio enfermo e para as pessoas que a este acompanham.
Como consequências da raiva podemos ter:
A violência verbal.
A violência física.
O Ódio, que consiste numa ênfase de raiva, que geralmente dura mais tempo e acompanha um desejo contínuo de mal a alguém.
O comportamento agressivo, que se dá quando o indivíduo assume uma postura contínua de mau humor e raiva, pode ter sua origem em pequenas frustrações que no decorrer da vida se acumulam, e que não foram superadas através de diálogos compreensivos e do perdão ao próximo e a si mesmo.
O perdão consiste em desistir de qualquer ressentimento quando se é, de alguma forma, prejudicado. Por isso existe quem considera o ato de perdoar como uma possível "cura" para a Raiva.
No corpo humano a raiva gera problemas no sistema nervoso central, disfunção das glândulas de secreção endócrina, distúrbios no aparelho digestivo e desequilíbrio psicológico.

Marinho Guzman

Quando você se distancia de Deus ele não fica com raiva, apenas sente saudades e espera ansiosamente pela sua volta, por isso, tenha certeza que qualquer dificuldade na volta para casa é o inimigo tentando te fazer voltar para o erro.

Helíssia Souza

Tenho raiva de mim, muito ódio de mim mesma, você sabe o porque? porque eu não consigo parar de pensar em você! Eu te odeio mais do que me odeio por que ao mesmo tempo que é tão imperfeito é muito perfeito.

Evelyn Gonçalves

Tenho afetos, desafetos, bom e mau humor, crises existenciais e paz de espírito, amo e sinto raiva da mesma pessoa, sou boa e má, positiva e negativa, altruísta e vingativa.
É claro que gostaria sempre que o meu melhor lado sempre estivesse on, sempre no volume máximo e nunca mudasse de emissora. Mas nem sempre é assim. Gostaria que meu lado coração e alma se sobressaíssem sempre na espontaneidade, mesmo nos momentos escuros, mesmo nos momentos não salutares. Não gosto de reprimir raiva, não sou adepta ao "tudo bem", "não é nada" quando na verdade está tudo péssimo e tenho tudo. Não gosto de não por para fora o que sinto, mesmo que seja injusta, mesmo que pegue pesado, mesmo que ofenda ou brigue, xingue, grite. Eu não sei me calar se me sinto mal, se me sinto desdenhada e não querida, se me sinto a mosca do cocô do cavalo do bandido e o pior de tudo, sentir tudo isso vindo de alguém que amo, que curto, que admiro. Eu sei, eu sei, não sou só eu que tenho altos de baixos, meu companheiro, meu amor, minha vida também. Não sou só eu que tenho maus momentos, ele também tem, então o que fazer. Esperar o momento oportuno, não se precipitar em jogar palavras no momento de raiva, ser sincera ao ponto de ser cruel, querer destruir e vencer numa briga de casal que muitas vezes começa por motivos bobos e que podem ser contornados.

Arcise Câmara

Me deixe ter ciúmes, raiva ou até mesmo nojo . Mas não me deixa sentir ódio de você, por que quando eu odeio, eu odeio mesmo . O ódio não é igual ao amor, que as vezes temos que deixar de lado e esquece-los .

Bruna Correia

Quando se guarda raiva do inimigo, você o carrega dentro de si

Rodrigo Minotauro

Me dá raiva lembrar dos seus beijos e de tudo que eu tinha sonhado para nós...

Leonardo Romanelli Guimarães

Detesto pessoas que me fazem muita raiva e depois tentam me comprar com presentes.

Dalila Maitê Rosa Sena

Olha, eu não estou te ignorando, não estou com raiva de você. Eu apenas preciso me importar e amar um pouco menos você. Será que você entende isso? Te amar demais não me faz bem, por isso preciso diminuir todo esse amor que sinto por ti.

Antônio Reis