Quando a Brisa Tocar seu Rosto

Cerca de 5497 frases e pensamentos: Quando a Brisa Tocar seu Rosto

O ser humano gosta de complicar as coisas, é só uma brisa, quem sabe ela bagunce teu cabelo, quem sabe te acaricie o rosto, quem sabe, quem sabe…

Dom Casmurro

"Não se preocupe com os ventos contrários, pode ser só uma brisa. Se ele estiver forte talvez tenha vindo só para mudar algumas coisas de lugar, para bagunçar seu cabelo e te acariciar. Talvez tenha vindo para mostrar que nem toda direção que pensamos ser contrária realmente é a que devemos evitar."

Maíra cintra

Você é a brisa q num simples toque me leva a sonhar..
Eu sou o vento a lhe procurar...

Você é o sol que me aquece todos os dias...
Eu sou a lua e fico a te esperar...

Você é meu jardim de flores que me faz sorrir só de olhar..
Eu sou aquela abelhinha que tento de Você algo tirar..

Você é todo esplendor do horizonte..
Eu fico ao longe a te desejar...

Você é todo infinito do mar...
Eu sou aquela onda que bato e tento Você levar...

Você é aquela linda montanha que faz meus olhos brilhar..
Eu sou aquela trilha que ao topo tento chegar...

Você é... AMOR, PAIXÂO,SONHO,DESEJO resumido Você é minha VIDA
EU sou simplesmente alguém a te AMAR.

vera lucia

"Se algum dia sentires a minha falta, olhe para o horizonte e toda vida que uma brisa leve tocar seu rosto, lembre-se: sou eu que te beijo em silêncio ..."

Diego Vitoriano

Uma flor desafiou o vento… algumas pétalas caíram… mas seu suave perfume se condensou a brisa leve que restou e nunca mais se separaram…”

Cristian Stassun

Quando caminhar ao vento e sentir uma leve brisa tocando seus cabelos, simplesmente feche os olhos e respire fundo, pois, neste momento minhas mãos estarão te tocando, não sei se por telepatia ou até mesmo por mágia...mas quero que saiba que de alguma forma...serei Eu!!! TE ADORO!!!

JF

Te sinto como
uma ventania constante
Te tenho na brisa suave
O cheiro de uma lua enamorada
esse olhar que se despe a alma
O silêncio que sela a boca
e abre o coração
Mistério de segredos
procura constante de eus, de zeus
Complemento de um poente
o querer, sem perceber
Um sonho que se aguça os sentidos
lembra que o amor é o alimento da vida
Sempre está comigo
tempo e lugar...

Pati Menezes

O PASSADO É COMO O VENTO...

Passa por nós e nos deixa algo...

Às vezes, uma brisa agradável, às vezes, uma simples sensação de frescor e alívio, outras vezes, deixa tudo devastado... arrasta sonhos...pessoas...
Quando assim, temos que esquecer e continuar a viver...mas alguns deixam suas vidas presas ao vento, que as leva junto em sua rota. É difícil recuperar, mas não impossível, visto que o vento é obra de Deus e faz a trajetória permitida por ele!
Outros, nem percebem quando o vento passa, o que ele arrasta, as oportunidades que se vão com ele... Oportunidades de ser feliz e fazer pessoas felizes, de se tornar melhor...enfim...
Uns seguem tentando aprender, percebendo o vento e o que ele traz, recuperando o que se foi, se vai... Assumindo os erros e subindo degrau por degrau das escadas da vida, encarando de frente cada passo, mesmo que para isso seja necessário esperar mais tempo para que a ventania do passado se torne brisa e frescor no futuro...
Enquanto outros... Acham que já estão por cima, protegidos do vento e nada precisam saber, assumir, recuperar, sentir... mas nem percebem o que ele levou... e ainda leva...

(Se for brisa...Sinta! Frescor e alívio...Lembre! Devastador...ESQUEÇA! Antes que te leve... )

BLOG: http://pararefletirknm.blogspot.com/

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Keyla Nunes

Seja idealista nos seus sonhos, busque o que realmente lhe faça feliz.
Seja luz pela brisa em dia sereno ou seja infinito no amanhecer em um dia especial.
Tenha paz em sentimentos na plenitude que honre a razão.
Tenha certeza da vida como uma louca paixão,pois o amor é luz que ilumina meu coração.

Julio Aukay

Vivendo nesse mundo louco hoje só na brisa, viver para ser melhor tb é um jeito de levar a vida

Chorão

Tudo nessa vida é merecimento, o que a brisa leva, volta com o vento! Se não se decidiu, então corra atrás, entre o bem e o mal, eu fico com a paz!

Desconhecido

A brisa que vem do mar já não pode me alcançar
Só peço ao pai que me devolva o bem estar
Pois tenho fé em cristo que a luz me guiará
E assim quem sabe ao disfrutar desse luar
A lua que me fascina, hoje ela pode me mostrar
Que o ódio mata só o amor que pode nos salvar
Mantendo minha fé eu sei que um dia eu chego lá
E a brisa que vem do mar, e a brisa que vem do mar

Cone Crew Diretoria

O encanto abriga a suavidade da brisa e também a fúria dos temporais... Assim como embala nossos sonhos, nos remete ao labirinto dos pesadelos.
Encanto é ilusão... porta aberta ao êxtase ou à dor.

Maria Aparecida Giacomini Dóro

é um gostinho assim bem doce, daqueles que lembram o verão, o calor, a brisa do mar.
gostinho da última bolacha do pacote, do ultimo pedaço de pizza. melhor dizendo, do último gole de coca cola (assim é bem mais sincero)
um gostinho apimentado, sonhado, fantasiado. gostinho de domingos de manhã, aqueles domingos de manhã.
gostinho de escurinho, de beijinho na nuca e segredinho ao pé do ouvido.
gostinho de filme na sala, de conversa na varanda, de riso na cozinha,e de.. bom, o resto dos cômodos deixa pra lá.
um gostinho que arrepia o pelo, um gostinho que é 'inho' só na palavra, porque é forte, é arrebatador, é viciante.
mas quem diria, é leve.
é um gostinho de quero mais -você
(pra ele)
kety

Kathlen Heloise Pfiffer

Brisa

Sopra leve, bem doce,
O sopro do espírito,
Elevando o pensamento,
Além do simples momento,
É a brisa do amanhã.

Um ruflar de asas, sublime,
Protelando a verdade,
Que machuca, fere,
Aliviando. E quem não prefere
Que seja assim?

É a sabedoria que chega,
Para quem de fato perceber,
Toma conta da essência,
Ressurreição de carência
Para o que voar.

Que venha tudo assim,
Calmamente, sempre,
O saber, o aprender, o ouvir,
O tentar compreender, o sentir,
Para aos poucos, no seu tempo,
Construir-se homem.

(Getulio R. Lourenço)

Getulio Rogério Lourenço

Doce bri



Doce brisa , minha única companheira nas tardes de inverno...



Suavemente me tocas



E com a cumplicidade de bons amigos que somos



Vamos nós .Apenas eu e você...



Me falas das suas aventuras



Dos amores vividos



Das sensações experimentadas



Porém jamais me falara de saudade...



Ah!Como eu gostaria de não saber falar de saudade!



E como a doce brisa poder te tocar suavemente e imperceptivelmente.



E só então eu poderia dizer



De tudo que já experimentei



De tudo que já vivi



Apenas não sei falar de saudade

Doris Castro

Brisa leve

Carrego uma brisa leve, que salta do coração
E em amarradas palavras canta com o vento.
É brisa que cresce calada, a murmurar palavras que,
Dançam no horizonte, envoltas pelo tempo, e
Que por teus olhosa guarda parada
Ao cantar um amor tão por ela sentida.
Fosse a brisa um dia vento e pudesse mergulhar
nos teus olhos sem idade, de infinita ternura,
Pudesse essa brisa voar como o vento pelo céu,
E pudesse pousar no teu rosto, num encontrar sentido,
Ao toque desta brisa que pelo teu amor se aviva,
Esse vento de melodias levarias contigo em
Todos os segundos dos teus dias, porque
São brisas assim que vão encontrar teu olhar
E dão asas a estas palavras como um vento
A te chamar...

sonia schmorantz

CILADAS DA VIDA

Amo-te e nem sei porque
Como a brisa da manhã
Entra em nossas casas
Você entrou em meu coração
E nele fez morada.
Por que as coisas acontecem assim?
Sem esperarmos e sem razão.
A vida nos prega cada ciladas,
Mas sei que nada é por acaso
Se um dia cruzamos nossos olhares
E convivemos alguns momentos juntos
Seja ele qual for, é porque tinha que acontecer.
O difícil é entender o porque tão tarde,
Quem sabe um dia encontrarei a resposta.
O que hoje eu sei é que me apaixonei por ti
E isso é real dentro de mim.
Pena que não posso sentir teu abraço,
Nem o calor dos teus beijos.
Sei também que é um amor impossível,
Pois o amor que dedico a ti
Em teu coração não faz abrigo.
Como é inexplicáveis essas encruzilhadas da vida,
Mas tenho certeza que em algum lugar
Haveremos de nos encontrar,
E decifrar os enigmas dessa vida.

Luiz Carlos Rodrigues dos Santos

Essa leve brisa que chega trazendo o perfume das flores,e me tocando,me faz lembrar do teu cheiro e do seu beijo.

Jackson Siqueira Silva

Eu, o vento, que sou calmo e violento, sou vendaval e brisa que a mercê da vida, às vezes sou conforto, às vezes incômodo. Às vezes paz, às vezes caos.

Eu, o vento, que sou incolor e frio, sou calor e sangue, que a mercê da vida, às vezes sou dor, às vezes rotina. As vezes sou morte, às vezes vida.

Eu, o vento, que sou órfão e só, sou carinho e carente, que a mercê da vida, às vezes sou colheita, às vezes plantio. Às vezes sou notado, às vezes esquecido.

Eu, o vento, que sou força e anemia, sou opressor e vítima, que a mercê da vida, às vezes sou vento, simplesmente.

Mário Nhardes