Quando a Brisa Tocar seu Rosto

Cerca de 7015 frases e pensamentos: Quando a Brisa Tocar seu Rosto

Gosto da brisa que acaricia ou a lufada forte que joga para trás e impulsiona para frente. De sentir o sangue ferver e a adrenalina subir a mil. Do sopro que realimenta e faz encher e transbordar de existência.

Angella Reis

Todos nós somos um misto de brisas e tempestades.

Beto Acioli

Você pode até querer provocar um redemoinho, mas não espere receber uma brisa como resposta.

Dalton Menezes

"De todos os fenômenos da natureza, ela é furacão. Deixa destroços e fumaça por onde passa. Já tentou ser brisa leve de verão mas, como dizem, calmarias não duram para sempre."

Isabela Freitas

Os cabelos lisos caíram sobre o rosto. Para afastá-los, ela levantou a cabeça, e então viu o céu tão claro que não era o céu normal de Sampa, com uma lua quase cheia e Júpiter e Saturno muito próximos. Vista assim parecia não uma moça vivendo, mas pintada em aquarela, estatizada feito estivesse muito calma, e até estava, só não sentia mais nada, fazia tempo.

Caio Fernando Abreu

Preciso olhar para uma caveira num anel, se tenho uma no rosto?

John Donne

Às vezes melancolia sem causa escurecia-me o rosto, uma saudade morna e incompreensível de épocas nunca vividas me habitava.

Clarice Lispector

Os meus livros

Os meus livros (que não sabem que existo)
São uma parte de mim, como este rosto
De têmporas e olhos já cinzentos
Que em vão vou procurando nos espelhos
E que percorro com a minha mão côncava.
Não sem alguma lógica amargura
Entendo que as palavras essenciais,
As que me exprimem, estarão nessas folhas
Que não sabem quem sou, não nas que escrevo.
Mais vale assim. As vozes desses mortos
Dir-me-ão para sempre.

Jorge Luis Borges

O sorriso do rosto está muito longe de ser feito de suor, de faíscas, de golpes de cinzel e de mármore. O sorriso não é da pedra, mas sim do criador. Liberta o homem, e ele criará.

Antoine de Saint-Exupéry

Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso
Que eu me lembro ter dado na infância

Oswaldo Montenegro

Mas acontece tipo assim: lembro do seu rosto, do seu abraço, do seu cheiro, do seu olhar, do seu beijo e começo a sorrir, é assim mesmo, automático, como se tivesse uma parte do meu cérebro que me fizesse por um instante a pessoa mais feliz do mundo, mas que só você, de algum modo, fosse capaz de ativar.

Caio Fernando Abreu

Eu não podia apenas sorrir quando me lembrasse de você? Mas acontece tipo assim: lembro do seu rosto, do seu abraço, do seu cheiro, do seu olhar, do seu beijo e começo a sorrir, é assim mesmo, automático, como se tivesse uma parte do meu cérebro que me fizesse por um instante a pessoa mais feliz do mundo. Eu sei, é lindo. Mas logo em seguida, quando penso em quão longe você está sinto-me despedaçar por inteira. E dói. Uma dor cujo único remédio é a sua presença. Então sigo assim, penso em você, sorrio, sofro e rezo, peço pra Deus amenizar essa dor.

Caio Fernando Abreu

Em tudo, se o rosto é igual, a fisionomia é diferente.

Machado de Assis

"Antes do aparecimento do espelho a pessoa não conhecia o próprio rosto senão refletido nas águas de um lago.Depois de certo tempo cada um é responsável pela cara que tem.Vou olhar agora a minha.É um rosto nu. E quando penso que inexiste um igual ao meu no mundo, fico de susto alegre.Nem nunca haverá.Nunca é o impossível.Gosto de nunca.Também gosto de sempre.Que há entre nunca e sempre que os liga tão indiretamente e intimamente?"

Clarice Lispector

O rosto agora tinha uma expressão de prazer. Ou de expectativa de prazer. À beira da alegria, o rosto.

Caio Fernando Abreu

Vai chegar uma hora em que nenhuma máscara se encaixará mais no seu rosto. E então, o que te restará, é mostrar o que vem escondendo há tanto tempo.

jeanrosana

Ela abaixou a fronte, como se o rosto na sombra pusesse na sombra o pensamento.

Victor Hugo

Todas as pessoas trazem o mesmo rosto melancólico de quem viveu tudo e não encontrou o que procurava.

Martha Medeiros

Dentro de mim guardo sempre teu rosto e sei que por escolha ou fatalidade, não importa, estamos tão enredados que seria impossível recuar para não ir até o fim e o fundo disso que nunca vivi antes e talvez tenha inventado apenas para me distrair nesses dias onde aparentemente nada acontece e tenha inventado quem sabe em ti um brinquedo semelhante ao meu para que não passem tão desertas as manhãs e as tardes buscando motivos para os sustos e as insônias e as inúteis esperas ardentes e loucas invenções noturnas, e lentamente falas, e lentamente calo, e lentamente aceito, e lentamente quebro, e lentamente falho, e lentamente caio cada vez mais fundo e já não consigo voltar à tona porque a mão que me estendes ao invés de me emergir me afunda mais e mais enquanto dizes e contas e repetes essas histórias longas, essas histórias tristes, essas histórias loucas como esta que acabaria aqui, agora, assim, se outra vez não viesses e me cegasses e me afogasses nesse mar aberto que nós sabemos que não acaba nem assim nem agora nem aqui.

Caio Fernando Abreu

Mas acontece tipo assim: lembro do seu rosto, do seu abraço, do seu cheiro, do seu olhar, do seu beijo e começo a sorrir.

Caio Fernando Abreu