Prosa de Casamento

Cerca de 240 frases e pensamentos: Prosa de Casamento

O que os noivos desejam no dia do casamento?
Desejam uma cerimônia emocionante, recheada de sentimentos, convidados alegres, fornecedores atentos.
Desejam que esse dia único demoreeeee um tempão, que só acabe quando o corpo não mais aguentar. Desejam um cerimonial amigo, conciliador e que se na ultima hora tudo tiver de cabeça pra baixo o cerimonial saiba fingir direitinho que tá tudo ok!
E as fotos? Que os fotógrafos estejam na mesma energia. E a filmagem? Que tenham sintonia com o casal e que faça ficar tudo mais bonito do que já está.
Só isso! É pedir muito? Eu acho que não.

Márcia Paula Vaz

INTENÇÕES DE UM CASAMENTO.
**************************
Quando você conhece alguém e com esse alguém deseja se casar,
você não se casa por que ele ou ela tem muito dinheiro...
ou porque ele ou ela mora numa mansão,
ou porque ele ou ela,tem um carro do ano,
ou porque ele tem barriga de " tanquinho,
ou ela um corpo escultural,
ou ele é alto e sarado,
ou ela é muito linda....
Você casa por que ama,o amor é incondicional !
Não porque é bom ou boa de cama,
ou se casa porque engana,
Você casa porque ama...
e a pretensa beleza, só quem ama é quem vê,
e o amor transforma o amado ou amada,
na pessoa mais desejada e mais linda do mundo...
e o que faz isso? é o amor !
Você não se casa com a beleza ou com a riqueza,
Você se casa por amor e com amor...
Se você foi escolhida ou escolheu,
é porque o amor te conheceu,
alguém apareceu,
e quer amar e cuidar de você,
Assim é o amor..

Gilberto Braga, cerimonialista, celebrante de casamentos,locutor..

Wagton e Samara

Do início com olhares de compromisso
Ao passar o tempo terminara em casamento
É este o momento de reforçar o amor
De provar o valor

Mais tempo... tempo irá passar
A felicidade e a alegria plena
Depende do cuidado
O ingrediente básico

Precisarão de alegria, de rimas
Para não acabar em maremoto
Os passeios com as amigas
E as voltas de moto

Os padrinhos irão ajudar na união
Nas provas do coração
Os desejos de Alana e Osny
Resumem-se aqui

Osny Maria

O CASAMENTO ETERNO .

O CASAMENTO É O ENCONTRO DE DUAS PESSOAS,QUE JÁ SE AMAVAM SEM SE CONHECEREM...
AMOR QUE JÁ EXISTIA NO TEMPO,EM ALGUM LUGAR,
ALMAS GÊMEAS, SEM SEREM IRMÃOS,
CONDENADAS PELO DESTINO, A FICAREM JUNTAS,
A SE AMAREM ETERNAMENTE,SEM TRAIÇÃO,
COM LEALDADE E PAIXÃO,FELIZES PARA SEMPRE,
ATÉ QUE A MORTE OS SEPAREM..
MAS MESMO A MORTE, NUNCA OS IRÁ SEPARAR..
********************
tITULO:O CASAMENTO ETERNO

Gilberto Braga, cerimonialista, celebrante de casamentos,locutor..

Casamento...

Uns já estão
Outros querem entrar
Alguns procuram sair
Ha também os q tem medo de se arriscar
pelo simples medo de se machucar...

Em qual me encaixo?
Prefiro não comentar
para palavras tolas
não registrar...

Só queria saber que peça
o destino quer me pregar?
E se ela vai machucar.

Aos casador ... parabéns e
paciência vão ter q se suportar
a vida inteira

Aos noivos pensem bem é isso
mesmo q vcs querem...fidelidade
será excencial

Aos querem se divociar...cuidado
estão quebrando uma promeça
q pode trazer grave conseguencia

E aos medrosos...
oque posso dizer?
Só coragem quem não tenta não
conquista...a vida passa rápido
de mais pra ficar com medo de viver-la!

"O bolo pode acabar e só depois voce lembrar que esqceu
de provar a essência da festa,ai vai ser tarde de mais"

Rutyenne Márcia

Casamento

Hoje resolvi me casar
Não com gente
Gente é coisa indecente
Magoa, fere e mata.

Não faz companhia quando se necessita
Perturba na hora do silêncio
Bate a porta no momento indevido
Tira a concentração.

Gente é dependente
É o mais para o menos
Condiciona o pensamento
Subtrai o pouco que tenho.

Principalmente determinadas gentes
Que são as agentes sanguessugas
Que não leem os parênteses
No seu claustro foge pela tangente.

Casarei-me com a literatura
De todos os tipos
As de brilho às aventuras
Àquelas que desafiam o pensamento.

Essas sim são de grande valia
Causa provocação ao sentimento
Faz crescer e desenvolve muito
Muito o conhecimento.

Maria da Penha Boina

Nossa História!!!
Ricky Henry

Ta certo , quer proteger
Seu casamento , quando me liga
Começamos a conversar, ai
Ouve minua voz e chora, dizendo
Que vai tentar fazer o certo que é
Continuar nesse relacionamento
Mesmo sem amor tem um fruto
Que pode sofrer por que é o mais
Precioso valor....

Refrão:
Sei que teu filho é amado e tem
carinho e amor...
Respeito com ele eu ainda dou valor...
O caso é noiz dois, pois quando
Ele crescer vai embora e na casa
Ficara vc com quem ñ corresponde
Seu amor....

Minha vida estou te esperando do
Lado de fora..
Passa dias, noite, meses e aguardo
Uma decisão um sim ou ñ pois
Tive várias propostas pra ir em bora
Mais ñ posso fazer outra sofre ...
Vai que me envolvo e ai vc diz
Que quer voltar pois quem conhece da nossa
trajetória é eu e vc meu amor...
Nessa decisão diga sim pra nossa
História!!!
Me de uma resposta ágora !!!

Ricky Henry

HOJE O DIA DO MEU CASAMENTO

Muitas pessoas que acompanham meus poemas sabem que só escrevo quando a tristeza inunda meu coração. Hoje é o dia do meu casamento e estou deveras afogado em uma imensa solidão, desapego, tristeza e dor, porque todos os meus sonhos com aquela pessoa se foi.

Ontem quando fui ao cartório buscar minha certidão de nascimento e cancelar o matrimonio, veio a mim a imagem dos meus sonhos se desmoronando, se quebrando como um vidro atacado por uma pedra. Oh meu Deus me ajude nesses momentos. Essas lágrimas que correm sobre o meu rosto são as mais triste que já chorei por um amor.

Este choro é porque eu acreditei que havia encontrado o amor, porque eu acreditei que tudo seria possível ao lado dela. Mas não. Infelizmente, eu me esqueci do desapego emocional, que a minha felicidade não depende de outra pessoa. Maldita hora que decidir fazer isso aqui:

HOJE TOMEI UMA DECISÃO DA MINHA VIDA!
Eu sei o quanto sofri e o quanto chorei para chegar ao nível de desapego emocional e quando cheguei ao topo, ao clímax, onde eu não poderia mais subir, ou seja, me desapegar mais dos meus sentimentos amoroso... Comecei a perguntar por que comecei isso? Por que não amar ninguém além de mim mesmo? Tsc, tsc.
Hoje, 31 de novembro de 2012, concluo o seguinte: estou cansado de não amar ninguém, de não me preocupar com ninguém, cansado de dizer "ainda bem que eu não sinto isso ai que 'vocês' chamam de amor". Cansei e declaro guerra a tudo que existem sobre o desapego emocional.
Vocês podem até me perguntar, mas Jonh, você que defendia tão ferrenhamente isso, por que vai desistir?
Respondo, "não sou nem contra e nem a favor, meio assim sabe?".
Para entender a minha decisão só lendo isso aqui irá facilmente entender minha decisão: http://pensador.uol.com.br/colecao/jonhjonhcarvalho/
Como dizia o poeta: “Eu quero a sorte de um amor tranquilo, com sabor de fruta mordida...".

Porque meu Pai eu dei ouvidos a esta pessoa que me prometeu estar comigo para sempre? Porque eu acreditei nela? :’(

Não sei como será daqui para frente, só sei como não será, que Deus me ajude!

jonhjonhcarvalho

Casamento

Eu posso ver bem mais que estrelas
Abraçar-te até o amanhecer
Amar até depois de morrer
Não sei como tudo aconteceu
Mas está aqui comigo
Não se aflija meu amor

Da primeira vez que eu te vi
Meu coração sabia que íamos ser um
Os dias nasceram
As flores desabrocharam
Eu te fiz sorrir


Mas, se eu te deixar triste
Perdoa-me, nem sempre fazemos as coisas certas
Então não me expulse
Espera que tudo tem jeito
Ainda mais quando o que nos une não é terrestre
E sim celestial

T. Ellen Miranda

O CASAMENTO

É incrível como tudo começa,
Como se fosse no teatro
Uma linda peça a se apresentar.
Sentidos aumentados
Tudo tem mais gosto, tudo tem mais cor, as mãos suam,
As palavras saem sem querer.
O frio na barriga é intenso,
Juntamente com alegria e fervor
O diretor pediu calma!
e explica que são apenas
Sintomas do amor.

Aplausos do público, platéia toda sorridente.
Uma irreverência mais contida, pois de contra partida
Ainda não se sabe o final.

O espetáculo começa,olhos atentos a cada detalhe
Os sentimentos são intensos, porém intangíveis
E não existem termos plausíveis para explicar

No desenrolar das cenas um fruto nasce,
Trazendo alegria para aqueles que um dia
Vieram a pensar, que apenas assim
O amor viria de uma forma que se pudesse tocar

Tão dependente tão frágil
Que muda radicalmente a vida dos dois
O menino chora
E não se pode deixar pra depois.

O tempo passa, o menino cresce
A rotina aparece é inútil negar.
De uma forma tão fugaz,
O amor se esfria, tudo que fora lindo desapareceria
Como um grande furacão,
onde não a tempo de pensar
De como agir , nem o que falar.

Deixando para traz rastro de destruição, ânimos abalados
Como um barco em um turbulento rio,
Deixando a esperança por uma linha
Por um fio

A platéia nota a grande mudança
Por que, nos atores em vez de sorrisos,
Rostos tristes
Com pequenos sinais de vida da nobre esperança

A futilidade, egoísmo são quase palpáveis
Quando certo ponto chega ,
É necessário repensar conceitos,
Rever prioridades,
Para se ter certezas dos valores
Embora não seja essa a real vontade
Já se faz mais que necessário hipotetizar,
a séria decisão,
E concordar que aquele lindo paraíso,
tinha se tornado em
Um inferno desde então.

Usando um pingo de coerência e bom senso,
É hora de acabar....
O que um dia começou, fazia necessário se findar.

Restando de um homem lúcido e focado,
Agora um rosto triste e abalado
Um coração que chora a todo instante
Uma melancolia insuportável,
E como diz o poeta
Todos suportam a dor, menos aquele que há sente.

Tudo acabou não tem volta
A nostalgia permanece em sua mente
E no coração a revolta.

Paulo Victor Pitanga

Casamento é algo tão lindo, tão grandioso e porque ultimamente ele não tem durado? Será que é a incompatibilidade dos signos?
Vejamos um exemplo, nossos pais, por mais que às vezes não os suportamos, brigamos, xingamos e choramos, ainda assim nos amamos, e isso porque temos uma ligação muito forte, talvez seja isso que falta para os casamentos, não podemos nos separar de nossos pais porque são nossas famílias, não dá pra dizer: está tudo terminado, não quero mais que seja meu pai ou minha mãe. Isso não existe já no casamento você tem essa liberdade, então a qualquer briguinha, a qualquer desentendimento, você acaba com tudo e se esquece de quando vocês se casaram e se entrelaçaram, talvez seja isso que falte aos casamentos de hoje, união, uma ligação de família.

J. Maiara

Então você acha mesmo que a certidão de casamento é uma nota fiscal de compra?


==


Quem já amou um dia e foi abandonado pouco importa com um novo abandonar. Quem tem a essência do amor em si, acredita sempre.


==


Eu só volto se tiver certeza onde dói em você minha ausência.


==


Antes de afastar de alguém que você não afina, tente amá-la primeiro. Há pessoas carentes que agem de forma estranha só porque não sentem amadas por ninguém, inclusive por nós que não temos a mínima paciência de absorver as pessoas.


==

Charles Canela

O Julgamento Errado

Tudo ia bem na vida de Dina, com o passar do tempo o casamento já não tinha tantas novidades como no início ,é que seu marido lhe trazia agrados bons como : bombons finos, flores e algo mais...O marido chegava do trabalho e era aquele carinho só.
O intrigante disso, foi a mudança repentina de seu marido, parecia outro homem, é claro que antes do casamento ele tinha lá seus defeitos, tinha muito ciúmes de Dina, principalmente que Zico era o causador do tal ciúmes, pelos galanteios a ela nada demais. A coisa piorou depois mesmo da boa fase do casamento, para piorar a irmã de Lucas a Zica colocava desconfiança que fazia ele acreditar que sua bela esposa tinha algo com outro homem.
o marido de Dina parecia um psicopata de julgamentos, fazia questão de vê-la triste e chorando pelos cantos da casa, cada dia era uma desconfiança atrás da outra e sendo que ele que era um tremendo sacana, vivia traindo Dina com qualquer mulher.
Lucas um homem arrogante, durão e metido a machão pegador fazia galanteios para as mulheres na frente de Dina, o celular do homem tocava sem parar , quando Dina atendia o telefone as mulheres desligavam e quando ele atendia só falava:_Tudo bem, ok,sim, fala, estarei lá, e nunca dizia coisa séria, deixava algo estranho no ar como se fosse um encontro marcado.
Cada vez mais era completamente absurda a vida dos dois juntos, ela sujeitava as malícias e traições sem direito de falar, se falasse era ameaçada por ele, tudo acontecia diante de seus olhos , o homem não lhe fazia mais nenhum agrado , fazia questão de colocar defeitos em Dina, o principal assunto era que ela havia engordado, não dizia nenhum carinho, fazia o julgamento errado sobre ela direto e sendo que era um infiel traidor, cruel e valentão, puro machista!
_Dina uma mulher boa, só lhe faltava atitude de sair daquela vida cheia de maldade, foi a vida dela, muitas mulheres passam pela vida como Dina tem que abrir os olhos, a mulher hoje tem suas conquistas, não precisa passar por tantas desavenças da vida dizia Felícia.
Dona Zelda também achou um absurdo, o absurdo que vivia aquela pobre mulher:_Quanta maldade num homem, casa e depois dar uma vida cheia de sofrimento, eu não suporto vê tanta ignorância numa pessoa, pobre Dina deve sair logo desta vida, o casamento não lhe faz bem, é melhor ela estudar e trabalhar do que ficar com este sem vergonha que a trai descaradamente e ainda mais que não respeita Dina como pessoa, vê ela como objeto de uso,usa e no outro dia despresa dizendo que tem mulheres lindas e interesantes lá fora.

Adaildes Alves Moreira

Casamento

Vamos nos casar: te quero atraente.
Um vestido que te faça corpo-ouro reluzente,
branco, branco como neve.
Sapatos cristalinos, marchantes e precisos no corredor principal
Como o ritmo dos clarins te recebendo – em festa.
Num casamento não basta o amor
É necessário o visual:
Te querer mais que a mim - é o que importa.
Te olhar e desejar-te toda torta
Depois da festa
Numa festa
Só nossa.

Michelle Trevisani

Casamento vira respeito, amizade, união (em alguns casos)
Um está acostumado com a presença do outro, mas aquela paixão inicial, aquele sentimento envolvente, surpreendente e avassalador deixam de existir. É isso que temos que curtir, quando esse sentimento surge, curtir o momento, aproveitar sem pensar em coisas inúteis, afinal ele passa, vai embora, e é gostoso ter uma historia com alguém, olhar e ver que foi bom, sentir o gostinho e a saudade de todas aquelas aventuras juntos, afinal, Paixão é uma aventura.

Thaís Martins

Casamento?

Pensei em ti, como antídoto de solidão.
Me convida para dançar,
Eu pego tua mão e já não somos um – mas vários sonhos reunidos.
E flutuamos duma nota a outra de melodia, e nossos pés já não tocam mais o chão.
Sinto o perfume das madressilvas,
das rosas desabrochando vida –
pingando cores no borrado que vejo passar por mim quando rodopio em seus braços.

Meu buquê?
No meu abraço
Enlaço-te de uma ponta a outra.

Mordisca minha boca nesta cama tão imensa!
A festa já acabou,
A minha trança se desfez e o que anseio é uma noite carregada de suor e suspiro – sou sua de vez.

Sim, casamento.

Michelle Trevisani

Invisível aos olhos

Vinte anos de casamento. E, parece que eles haviam chegado ao tão famoso ponto em que o matrimônio significa pouco, diante da rotina. Dia após dia, vendo os mesmos rostos, tendo as mesmas conversas e não conversando sobre os mesmos tabus. Na verdade, o cardápio variava. Mas era só isso.
De um lado, uma mulher que dedicara toda sua juventude a preocupar-se com a satisfação (em todos os aspectos) de um homem, o qual julgava seu eterno amor. De outro, um homem que dedicara toda sua juventude ao trabalho; para não deixar que faltasse o que quer que fosse para a mulher, a qual julgava seu eterno amor.
Pois bem, o “tão famoso ponto em que o matrimônio significa pouco, diante da rotina” estava ali, presente exatamente no espaço que os separava cada vez mais: o tempo. Dizem que com o tempo as pessoas amadurecem e aprendem a ver a vida por outro ângulo. Mas, será mesmo assim, ao pé da letra? A verdade é que não é assim, sempre.
Com o passar do tempo também podemos infantilizar-nos: podemos começar a achar que qualquer coisa é motivo para briga, que determinados tipos de roupa vão nos deixar parecendo ‘velhos’. Mas, e se nós formos velhos? Com o amadurecimento deixamos a preocupação com a “embalagem” para os jovens. E passamos a nos preocupar com a “aparência”. E não é tudo a mesma coisa?
Com o passar do tempo (o tal espaço) ela foi percebendo que, caso se esforçasse muito, ainda assim não conseguiria lembrar quando ele lhe havia demonstrado afeto após o segundo ano de casamento. “São dezoito anos sem carinho” pensou.
Enquanto trabalhava ele pensava em quão ingrata era ela, por não reconhecer todos esses anos de esforços que lhes foram dedicados. “Tantos anos e nenhum agradecimento, afinal” pensou ele.
Mas do que nenhum dos dois se dava conta é de que havia carinho e havia agradecimento em toda a parte. Em cada cômodo do apartamento: na cozinha o almoço feito com muito carinho para agradecer o esforço dele, fazendo com que repusesse as energias para em seguida fazer mais um esforço; no quarto um mural de fotos e ingressos de shows aos quais foram juntos, para mostrá-la que lembrava aqueles momentos com carinho; na sala, uma bíblia aberta em Cantares 8:7 “As muitas águas não poderiam apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse toda a fazenda de sua casa por este amor, certamente a desprezariam” e uma foto do casamento. Agradecimento e carinho.
Como num despertar, após um dia de trabalho ele chega em casa e vê que na mesa de centro havia um pote de doce de leite (seu preferido). E, em seguida, prepara o jantar. Ao vê-lo cozinhando, meio desajeitado, ela percebe que aquela era a forma que ele tinha de dar afeto. O mesmo ele pensou ao ver o doce: aquela era a forma que ela havia encontrado para lhe agradecer.
A maturidade havia, enfim, chegado.
Diria então Saint- Exupéry: “Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.”

Priscyla Marques

Quando o amor se vai após trinta e cinco anos de casamento...
Oi, minha querida não perdestes com certeza; a vida é feita de momentos aos quais passamos pela aprendizagem; e a aprendizagem é necessária ao homem a fim de que ele cresça, usufrua desse tempo e possa retratá-lo, comentá-lo, sorrir, e até chorar, pois se ultrapassastes esta jornada do tempo, é sinal de que és uma guerreira e tanta, cumpriste a tua Missão com muita galhardia. O sinal são os frutos que te rodeiam em teu dia-a-dia, e você com todo o seu amor a embalá-los, encantá-los como uma fada madrinha, vovó. Só nós sabemos o que é um calor, uma presença descompromissada diante de nós a nos acalentar. E, então podemos dizer valeu e vale a pena essa aterrissagem aqui neste planeta terra. Você sabe que existem aqueles que chegaram por aqui passaram, retornaram ou até continuam sem terem nada a relatar. Logo minha querida,Parabéns para nós Mulheres firmes e fortes lutadoras que trazemos dentro de nós o dom da multiplicação, da doação, do amor, da sabedoria.Você está numa nova fase da vida, contando, narrando, escrevendo uma nova e linda história para nós.Vamos viver este novo momento com mais alegria!

Ivete Maurília

Casamento é um aprendizado diário de como as divergências entre as pessoas acabam quando a libído aumenta.
Mas casamento, também, é uma lição diária de como a Libído tem limite, igualzinho a Paciência!
E nada melhor que alguém pra te encher o saco e cuidar de você quando mais precisa.
Enfim, o casamento sempre será uma "Guerra dos Mundos", conheço alguém que vende uma bazuca, vai ai?

Carlos César Silva Franco

É necessário que se entenda que não busco um casamento. E isso não é uma frase de uma pessoa rasa que não sabe o que quer ou que nega seu desejo íntimo num ato desesperado. Se quisesse um casamento, já tinha me casado.
Pedidos? Tive aos montes e o mais engraçado, ainda tenho. Mesmo assim, desse meu jeito "espalhafatoso" de ser. Nunca precisei fingir, para conquistar um BOM homem, eles simplesmente surgem e ressurgem o tempo todo, mas não preciso de um HOMEM para me sentir feliz ou popular, sei fazer isso sozinha. Homens são a extensão da minha felicidade e não os motivos delas.

Camila Bill