Promete

Cerca de 267 frases e pensamentos: Promete

Amor diário

Não se promete amor eterno.
Ama-se um dia de cada vez.

Saulo Pessato

Por mais que eu erre dessa vez e você vá embora… Promete me atender pelo menos uma vez… Só pra eu saber como foi seu dia?

Gabriela Sousa

Menina, você é linda! Me promete cuidar do seu coração? Já foi ferido, enganado, talvez rejeitado, mas isso só aconteceu porque as pessoas as quais você o permitiu conhecer, eram pessoas erradas. Pessoas erradas deixam sequelas. Sequelas são alteração ou "anomalia" deixada por alguma doença grave. E que doença grave o coração pode ter? Deixar de acreditar que existe alguém para curá-lo e fazê-lo novo, melhor do que era antes. Para todo alguém que machuca e fere, Deus manda outros, que o curam e o liberam.

Alessandra Gonçalves

Alessandra Gonçalves

Porque você promete o mundo, se não é capaz de dar nem um continente?

Sean

Se o sol não brilhar amanha, não me importa, só promete que vais sempre esta sorrindo pra mim, é disse que eu preciso pra ser feliz.

Eden Alves

VOCE SABE A DIFERENCA DO HOMEM FRACO PARA O HOMEM FORTE E SIMPLES O PRIMEIRO PROMETE O SEGUNDO AGI

RONALDO BENTO DE SOUSA

O homem que sonha e não se move para a realização, que promete e não cumpre, que aconselha e não é exemplo, é um homem de mentiras .

Ruperdi S .

Político que muito promete, logo, logo, torna-se inadimplente.

Rutra Larama

Se não vai cumprir não promete. É tão mais fácil e honesto.

Clarissa Corrêa

O forte apanha calado, o fraco grita e promete vingança. O sábio também se cala, logo após demonstra que na realidade, ele não apanhou.

Lizandro Rosberg

A noite promete, promessas disformes. Promete venenos, remédios amenos. Num jogo de máscaras, com toda sua graça... Amores, Paixões, Tesões & Trapaças!

Adriano Hungaro

CHAMA



promete-me que não dormes

se eu te entregar o meu corpo

e me usares como cama

José António Gonçalves

se eu falar, você promete não partir?
Sinto falta das palavras doces proferidas de sua boca, sinto falta do brilho que seu olhar tinha, sinto falta do sorriso enorme que era comum ver em seu rosto... sinto falta de quando não precisava sentir falta!

Bharbara Tomasi

Promessas são iguais algemas. Se você promete, deve cumprir a pena.

Amanda Rosa

Se eu chorar,promete enxugar a minhas lágrimas?

Carol S.

Amor Da Minha Vida, Meu Ouro Branco, Amore D' Mim...
Promete qe sempre irα me αmαr nαs tαrdes de outono?
Promete que nuncα irα me deixαr nos diαs mαis tristes?
Promete que vαi me defender quαndo todos me julgαrem?
Promete que vαi continuαr me αmαndo quαndo ti contαr os meus segredos?
Promete que vαi continuαr me αmαndo quαndo souber dos meus defeitos?
Promete dαr risαdα quαndo eu fαlαr minhαs besteirαs?
Promete que o αntes não é como o αgorα, mαs o αgorα nuncα vαi mudαr?
Promete que no meio de umα discussão bestα, vαi virαr e dαr um belo sorriso?
Promete lembrαr de mim todα vez que α nossα musicα tocαr?
Promete que vαi fαzer ser eterno enquαnto durαr?
Promete, que você vαi me chαmαr de lindo mesmo que eu estejα todo bαgunçαdo só prα me deixαr feliz?
Que vαi fαzer um minuto durαr prα sempre?
Que vαi me fαzer feliz?
Muito?
Promete?
E Promete Tαmbem que, αconteçα o que αcontecer, o qe sentimos vαi ser bem mαis forte? Porque Eu Prometo isso, e muito mααis Te Amo Thamires E Pometo Ki Por Toda Minha Vida Eu Vou Te Amar.

Bruno Silva Mendes

-Já sabe o que tem que fazer...
-Mas eu não quero fazer!
-Só uma vez, por favor...
-Você promete me devolver depois?

-Claro que sim, por nós dois.
-Sei... Então é só ler né?
-Em voz alta, e ficando em pé.
-Droga... Vamos lá então:

'Eu quero um amor...
Com um gostoso sabor,
Pode ser de algodão doce,
Alma de criança,
Sentimentos benignos...

Quero alguém pra falar palavras bonitas,
Palavras bobas de amor.
quero um olhar estonteante,
Quero frio na barriga,
Toda vez que ficar roendo minhas unhas,
Ao ler teus poemas.

Quero filme em casa ou até no cinema,
Com brigadeiro num dia de domingo,
Quero dançar as mais lindas melodias,
Ou simplesmente sorrir após uma briga,
E às vezes chorar de alegria.

Quero banho de chuva,
Brincar de se lambuzar,
Beijo com chiclete de uva,
Viajar para o campo,
Levar pra ver a avó,
Quero ser compreendida,
E nunca mais me sentir só.

Quero ir ao teatro,
Quero morrer de rir por nada,
Ouvir alguns contos de fadas,
Um pouquinho antes de dormir,
E acreditar que ele vão acontecer.

Quero acordar mais cedo pra observar,
Estrelas e meus própios sonhos,
Quero cantar,
Ler o que componho!

Quero muitas brigas,
Xingar você com as minhas amigas,
Pra depois fazer as pazes.

Quero fazer planos prum futuro bom,
Pintar um quadro de qualquer tom,
Sentir as pernas bambas,
E nossos corações palpitantes,
Quando a gente se reencontrar,
Após um tempo afastado.

Quero ficar boba,
De ciúmes que acabem em risadas,
Muitas conversas de madrugada.

Quero dormir num dia geladinho,
Ficar abraçadinho,
Sentindo só seus afagos,
E algumas mordidas de carinho.

Quero mensagens no celular,
Pra me irritarem e alegrar!
Quero ver você me ligar,
E eu poder desligar na sua cara,
Só pra depois me desculpar.

Eu quero um amor pra mim,
Quero você pra mim,
Quero um buquê de jasmim,
E um beijo cheio de romance,
Na cena do nosso fim.'

-Está boa essa declaração?
-É... Ficou legal eu acho...
-Aff, me devolve vai...
-Só se você repetir.

-Nunca! Pare de me envergonhar,
-Mas eu adoro te ver corada,
É mais linda que uma fada.
-Sei, sei, velha lábia de sempre.
Agora, me devolva meu algodão doce,
Que estou morrendo de desejo,
E você roubou ele no nosso último beijo.

Bruno M. Tôp Jél Souza

Decisão judicial promete abalar o setor automobilístico do Distrito Federal

Uma decisão judicial promete abalar o setor automobilístico do Distrito Federal. O juiz da 4ª Vara Cível, Robson Barbosa de Azevedo, proibiu concessionárias e cartórios extrajudiciais de negociar automóveis por meio de procuração, uma prática que abrange aproximadamente 90% do mercado do DF.

Isso significa que concessionárias e revendas de automóveis não podem mais aceitar procuração para vender um carro ou aceitar um veículo como parte do pagamento do negócio com um novo carro. Agora, as empresas terão de receber um automóvel e passá-lo para o seu nome, para, só depois, negociá-lo. Para o juiz, isso evita que um carro passe a terceiros, sendo que jamais tenha chegado a ser transferido do nome de seu primeiro dono. Segundo a decisão do juiz, é grande o número de pessoas que utilizam esse método.

A justificativa do magistrado é que tal modalidade de compra e venda infringe a Lei de Registros Públicos (LRP), que trata de registro para efeitos de terceiros. Pelo item 7º do artigo 129 da lei, os cartórios extrajudiciais só estão aptos a registrar as quitações, recibos e contratos de compra e venda de automóveis, bem como o penhor destes. Não fala em aceitar procurações nesse caso específico de passar carros para terceiros.

O impacto da decisão afeta diretamente concessionárias e agências de carros. Segundo a proprietária da WM Automóveis, Weila Ferreira Lara, 100% do seu negócio é feito via procuração. "Será impossível trabalhar. Essa decisão me acarreta gastos de tempo, dinheiro e mão-de-obra dos quais não posso dispor", afirmou.

O presidente do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos Autorizados (Sincovid-DF), Luís Fernando Machado e Silva, confirma o grande volume de negócios feitos por meio de procuração. "Entre 80% e 90% das movimentações do setor são feitos dessa forma", diz.

Ele acredita que o melhor para resolver a questão é alterar a legislação do DF. "Se para vender carros as concessionárias tiverem de passá-los para o seu nome, terão gastos financeiros, de tempo e de mão-de-obra em dobro. Na maioria das vezes a gente fica com um carro por três dias, muito menos do que o Detran demora para marcar as vistorias e liberar a nova documentação, necessários a cada transferência. Isso vai fazer com que as concessionárias fiquem com os carros parados até que o Detran acerte a situação dos automóveis", lamentou Luís Fernando Silva.

Para o presidente do Sincovid-DF, o melhor seria adotar a legislação de São Paulo, por exemplo. "Lá, ao deixar o carro na concessionária o dono deixa o documento do veículo em nome da concessionária, que, por sua vez, emite nota fiscal de entrada. Facilita a declaração do estoque e permite a negociação livre", explica Luís Fernando.

Empresários reclamam

A polêmica decisão judicial também envolve os cartórios extrajudiciais. Segundo o diretor de Notas no DF, da Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg), Allan Nunes Guerra, a entidade pretende recorrer da decisão.

"Entendemos que se a procuração não for feita por meio dos cartórios, passará a ser por meio de particulares, ou seja, na informalidade, o que não é bom", comentou Guerra.

O Detran afirmou, por meio de sua Assessoria de Imprensa, que a decisão não diz respeito ao órgão e que, portanto, não caberia comentar o assunto. O Detran cobra R$ 107 pela transferência. A decisão do juiz Robson Barbosa de Azevedo, da 4ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do DF, implica em aumentar o número de transferências de veículos no DF.

"Na minha loja a média de carros é 30. Eu teria um gasto de R$ 3.210 se tivesse de transferir cada um deles para o nome da empresa, sem contar os encargos com despachante, que cobra R$ 250 por transferência", contabilizou Weila Ferreira Lara, dona da WM Automóveis.

O comerciante José Freitas, 39 anos, apóia a decisão judicial. "Eu nunca fiz negócio dessa forma. Acho um tanto arriscado, uma vez que não sei o que será feito com minha procuração. O carro pode passar para outros e continuar no meu nome. No fim, posso arcar com despesas, como multas e Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), após ter acreditado que o carro tinha sido transferido, quando não foi", disse. O descumprimento judicial implicará em multa de R$ 30 mil, a diária.

Fonte: Jornal de Brasília - DF

RobsonBarbosaAz

Jesus não promete aos cristãos uma vida sem dificuldades. 'No mundo terei aflições', disse. Entretanto, em Cristo, por mais que vivamos uma sucessão intermitente de alegrias e dores, contentamentos e dissabores, desfrutamos a vida em uma dose contínua de esperança.

Davi Marcelo Galdino

Pode-se prometer atos, mas não sentimentos; pois estes são involuntários. Quem promete a alguém ama-lo sempre, ou sempre odiá-lo ou ser-lhe sempre fiel, promete algo que não está em seu poder; mas ele pode prometer aqueles atos que normalmente são consequências do amor, do ódio, da fidelidade, mas também podem nascer de outros motivos: pois caminhos e motivos diversos conduzem a um ato. A promessa de sempre amar alguém significa, portanto: enquanto eu te amar, demonstrarei com atos o meu amor; se eu não mais te amar, continuarei praticando esses mesmos atos, ainda que por outros motivos: de modo que na cabeça de nossos semelhantes permanece a ilusão de que o amor é imutável e sempre o mesmo. Portanto, prometemos a continuidade da aparência do amor, quando sem cegar a nós mesmos, juramos a alguém amor eterno.

Nietzsche