Professora Querida

Cerca de 813 frases e pensamentos: Professora Querida

Eu sentia muita fome e vontade de comer chocolate quando a professora falava sobre a via láctea no primário

Wilson Weiss Jr

Medo é amor, disse alguém, talvez a mãe, ou a professora, uma tia qualquer, havia tantas, deslumbrantes. Ficou sem entender e explicaram que quando a gente ama, arranca o coração e o entrega ao outro. Compreendeu menos ainda: Se arrancarmos o coração, morremos. amar é morrer. Acrescentaram e foi um susto.
Assombro do qual demorou a se libertar, se é que conseguiu. Por que se amar era bom, deveria significar a vida, e não a morte. Se amar é morrer, nunca vou amar, serei eterno.

Loyola Brandão

A necessidade é nossa melhor professora.

Marcello Thadeu

No Dia do Professor e da Professora, uma paráfrase de 1 Coríntios 13 (*)

Ainda que eu falasse a língua de meus alunos e não tivesse amor, seria como o giz que range ou um professor que grita.
E ainda que eu tivesse o dom de ensinar muito bem a minha matéria, e ainda que eu tivesse o dom de administrar com maestria a minha Escola, e ainda que eu dominasse todos os métodos criativos, e ainda que eu fosse capaz de falar das Escrituras todos os dias para os meus alunos, e não tivesse amor, nada seria.
E ainda que eu planejasse reuniões sociais e visitasse a casa de cada aluno, e mesmo que eu fosse a simpatia em pessoa, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
O amor é paciente com os alunos que são lentos, o amor é gentil com os alunos que irritam; o amor não tem inveja de Escolas que vão melhor; o amor não tem orgulho das boas ideias.
O amor não grita com os alunos indisciplinados, não é egoísta com classes ou equipamentos, não se irrita com longas reuniões. O educador que ama tem uma vida pura e exemplar. Não exulta com o erro na vida de outros professores e alunos, mas fica feliz quando eles e os alunos agem corretamente.
O amor permanece quando ensinar se torna difícil, pois acredita que Deus opera através dos professores; o amor tem confiança na capacidade de seus alunos.
Existem recursos fantásticos, como o power point e telões; mas o impacto deles dura pouco. Há enciclopédias, dicionários e comentários, mas o conhecimento também acabará.
Porque em parte conheço meus alunos e em parte conheço didáticas, métodos e jeitos diferentes de ensinar. Em parte conheço maneiras de administrar. Mas, quando vier O que é Perfeito, então o meu ensino em parte será aniquilado.
Quando eu era professor sem amor, repreendia constantemente, desconhecia o processo de aprendizagem, desconhecia meus alunos. Mas, logo que me tornei um educador cristão adventista, mais experiente, e aprendi aos pés de Cristo, acabei com os métodos ineficazes.
Porque, agora, vejo meus alunos por espelho em enigmas; mas, então, os verei como realmente são; agora, os conheço em parte, mas, então, os conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé de que Deus trabalha na minha vida e na vida dos meus alunos, a esperança de que cresçam como cristãos maduros, e o amor que eu sinto por eles, assim como Cristo. No entanto, o maior destes três é o amor que eu sinto por eles. E por isso, quero a cada dia ser um professor e uma professora segundo o coração de Deus.

Colegas professores e professoras: Parabéns em nosso dia!

Adaptado de Lia Johnson. Como Ensinar Adolescentes: Descubra a Alegria de Trabalhar com Eles. Rio de Janeiro: Casa Publicadora das Assembléias de Deus, 2003, p. 70 e 71.

Ah professora como é linda sua missão
Uma das áreas delicadas
Nem todos tem esse dom

A educação
Boa parte das pessoas recebe
Mas poucos transmitem
A senhora, professora
É uma das poucas raras
Raridades que nos restou

Ah professora, como é linda sua missão

Lis Hoper

DIA DE AVALIAÇÃO

Quando a professora adentra à sala
A turma toda fica aflita!
Somente o coração palpita
Quando ela emite a fala.

Neste momento todo mundo se cala,
Ninguém mais se agita,
Nem Claudinha, Andreia ou Benedita,
Nem Amanda ou Ana Paula.

A sala é um mar de silêncio,
Não conversa mais Juvêncio,
Nem Pedrinho com João.

Só se fala se for a palavra presente!
Quem estudou tá confiante, outros descontentes,
Pois é assim no dia de avaliação.

Valdemi Cavalcante Teixeira

Uma Mulher de Valor

Este texto é uma homenagem à Professora Maria Ângela Pimentel Mangeon Elias , uma mulher especial, que encanta a todos com sua graça, sua vitalidade, sua força de vontade e sua determinação em construir um mundo melhor, e, principalmente, em nos mostrar, a cada dia, e em todos os dias de sua existência, que isso é possível. Parabéns à nossa querida Professora neste dia em que completa mais um ano de encantadora existência.


Uma mulher de valor
Não é aquela que só nasceu para ser mãe
Ou irmã, ou companheira, ou amante, ou educadora
Uma mulher de valor tem tudo isso em sua bagagem
E mais outro tanto, guardado em seu coração
Em um coração que, normalmente, não pulsa
Deixa, com serenidade, o sangue fluir
Indo e voltando, como um rio
(Grande ou pequeno, afinal, todos os rios são iguais)
Como um rio que vai e volta...
Vai e volta...Sempre volta, na sua forma de voltar
E sempre tem serenidade em suas águas
Embora, por vezes, suas aguas pareçam revoltas
Uma mulher de valor é assim, uma mistura perfeita
Um amálgama entre o humano e o divino
Entre o santo e o não santo, entre o espírito e a matéria
Uma mulher de valor é atraente, naturalmente
Não precisa de subterfúgios, não precisa de salamaleques
Naturalmente se apresenta, e naturalmente encanta
Vive naturalmente, compreendendo que a vida é uma passagem
Só uma passagem, uma ponte, entre o hoje e o amanhã...
Não vive o passado, não olha para trás, não se distrai
Segue em frente, sempre em frente, nada a detêm, nada!
E leva consigo todos que querem atravessar a ponte
Todos que querem conhecer o futuro
Todos que querem estar ao seu lado neste futuro
Uma mulher de valor...
Encanta-se com cada novo dia, com o nascer da aurora
Louva a cada novo dia, encanta-se com a vida, com as flores
E com os inúmeros jardins da vida, aqui e acolá
Encanta-se tanto que chega a fazer parte deles
Tornando-se uma flor, tornando-se uma flor-mulher
De um valor inestimável, de um encanto contagiante
De suave perfume...Tornando-se mulher!
Meiga, angelical, doce, próxima, parte de cada um de nós
E nós todos a amamos, como amamos tudo que é belo, divino
Nós a amamos, muito e muito!
Afinal, o valor está em toda mulher, não é mesmo?
Em cada uma com suas particularidades
E nesta, em especial...Ela é especial!
....

Poeta Sidarta da Silva Martins

Em uma sala de aula havia várias crianças. Quando uma delas perguntou à professora:

- Professora, o que é o amor?

A professora sentiu que a criança merecia uma resposta à altura da pergunta inteligente que fizera. Como já estava na hora do recreio, pediu para que cada aluno desse uma volta pelo pátio da escola e que trouxesse o que mais despertasse nele o sentimento de amor.

As crianças saíram apressadas e, ao voltarem, a professora disse:

- Quero que cada um mostre o que trouxe consigo.

A primeira criança disse:

- Eu trouxe esta flor, não é linda?

A segunda criança falou:

- Eu trouxe esta borboleta. Veja o colorido de suas asas, vou colocá-la em minha coleção.

A terceira criança completou:

- Eu trouxe este filhote de passarinho. Ele havia caído do ninho junto com outro irmão. Não é uma gracinha?

E assim as crianças foram se colocando.

Terminada a exposição, a professora notou que havia uma criança que tinha ficado quieta o tempo todo. Ela estava vermelha de vergonha, pois nada havia trazido.

A professora se dirigiu a ela e perguntou:

- Meu bem, porque você nada trouxe?

E a criança, timidamente, respondeu:

- Desculpe, professora. Vi a flor e senti o seu perfume, pensei em arrancá-la, mas preferi deixá-la para que seu perfume exalasse por mais tempo. Vi a borboleta, leve, colorida! Ela parecia tão feliz que não tive coragem de aprisioná-la. Vi também o passarinho caído entre as folhas, mas ao subir na árvore notei o olhar triste de sua mãe e preferi devolvê-lo ao ninho. Portanto, professora, trago comigo o perfume da flor, a sensação de liberdade da borboleta e a gratidão que senti nos olhos da mãe do passarinho. Como posso mostrar o que trouxe?

A professora agradeceu, pois ela fora a única criança que percebera que só podemos trazer o amor no coração.


“Todas as coisas da criação são filhos do Pai e irmãos do homem. Deus quer que ajudemos aos animais, se necessitam de ajuda. Todas as criaturas em desgraça têm o mesmo direito a ser protegido”. - São Francisco de Assis

CarlosAlbert

a professora briga com vóce porque vóce estava conversando ai vóce dis pra professora. -professora entenda as melhores fofocas so aparecem na sala de aula.

daniela nogueira rodrigues

Fome

Tenho fome de viver
sou mestre, professora,
tenho fome de aprender
quero conhecer agora.

Tenho olhos de cumplicidade
para com meus professores
busco somente a verdade
ainda que me cause dores.

Tenho fome de sonhar,
de conquistar, de correr,
não são mais saudades a me guiar
são realizações no viver.

Fome da verdade e de crescer
sento à mesa com meus irmãos
nos alimentamos todos da fonte do saber
e, saciados, estendemos as mãos.

Angela Natel

caçula,
CDF,
polaca,
ferrugem,
tonga,
professora,
missionária,
pobre,
divorciada...

Eu sou mais do que um rótulo.

Angela Natel

APRENDE-SE MELHOR COM A VIDA PORQUE É A MELHOR PROFESSORA

Prodigio

A Vida é a melhor professora do mundo, o problema é a metodologia.

Alqnay Gouveia

Certa vez, em uma dessas aulas de ensino médio, em plena segunda feira, a professora pediu para que colocássemos no papel o que sentimos ao ter a primeira impressão de algo ou alguém, e o que o tempo nos levou a acreditar sobre essa primeira impressão. Foi então que eu escrevi algo desse tipo...

"Ao ver pela primeira vez
Somente observei
Nada pude concluir
Nem tão pouco deduzir..
O tempo, após passar
A conclusão não foi de admirar
Pessoas?
São como as árvores
Algumas espinhosas
Outras, comparadas a rosas"

GabrielaOliveira

Senhor, confesso que nunca pensei em ser professora, pois nas minhas veias corria um sangue que me impulsionava para uma outra direção, onde a criação em diversas linguagens artísticas, satisfazia ao ego da minha imaginação. Ahh... quanta saudade das exposições de pinturas e desenhos no clube da minha cidade... das minhas brincadeirinhas de teatro... das minhas letras e melodias, das criações das minhas poesias, inspiradas pelo lindo por do sol do meu sertão, assim como pelas maravilhas naturais do ambiente que cercava a minha infância em meio a serras e morros, cactos e flores que nascem coloridas e vibrantes até mesmo entre as pedras... Mas como viver de arte nesse país, onde a sobrevivência fala mais alto? Senhor, hoje eu reconheço e te agradeço, pela missão a mim predestinada , por ter-me mostrado, confiado e levado-me em seus braços até as salas de aula, por ser portadora para milhares de seres pensantes, a direção do reconhecimento das suas capacidades criativas. Confesso meu Senhor, que aprendi a amar essa profissão, que a mim foi dado o crédito. Sei senhor, que merecemos muito mais, mas estamos distantes da dignidade de direito. Entendo que, como em qualquer outra profissão, existem os bons e os maus condutores em suas áreas. Mas enquanto profissional que leva o entendimento do saber, procuro dar o melhor de mim, no exercício árduo e ao mesmo tempo gratificante de fazer a diferença com responsabilidade, infelizmente não jus ao salário que tanto rogamos, mas por amor a quem tanto prometemos engatilhar e transformar pessoas capazes de construir uma vida mais humana.

vilgete

á foi uns trago pra mente juntamente
com a mistura a rua professora ensina
cada um cuida da sua

aqui num é diferente o peso do rap é o peso das mente,
terrorismo verbal,
batendo de frenteÊ
com aquele que vive explorando inocentes
os neguim progrediu, o cranio até explodiu,
mas as cortina se abriu, agora é tudo nosso,
hahá. cê nem viu.

sempre fui eu por eu, a babilônia tentou mas não calou a minha voz.
com um plano aceso ando pra frente, deixando verme pra trás.
cada rima vale um tiro, um gatilho em cada dedo, to com o kit
pobre pensando? principal pesadelo da elite
que nunca vão entender o o ritmo que voa livre na quebrada
que te faz ter orgulho mesmo sem ter nada

se fecha na função ns já reconhece, quando o chicote estralar,
os verdadeiro vão ta lá, e resto? esquece!
respeito é pra quem tem, admiração pra quem merece
pra mente não tem alguema, então gambé vê se me esquece

refém desse sistema, todo dia luta injusta
paz, justiça e liberdade, sendo lema principal desse mundão chamado rua.
é mais que um sentimento, as letras em sigilo, não entra qualquer um pra dizer que é compromisso.
em meio a toda essa exatidão
como é difícil seguir o coração
de frente com tanta corrupção,
tô cansado de opressão
tapa na cara, segregação
pode chamar meu sonho de ilusão
que é utopia auto-gestão
mas me desculpe meu irmão

meu sonho é estrela sem constelação.

então deixa eu voar, e n deixa esse aí apagar.
pode conspirar, tentar embargar
minha voz continua ativa
a paixão pela destruição é uma paixão criativa

Raphael Capone

A felicidade é matéria de gente burra, só a dor ensina, a alegria é aluna e não professora.

Hellius Czar Monzon

- A naturalidade da professora deixou os alunos empolgados.
... A elegância de vestir-se de simplicidades.

Lívia Samara

A natureza é professora...

Lucius Scarabotolus Gattalis

Relato de uma professora que hoje, que seja somente por hoje, está desanimada:

Triste! É este o cenário que encontrei numa sala de aula no dia de hoje. Crianças ( pra mim são), sem perspectivas, sem ambições, rindo de uma " brincadeira" idiota que fizeram pra danificar o ventilador da sala. Poxa, o que virou a escola pública? O que virou esta juventude? O lance do ventilador não foi assim tão grave perto de todo o descaso e da falta de noção de que ali ainda continua sendo, talvez o único lugar onde alguém ainda acredita neles, apesar de tudo! E eu berrei isso tudo, berrei tudo que estava engasgado na minha garganta! Só me contive pra não chorar. O que senti foi um misto de pena, de raiva, de desgosto, de angústia...Que dia mais horrível! Estou muito chateada! Dentro de mim está pesado! Eu não consigo separar as coisas, eu até gostaria de não me importar, mas não consigo! Não consigo ver tantos jovens ali, no lugar que eu escolhi pra passar boa parte da minha vida, fazendo figuração...Que futuro eles terão? Que futuro?

Érika Ribeiro Pinheiro