Pra baixo

Cerca de 942 frases e pensamentos: Pra baixo

Corrupção no Brasil deveria ser a troca de livros por baixo dos panos entre escritores que se preferem.

Marianna Kiss

E se o teu sorriso faltasse nada seria válido, jogaria tudo morro a baixo pra te ver sorrir de novo.

Lanna Okuma

É engraçado como você consegue me deixar para baixo , mas eu aprendi a ser forte e quando minha alma levantar , teu ego cairá . Dê o tempo necessário para eu me reconstruir e tuas pedras ao chão irão pois minha muralha será forte.

Pamela Klebis Nogueira

A vida vai te colocar pra baixo algumas vezes. Isso é para lhe ensinar a dar valor quando estiver lá em cima

facebook

Passarinho que voa com morcego acorda de cabeça pra baixo.

Carolina Silveira

A saudade me bate me ferre me bota pra baixo me faz ver o que não é difícil de compreender, que sem você é difícil de viver.

Samuka jr

A religião olha sempre para baixo;
a salvação olha continuamente para cima.

Helgir Girodo

1 - Poema para Chico Mendes

Fala baixo Chico.
Não grites.
As seringueiras irão chorar lágrimas brancas.
Lágrimas grossas de saudade de Francisco.
O Mendes.
Aquele que as rasgavam com tanta mansidão
E poesia para retirar-lhes a seiva
Que mais parecia um rasgo de elogio.
Um rasgo de amor.
Uma carícia de irmão agradecido pelo sustento
Que viria dali.
Fica Chico.
Senão o seringal não vai chorar apenas,
Irá uivar o uivo doloroso do adeus ao amigo
E companheiro.
Irá gritar para o céu da Amazônia que a esperança morreu.
Que o apelo do ativista parou.
Tua boca calou para sempre.
E seus olhos dormiram o sono do nunca mais.
Ah, Francisco,
Fala baixo para os gananciosos não o ouvirem.
Eles não perdoam.
Depois como vais peregrinar pela selva
Com o coração de guerreiro?
Nunca mais Chico,
Andarás com essa alma de gigante
Por entre os altos arbustos amazônicos
E a floresta vai morrer um pouco.
Elas sentirão falta do seu abraço protegido.
Daqueles que distribuías para defendê-las
Com teu corpo nos empates.
Fica em silêncio Chico que teu hino
De amor está ferindo interesses de alguns.
Eles não têm piedade e vão determinar tua partida.
Eterna.
Sem retorno do Mendes.
Nunca mais ouvirás o canto melodioso da cotovia.
E o inhambu vai piar sem teus ouvidos para escutá-lo.
Ouve Francisco,
Deixa de bobagem e dorme mais um pouco.
Não te levantes cedo demais para ires ao sindicato
Bradar ao mundo que eles matam a mata.
Eles irão te perseguir e a pontaria deles é tão certeira!
Não erram.
Vão disparar até que caias sem chance de levantar-te
Para mais uma vez
Penetrares nos caminhos recheados de folhas verdes
E musgos.
Melhor, não entres jamais no sindicato.
Ele não precisa de Francisco.
Volta a colher a borracha,
Simplesmente,
Assim como um seringueiro despretensioso e feliz.
O mundo é assim mesmo companheiro.
Queres mudá-lo para quê?
Nem conseguirás ser eleito para o preito que pretendes.
Tivesses sido talvez fosse outra a tua história.
Seria?
O cargo político te daria amparo?
Se desse Chico seria interessante o povo eleger-te.
Bem que mereceste!
Levantaste a voz bem alta ao ponto de ferir ouvidos.
Inquietar consciências.
Incomodar pessoas.
E quantas!...
Espera Francisco, mais um pouco na cama,
Hoje ainda são vinte e dois,
Falta pouco para o Natal.
Não queres ver mais uma vez o menino
Que nasce da tua fala de valente?
Depois os sapatinhos das crianças ficarão vazios,
E sem os teus abraços, também os corações.
Janeiro chegará com Lótus
Se abrindo em adoração Divina.
Estamos Francisco em 1988,
Vem por aí a virada do milênio,
O céu ficará cheio de rastros dourados
E com tantas promessas de vitória que até acreditaremos.
Então esquece um pouco esse seu caso de amor
Com a natureza e sossega menino.
Teu menino ficará sem o colo amigo do paizão querido.
E a menina entrará sozinha pela igreja
Ao som da Ave Maria.
Cadê teu braço para apoiá-la companheiro?
A mulher vai lamentar derramando água dos olhos tristes,
O amor que lhe foi tudo,
E a solidão será do tamanho da Amazônia.
Não.
Não abras a porta agora.
Volta para a cama.
Descobre que tens dor, qualquer uma.
Permaneça quieto.
Lá fora está tão sombrio e perigoso!
Teu banho pode esperar.
Tua vida pode prosseguir valente guerreiro.
Só não saias agora pela porta.
Talvez ele desista, vá embora e deixa para depois.
Aí podes pegar a mulher e as crianças e fugires.
Para onde?
Depois que o mundo é tão pequeno!
Que pena Chico!
Então adeus meu camarada.
Vai com Deus.

Eleni Mariana de Menezes

1 - Poema para Chico Mendes

Fala baixo Chico.
Não grites.
As seringueiras irão chorar lágrimas brancas.
Lágrimas grossas de saudade de Francisco.
O Mendes.
Aquele que as rasgavam com tanta mansidão
E poesia para retirar-lhes a seiva
Que mais parecia um rasgo de elogio.
Um rasgo de amor.
Uma carícia de irmão agradecido pelo sustento
Que viria dali.
Fica Chico.
Senão o seringal não vai chorar apenas,
Irá uivar o uivo doloroso do adeus ao amigo
E companheiro.
Irá gritar para o céu da Amazônia que a esperança morreu.
Que o apelo do ativista parou.
Tua boca calou para sempre.
E seus olhos dormiram o sono do nunca mais.
Ah, Francisco,
Fala baixo para os gananciosos não o ouvirem.
Eles não perdoam.
Depois como vais peregrinar pela selva
Com o coração de guerreiro?
Nunca mais Chico,
Andarás com essa alma de gigante
Por entre os altos arbustos amazônicos
E a floresta vai morrer um pouco.
Elas sentirão falta do seu abraço protegido.
Daqueles que distribuías para defendê-las
Com teu corpo nos empates.
Fica em silêncio Chico que teu hino
De amor está ferindo interesses de alguns.
Eles não têm piedade e vão determinar tua partida.
Eterna.
Sem retorno do Mendes.
Nunca mais ouvirás o canto melodioso da cotovia.
E o inhambu vai piar sem teus ouvidos para escutá-lo.
Ouve Francisco,
Deixa de bobagem e dorme mais um pouco.
Não te levantes cedo demais para ires ao sindicato
Bradar ao mundo que eles matam a mata.
Eles irão te perseguir e a pontaria deles é tão certeira!
Não erram.
Vão disparar até que caias sem chance de levantar-te
Para mais uma vez
Penetrares nos caminhos recheados de folhas verdes
E musgos.
Melhor, não entres jamais no sindicato.
Ele não precisa de Francisco.
Volta a colher a borracha,
Simplesmente,
Assim como um seringueiro despretensioso e feliz.
O mundo é assim mesmo companheiro.
Queres mudá-lo para quê?
Nem conseguirás ser eleito para o preito que pretendes.
Tivesses sido talvez fosse outra a tua história.
Seria?
O cargo político te daria amparo?
Se desse Chico seria interessante o povo eleger-te.
Bem que mereceste!
Levantaste a voz bem alta ao ponto de ferir ouvidos.
Inquietar consciências.
Incomodar pessoas.
E quantas!...
Espera Francisco, mais um pouco na cama,
Hoje ainda são vinte e dois,
Falta pouco para o Natal.
Não queres ver mais uma vez o menino
Que nasce da tua fala de valente?
Depois os sapatinhos das crianças ficarão vazios,
E sem os teus abraços, também os corações.
Janeiro chegará com Lótus
Se abrindo em adoração Divina.
Estamos Francisco em 1988,
Vem por aí a virada do milênio,
O céu ficará cheio de rastros dourados
E com tantas promessas de vitória que até acreditaremos.
Então esquece um pouco esse seu caso de amor
Com a natureza e sossega menino.
Teu menino ficará sem o colo amigo do paizão querido.
E a menina entrará sozinha pela igreja
Ao som da Ave Maria.
Cadê teu braço para apoiá-la companheiro?
A mulher vai lamentar derramando água dos olhos tristes,
O amor que lhe foi tudo,
E a solidão será do tamanho da Amazônia.
Não.
Não abras a porta agora.
Volta para a cama.
Descobre que tens dor, qualquer uma.
Permaneça quieto.
Lá fora está tão sombrio e perigoso!
Teu banho pode esperar.
Tua vida pode prosseguir valente guerreiro.
Só não saias agora pela porta.
Talvez ele desista, vá embora e deixa para depois.
Aí podes pegar a mulher e as crianças e fugires.
Para onde?
Depois que o mundo é tão pequeno!
Que pena Chico!
Então adeus meu camarada.
Vai com Deus.

Eleni Mariana de Menezes

Aqueles que antes te ignoravam por estarem por cima , hoje te idolatram por estarem por baixo.

MarcioS.

Não olhe para baixo, onde está uma pequena poça de água suja.
Olhe para cima, onde estão os pássaros, a brisa leve, o céu pintado de azul, a pipa colorida que voa, as nuvens com desenhos alegres e fofos.
E, um pouquinho mais acima, onde está Deus, que lhe ama apaixonadamente, que sorri pela obra linda que é você, que derrama cascatas de bênçãos sobre a sua vida, que lhe concede uma nova oportunidade de ser absurdamente feliz neste exato momento.
Tudo é milagre.
Não distraia seus olhos com supostas dificuldades.
Você já venceu todas elas.

Patrícia Assmann

Algumas pessoas não querem nos ver no chão, elas querem nos ver de baixo dele.

Fernando Rocha -pequenoadao

Acabou o tempo pra catar as coisas que caem no meio do caminho.
Você olha pra baixo e esquece de apreciar a vista bonita das coisas que passam ao seu redor e você nem se dá conta.

Sayonara T.

Quando pensamos nas coisas lá de cima, não há lugar
para as coisas aqui de baixo ocuparem a nossa mente.

Helgir Girodo

Ouvir música em volume baixo é como tomar café frio.

Vinícius Barreto

Mas o tempo, está ao seu lado, está ao seu lado, agora
não empurrando você para baixo, e tudo envolta
isso não é causa para preocupação

Matheus Montenegro - de Coldplay - Trouble

Quando te pedi para falar baixo... Foi para que ouvisse o meu suspiro e os anjos entendessem que eu queria estar ao teu lado para sempre!

Lia Beraldo

Um dia lhe disseram para começar por baixo, mas se podia ter o topo, por que não desejá-lo?

Aline Diedrich

A Vida é como uma Roda Gigante. As Vezes Estamos no ponto mais alto , as Vezes no ponto mais baixo. Quando essa Roda Gigante parar de Girar, em que ponto você quer Estar?

David Martins

Não adianta, sempre vão querer te botar pra baixo. Sempre vai ter alguém pra dizer que você não vai conseguir. Sempre vai ter algo que vai te fazer querer desistir. Sempre vai ter aquilo que vai te desviar. Mas do mesmo modo você vai poder voltar. Então não pare de sonhar. E sonhe alto. Com vontade. E nunca deixe que decidam por você, faça tudo por si mesmo, pense nos outros, mas pense mais em você. Pois a vida é tua e as pessoas ao teu redor tem também uma vida própria. Não chore, não perca tempo com lágrimas, o tempo voa enquanto você chora e para realizar um sonho necessita de tempo. Vamos parar de dizer: "Eu tenho um sonho" e passar a dizer: "Eu vivo um sonho".

Isabel Serra