Porque Você Mente pra Mim

Cerca de 40 frases e pensamentos: Porque Você Mente pra Mim

Se você chora,se você sorri,se você sofre,se você se decepciona,se você cai,se você mente,se você sente,se você entende ou se você se arrepende,não se preocupe,você é humano.

Nathy Barbosa

A mentira é uma deficiência que te torna dependente dela como uma muleta. Quanto mas você mente mais você precisará mentir para manter a mentira lá de trás.

Marcello Thadeu

Se você ama, você mente, finge, corre, esconde, machuca, magoa, pisa, se arrasta, ignora, joga fora, dá pontapés, inventa histórias, chama de nome feio, ri da cara, faz pirraça, perde, sofre, diz que vai esquecer... Mas não esquece. Cresce. Aprende a tratar como essencial o que antes não lhe fazia falta, não lhe cabia em suas ambições, não pretendia se matar para dar cuidados. Quem ama erra, erra... feio. Quem ama, muitas vezes não merece o perdão, e não o dá. Mas perdoa assim mesmo. Quem ama joga na cara as burradas que o outro fez. Vigia. Perde a confiança. Aprende a ser ambivalente, a estar junto e querer estar bem longe. Mas, acima de tudo e de todos, a precisar. Não banalizo os amores assim, nem os julgo. Os entendo. Compreendo. Sinto compaixão, não pena, e ofereço ombro, doo palavras bobas, ouço com atenção como se fosse uma prece. Quem tá de fora nunca sabe o que é amar-ferindo alguém. Nem eu (ainda bem?). Mas se me dizem é porque existe. E afasto de mim as teorias. Muitas vezes, o querem de nós não é um caminho, uma luz, uma solução. Querem mesmo é nos mostrar que onde há persistência não significa que falte forças para sair. Ao contrário: trata-se de guerreiros da vida, pois restam-lhes forças para ficar.

Geraldo Vilela Mano Júnior

Dizem que a pior mentira é quando você mente para si mesmo. E se eu me permitir acreditar nas minhas próprias mentiras, será que um dia acabo acreditando nelas e me convencendo que você realmente não significa mais nada pra mim?

Pâmela Ribeiro

Realmente, você é real ou você mente?

Matheus Zucco

Se você mente atrai pessoas que não amam você, mas o personagem que criou.

Rosemary Chaia

É difícil acreditar que o outro fala a verdade quando você mente o tempo todo e que se estivesse no lugar dele estaria mentindo. A verdade, sempre a verdade, doa em quem doer.

Prof Lourdes Duarte

Se você diz a verdade, você é chato. Se você mente, você é legal. Vai entender...

Ana Paula Amaral

Quando você mente, é um peso que vai carregar nos seus ombros, então pense no que faz, pois não é a mim que está enganando e sim o próprio/a.

Vanilda Candida

Serpente
Você mente?
Você amedronta
Traz a precaução
E a covardia
Ou a coragem...
A coragem
Movida pelo medo.

Você é fria
Seca
É o que é
O que nem sei
O que é
É superior
Isto ao menos
Demonstra.

É quem traz
A maior proximidade
A harmonia
Faz com que o homem
Sinta sua energia
Que magnífica é
Você que domina
O ser humano.

Crislambrecht

Quando você mente, está roubando de alguém o direito de saber a verdade. Quando trapaceia, está roubando o direito à justiça. '' O caçador de pipas''

Khaled Hosseini

Se você fala a verdade não acreditam, se você mente fazem questão de duvidar também! Acho que o problema não está na verdade ou na mentira, e sim na confiança.

Ivone Beatriz Cavalcanti da Silva

''Você mente quase perfeitamente bem porém nao engana quem te ensinou a mentir''

Carina Guedes.

A hipocrisia vem da comodidade. Você mente pra não ter que lidar com julgamentos e julga porque é mais fácil do que ter opinião própria.

Annynha Rodrigues

VOCE MENTE DIZENDO QUE ME AMA...
EU FINJO QUE ACREDITO...
É FALSO..MAS É A MAIS PURA VERDADE.

JOTA SANTOS

Hoje você mente...Amanhã você se afoga nas próprias mentiras...by.fmayoral

Fernando Mayoral

Quando você mente fica à mercê da verdade, tão logo ela faça um mínimo movimento a sua cabeça é a primeira coisa que rola.

Sebastião Melo

Sabe o que acontece quando você mente?!
Ninguém credita mais em você!
Se renda a verdade, Deus da Minha Vida'

smatias

Queria te esquecer com a mesma
facilidade que você mente.

Senhora 7

I know... again!

Eu sei das suas falcatruas, sei que você não vale nada, sei que você mente pra mim... Mas confesso que já me acostumei, que já não ligo. Nunca acreditei nas suas palavras, apesar de muitas vezes suspirar por elas. Confesso que cheguei a mentir algumas vezes dizendo que confiava, porque realmente não valia a pena eu ficar desconfiando. Conheço seu jogo, sei dos seus truques, e entro de cabeça em cada uma das suas jogadas. Mas acontece que não é de hoje que tentam me passar para trás. Então toda vez que as pessoas vêem me falar coisas de você, é como se eu já soubesse, já estivesse preparada – nada me surpreende. E nas muitas vezes, as pessoas nem precisam falar, eu percebo. E honestamente, não ligo. Afinal, se eu ligasse não teríamos chegado até onde chegamos.
Muitas vezes dei impressão de que não valia nada, e de repente eu me contradizia e mostrava que aquilo era muito. Na verdade, acho que antigamente, nem eu sabia o que aquilo significava para mim. – Você foi me levando com seu jeito de malandro, e eu, às vezes muito cautelosa, outras vezes sem um pingo de medo, fui entrando no jogo. Fui satisfazendo minhas vontades, preenchendo minha solidão e curando minhas feridas – com a pessoa errada, mas não posso negar, a pessoa errada que chegou no momento certo. No momento em que eu queria me aventurar, que eu não estava ligando nem um pouco para o que as pessoas pensavam, que eu queria perigo, queria brincar, queria esquecer de todos os problemas, queria que as coisas fluíssem naturalmente – sem pressa, sem esquentar a cabeça, que para mim “tanto faz”. No momento que eu precisava de alguém para enterrar o passado e ao mesmo tempo sair “por cima” de toda aquela confusão. E você estava lá... Do jeito que eu nunca imaginei que estaria. E eu já havia imaginado tantas pessoas para ocupar seu lugar, mas aconteceu, sem pretensões, foi você quem estava lá. – Você, que não havia pessoa que poderia lembrar mais o meu passado, e que não havia pessoa que poderia me fazer esquecê-lo melhor.
E sem cobranças, a gente foi levando. Um se surpreendendo e se decepcionando mais com o outro. Um mais confuso e mais louco que o outro... Aos poucos a gente foi se completando, encontrando um no outro: um bom amigo, uma pessoa para conversar, um ombro – talvez. Aos poucos a gente foi se conhecendo, e tendo carinho um pelo outro. E como toda pessoa que passa pela nossa vida, você deixou suas marcas, aprendi muito com você, talvez tenha amadurecido um pouco – os seus pontos de vistas diferentes e que se encaixavam com os meus, me faziam pensar. As suas palavras, às vezes seus conselhos e a sua força, ficaram comigo.
Mas acontece que muitos fatos foram ocultos, fatos que às vezes eram importantes. Acontece que ninguém ali estava para ter nada sério e o tempo foi passando... E como eu disse no começo: “sei das suas falcatruas, sei que você não vale nada, sei que você mente pra mim...”, mas não posso te cobrar nada, porque muitas vezes eu posso ter faltado também. Confesso que algumas vezes, também joguei sujo. E acho que aprendi isso com você. Aos poucos, você foi me ensinando a viver.
Se você soubesse quantas vezes achei que era “o fim”, teria realmente dado um ponto final há muito tempo. – Porque de repente você faltava, desaparecia, sumia do mapa. Às vezes acho que até me ignorava, e então as pessoas viam me falar bobagens alheias a seu respeito ou mesmo eu “pegava no ar” essas coisas que para mim não importavam. Mas na sua contradição e na sua forma abstrata de ser, você voltava. Eu achava tudo aquilo muito estranho, mas gostava.
Porque eu acho que valia a pena. Convenhamos que aqui não se há muitas opções, e eu gostava do seu beijo, do seu cheiro, do seu toque, das suas palavras, dos nossos momentos. E eu fui me encantando... Confesso. Você é bem do tipo que eu gosto: malandro. Afinal, se faltar “aquela sujeirinha” não é ser humano (risos).
É, eu sinto sua falta muitas vezes. Mas por preguiça e insegurança, não vou atrás. Então que cada um siga sua vida e que seja assim: natural. Mas só para deixar claro e ser bem sincera, às vezes o seu jeito abstrato me magoa. E eu sei que para você não é grande coisa, mas chego a pensar que definitivamente não é nada, e que enfim, você se cansou e numa dessas vai virar para mim e dizer: “E aí, já posso levar o Oscar?” – e eu, novamente, vou sair da história como a “coitada que foi enganada”.

Gabriella Beth Invitti