Poetas Espanhois

Cerca de 596 frases e pensamentos: Poetas Espanhois

Apenas os poetas falam da morte
assim tão liberais, eu já escolhi o dia
em que morrei. Será em um belo dia de sol
há de fazer bastante calor, para que o fogo
termine brevemente com seu ofício sacramental
queimará meu corpo, mas aprimorará a minha essência
no estado de cinzas, portanto mais leve.
A poesia divina ecoará nos quatro cantos do universo
o pó, que tão frágil se negou ao pó voltar, transmutará
em matéria quântica, em almas tantas, que ao cosmo se unirá.

Evan do carmo

Poetas são eternos devido as obras que realizam... Por isso que eu escrevo. Mesmo que ninguém venha a ler. Ao menos, ninguém vai pensar como eu ou escrever o que eu escrevi.

Dinho Brito

E eu que achava que paixões avassaladoras eram privilégios dos poetas.

Jéssica Doni

"Almas gêmeas só existem na cabeça dos poetas, quem eu sou ? Apenas um poeta..."

José Schmitsler Filho

Quando eu digo que Te Amo
Quero dizer que Te Amo, mas não como os
poetas, cheio de floreios e belas palavras
que encantam, pois não sou poeta e a
minha rima soaria falsa...

Alex Santiago

As mulheres quando nos fazem sofrer por amor, ou nos tornam bêbados ou poetas, o que dá no mesmo.

Rogério Silvério de Farias

As vezes não são grandes os poetas, e sim suas inspirações!
E a minha é você.

Marcos José de Oliveira

Lua, eterna Mãe de todos os poetas
Com seu encanto minha obra se completa
Dos bosques contemplo sua perfeição
Compondo em minha alma uma eterna canção

Wesley De Sousa Gonçalez

Era noite e a noite e dos poetas,
Essas almas de coisas secretas,
Que sentem e escrevem
Antes de falar.

Mariana Eliza de Oliveira Beguito

Todos os grandes poetas da humanidade choraram por amor... Quem sou, se não um simples mortal, para menospresar as lagrimas de tamanho sentimento tão puro e verdadeiro.

Rannier Augusto Conceição

Muitos se expressam, tentando ser poetas, já os poetas apenas tentam se expressar.

Guilherme Mendes

Dinheiro é para mortais,
Solidão é para poetas,
Amar é quebrar regras!

Olha só eu não sou santa.
Ainda não fui condenada,
Meu balaio minhas penas,
Minhas falsas impressões,
Deixo tudo para você descobrir,
Deixo tudo para você

Márcia Morelli - extraida da canção de Márcia Morelli "Solidão é para poetas"

Os homens chamados de poetas por uns e loucos por outros vivem uma solidão sim eu sei, mas se nós não vivêssemos essas escritas não haveria romantismo;

Julio Aukay

Tornamos-nos, em alguns determinados momentos de nossas vidas, poetas e poetisas de nossas historias, só não podemos ser em nenhum momento, carrascos e executores de nossa própria história!

Elberfran Oliveira

Talvez só os poetas vêem beleza onde já ninguém mais olha

Leonardo Mazzui

Talvez só os poetas vêem beleza onde já ninguém mais olha.

Leonardo Mazzui

Poetas vivem em permanentes mergulhos, quando não nos mares da vida, com certeza, nas profundezas da alma.

Anderson Fabiano

Reunião dos Sábios Poetas

Já me toquei e fui safado como Bukowski
e me peguei amando o tanto quanto posso igual Vinícius,
porém já me vi cético e racional como João Cabral.

Um dia me senti tímido igual Drummond
tanto que precisei e decidi ler Baudelaire
e essa necessidade me induziu a ser precoce como Rimbaud.
Já quis ir embora como Bandeira foi
e revolucionário como Mário de Andrade pelo novo,
pela arte, pelo povo.

Já quis beber como Oswald de Andrade
e ser rebelde a vontade.

Quis escrever versos em Quintanas
e lutar como Leminski, para poder dar um golpe certeiro em cada poesia.
Pensei em suicídio e morrer por amores como Álvares de Azevedo em seus poemas.
Hesitei e decidi ir à igreja conversar um pouco com Deus no corpo feminino de Adélia
[Prado,
pedir força para conseguir escrever sonetos parnasianos parecidos com os de Olavo
[Bilac, com métricas, rimas ricas no encaixe.

Brinquei e joguei palavras no papel,
esparramei-as e esforcei para formar algo concreto, alá Ferreira Gullar
mas minha incapacidade de me entender me faz ficar desentendido em dizer o que eu sei
[escrever

Meu canibalismo antropofágico nacional,
o elo com o belo
o natural
me enraizou os pés na terra moderna e fofa,
e a chuva me afundou junto com Manoel de Barros à toa.

Embriaguei-me com vinho do porto, no Porto de Portugal.
Com isso, avistei Fernando Pessoa adentrar além-mar salgado, ou talvez um de seus
[pseudônimos.
Não me lembro de nada direito, sentia-me puro e instigado.

Já pus em cheque a vida que passei e me inspirei.
Todos me adentram o núcleo do âmago
o interior do interior de mim mesmo.

alexandre morais