Poetas Espanhois

Cerca de 611 frases e pensamentos: Poetas Espanhois

As mulheres choram.
Os homens também choram,
Mas os poetas choram mais.

Brenon Salvador

Depois de ter você, poetas pra que?

josiane

Viagens na minha Terra


Poetas em ano de Prosa!

Pois este é século para poetas? Ou temos nós poetas para este século?

Almeida Garrett

Poetas e seu dom de encantar o mundo. De encantar os desejos através das escritas. De fazer com que tudo seja possível nos lugares mais pequeninos que a vida tem. Eu penso que fazer palavras namorarem é mais nobre que ter títulos e posses. É que as palavras só namoram quando amam de verdade!

Mel Fronckowiak

Apenas os poetas falam da morte
assim tão liberais, eu já escolhi o dia
em que morrei. Será em um belo dia de sol
há de fazer bastante calor, para que o fogo
termine brevemente com seu ofício sacramental
queimará meu corpo, mas aprimorará a minha essência
no estado de cinzas, portanto mais leve.
A poesia divina ecoará nos quatro cantos do universo
o pó, que tão frágil se negou ao pó voltar, transmutará
em matéria quântica, em almas tantas, que ao cosmo se unirá.

Evan do carmo

Na insensatez despida dos poetas
No desequilibrio tolo dos sensíveis
Te encontrei
Me encantei por teus anseios híbridos
Me alimentei dos teus olhinhos tímidos
E gritei
Gritei calada em cada verso que escrevi
Loucura vã...
De me fazer ouvir.

Márcia Cardoso da Silva Valente

Eu não me considero poeta porque tento me definir. Todos os poetas não conseguem de fato saber quem são.

Philipi Estevão

POETAS

Poetas não deveriam falar!
Apenas, escrever!
Transcrever seus sentimentos!
Poeta!
Figura estranha...

Siomara Reis Teixeira

“Discordo dos poetas quando dizem que não existe amor perfeito, inclusive acho que a palavra perfeito não existe, é apenas um sinônimo para amor.”

Jorge Freitas Lopes

O POETA
Sabemos que os poetas é um ressuscitador
Ressuscita a saudade, ressuscita o amor.
Ressuscita a paixão, ressuscita ate a dor.

É no silêncio da calma no conflito da razão
Escreve versos e trovas falando de grandes paixões
Corre nas veias o sangue da saudade e do amor.
O poeta sim senhor! É um grande sonhador

Qual poeta não fala! De amor nos seus versados
Os poemas sem amor ficam sem significado
Desprovido de ternura sem sentimento igual
Falta de imaginação falta amor no coração

Eterno são os poetas criadores e criativos
Criam amor criam ilusão mantém a paixão acesa
Nos seus versos ele mostra do amor toda a beleza

Ducarmo de Assis

Vários Poetas e Escritores, Definem o amor de várias formas, + Para quem ama o amor é aquele ( sentimento ) que temos pela pessoa amada...

Jeremias Elamba

A troca de tiros é o duelo de poetas. Muitos morrem sem pedir misericórdia, e também muitos morrem sem saber o porquê a morte os levou.

Tiago Barros

Segredo dos Poetas

O que são os poetas?
Quem poderá me responder?
Dizem que eles vieram do céu
Numa cauda de cometa
Esses seres que outrora foram estrelas
E aqui na Terra são vistos como loucos,
Banais como tantos outros
Mas o que ninguém sabe
E que ninguém nunca irá saber
É que os poetas são seres transcendentes
De uma capacidade inigualável
De se colocar no lugar de qualquer ser

Nanda Kiedis

A tristeza é intrinsecamente improdutiva. com exeção dos poetas,compositores,escritores e afins..Se não és um, Seja feliz e produza!

Moacir Soledade

Perduram os olhos que não vêm o que não querem
Simpáticos os poetas patéticos de outrora.
Quisera eu ser igual a mim ao me verem
Nos dias de chuva e frio quando não me regenero.

Sonoro desgosto da longuíssima ilusão,
quando te vais no meio da escuridão,
De braços cruzados e fechados
Esperando que tenha meus lábios molhados

O teu beijo
o teu beijo me engana
acende poeira e não chama
e nem diz que me ama
ah... e nem diz que me ama..

Triste ilusão que se derrama
a meia-luz que não me detêm...
Triste ilusão que diz que me ama
A mente cansa porque os olhos assim o vêm...

Délcio Mucombo

_Seguramente aqueles que escrevem, os poetas em primeiro lugar, devem achar bastante consolação escrevendo: esses sim, não tem necessidade de um seio, onde depositem os seus pensamentos, seus segredos e suas dores.

Patrícia Leal

Não sejamos como os poetas,
com seus devaneios, suas paixões desenfreadas
que usam da amargura e solidão
como a inspiração de suas cenas
o abismo é sua casa
a morte a sua cura.

Marilia de Moraes

O amor é algo que se houvesse definição não existiriam poetas.
Pois são estes que vivem e morrem para tentar explica-lo sem deixar nenhuma reposta.
O que deixam para trás, são apenas rascunhos ! Fragmentos de se tentar entender,
aquilo que é infinito.

Alessandra Froes

PORTAS ABERTAS NO MUNDO DOS POETAS

Pelas portas abertas, entro no mundo sem fronteiras dos poetas para fartar a minha fome e matar a minha sede de viver.

Busco liberdade. Liberdade de voar por qualquer horizonte sem discriminação. Uso do meu livre-arbítrio e me permito caminhos santos e pagãos. Sou amiga do pecado, sou devota de uma oração.

O mundo dos poetas me fascina. Nele choro as minhas dores em rimas, sorrio a minha felicidade em prosas, alegro-me com bobagens em trovas, esperneio em haicais. É nele que planto a lavoura dos meus uis e meus ais.


No mundo dos poetas, sou perfume, sou sabor, sou amor e desamor, sou raiva e paixão, sou alegria e tristeza, sou feiúra e beleza, sou inverno e verão. Sou um poço de ternura, um mar de saudade, sou apenas um segundo, sou toda a eternidade. Sou amante, sou sexo, frieza e tesão. Sou namorada da lua, sou noite, sou dia, sou estrela cadente, mulher indecente, namorado insistente, alma vazia, rima sem rima, pobre sem dente, rico exigente. Sou fria, sou quente, sou carente, sou dona do mundo e um simples vagabundo.


Nas esquinas do mundo dos poetas eu ando nua e me encontro com as palavras dos meus desencontros, das minhas vaidades, dos meus defeitos e das minhas qualidades. E vivo amores que não são meus, choro saudades que não são minhas, converso com amigos de todas as idades, pego carona para as minhas verdades.


Se um dia os poetas deixarem de existir ou suas palavras forem roubadas, rezem por mim, pois certamente eu também parti.

Rosa Berg