Poesias sobre o Transito

Cerca de 106 poesias sobre o Transito

Voltei feliz, embora cansada.
O trânsito era infernal,
mas me deixava ver as vitrines.
Me ative às de lingerie,
pensei numa camisola nova.

Viajei pela janela molhada
e turva da chuva fraca
imaginando a sedução da seda.

Te vi, meus olhos sorriram.

Alessandra Horta

Experimentemos hoje, a sensação de caminhar contra as tendências.
Os maus-hábitos.
No trânsito, diante da "barbeiragem" do colega, sorria!
Se o barbeiro for você, peça desculpas, ainda que o colega te xingue.
No cruzamento, deixe o colega passar.
Se cair algo no chão, abaixe-se e entregue ao colega.
Na porta do banco, segure a porta aberta para que o próximo possa entrar.
Diga bom dia aos velhinhos.
Sorria aos deficientes, olhando-os nos olhos.
Elogie alguém.
Escute!
Achas tolice tudo isso?
Então jamais saberá o quão gratificante é ter um sorriso sincero de quem menos esperamos ter.
Desafie-se e pratique a nobreza!

Italo Goulart de Oliveira

Do livro SER EM TRÂNSITO" (1979)

Amigo,
daí o meu silêncio
esse olhar ambíguo e um certo ar viajante de quem
não está-estando
a mão pendida numa mala ausente.
E daí esse soluço
que me trava a voz, se na flor da boca
um nome irrompe como um sol nascente.

...

Mas por que agora me dói teu nome
e ao ouvir teus passos me estremeço?"

Carminha Barreto Campello

Thays

Transito
num amor
infinito.

Humanamente
tenho poderes
esquisitos.

Arte
de ter sorrisos
explícitos.

Yasmins
são perto de ti
mito.


amo a ti e, logo,
grito.

Lucian Rodrigues Cardoso

Na viagem pra Bahia

Na viagem pra Bahia,
um acidente:
Carros batidos,
trânsito lento,
os carros pararam,
custaram ir em frente.

Na viagem pra Bahia,
um inconveniente:
Crianças pedindo,
trânsito fluente,
e se os carros andaram,
será acidente?

Lucian Rodrigues Cardoso

POSSE

Meu coração é atemporal amor

Por isso transito

Entre longínquos dias e o agora.

Pouco importa se não possuo no momento

Algo concreto de tua poderosa pessoa.

Guardei no meu coração o teu sorriso

Tua voz. Teu jeito indecifrável de fingir

Desinteresse quando eu sei, querias

Via fagulhas de amor no olhar teu.

Fui tua lua, teu luar, sonar...

Foste meu sol, meu arrebol,

Bastou-me.

Porque eu tenho o mágico poder

Das deusas apaixonadas.

E engavetei na minha alma

A tua essência. E atravessei

Meio século de existência

Sorvendo o teu sabor

Demasiadamente homem

Desumanamente inibidor

De nãos. Talvez, ou quase

Absoluta e resoluta estive ai na tua posse.

Que seria desse ser sem estas lembranças?

Seriam o tédio e o vazio engolidores

De mim.

Eleni Mariana de Menezes

Debaixo do travesseiro

Poesia dentro da alma
Transito pela vida celebrante.
E se existe algo
que me acalma
É postar minha alma agonizante
Ou festiva
Segura ou à deriva.
Nos meus versos
Que às vezes rimam, ora não rimam
De acordo com o clima
Do meu coração
Minhas singelas palavras podem evocar
Saudade de uma vida querida
Lá atrás e por força maior
Não acontecida.
No entanto prossigo
Com perfil altaneiro.
Com a pose de quem ganhou todos os jogos
E meus rogos
Escondo-os debaixo do meu travesseiro

Eleni Mariana de Menezes

No trânsito existe aquelas duas placas mesmo elas viradas contrárias sabemos interpretar qual a mensagem de sinalização devido o formato, que são:
Pare e outra Dê a preferência.
Incrivelmente tem motoristas que nem com ela de frente entendem o que significa.

Sidnei Carvalho Sidão

NO TRÂNSITO

EU NO ÔNIBUS
PRESO NO TRÂNSITO,
ELE EM SEU CARRO
TAMBÉM ESTAVA.

ENQUANTO ELE RECLAMAVA,
POR VIAS LITERÁRIAS
LIVREMENTE,
MEU PENSAMENTO TRAFEGAVA.

Daniel Brito

E chega o momento de Encerrar o Ciclo. Recomeçar.
Estamos em trânsito. Precisamos do entendimento que algumas coisas são realmente passageiras e devemos deixar que sejam.
Solte... deixe ir.
Seja Grato por todo aprendizado que recebeu e, da mesma forma que abriu a porta para aquele sentimento, amor, amigo ou sonho entrar na sua vida, abra a porta para que gentilmente se vá.
As mudanças não são fáceis porém, necessárias.
Não use seu medo como subterfúgio para recusar o novo. Deixe fluir o que a vida tem para te oferecer.
Levante-se... tome impulso... respire fundo... agradeça e SIGA.

YARA ALVES

Explosão cerebral

Pensamento, incondicional.
Bilhões de trilhões, trânsito radical.
Núcleo cerebral, nuclear regressivo.
Só a noite, ameniza, fica trânsito passivo.
Pesa a cabeça, com pensamentos infinitos.
Do justo ao injusto, santo ao profano, benditos e malditos.
Sonhos e ideais, conquistas e fracassos.
Se explodem em bilhões de estilhaços.
Inflando a cabeça a ponto de explodir.
Pensa e penso, paro pra conter, impossível impedir.
O álcool ameniza a pressão, ameniza a pressão.
O ilícito, também ameniza, mas é só simulação.
Os pensamentos continuam lá.
Esperando o efeito do álcool passar.
E quando sóbrio ou após a noite, o trânsito volta a fluir.
Com batidas desastrosas, impossíveis de impedir.
Se minha mente explodisse, destruiria o "universo"
E quem sabe, seria um novo começo.
Com pensamentos, como as de criança.
Fantasias, inocência, puramente, esperança.
Só pensando em brincar, comer, dormir, rir e chorar.
Só querendo de seus pais, o colo e o dom de amar.

Shawer Locutor

Distribuição de Trafego e Transito é a mesma coisa, que voce e eu achamos se não dividimos o meio da rua fazemos trafego e se não dividimos os caminhos tudo é transito e trafego.
Assim é a logistica se não divide o meio do comercio fazemos negocios e se não dividimos os negocios tudo é comercio e processo de gestão.

Eron de Sousa Tavares

Campistas
C ampistas não ligam as setas no trânsito.
A ndam pelo centro devagar nas calçadas estreitas.
B ebem nos bares pra relaxar do estresse.
R ecebem você no comércio sem muita cerimônia.
U sam roupas de festas para o shopping.
N ão abrem a janela da Van no calor.
C ontam os dias pra chegar o verão do Farol.
O deia a prefeitura mas é doido por uma bocada.

Henrique Rodrigues de Oliveira

Sabemos q o trânsito ta caótico, sabemos q o sol esta fritando, sabemos do aumento de passagens, gasolina e mercado. Sabemos q somos roubados o tempo todo por esses políticos, sabemos q a copa e olimpíadas não vão gerar melhorias nos hospitais, educação e segurança... sabemos q a televisão só ensina coisas q não prestam e que temos q passar por cima de valores éticos, pois é crime kkkk. Então, o que mais precisamos saber? O q temos q fazer? Somos reféns do medo e da covardia humana, somos escravizados a viver uma democracia q não existe e nunca existiu... estou farto de tantas mentiras e violências... Quero e preciso de um país melhor, ou melhor, de um mundo melhor!!
Temos q continuar lutando pelos nossos direitos sim... Não vamos deixar q pessoas sem coração e nenhum caráter nos tire nossos direitos de lutar. Basta! Tudo isso só depende de nós, pois a força de uma nação move o q quiser até mesmo a miséria, corrupção, a falta de amor.
Bom dia vida

sadek frota

Enquanto nessa inércia
transito parado
o trânsito
f
l
u
i
.
.
.

Thu Oliveira

Obedeça a legislação de trânsito.
Respeite a vida, inclusive a sua.
A dor de um acidente geralmente nunca acaba.

Marcos Alves de Andrade

Cansado.

Estou cansado do trânsito, do dinheiro,
Do trabalho e do descanso.
Estou cansado do dormir e acordar,
Do ato de crescer, da finalidade de estudar.

Estou cansado da fumaça, do cigarro,
Do por do sol, do céu nublado,
Do viver e do existir sem causas exatas,
Cansado de não saber o que tenho ou quem sou.

Estou cansado de ser polido, educado,
De ser grosso e estúpido e fazer descaso.
Cansado dos casos e acasos,
Do à vista e do à prazo.

Estou cansado do consumo sem necessidade,
Do comprar por status, para ter conceito.
Cansado de pensar que riqueza define ego,
De não saber o que é um ego ou o que é meu ego.

Estou cansado do tudo industrializado,
Do anel da ciranda que foi quebrado.
Cansado da era da poluição,
Da política e da corrupção.

Cansado do ralar para ter,
Do papo furado de que todo esforço terá reconhecimento (que reconhecimento?).
Cansado do mais e menos,
Das oscilações da vida.

Estou cansado dos impostos pela terra,
Pela água, pelo ar, pelo sol e pela guerra.
Casado de voltar no ontem ou de esperar o amanhã,
Fingindo que não existe um presente entre os dois.

Estou cansado do emprego mal reconhecido,
Do trabalho escravo de um escravo abolido.
Cansado do julgamento que não tem sentido,
De ser acusado e inocentado por um povo sem olhos e ouvidos.

Estou cansado de ser quem querem que eu seja (como se não pudesse ser eu mesmo),
De chorar por seres que não mereçam (há meia dúzia de bons, talvez uma dúzia).
Cansei de escrever a tristeza, a melancolia e o cansaço no poema,
Por isso, ainda que cansado, farei da vida a utopia de um romance no cinema.

Jeferson Luís da S. Abreu

Ser brasileiro é viver de furtivas alegrias,
apesar do trânsito e das estradas,
do salário e das longas jornadas de trabalho,
da poluição e dos planos de saúde,
da educação e do preconceito,
da corrupção, da taxa de juros,
da inflação e das dívidas,
da insegurança e dos altos impostos.

Bruno Resende Ramos

Certa vez ao ser indagado qual o remédio para o caótico transito de recife. Incisivamente o médico prescreveu: Bromazepam. Fervorosamente o padre indicou: uma oração. Sucintamente e fundamentado o advogado impetrou: O habeas corpus.
Transitar na capital pernambucana está cada vez mais complexo.

Natalino Gomes da Silva

Motorista, seja gentil no trânsito, compartilhe as ruas, respeite o Atleta (Corredor de Rua) e o ciclista.
É dever dos motorizados zelar pela segurança dos não motorizados. Esporte é saúde, estacione seu veiculo, cuide da natureza e venha compartilhar desta ideia, pratique esportes.
Respeito, paciência e atividade esportiva, por um mundo melhor!

Gleydson Francisco