Poesias sobre o Transito

Cerca de 101 poesias sobre o Transito

Na viagem pra Bahia

Na viagem pra Bahia,
um acidente:
Carros batidos,
trânsito lento,
os carros pararam,
custaram ir em frente.

Na viagem pra Bahia,
um inconveniente:
Crianças pedindo,
trânsito fluente,
e se os carros andaram,
será acidente?

Lucian Rodrigues Cardoso

Motorista, seja gentil no trânsito, compartilhe as ruas, respeite o Atleta (Corredor de Rua) e o ciclista.
É dever dos motorizados zelar pela segurança dos não motorizados. Esporte é saúde, estacione seu veiculo, cuide da natureza e venha compartilhar desta ideia, pratique esportes.
Respeito, paciência e atividade esportiva, por um mundo melhor!

Gleydson Francisco

Acordar e não pensar
escovar se arrumar perfumar
transito de carro a pé
cheguei

Correria calmaria
irritar stress
parar comer descansar voltar

Correria calmaria
irritar stress
sair

Comer Surpreenda - me
aproveitar dormir

Novo dia

Marcelo H. dos Santos

Eu quero é isso, isso que muita gente critica...
Eu quero a poluição, o trânsito, a agitação de uma grande cidade eu quero viver loucamente mesmo sabendo que saindo para o trabalho eu posso não voltar, mais é assim que eu sou feliz e assim que quero viver.
Quero entrar no trânsito e não saber se chegarei ao meu destino, sair a noite e não saber se voltarei pra casa... Eu quero viver.
Eu não sou louco apenas vivo num mundo louco e não da pra levar a sério tanta coisa inútil e pessoas falsas.
Não quero me esconder atrás de arvores no meio do nada, eu quero tecnologia, eu quero todas as coisas que a vida pode me proporcionar seja elas boas ou ruins !
Paulistano com orgulho.

Milorde

É como na estrada e nas regras de trânsito. Se tem um sinal proibido, é para indicar que não podes ir por ali. Ou pelo menos para te precaver de que não deves. Nós até podemos ir. Vamos em sentido contrário, ou em contra-mão, mesmo sabendo que ir por ali é sinonimo de risco. Vamos porque o coração, ou a pele, ou as emoções no limite nos pedem para ir. Vamos porque no fundo é daquilo que gostamos. Da pele arrepiada, do coração a bater como se nos fosse sair disparado a qualquer momento. E se calhar até podemos ir muitas vezes. Desafiamos as regras e ignoramos qualquer sinal. É por ali que queremos ir e é por ali que vamos. É por ali que somos felizes.
O que não nos lembramos é que por ali há sempre a possibilidade de choque frontal, e que do choque frontal podem resultar ferimentos múltiplos. Há os arranhões e os golpes fundos. A diferença é que os primeiros dão uma certa comichão, incomodam , mas desaparecem. E os segundos demoram mais tempo a passar e na maior parte das vezes a marca fica lá...

Marisa Martins

Trânsito Livre


Acordei rapidamente, troquei de roupa e sai de carro rua afora;
As estradas sem buracos, os motorista educados, o trânsito não demora;
Os pedestres transitam na faixa, os policiais a quem precisa orientam;
A cidade cresce, o numero de acidentes desce e a vida alimentam.

Os motoristas respeitam-se, os motociclistas trafegam com cuidado;
Onde não há semáforo, ao atravessar a rua todos olham para o lado;
Sigo por estes caminhos, trafegando calmo e sossegado.
Andamos mais devagar e com mais atenção quando o piso esta molhado.

No fim do dia todos retornam para suas casas,
Seguem o trânsito sem ficar pedindo asas,
Na há filas, discussões, xingamentos e desavenças.
Os pais chegam felizes em suas casas para abraçarem as crianças.

Trriiinnnnnnnnn..... Despertou o relógio. Acordei. Era sonho.
Olho pela janela e vejo um transito enfadonho;
Sai pelas ruas rezando para que consiga ao meu destino chegar.
Quem me dera um dia ver tudo isso sem ter que apenas sonhar

Nivaldo Joaquim

Carnaval é realmente alegria...
Mas infelizmente os tempos mudaram, o trânsito nos agride, o stress é o mal do século, as doenças são invisíveis pra quem não as tem, a violência arromba nossas portas e todo cuidado é pouco.
Mas é carnaval...e por que não carnaval com responsabilidade?
Podemos sim, deixar a festa acabar, o barco correr e o dia raiar, mas não esquecer que amanhã tudo pode ou não voltar ao normal e seja você quem for, seja o Deus quiser. Mas a responsabilidade é sua.

Daiane Ataides

Não importa se o sol está brilhando ou se a chuva molha a terra.

Se o trânsito nas cidades está caótico ou se surpreendentemente os carros andam sem problemas!

Cada dia tem a sua própria beleza. Tudo vai depender de como o recebemos.

Quando a gente fica na dependência dos fatores externos é muito mais difícil comandar a própria vida.

Não deveríamos esquecer em nenhum instante que a verdadeira felicidade está dentro de nós mesmos. Nós é que a construímos através de nossas atitudes e pensamentos.

Mas, desejar ser feliz não é o bastante.
É preciso criar a felicidade.
Trabalhar por ela.
E isto nós podemos começar a fazer sorrindo para a vida, sendo mais tolerante, amando o mundo que nos rodeia.

Não é com queixas e reclamações que vamos mudar aquilo que nos desagrada.

Um sorriso, no entanto, pode ser o primeiro passo para a mudança.

Sorria para a vida e ela sorrirá para você!

Desconheço o autor...

Explosão cerebral

Pensamento, incondicional.
Bilhões de trilhões, trânsito radical.
Núcleo cerebral, nuclear regressivo.
Só a noite, ameniza, fica trânsito passivo.
Pesa a cabeça, com pensamentos infinitos.
Do justo ao injusto, santo ao profano, benditos e malditos.
Sonhos e ideais, conquistas e fracassos.
Se explodem em bilhões de estilhaços.
Inflando a cabeça a ponto de explodir.
Pensa e penso, paro pra conter, impossível impedir.
O álcool ameniza a pressão, ameniza a pressão.
O ilícito, também ameniza, mas é só simulação.
Os pensamentos continuam lá.
Esperando o efeito do álcool passar.
E quando sóbrio ou após a noite, o trânsito volta a fluir.
Com batidas desastrosas, impossíveis de impedir.
Se minha mente explodisse, destruiria o "universo"
E quem sabe, seria um novo começo.
Com pensamentos, como as de criança.
Fantasias, inocência, puramente, esperança.
Só pensando em brincar, comer, dormir, rir e chorar.
Só querendo de seus pais, o colo e o dom de amar.

Shawer Locutor

Debaixo do travesseiro

Poesia dentro da alma
Transito pela vida celebrante.
E se existe algo
que me acalma
É postar minha alma agonizante
Ou festiva
Segura ou à deriva.
Nos meus versos
Que às vezes rimam, ora não rimam
De acordo com o clima
Do meu coração
Minhas singelas palavras podem evocar
Saudade de uma vida querida
Lá atrás e por força maior
Não acontecida.
No entanto prossigo
Com perfil altaneiro.
Com a pose de quem ganhou todos os jogos
E meus rogos
Escondo-os debaixo do meu travesseiro

Eleni Mariana de Menezes

POSSE

Meu coração é atemporal amor

Por isso transito

Entre longínquos dias e o agora.

Pouco importa se não possuo no momento

Algo concreto de tua poderosa pessoa.

Guardei no meu coração o teu sorriso

Tua voz. Teu jeito indecifrável de fingir

Desinteresse quando eu sei, querias

Via fagulhas de amor no olhar teu.

Fui tua lua, teu luar, sonar...

Foste meu sol, meu arrebol,

Bastou-me.

Porque eu tenho o mágico poder

Das deusas apaixonadas.

E engavetei na minha alma

A tua essência. E atravessei

Meio século de existência

Sorvendo o teu sabor

Demasiadamente homem

Desumanamente inibidor

De nãos. Talvez, ou quase

Absoluta e resoluta estive ai na tua posse.

Que seria desse ser sem estas lembranças?

Seriam o tédio e o vazio engolidores

De mim.

Eleni Mariana de Menezes

Gosto da loucura de ser quem sou,
Entardecer atrasado,
trânsito engarrafado,
E uma bela certeza de sorrir a dois.
A simplicidade rende bons sorrisos,
Desencadeia múltiplos sentidos,
Descarrega sensações
que a pouco era apenas pensamentos bons.
Nuca será, aquilo que em dúvida se planejou,
Timidez dando lugar ao sorriso,
conversa distante deixando o abraço agir
o beijo instigando o que na mente acabara de explodir.
Vontade, desejo, um segredo aberto
momento certo, reciprocidade elevada
Química, física e filosofia retorcida
mãos, nuca, sem vontade da despedida,
Apenas de querer ficar,
vontade de querer estar.
Evidenciando o que a pouco o frio pode proporcionar.
de ondulações e olhos fechados
o passado rendeu breves histórias
e o presente rendendo sorrisos a mil.
Olhar sedutor da pele macia,
Toque intenso arrepiando a fantasia
o gosto do beijo, mão no cabelo,
arranhando o desejo sendo toda minha.
Da partida a chegada, de mais uma madrugada
arrancando-me os suspiros,
corpos desconhecidos,
que aos poucos se revelam
e fazem dos caminhos tortos o farol
morrendo em intensidades
revivendo a insanidade
fazendo do verbo
a principal fonte de excitação.

Messias Junior

Enquanto nessa inércia
transito parado
o trânsito
f
l
u
i
.
.
.

Thu Oliveira

Obedeça a legislação de trânsito.
Respeite a vida, inclusive a sua.
A dor de um acidente geralmente nunca acaba.

Marcos Alves de Andrade

Cansado.

Estou cansado do trânsito, do dinheiro,
Do trabalho e do descanso.
Estou cansado do dormir e acordar,
Do ato de crescer, da finalidade de estudar.

Estou cansado da fumaça, do cigarro,
Do por do sol, do céu nublado,
Do viver e do existir sem causas exatas,
Cansado de não saber o que tenho ou quem sou.

Estou cansado de ser polido, educado,
De ser grosso e estúpido e fazer descaso.
Cansado dos casos e acasos,
Do à vista e do à prazo.

Estou cansado do consumo sem necessidade,
Do comprar por status, para ter conceito.
Cansado de pensar que riqueza define ego,
De não saber o que é um ego ou o que é meu ego.

Estou cansado do tudo industrializado,
Do anel da ciranda que foi quebrado.
Cansado da era da poluição,
Da política e da corrupção.

Cansado do ralar para ter,
Do papo furado de que todo esforço terá reconhecimento (que reconhecimento?).
Cansado do mais e menos,
Das oscilações da vida.

Estou cansado dos impostos pela terra,
Pela água, pelo ar, pelo sol e pela guerra.
Casado de voltar no ontem ou de esperar o amanhã,
Fingindo que não existe um presente entre os dois.

Estou cansado do emprego mal reconhecido,
Do trabalho escravo de um escravo abolido.
Cansado do julgamento que não tem sentido,
De ser acusado e inocentado por um povo sem olhos e ouvidos.

Estou cansado de ser quem querem que eu seja (como se não pudesse ser eu mesmo),
De chorar por seres que não mereçam (há meia dúzia de bons, talvez uma dúzia).
Cansei de escrever a tristeza, a melancolia e o cansaço no poema,
Por isso, ainda que cansado, farei da vida a utopia de um romance no cinema.

Jeferson Luís da S. Abreu

“Uma hora o amor chega… Ele só deve estar atrasado, preso no trânsito, o pneu do carro furou, derrubou café no paletó, esbarrou com alguém e derrubou tudo no chão. O amor só pode estar atrasado, não tem outra explicação. Por que demora tanto? Cansei de esperar. Deixei um recado na caixa postal “Amor, se você estiver ouvindo essa mensagem, queria te avisar que VOCÊ ESTÁ DEMITIDO””

“Se você realmente quer ir pra frente, você tem que saber o que está fazendo e acreditar. Não adianta ficar achando que as pessoas vão resolver os seus problemas, porque a única pessoa que pode resolver as suas coisas é você mesmo.”

Desconhecido

Distribuição de Trafego e Transito é a mesma coisa, que voce e eu achamos se não dividimos o meio da rua fazemos trafego e se não dividimos os caminhos tudo é transito e trafego.
Assim é a logistica se não divide o meio do comercio fazemos negocios e se não dividimos os negocios tudo é comercio e processo de gestão.

Eron de Sousa Tavares

Campistas
C ampistas não ligam as setas no trânsito.
A ndam pelo centro devagar nas calçadas estreitas.
B ebem nos bares pra relaxar do estresse.
R ecebem você no comércio sem muita cerimônia.
U sam roupas de festas para o shopping.
N ão abrem a janela da Van no calor.
C ontam os dias pra chegar o verão do Farol.
O deia a prefeitura mas é doido por uma bocada.

Henrique Rodrigues de Oliveira

Era uma vez o teu olhar
teu visual calou o trânsito
e sem sinal o tempo parou
pra ver tua beleza passar!

Almany Sol, 09/07/14

Almany Sol

INSPIRAÇÃO SEM FRONTEIRAS

A vida é como um trânsito, todos os dias a gente se depara com novo trajeto.
Muitas pessoas passam pela gente, outras cruzam, enfim sempre estamos prosseguindo para atingir nossos objetivos.
Devemos estar sempre alerta, com os faróis dos olhos bem acesos, pois na caminhada da vida, existem muitas lombadas em forma de obstáculos para nos desanimar, muitos semáforos no vermelho através de dificuldade querendo que a gente pare.
Há lugares que não existe acostamento, parar pode representar perigo.
Doenças podem ser os maiores acidentes que nos envolve.
Portanto quem desiste de viver pode causar um grande congestionamento na estrada da vida.
Pois existem pessoas vindo atrás que precisa de você para viver, e há outras que estão na frente dependendo de você para continuar vivendo.
Viva a vida da melhor maneira possível e assim seja feliz.

Vilson Kdully