Poesias de Mãe Dando conselho para seu Filho

Cerca de 359 poesias de Mãe Dando conselho para seu Filho

Quando cevo meu mate nestas tardes de verões,
a água lava minha alma para nutrir minha essência
Pois quem traz sonhos claros nas profundezas do olhar,
não cansa de matear sob os olhos da querência.

Umberto Antônio Sussela Filho

HAICAI * ANTONIO CABRAL FILHO - RJ / MEU CADERNO DE HAICAIS
*
SANHAÇO PERSCRUTA,
SILENTE, MEU MAMOEIRO:
TEM MAMÃO DE VÊS.
*
SITE: http://cadernodehaikais.blogspot.com.br/
*

ANTONIO CABRAL FILHO-RJ

Te encontro dentro da esfera
E firmo-me em tua ausência
Sinto o pulo covarde
Do meu coração perdido
Por saber que tuas mãos
Não cabiam dentro das minhas.

Dor dentro da dor,
E era apenas você,
Mas eu morri demais
Para encontrá-la.

Este cadáver que adere
Sobre os pelos do peito
E faz-me lembrar do
Vento caminhando vacilante
E trazendo no dorso
As tristezas do brilho escuro
De todas estações.

André Vilela Filho

Um pouco do meu sangue
Escorre nas linhas firmes
Da tristeza sem igual,
Uma tristeza manchada,
Mas brilhante.

Aqui e o lugar onde
O passado se move
Com passos derretendo
Em poças de espelho
Trazendo a história de um amor
Insensato, como as esperanças
Existentes nas pupilas
Dos cães danados.

André Vilela Filho

Dorme, meu coração, porque enquanto sonhas velarei por ti. Estás tão sereno que ninguém diria que acordado tu és meu tsunami e minha alegria. Segues crescendo, meu amor, mas enquanto eu seja a tua “mamá querida” te guardarei nos meus braços e te encherei de carinhos. Já virá o dia em que terás vergonha de fazer-me mostras de afeto em público. Mas ainda assim, te olharei nos olhos e ali, escondido dentro de ti, verei todo o amor que tens por mim. Descansa entre sonhos, minha vida, e perdoa-me por todos os erros que cometi pelo caminho. Eu sei que foram muitos! No entanto, se há algo que possa dizer em minha defesa, é que me equivoquei, não por amar pouco, sim por amar intensamente e desejar que fosses o melhor de mim. Ah, “mi niño”! Não entendo como pudeste transformar toda minha vida em tão pouco tempo. Me mostras-te que me falta paciência, me sobra intolerância e ainda assim me amas. Sigo aprendendo, “cariño”, porque contigo estou no caminho… espero caminhar ao teu lado durante muitos anos. Dorme, meu coração.

Claudine Bernardes

Já não sei se o dia começou ou terminou, pois me tornei mãe. Não, quem me tornou mãe foi meu filho.

Elisabeth Trinidad Mena

Impressionista

A resposta pra tudo
Meu porto seguro
Uma resposta ao tempo
E eu te amo

E pode a vida passar
Sem parar
E pode o céu repousar
E eu vou te amar

Simples, concreto
Ninguém é de ferro
Meu amor se se faz assim
Nascente, sem fim

E um sorriso se faz meu
Como o meu futuro se faz teu
E eu poderei dizer minha lei
Fui homem, imperfeito, mas amei

Petrônio Augusto Carvalho Olivieri Filho

Aquele sentimento escondido por trás do meu sorriso
Trazem consigo toda uma vida de Batalhas e Glorias
Batalhas que me fizeram sangrar e me derramar em lagrimas
Mas não mais
Sem hesitar vejo um mundo sem limites a se explorado
Levanto-me e finco minhas raízes nesse mesmo mundo
Como um ser desejante de tudo o que é impossível
Digo que desistir não é mais uma opção
A Gloria está em nossa luta, até o último suspiro de nossas vidas.
Então não desistirei, até o momento que ao fim possa dizer.
Sangrei, Lutei, Venci, Eu Consegui!

Wellington Soares de A. Filho

Quando penso na minha história
Abro um sorriso timido no meu rosto
O coração imediatamente palpita
Apenas por lembrar dos momentos de alegria

Essa palpitação é por esses momentos marcantes
Que de minha alma nunca deixarão de existir
Agradeço a Deus por tudo o que eu vive
E por vocês que me fizeram sorrir =]

Wellington Soares de A. Filho

A pouco tempo acompanhei a mãe do meu filho em um dos seus últimos exames médicos. Gustavo Henrique estava lá, todo perfeito, encolhido, acenando com sua mãozinha talvez percebendo que está sendo visto, e vejo como Deus é tão perfeito em sua obra, como ele constrói cada parte de maneira exata e milimetrada, como realmente deve ser. Confesso que foi um dos momentos mais emocionantes da minha vida até hoje, quando ouvi seu coraçãozinho bater aceleradamente, fazendo com que o meu ficasse também, meus olhos encheram-se de lágrimas e minha vida de mais alegria.

Clayton Cleze

Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensinamento de tua mãe, porque serão como diadema gracioso em tua cabeça, e colares ao teu pescoço.

Rei Salomão (Bíblia)

Ouça, meu filho, a instrução de seu pai e não despreze o ensino de sua mãe. Eles serão um enfeite para a sua cabeça, um adorno para o seu pescoço.

Salomão

Eis os que te abandonai, Filho meu, eu os jugarei pela tua fidelidade á eles, só eu sei de teu coração aflito, da tua alma inquieta, mas estou aqui, porque você me aceitastes, e eu ei de lhe mostrar, que o que eu faço é para que sejas tão forte quanto fui ao ver meu filho na cruz. Então logo, verás que, os abandonados e sofridos, serão exaltados, serão como você, Filho meu, um servo sem ser, mas com fé e sabedoria, para que a vida seja plena, próspera de riqueza em felicidade, e que tua fidelidade e paciência, continue Filho, a ser este Homem, e não esmoreça, tua vitória vai chegar.

Num papo com Deus.

Stéfano Avelino

Meu filho me renegou...
Meu filho é renegado?
Não apenas um tolo, que foge do amor paternal.
Não venceu seu próprio Eu interior, movido de ódio e rancor... Tolo, néscio. Um dia será pai...

Rubens da Silva Soares

Pai Filho

Meu passado... Sinto frio
Ter, aquele a admirar
Mas o senhor me ignora
Me expõe a esmolar
Sinto fome
Fala, fala meu coração
De carinho, de amor
Mesmo sangue no interior
Porque nada me dizia

Suspiro? Cigarro revolta
Mais um dia que a cigarra assovia
Seu canto sozinha
A ponto de explodir
Seca seus olhos
Mas não quer, se dividir
Em palavras
Pai Filho
Que liberdade muda
Tens que ter um sentimento profundo

Porque nada me dizia
Brigas, saindo fora de si!
Possuído bebia
Há pontas de cigarro no chão
Que perfuras meu pulmão
Meu coração
Aos poucos me sinto chão
Perdoai-me Pai
Numa palavra
Há um novo verão
Para libertar-se,
e me chamar de filho

Porque nada me dizia
Só sofria... E eu sentia.

Poeta Nelson Martins

Hoje , meu filho de três anos de idade,
brincava com um carrinho na sala de casa,
quando de repente, me perguntou:
_Papai, como se fala “rodas” em inglês?
Eu, sem ter a mínima ideia da resposta,
respondi: _Papai não sabe! Como é, meu filho?
Ele, sem pensar respondeu: _Wheels!
Corri para o “Google Tradutor” para conferir, e,
pasmo, comecei a pensar;
_Onde foi que meus pais erraram?

Eduardo Aques

Meu menino.

Peguei no colo o meu menino,
Pequeno, lindo e franzino.
Olhei para seus olhos, segurei seus dedinhos.
Agora também sou pai, sou filho, sou marido.
Corri atrás do menino,
Sapeca, levado e espertinho,
Correndo, falando e sorrindo,
Olhei para seu rosto, é meu menino.
Ouvi uma voz gritando,
Não conheço, nunca vi, mas era um amigo,
Dizendo, corre, ajuda, caiu seu menino.
Olhei para seus olhos lacrimejantes, sofrido,
Estava deitado no chão, que dor... era meu menino.
Para o hospital, dando força e tal; eu estava fingindo.
Por dentro me questionava, meu DEUS,
Por que isso? Por que com meu menino?
Lhe via dia a dia em casa,
Com dor, em uma perna só pulava,
Á base de remédios e cama,
Mesmo assim, meu menino não reclama.
Fiz aquilo que eu podia,
Ajudava a levantar, levava-lhe comida,
O ajudava a subir as escadas,
E em minhas costas eu o descia.
Esse é meu menino, parte desta família.
Passa o tempo segue a vida,
Hoje é dia da cirurgia,
Vá na fé, confie em DEUS,
A sua espera esta sua família.
Passa hora, dá angustia,
O recado vem sorrindo,
Tudo certo e nos conformes,
Que alívio, meu menino.

Alex Sanjeri

Hoje é mais um dia especial aqui em casa
Na minha vida
Na minha alma
Hoje meu bebê completa
17 anos...
Já tem bigode
A voz engrossou
Já tem namorada?
Ainda não sei
Com toda esta “modernidade” de ficar
Para os outros já é um rapaz
Responsável
Trabalhador
Honesto
Quase “homem”
Coisa essa minha
Melhor de todas as mães
Meu bebê já tem 17 anos
Meu orgulho
Meu primogênito
Minha vida
Só tenho a agradecer!
Obrigada, DEUS!

Alessandra Benete

O SEGUNDO DO ADEUS
Foi um tiro a queima roupa, um estrondo em meu ouvido acompanhado da pólvora queimando a minha pele, o que mais doeu não foi a bala cortando a minha carne e entrando em meu peito. E sim o olhar irado e inconsequente daquele que estava em minha frente, me olhando como se tivesse cumprido uma missão. Mal ele sabia que os meus problemas agora eram os problemas dele. Naquele momento não tive tempo de me despedir, simplesmente de pensar que minha vida não valia mais nada naquele momento, e que todos que ficaram lembrariam com dor daquele momento. Tentei perdoar aquele que puxou o gatilho, mas era tarde, ele já sentia o peso da consciência, quando viu meus olhos apagarem em uma ultima lágrima percebeu que já não havia mais nada a ser feito, sentiu nas costas o peso a responsabilidade de matar um pai e um filho. Foi quando ajoelhou e deu um grito de dor, que de tão alto soou como o som de uma trombeta: Meu Deus! o que eu fiz! Deus não respondeu pois ele segurava forte a minha mão pra que não me perdesse naquele caminho iluminado. Foi ali que percebi, valeu a pena cada segundo dessa vida.

Eidson Santana

É como se todo o meu amor se transportasse para um ser minúsculo que ainda nem sei o nome .
Este ser que já mudou minha vida , e foi assim de um dia para o outro , foi como uma notícia vinda inesperadamente , por um momento fiquei triste e em outro já me imaginava com barriga grande , com você mexendo de um lado para outro ou com um choramingo de quando você chegar e ficar para sempre comigo , me tornando assim a pessoa mais completa deste mundo .
Te amo meu filho(a).

Sara de Souza de Oliveira