Poesia sobre os Planetas

Cerca de 73 poesia sobre os Planetas

A gravidade explica os movimentos dos planetas, mas não pode explicar quem colocou os planetas em movimento. Deus governa todas as coisas e sabe tudo que é ou que pode ser feito.

Isaac Newton

Às vezes acredito que há vida em outros planetas às vezes eu acredito que não. Em qualquer dos casos, a conclusão é assombrosa.

Carl Sagan

As pessoas que possuem alguma força de caráter carregam consigo, como os planetas, a sua atmosfera nas suas órbitas.

Thomas Hardy

1 universo, 8 planetas, 204 países, 809 ilhas, 7 mares, 7 bilhões de pessoas. E a única pessoa que eu só preciso para ser feliz é você !

Bob Marley

O SEGUNDO SOL

Quando o segundo sol chegar
Para realinhar as órbitas dos planetas
Derrubando com assombro exemplar
O que os astrônomos diriam se tratar
de um outro cometa

Não digo que não me surpreendi
Antes que eu visse, você disse
E eu não pude acreditar

Mas você pode ter certeza
De que seu telefone irá tocar
Em sua nova casa
Que abriga agora a trilha
Incluída nessa minha conversão

Eu só queria te contar
Que eu fui lá fora e vi dois sóis num dia
E a vida que ardia
Sem explicação

Nando Reis

Razão e emoção são dois planetas que não habitam
a mesma galáxia. Você SABE que sua dor é superável,
você SABE que amanhã vai encontrar um novo amor,
você SABE que é uma felizarda por ter saúde, família,
um teto para morar, mas você não SENTE assim.
E o sentimento é poderoso. Comanda-nos.
E a gente sucumbe. Feito um avião caindo do céu,
feito refém de um assalto do coração.

Crônica:A dor dos outros e a nossa - Livro: Non - Stop

Martha Medeiros

SAUDADE

na solidão na penumbra do amanhecer.
Via você na noite, nas estrelas, nos planetas,
nos mares, no brilho do sol e no anoitecer.


Via você no ontem , no hoje, no amanhã...
Mas não via você no momento.

Que saudade...

Mario Quintana

Quando nós dizemos o bem, ou o mal... há uma série de pequenos satélites desses grandes planetas, e que são a pequena bondade, a pequena maldade, a pequena inveja, a pequena dedicação... No fundo é disso que se faz a vida das pessoas, ou seja, de fraquezas, de debilidades... Por outro lado, para as pessoas para quem isto tem alguma importância, é importante ter como regra fundamental de vida não fazer mal a outrem. A partir do momento em que tenhamos a preocupação de respeitar esta simples regra de convivência humana, não vale a pena perdermo-nos em grandes filosofias sobre o bem e sobre o mal. «Não faças aos outros o que não queres que te façam a ti» parece um ponto de vista egoísta, mas é o único do género por onde se chega não ao egoísmo mas à relação humana.

José Saramago

Como DEUS é sublime
Pensou em tudo
Criou os planetas
O sol e a lua
As estrelas e cometas
O universo e todo o cosmo
Criou depois o homem e a mulher
E a casa para eles habitarem e chamou a de terra
E nela fez aparecer florestas, oceanos, vales, montanhas, rios e cachoeiras
Não satisfeito, colocou pássaros para alegrar as manhãs com seus cantos
Jardim de flores com cores diversas para colorir este mundo
Criou estações que predominam o sol e a chuva com inverno e verão
O outono para mudanças das folhas das árvores
E a estação chamada de primavera para lembrar ao homem
Daquilo que move tudo isso que é o amor
Mas o homem...

Isaias Ribeiro

Em Titã, aquecido por um cobertor de hidrogênio,
vulcões de bordas geladas vomitam amônia
dragada de um coração glacial.
Substâncias líquidas e congeladas constituem um império
maior que Mercúrio e até um pouco
parecido com a Terra primitiva: planície de asfalto e lagos
de minerais liquefeitos. Mas
como eu desejaria beber as águas de Titã debaixo daquele céu brumoso,
onde os solos se esmaece num vermelho difuso
e bem lá em cima, como úteros flutuantes, nuvens
fervilhantes despejam as chuvas primeiras
enquanto a vida aguarda em suas asas.

Diane Ackerman

Luz que vem de dois planetas que tráz em teu rosto
e atreven-se os que não sabem a chama-los de olhos
Brilho de um sorrizo de cascata que os encaltos que não
a conhecem chamam simplesmente boca.
Alveza da tua seda que insistem aqueles que não a sentiram chamar pele
Espírito cristalino que eu, só eu, conheço e chamo serenamente Márcia

J.Valério

"(...) Não me interessa saber que planetas estão em quadratura com sua lua.
O que eu quero saber é se você já foi até o fundo de sua própria tristeza, se as traições da vida o enriqueceram ou se você se retraiu e se fechou, com medo de mais dor. Quero saber se você consegue conviver com a dor, a minha ou a sua, sem tentar escondê-la, disfarçá-la ou remediá-la.
Quero saber se você é capaz de conviver com a alegria, a minha ou a sua, de dançar com total abandono e deixar o êxtase penetrar até a ponta dos seus dedos, sem nos advertir que sejamos cuidadosos, que sejamos realistas, que nos lembremos das limitações da condição humana. (...)
Quero saber se você é capaz de enxergar a beleza no dia-a-dia, ainda que ela não seja tão bonita, e fazer dela a fonte da sua vida.
Quero saber se você consegue viver com o fracasso, o seu e o meu, e ainda assim pôr-se de pé na beira do lago e gritar para o reflexo prateado da lua cheia: 'Sim!' (...)
Não me interessa onde, o que ou com quem estudou. Quero saber o que o sustenta, no seu íntimo, quando tudo mais desmorona. (...)"

Oriah Mountain Dreamer

Deus todo poderoso, magnifico e onipotente.
Fez universo, os planetas, o sol, a luz.
Fez a Terra, onde tem rios, cascatas, matas, flores, frutas e animais.
Mais parou e pensou : Ainda falta alguma coisa!
Então ele fez : Lara, Fernanda, Giovanna, Guilherme, Amanda e Vinicius
Minha Familia


Obrigado meu Deus!

Claudio dos Santos

Respirei novos ares,
Conheci novos planetas.
Sai fora de orbita,
Dei voltas e voltas.

Em caminhos me perdi,
Nos mesmo que me encontrei.
Passeei nas pegadas,
Que eu mesma deixei.

Doce pranto que me persegues,
És meu, e somente meu.
Fiel companheiro,
Eis o que sou.

Fugi de amores,
Corri de sorrisos.
Me escondi de rancores,
Tudo abandonei.

Abandonei tudo,
Que um dia eras meu.
Derramei novas aguas,
Com as mesmas que me lavaram,
E em seu aroma deixaram,
O eu que eu sou.

Em seu reflexo minha imagem,
Eis tal desapontamento.
Fiel és tu tormento,
De indas e vindas.

Semblantes em vão,
Me susurrando.
De que tanto corri,
E hoje me vi,
O meu eu, prisioneiro de mim.

Alessandra Froes

1 Universo, 8 Planetas, 204 Paises, 809 ilhas,


7 mares, 6 bilhões de pessoas , e eu só preciso de vc"

Cello Menezes

O distante solitário no banco de uma praça
Apaixonante de palavras meigas
O garoto dos planetas, dos meus planetas
O Garoto das estrelas

Thalita B.

Nesse exato momento bilhões de estrelas estão se
formando, milhares de planetas estão sendo criados, e se você apontar um telescópio pra qualquer um, não vera a mão de nenhum design inteligente, isso não é impossível de compreender é ?

Cello Vieira

Segundo Sol

Quando o segundo sol chegar

Para realinhar as órbitas dos planetas

Derrubando com assombro exemplar

O que os astrônomos diriam se tratar

De um outro cometa

Não digo que não me surpreendi

Antes que eu visse, você disse e eu não pude
acreditar

Mas você pode ter certeza de que

O seu telefone irá tocar

Em sua nova casa que abriga agora a trilha

Incluída nessa minha conversão

Eu só queria te contar

Que eu fui la fora e vi dois sóis num dia

E a vida que ardia sem explicação

Explicação

Não tem explicação

Explicação, não

Não tem explicação

Não tem, não tem explicação

Explicação

Não tem explicação

Não tem, não tem

Nando Reis - O Segundo Sol

"talvez tenha outros planetas com
vida,e eu tive que nascer nesse
imenso planeta de humanos
hipócritas".

Maah Chiyo

Não sou poeta ao pé da letra
Sou a contemplação dos planetas
Dos redemoinhos de constelações
A entidade frívola e agoniante
que perambula as noites através
De um caos
do meu caos
do eu-caos
Sou a participação efervescente
dos seus pensamentos
a parte que põe lágrimas em teus olhos
essas mesmas que jaz em tua alma
Sou a concupiscência e o abstracionismo
a caricatura mais bem elaborada
Do nada
do oco
do vazio
de mim
Sou o borrão mal delineado
trabalhado, pontilhado
desastrado, remendado
arregaçado e dolorido
Que um dia já foi frase inteira

Naianara Sant'Ana