Poesia sobre Bola

Cerca de 311 poesia sobre Bola

E agora era assim;
ela não lhe dava mais bola,
não olhava,
quando via,
desviava,
seus recados,
desprezava.

Mas agora?
Agora não adiantava mais,
pois era só ele fechar os olhos
que de todos os jeitos,
ele a enxergava linda demais.

Marco Paschoal

Eu me lembro
Que enquanto cê jogava bola
Eu tava lendo
E enquanto cê tava na escola
Eu tava vendo
Da janela aqui de casa
Eu te olhava
Correndo pela quadra
Apreciava
Cada passo que cê dava
Emocionava
E teu cabelo ao vento
Eu adorava
De dentro do meu aposento
Acompanhava
Cada suspiro lento
Eu me amarrava
E se dependesse de mim
Ali mesmo eu ficava
Porque eu gosto assim
Você na minha aba
Daqui até o fim
E enquanto cê tava na academia
Eu ficava no meu quarto e dormia
E enquanto cê tava com ela
Eu não vivia
E quando eu te encarava
Cê nem me amava
E por dentro eu chorava
Esperando em vão
Um dia você sentir por mim
Amor n'alma e no coração.

Sabrina Niehues

Idiossincrasia

Este mês eu não fui a escola
Por causa desse inglês
Dessa vez fui jogar bola
E aprender mais português

Porque lá na rua a gente canta,
Na rua a gente dança
Ali a gente fala
É do jeito que a língua alcança

Não importa o trejeito
Pois nele não há quem vai rejeitar
O nosso jeito é esse de falar e se comportar
Ali a gente ajeita e pra avante lança

Onde você estiver
Longe ou perto é pro que der e vier
A gente fala é do nosso jeito
E não do jeito que me disser

A gente se solta
E salta ali sem rodeio
Pois não há regra que rege
E impede o meu dialeto
Somos feito criança louca no recreio
Falando popular,direto e aberto.

valdenir de lima oliveira

A bola rola, rola a bola, hoje, agoniza um sonho utópico.

AUTOR: GERSON CLAYTON RODRIGUES DOS SANTOS. (s.d.).

GERSON CLAYTON RODRIGUES DOS SANTOS. (s.d.).

Alegria ! Bola pra frente ! Você é mas do que imagina ! Então para de sofre por essa pessoa, pare de chorar por quem não te valoriza !

Não se preocupe, Deus planeja algo grande em sua vida.

Leonardo Monteiro

A Boneca

Deixando a bola e a peteca,
Com que inda há pouco brincavam,
Por causa de uma boneca,
Duas meninas brigavam.
Dizia a primeira : “É minha!”
— “É minha!” a outra gritava;
E nenhuma se continha,
Nem a boneca largava.
Quem mais sofria (coitada!)
Era a boneca. Já tinha
Toda a roupa estraçalhada,
E amarrotada a carinha.
Tanto puxavam por ela,
Que a pobre rasgou-se ao meio,
Perdendo a estopa amarela
Que lhe formava o recheio.
E, ao fim de tanta fadiga,
Voltando a bola e a peteca,
Ambas, por causa da briga,
Ficaram sem a boneca ...

Olavo Bilac

Eu sei que você ama meu namorado, mas
ele nunca vai dar bola pra você, você vai
sempre chorar por ele na sua cama
enquanto eu tenho ele na minha

maryzinha1Aquino

O mundo é uma bola redonda o sol Também o sistema geométrico entre o sol e a terra faz que o mundoe uam volta em 360 Graus...

Quem conhece sabe

TopDoUniverso

FUTEBOL


Uma BOLA num campo GRAMADO
e ONZE homens de cada LADO.
Duas TRAVES com suas REDES presas
e os detalhes que em TINTA branca são DEMARCADOS.
Um JUIZ que fica com o APITO e CARTÃO mais CENTRALIZADO
enquanto dois BANDEIRINHAS correm nas LATERAIS lado a lado.
ATLETAS com DRIBLES desconcertantes e bem ENSAIADOS
se animam com os APLAUSOS de TORCEDORES emocionados.
Com a MARCAÇÃO do GOL que por alguns... É COMEMORADO
e a GALERA adversária que TORCE para que o JOGO seja ao menos EMPATADO.
Apito FINAL e o JUIZ anuncia que o tempo foi ENCERRADO
enquanto a MASSA o ESTÁDIO esvazia à COMEMORAR o RESULTADO
que acabou ficando - Um GOL para cada LADO!

Nivaldo Duarte

CIDA
Miquica gostava de pipa e de bola de gude,
Gostava de bola,
De bater em meninos,
De badalar os sinos na igrejinha,
Miquica foi capitão do mato
No bumba meu boi,
Foi noivo caipira na festa junina,
Foi homem de ferro dos herois do gibi,
Foi roque santeiro,
Romeu nos seus sonhos de amor com lili...
Miquica foi gladiador nos seus sonhos medievais,
Foi jack no titanic,
Foi Armstrong no projeto Apollo
Foi Hittler, Lampião, kubistchek,
Foi Cruyf e Pelé nos campos da vida...
Mas nasceu mulher : Maria Aparecida.

tadeumemoria

Furou-se a bola do destino.
Calaram-se Luigi e Mário.
Aterrissou-se a pandorga em desatino.
Ficaram no quarto os monstros temerários.

O vidro ficou inteiro,
A porta não mais se abriu,
Dias tristes e sem travessuras
Depois que o menino partiu.

A grama dominou os caminhos.
Enferrujou a gaiola,
O vento soprou sozinho,
Sobrou uma mesa na escola.

O sabão não fez mais bolhas,
A tristeza fez a vida em pedaços.
Do coração caíram todas as folhas.
Faltam na alma os infantis beijos e abraços.

Moacir LuÌs Araldi

O Papa pisou na bola comparando os insultos ao
profeta Maomé ou a qualquer figura de veneração
religiosa a um suposto insulto à sua mãe. Não
hesitaria, neste caso, em dar-lhe uma bofetada.
Sua declaração pode ter agradado aos islamitas
ofendidos, mas não deixa dúvida que falhou
grosseiramente contrariando o ensinamento de
de Jesus como se vê abaixo:
"Ouviste o que foi dito aos antigos: 'olho por
olho, dente por dente'. Pois eu vos digo: não
resistais ao perverso. A quem lhe bater na face
direita apresenta-lhe também a outra. Ao que
pleitear contigo para tirar-te a túnica, deixa-lhe
também o manto. Se alguém te força a caminhar
mil passos, caminha com ele dois mil..."
E o Papa mesmo reconhecendo que sua opinião
contraria a de Cristo, ainda diz que somos
humanos... Se aceitarmos esse posicionamento
do Papa, devemos crer que o ensinamento de Cristo
não foi endereçado aos homens e sim aos anjos.
E que seu ensinamento é impraticável.
Sou católico, mas acho que o Papa devia aprender
com o Mahatma Gandhi seu ensinamento sobre
a não-violência. E com sua declaração, ele mesmo
lança uma sombra sobre sua humildade. Quem é
humilde de fato, aceita qualquer ofensa, mesmo
sendo dirigida à nossa mãe.

Oswaldo Wendell

Movimente -se:
Faça as coisas que você gosta. Correr ou nadar ou esquiar ou jogar bola, pescar, escrever, jardinagem, ou o quer que te faz feliz. Isso vai ajudar você a manter sua mente fresca e clara e manter sua atitude no que é melhor.

Roberta Thornton

As pessoas pensavam que mundo era bola de cristal...
mais nada pode mudar quando olhamos...
para uma bola de cristal no momento olhamos
sentimos o futuro espelhado do jeito que...
eles os poderosos querem que vejamos...
o mundo sempre será brilhante do jeito que...
eles querem que todos vejam, o mar de cristal...
diante do deserto de magoas o mundo caminha num...
estado de depressão no estante que todos se estasiam
pelas belas fontes de águas roubadas,
com mais um golpe de estado,
nunca olham a verdade apenas apreciam mais...
uma fonte no meio da praça todos aplaudem mas um...
mais quatro anos de torturas desmandos, ditadores...
escravagistas tem mídia como uma arma eficaz...
o temor nos corações pairam sobre a bola de cristal.
em cada momento perdido da história, fomos submetidos
está imposição de escravagista e dominadora...
neste poder capitalista o ser humano é uma mercadoria.

Celso Roberto Nadilo

Nesse Natal

Nesse Natal não quero brinquedo
Não quero bicicleta
Nem bola, nem esmola na sinaleira
Sou moleque brasileiro
Não conheço geladeira
Validade, já nem sei mais minha idade

Pra que bolo se não tenho
Com quem dividir
Se não tenho o que vestir
Para esquentar minha alma?
Nesse Natal não quero foguete
Não quero champanhe
Nem um amigo secreto
Nem foto
Para guardar de lembrança

Sou solitário, não tenho o par de tênis completo
Mas pareço um pé de pato bam, bam
No gasômetro, no parque
Pinto e bordo ligeiro...
Arrepio suspiro?
Para esquentar minha alma...

Nesse Natal não quero morrer
Quero um abrigo
Não quero chocolates
Mas uma palavra de carinho
Nem um inimigo
Porque somos filhos de Deus
E não estamos sozinhos

Nesse Natal quero
Um pai que se vista de Noel
E seja real, não desleal.

Poeta Nelson Martins

O Sol Poente

Quando tudo parecia não ter mais graça
Olho pela janela...
Uma bola de fogo
Com um jogo de cores vibrantes,
Uma mistura de magia
Descendo no horizonte.

Quando tudo parecia não ter mais graça
Vejo algo lindo por natureza
Deixando para trás a minha tristeza
Dei um sorriso contente
Para a bola de fogo
Que ai rumo ao Ocidente.

Leilane Matos

Bravil

Brasil minha terra
que sempre prospera
país de guerra
que a bola enterra.

Brasil minha casa
que sempre evasa
país do jovem
que se faz homem.

Brasil pátria amada
por que andas armada?!
país do futuro
já és bem maduro.

Brasil...oh Brasil!
Não se torne vil
seja varonil
cesse a guerra civil.

Lucian Rodrigues Cardoso

Alguns homens tem uma mania
engraçada de pisar na bola, errar, errar
novamente, chutar, despedaçar
sentimentos, e no fim achar que as
seguintes frases irão resolver: "me
desculpa!", "eu errei!" "me arrependi!", "me perdoa!"... Sabe o que eu digo?
"Como assim perdoar? Se erros fossem
consertados ou esquecidos com um
simples "perdão", BABACAS como você
jamais irão aprender a valorizar
MULHERES como eu.

Ana Dutra Medeiros

Éramos peixes numa bola de cristal, fazendo promessas e assoprando o café. Beirando uma profecia inalterável. Juras despejadas mão a mão, não muito menos que lábios lambuzados de expectativas.
A imensidão tão aberta e devasta parece fazer a brisa soar mais fria, fazendo as narinas arderem num ar tão puro de inverno-primavera. Eu espero poder respirar bem o suficiente para ver a noite amanhecer hoje. Se eu pudesse contemplar os amantes do alto dos telhados as coisas seriam plausivelmente melhores, eu os acertaria uma flecha que rasgaria suas peles flácidas e juntaria seus corações murchos e desperdiçados e eles nem me agradeceriam. No entanto, eu me contentaria, vestindo olheiras visíveis nesta madrugada frígida. Quem sabe aliviasse um coração que já não exibe um humor saudável, quem sabe eu me consertasse.

Ellen Caroline

Neymar do Santos - Ou, Santos de Neymar?


Franzino,
jeito de moleque
que transforma a bola
num brinquedo
de fácil manipulação.

Com dribles desconsertantes,
deixa os adversários
com ar de admiração!

É o atleta, Neymar do Santos,
ou o Santos de Neymar!
Na verdade, ambos são grandes
e muito tem para comemorar...

Embora, não seja santista,
ao Santos deixo
minha homenagem.
Por ser um clube
de muitas glórias...
E ao atleta Neymar
que com a bola...
demonstra ser um grande artista.
Para se aplaudir, adimirar...

Nivaldo Duarte