Poesia de Namorados Apaixonados

Cerca de 306 poesia de Namorados Apaixonados

"Dos que fazem momentos nos marcar
para toda a vida...
Fazem apaixonados se encantar
com palavras.. escolhidas por um amante de poucas palavras"

DeBessa

A Plenitude da imaturidade!

Quando nos casamos, éramos ambos apaixonados e românticos. Não conseguíamos ficar no mesmo ambiente sem trocar olhares, abraços, toques. Dormir ou sair do mesmo ambiente significava uma despedida que exigia um beijo ou abraço. Acordar ou voltar ao ambiente representava um reencontro que também exigia o mesmo. O sentimento era: “Que alívio que vc está de volta”! Isso transmitia amor, saudades, alegria e uma imensa sorte por termos encontrado um ao outro. Com o passar do tempo, pouco a pouco isso foi se perdendo. Pouco a pouco um coração dizia ao outro: “Você não é mais tão importante. Não sou tão sortudo ou sortuda por ter você ao meu lado. Não sinto sua falta quando você sai nem quando vc viaja” Com isso um coração ouvia: “ Não sou mais amado!” Dura convicção imatura. Imensa dor infantil que só uma criança sabe como dói. Os adultos sabem apenas que é bobagem. Mas a dor da criança, neste caso um adulto, é real. Ao refletir, o adulto reconhece que o que foi perdido não significa que o amor se foi, mas sim que surgiu uma nova forma de amar. Uma forma mais fria, mais distante, menos intensa, com menos desejo, menos carinho, menos emoção, porém mais madura. A adaptação a essa nova forma é sofrida e dolorosa. O coração se questiona: “Será que vou me adaptar? Será que quero me adaptar? Essa nova forma é capaz de trazer plenitude? “ Não sei a resposta. Só sei que nesse momento almejo um amor maior! Gostaria de ter permanecido na imaturidade!

Ellon Reis

E que a gente seja sempre assim, diariamente, apaixonados pela vida e um pelo o outro. Essa é a forma mais lúcida e compensadora de viver.
Dar valor a quem está do seu lado e ao que se tem, é porta sempre aberta pra felicidade e bênçãos de Deus.

Nanda Ribeiro

"" Como somos bobos quando estamos apaixonados
Como somos interessantes quando perdemos a razão...""

Oscar de Jesus Klemz

Sem amores...

Declarações de "amor" de casais apaixonados deveriam ser proibidas antes de o casal completar ,pelo menos, um ano de namoro segundo artigo n° 6969 da constituição! O amor está se banalizando em escala geométrica e a confusão paixão/tesão com amor/carinho está de tornando catastrófica. O "amor da minha vida" de hoje ganha rostos novos quase que com a frequência daquelas edições mensais de revistas de fofoca, sempre que surge alguma,ou melhor, qualquer intriga. Usufruem da magnitude da palavra amor sem a menor cerimônia, sem o menor escrúpulo. Bauman faz-se presente como nunca, liquidificaram o amor, este escorre pelos dedos antes mesmo do segundo gole. Sem contar que ainda há aqueles que se quer molham os lábios e apenas de avistar uma poça com algum amor parado uivam aos 4 cantos que aquele sim é o amor da sua vida. Pobres coitados. Millôr já avisava : - Como são admiráveis as pessoas que nós não conhecemos bem. E Bukowski deixa um tapa para os amores mensaleiros : - Como pode dizer que ama uma pessoa quando há dez mil outras no mundo que você amaria mais se conhecesse? Mas a gente nunca conhece...

Guilherme Caparroz Franchini

O amor nada é senão uma forma que os apaixonados encontraram
de mostra ao seu amado o quando são raros e especiais, assim com sol nasce e se põe a cada dia, único e raro assim é o amor verdadeiro pelo seu amado...

Cândida Danielle Cavalcante

Certo dia, um casal de jovens muito apaixonados resolveram morrer por amor e, decidiram lançar-se de um prédio à baixo, e logo o homem contou até três (1, 2 e 3) a mulher deu um passo atrás e o homem lançou-se e a mulher diz ai! Como o amor é cego!
No meio da queda o homem abriu um paraquedas e critou mulher até que amorte nos separe; ...

Maduca2312

Sou feito ondas em mar de sorrisos, cores, amores....
Sou música que toca para os apaixonados, enamorados
Me canto com os sonhos que vivo.

Leônia Teixeira

Abraço foi a maneira que Deus arrumou para dois corações apaixonados se beijarem!
Sergio Fornasari

Sergio Fornasari

Que química é essa? Como eu poderia explicar isso? Como dois corpos tão apaixonados não conseguem ocupar o mesmo lugar no mesmo espaço? Perguntas ainda sem respostas, molduras ainda sem fotos, serão preenchidos os espaços com coisas vazias, que não preenchem. E aquilo que antes preenchia, hoje pede o mesmo espaço. O espaço ainda está lá, sempre esteve. E só os dois o sabem como preencher, os seus corpos se completam, as suas almas se encontram, e o beijo é o mais completo do mundo.
Não sei ao certo como será daqui pra frente, não sei onde estará o seu corpo, onde estará o meu. Uma coisa é certa, as almas estão ligadas pra sempre, uma vez que foram interligados, seus corpos poderão ficar distantes, em outro espaço, mas as suas almas estarão ligadas para sempre. É um infinito de cores, tons, músicas, célebres memórias. Mesmo que esteja perto, mas esse ainda sentirá saudade, saudade do outro, do corpo, do beijo, do abraço, do toque, dos olhos trocados enquanto beijavam e aos poucos fechavam... Um outro mundo se abria.
Ainda sinto o seu cheiro, seus cabelos, sua pele. Minha testa franzida lembra sempre da sua. A minha cabeça está em você e o meu corpo por você sente saudade, dos carinhos e das vezes que nos completávamos, que jogávamos conversa fora e nos divertíamos. Isto sempre acontece, só precisa acontecer de estarmos juntos. É sempre bom o momento.

Moisés Menezes

Minha poesia tem a cor de avelã
Tem a beleza do nascer do sol
Tem o calor dos apaixonados
A loucura dos amantes,
Tem sabor de maçã
Tem desejo de quero mais
Tem chuva no sertão
Passeio a beira mar
Tem o querer de sorrisos
O desejo de cantar
Penumbra de um quarto
Flores, vinho e jantar
Tem teus olhos de sobremesa
Teu olhar de sedução
Tem tu no meu peito
Tem amor no coração.

Leônia Teixeira

Andamos de mãos dadas, apaixonados.....
Como farelos lançados ao vento.

Ouve-se o nosso silêncio que carregamos pelas mãos...
Perfumadas e tatuadas no nosso corpo, na nossa pele.

Esquecermos o amor que nos une, é impossível de conseguir-se.
A distância pode separar os nossos corpos......

Mas não separa as nossas lembranças...
A paixão louca que sentimos um pelo outro....

A saudade fala sempre mais alto,do que mil gritos de dor.
não acordes o silêncio, que murmura a nosso favor,amor.!!!

IsabelMoraisRibeiro

Somos loucamente apaixonados ...
Um pelo outro...cúmplices em muita coisa..
Mas há dias que a tempestade cá...
Em casa parece....um furacão...
Afinal somos diferentes em muitas coisas...
Com opiniões muito nossas....
Somos fogo e água e muitas vezes chocados de frente..

Somos arrastados pela tempestade de ideias tão...
Diferentes e no final tão iguais...
Tão depressa começa...como acaba..em silêncio.
Feito com um olhar simples e sincero.....
doce e apaixonado, sem rancores....feito de risos.
O amor que nos une, é mais forte que um furação....
Uma tempestade em alto mar.. feita de respeito.!!!

IsabelMoraisRibeiro

Carta à paixão

Quando olho para ti com os olhos não mais apaixonados, vejo a mesma pessoa, com as mesmas roupas, com os mesmos costumes... Até aquele antigo perfume, único, que me aguçava o olfato, tornou-se comum. Sua voz, seu jeito de me tocar era tão únicos que naquele exato momento tudo se estagnava, tudo centralizava, tudo reiniciava! Cadê aquele momento? Foi-se! Deixou saudade! Não saudade de você, mas daqueles sinceros sentimentos que me faziam perceber o quanto sou capaz de amar alguém. Eu te amei! Talvez um amor maior que você, maior que a mim, maior que o tempo, maior que meu orgulho, maior que seu medo de deixar-se amar. Não há arrependimentos, não há raiva, e também não há mais aquela fervorosa paixão. Ainda te amo! Pode ser que o ame por toda vida! Só não quero apossa-me de ti! Isso é a liberdade! Dou-te a liberdade! A liberdade também é um ato de amor! A paixão é perspicaz. Com ela, ficamos espertos, qualquer instante é favorável para estar perto da pessoa amada. Aguardamos ocasiões com a paciência de quem um dia conquistará o maior troféu: sua presença. Não há necessidade de te tocar para perceber que o beijava com meu olhar. Você notava! Sei que notava! Não conseguimos deixar escapar um olhar apaixonado da pessoa enamorada. Tentei esconder de todos, ninguém percebeu! Mas você sim! Guardei esse amor, assim como guardei os antigos amores e aguardarei os futuros. Sou uma pessoa amante e itinerante! Não sei se amaria somente uma pessoa, no entanto, eu te amei!

Thaty Sousa

É sempre a rosa...
Sou apenas mais uma,
entre tantos admiradores
e apaixonados pelas rosas.
É mágica, fascinante
é cor, vida, amor.
Rosa, é rosa esta flor
de tantas cores
que me leva tão longe
e continua marcando
o passar dos meus anos
com seu perfume
carregado de lembranças
e emoções tão especiais.
by/erotildes vittoria

Erotildes Vittoria

Somos dois apaixonados perdidos
Neste mundo chamado paixão.
A espera de quietude para nossas almas.
Embalando-se numa perfeita
sintonia, onde a canção seria
nossos sussurros de amor
a entoar uma constante busca
de paz para nossas vidas.

Goretti Mello

Que nossos dias apaixonados um pelo outro, nunca passe tão depressa como o vento que te trouxe para os meus braços pela primeira vez, tendo como resposta teu beijo doce fortalecendo nosso amor.
07/03/2014

Vinicius Leal Miranda da Silva

APAIXONADOS

Eu desejo aos apaixonados que se amem,ao máximo de seus desejos,que queimem esse louco desejo de se amar até que a ultima brasa desse amor possa se apagar.

CLEVERSON DOS SANTOS

O encanto da Lua
A noite traz o encanto da Lua...dos amantes... e apaixonados... pela... vida!!! que sua noite seja cheia de amor...ternura..como uma música que se gosta!!!

Paulo da Silva melo

Solitária nesse céu escuro, testemunha de vários apaixonados que dizem 'eu juro'. Linda, bela, dona da noite. Já me peguei pensando se ela era real, essa dúvida permanece na minha mente, não consigo evitar, não é normal. Ao redor dela, uma áurea de mistério, ela é bela, ela é linda, e eu a quero. Mas o que a torna assim diferente, é sua beleza singular, simplicidade atraente em cada noite de luar. Eu tenho pena da Lua! Tanta pena, coitadinha, quando tão branca, na rua a vejo chorar sozinha. Será que em noites assim ela não deseja uma companhia? De uma ou duas estrelas, de uma constelação, ou a minha. Penso que poderia toca-la, faze-la sentir-se menos só, abraça-la. Calma linda lua, tu não estas sozinha, sei que pela noite, na rua, alguém te admira. Assim como eu, toda noite de luar, me sinto como o Romeu. Doido, apaixonado pela mais linda, que mesmo na noite mais escura, ainda brilha. Brilha lua, brilha. Brilha nos olhos da menina, que também apaixonada a admira, achando também que toda noite está sozinha. Coitada, mal sabe ela também, que toda noite, em silêncio, alguém a admira..
- A lua.

André Nogueira