Poesia de Namorados Apaixonados

Cerca de 324 poesia de Namorados Apaixonados

A maioria de nós quando começamos um novo relacionamento e estamos apaixonados passamos a ficar muito tempo com esta pessoa e a viver uma nova rotina, o que é natural no começo pois tudo é novo e empolgante.


Mas acabamos esquecendo o quanto é tão importante manter a antiga rotina e particularidades e momentos íntimos como estar sozinho em casa com seu bichinho de estimação, curtir seus amigos sem essa pessoa…


Parece que depois que se começa essa nova história fica difícil separar a gema da clara e acho que é aí que está o grande erro de todos os relacionamentos.


Seria tão bom se conseguíssemos manter a gema e clara unidas mas sem se misturarem, pois assim tudo fica muito mais natural e mais simples caso algo não saia como planejado.

Marcio Koultt

O amor quando é verdadeiro, torna-se intenso, infinito...
E faz dos corações apaixonados, sua morada perpétua.

Lúcia Polonio

Sonhei com o dia que estreou a nova fase da lua, feita com calma e cuidado, só para os apaixonados. Ela tornava-se duas, duas metades encantadoras, sempre perto uma da outra,
assim como um casal... Cada qual com sua importância, influenciando nas vidas e refletindo a luz do astro rei.

André Anlub

Somos dois loucos apaixonados,
Fugindo deste mundo absurdo,
Longe dos barulhos de cidade grande…
Como se fossemos para um paraíso,com o farol,como eu digo na vida há sempre um farol brilhando os caminhos e indicando os rumos da paz e da alegria.
Onde tivesse uma bela sinfonia de fundo.
Beijos e carícias
Tomados de carinho.
Nada importa,
O que importa é esta vontade
De estarmos juntos,
Onde somos perseguidos pelo tempo,
E nossos refugio são as estrelas e a lua
Testemunhas de nosso crime;
Crime por sermos tão apaixonados
E só termos ouvidos para as juras do amor,
E pensamentos de ficarmos eternamente
Neste paraíso encantado,
Onde as ondas da paixão
Vem e ficam,
Porque somos dois loucos…
APAIXONADOS!!!

Joaquim Silva

Por que ficamos insanos quando estamos apaixonados?
Ou porque a loucura nos invade com a insanidade da paixão?

Julio Aukay

ATÉ BREVE

Quando estamos apaixonados a vida fica tão
leve e bonita que nem mesmo um até breve
vira sinônimo de despedida!
Guria da Poesia Gaúcha

Guria da Poesia Gaúcha

Sorrisos sinceros, olhares apaixonados, palavras verdadeiras, pessoas honestas e de caráter, paz, paz, muita paz, amor e amor e amor!
Só isso que eu quero!

Cristiane Rodrigues

A lua cheia tão bela se exibe em céu estrelado,é cenário de histórias e
romances apaixonados.
Tenho pena do sol que sempre está sozinho e abandonado.

jel

Que me desculpem os apaixonados, os visionário e os sonhadores. Mas este mundo é tão imperfeito quanto a nossa crença de perfeição. Assim como nós, este mundo evolui! Aqui é uma escola para nós, para os animais, para as plantas e para todo o planeta vivo.

Em um mundo perfeito não há doenças, não há mortes, não há ganância, não há deslealdade. Em um mundo perfeito o mais forte não abate e alimenta-se do mais fraco, ele caminha junto e auxilia em sua evolução.

Em um mundo perfeito não existe separações, sejam elas como forem. Ninguém julga, ninguém é julgado. Eu sonho com este mundo perfeito, eu sei, ele existe, e o que me dá forças é saber que não sou o único que em seu intimo, sabe, podemos ser melhores que isso.

Sérgio Tenório

Somos dois loucos apaixonados
Fugindo desse mundo absurdo,
Longe dos barulhos de cidade grande...
Como se fossemos para um paraíso
Onde tivesse uma bela sinfonia de fundo.
Beijos e carícias
Tomados de carinho.
Nada importa,
O que importa é essa vontade
De fugirmos juntos,
Onde somos os perseguidos pelo tempo,
E nosso refugio são as estrelas e a lua
Testemunhas de nosso crime;
Crime por sermos tão apaixonados
E só termos ouvidos para as juras do amor,
E pensamentos de ficarmos eternamente
Nesse paraíso encantado,
Onde as ondas da paixão
Vem e ficam,
Porque somos dois loucos...
APAIXONADOS!!!

regiz013

Quando estamos apaixonados, ficamos com friozinho na barriga só de pensar em vê a pessoa, o coração dispara quando vê que chegou uma mensagem dela, você tem aquela imensa vontade de ficar conversando o tempo todo, e se pudesse cuidaria dessa pessoa toda hora. Porque é ela quem te faz sorrir com um simples zap de “bom dia”. E você pensa: Caramba, ela lembrou de mim… E quando ela te liga você fica viajando pelo resto do dia. E quando você ouve uma música romântica, fica imaginando os dois, faz planos e imagina o futuro ao seu lado. E quando você está triste, ela fala uma bobagem e consegue arrancar um sorriso bobo, de quem já está apaixonado. E ás vezes ela diz que vai sair, e você também vai, só para vê-la, pra ficar admirando nem que seja de longe. E quando ela diz que ta ouvindo uma música você corre e coloca a mesma que ela, e sabe a música preferida dela de cor mesmo não gostando do mesmo estilo musical. E foi nessa pessoa que você pensou lendo esse texto, certo? Pois é! <br>
A paixão é algo que chega sem esperarmos, tudo tem sentindo, coisas que não percebemos, mas fazemos, essa é a paixão, sem recíproca ou não, vale a pena amar, pois só o amor te faz se sentir feliz, as vezes o amor é perigoso, mas não devemos pensar nisso, só devemos pensar n prazer, na felicidade , nem que seja por pouco tempo vale a pena, sempre vale a pena amar.

JS.

Quando chove vejo lágrimas de poetas caindo do céu.
Poetas apaixonados que vivem nas nuvens. sinto e defino assim...
Chuvas fortes são poesias presas, poesias que impactam, que nos emocionam, que secam a boca...
chuvas mais finas, são poesias suaves, que adoçam a vida e nos curvam a boca...
Tão bom ver chover...ver as gotas de poesia caindo.
E apenas um pensamento vem a mente, me libertar da normalidade e me entregar de braços abertos, feito criança inocente para banhar na chuva que cai sem parar e me encharcar de poesia para nunca mais secar.

Sharlene Serra

Solitária nesse céu escuro, testemunha de vários apaixonados que dizem 'eu juro'. Linda, bela, dona da noite. Já me peguei pensando se ela era real, essa dúvida permanece na minha mente, não consigo evitar, não é normal. Ao redor dela, uma áurea de mistério, ela é bela, ela é linda, e eu a quero. Mas o que a torna assim diferente, é sua beleza singular, simplicidade atraente em cada noite de luar. Eu tenho pena da Lua! Tanta pena, coitadinha, quando tão branca, na rua a vejo chorar sozinha. Será que em noites assim ela não deseja uma companhia? De uma ou duas estrelas, de uma constelação, ou a minha. Penso que poderia toca-la, faze-la sentir-se menos só, abraça-la. Calma linda lua, tu não estas sozinha, sei que pela noite, na rua, alguém te admira. Assim como eu, toda noite de luar, me sinto como o Romeu. Doido, apaixonado pela mais linda, que mesmo na noite mais escura, ainda brilha. Brilha lua, brilha. Brilha nos olhos da menina, que também apaixonada a admira, achando também que toda noite está sozinha. Coitada, mal sabe ela também, que toda noite, em silêncio, alguém a admira..
- A lua.

André Nogueira

ONOMATOPÉIA DO PRIMEIRO BEIJO

Tudo Desconcentra e desconcerta.
Os apaixonados amam escutar o tum-tum
do coração do ser amado.
Mas não suportam ouvir o tic-tac .
Indicativo que o tempo está passando.

Não se ouve nem o triiimm do telefone.
Nem o blin blong da campainha.
Sequer o inhé inhé do bebê da vizinha.
Tudo atrapalha os amantes estonteantes.

Até o miau miau miau do gato Jack Felix e
o au au au grrrrrrrr daquele micro bravo cão, Pincher. E agora mais essa?
Snif snif snif, como está enroscado te amar
Eis que justo na hora, do tic tac , as lágrimas são inevitáveis e o buááá é ouvido de longe.

Entretanto, basta um biii biii, que o coração já faz hahaha..
E o final da cena, todos conhecem, um beijo apaixonado chuac,
Enquanto as crianças escondidas acham graça do beijo Chuac ....
Tudo desconcentra e desconcerta
E agora mais essa?
_______________Norma Baker

Norma Baker

Sabe eles...

costumam trocar olhares apaixonados, carinhos e abraços.

ambos sentem-se atraídos um pelo outro.

seus corpos chegam a estremecer só em pensar num toque.

sabe eles...

Eles sonham em estar juntos,

nem que seja uma única vez,

Mas há algo que os impede...

A noiva!

Gerlane Oliveira

E que a gente seja sempre assim, diariamente, apaixonados pela vida e um pelo o outro. Essa é a forma mais lúcida e compensadora de viver.
Dar valor a quem está do seu lado e ao que se tem, é porta sempre aberta pra felicidade e bênçãos de Deus.

Nanda Ribeiro

A Plenitude da imaturidade!

Quando nos casamos, éramos ambos apaixonados e românticos. Não conseguíamos ficar no mesmo ambiente sem trocar olhares, abraços, toques. Dormir ou sair do mesmo ambiente significava uma despedida que exigia um beijo ou abraço. Acordar ou voltar ao ambiente representava um reencontro que também exigia o mesmo. O sentimento era: “Que alívio que vc está de volta”! Isso transmitia amor, saudades, alegria e uma imensa sorte por termos encontrado um ao outro. Com o passar do tempo, pouco a pouco isso foi se perdendo. Pouco a pouco um coração dizia ao outro: “Você não é mais tão importante. Não sou tão sortudo ou sortuda por ter você ao meu lado. Não sinto sua falta quando você sai nem quando vc viaja” Com isso um coração ouvia: “ Não sou mais amado!” Dura convicção imatura. Imensa dor infantil que só uma criança sabe como dói. Os adultos sabem apenas que é bobagem. Mas a dor da criança, neste caso um adulto, é real. Ao refletir, o adulto reconhece que o que foi perdido não significa que o amor se foi, mas sim que surgiu uma nova forma de amar. Uma forma mais fria, mais distante, menos intensa, com menos desejo, menos carinho, menos emoção, porém mais madura. A adaptação a essa nova forma é sofrida e dolorosa. O coração se questiona: “Será que vou me adaptar? Será que quero me adaptar? Essa nova forma é capaz de trazer plenitude? “ Não sei a resposta. Só sei que nesse momento almejo um amor maior! Gostaria de ter permanecido na imaturidade!

Ellon Reis

Que química é essa? Como eu poderia explicar isso? Como dois corpos tão apaixonados não conseguem ocupar o mesmo lugar no mesmo espaço? Perguntas ainda sem respostas, molduras ainda sem fotos, serão preenchidos os espaços com coisas vazias, que não preenchem. E aquilo que antes preenchia, hoje pede o mesmo espaço. O espaço ainda está lá, sempre esteve. E só os dois o sabem como preencher, os seus corpos se completam, as suas almas se encontram, e o beijo é o mais completo do mundo.
Não sei ao certo como será daqui pra frente, não sei onde estará o seu corpo, onde estará o meu. Uma coisa é certa, as almas estão ligadas pra sempre, uma vez que foram interligados, seus corpos poderão ficar distantes, em outro espaço, mas as suas almas estarão ligadas para sempre. É um infinito de cores, tons, músicas, célebres memórias. Mesmo que esteja perto, mas esse ainda sentirá saudade, saudade do outro, do corpo, do beijo, do abraço, do toque, dos olhos trocados enquanto beijavam e aos poucos fechavam... Um outro mundo se abria.
Ainda sinto o seu cheiro, seus cabelos, sua pele. Minha testa franzida lembra sempre da sua. A minha cabeça está em você e o meu corpo por você sente saudade, dos carinhos e das vezes que nos completávamos, que jogávamos conversa fora e nos divertíamos. Isto sempre acontece, só precisa acontecer de estarmos juntos. É sempre bom o momento.

Moisés Menezes

Versos de dor

Os versos apaixonados
Tão vidrados e esquecidos
Amaçados e rasgados
Me jogaram no lixo
Lidos por ninguém
Desprezado com carinho
Embaixo assinado
Querida, minha dor
Logo digo, já na basta
Chega desse horror
Por que desprezam tanto?
Os versos do amor

Desconhecido

Dois sanhaços apaixonados
Vivem alegres a cantar
soltando de galhos em galhos
Para construir seu lar.

Num tronco de amendoeira
conseguiram encontrar
o lugar apropriado
e começaram a trabalhar

pelas manhãs acordo
já ouço os dois a cantar
no tronco da amendoeira
Onde construíram o seu lar.

Com suas asas tão lindas
abriram o alçapão
afastando suas tristezas
E a minha solidão

E os dois com muito carinho
Construíram seu lar
sempre ao cair a tardinha
Estão alegres a cantar

Naquele lar de amor
Seus filhotinhos nasceram
e com proteção dos papais
ali os dois já cresceram
Mas os homens desumanos
Começaram a observar
que os filhotinhos cresciam e tentaram os roubar

Tirá-los do lar paterno
lar de amor e liberdade
e dentro de uma gaiola
prende-los em crueldade

mas Deus quando fez as aves
Deu-lhes o espaço para voar
é o direito a liberdade
Para nas árvores morar

Por isso meus bichinhos
Daqui ninguém vai tirar
Os homens interesseiros
não o vão capturar

Para roubá-los do seu ninho
nos galhos daquela árvore
vocês terão que passar
por cima do meu cadaver

Marcelo Amaral Rodrigues