Poemas Sossego

Cerca de 142 poemas Sossego

Sossega, coração! Não desesperes!
Talvez um dia, para além dos dias,
Encontres o que queres porque o queres.
Então, livre de falsas nostalgias,
Atingirás a perfeição de seres.

Mas pobre sonho o que só quer não tê-lo!
Pobre esperença a de existir somente!
Como quem passa a mão pelo cabelo
E em si mesmo se sente diferente,
Como faz mal ao sonho o concebê-lo!

Sossega, coração, contudo! Dorme!
O sossego não quer razão nem causa.
Quer só a noite plácida e enorme,
A grande, universal, solente pausa
Antes que tudo em tudo se transforme.

Fernando Pessoa

DA PAZ INTERIOR

O sossego interior, se queres atingi-lo,
Não deixes coisa alguma incompleta ou adiada.
Não há nada que dê um sono mais tranqüilo
Que uma vingança bem executada...

Mario Quintana

Chove. Há silêncio, porque a mesma chuva
Não faz ruído senão com sossego.
Chove. O céu dorme. Quando a alma é viúva
Do que não sabe, o sentimento é cego.
Chove. Meu ser (quem sou) renego…

Tão calma é a chuva que se solta no ar
(Nem parece de nuvens) que parece
Que não é chuva, mas um sussurrar
Que de si mesmo, ao sussurrar, se esquece.
Chove. Nada apetece…

Não paira vento, não há céu que eu sinta.
Chove longínqua e indistintamente,
Como uma coisa certa que nos minta,
Como um grande desejo que nos mente.
Chove. Nada em mim sente…

Fernando Pessoa

A cólera prejudica o sossego da vida e a saúde do corpo, ofusca o julgamento e cega a razão.

Denis Diderot

Com a tripa em sossego qualquer um tem idéias, discutir, por exemplo, se existe uma relação direta entre os olhos e os sentimentos, ou se o sentido da responsabilidade é a conseqüência natural de uma boa visão, mas quando a aflição aperta, quando o corpo se nos desmanda de dor e angústia, então é que se vê o animalzinho que somos"

José Saramago

Apenas

Era amor, era aconchego,
era vontade de ficar junto,
era calma, o sossego
de um sonho sonhado.
Trocas de carícias,
eternas juras
que se estiolaram
no tempo corrido
da vida em comum.

Onde se escondeu
a antiga paixão,
onde ficou perdido
tanto amor?
Como duas pessoas
que se amaram
são, agora, apenas amigos?
Onde ficaram as carícias, o sexo?

São dois unidos,
pensando em ser um,
seguindo independentes
suas vidas isoladas
que não mais se tocam
como antes.
Juntos, vivem tão separados
como se longe estivessem.
São vidas a parte
que se relacionam
sem serem um par.

Apenas tentam cumprir
a promessa feita no altar
de ficarem juntos
até que a morte os separe.

Victor Motta

Verifico que, tantas vezes alegre, tantas vezes contente, estou sempre triste.

Não há sossego - e, ai de mim!, nem sequer há desejo de o ter.

Fernando Pessoa (Bernardo Soares)

Plantar um bosque na alma, e curtir a sombra, o vento, as crianças, o sossego. Não precisam ser reais. Eu até acho que a realidade não existe: existe o que nós criamos, sentimos, vemos ou simplesmente imaginamos.

Lya Luft

Vamos falar sério aqui: o banheiro continua sendo o melhor cômodo da casa.

É um dos poucos lugares que podemos trancar a porta e ter sossego de verdade.

Tainah Ferreira

AMPARO SAGRADO

Amor de mãe é o que existe
Na inquietação e no sossego
Como se não existisse
Distância, só aconchego...

Bruno Bezerra

Um olhar distante... um pensamento constante.
No sossego do silêncio... dar vontade de voar!
Trazendo-me a esperança de um dia ele(a) voltar

Ducarmo de Assis

Por que não veio dormir comigo, hein? Meu sono te abraçaria e você dormiria no sossego da minha respiração.

Jota Cê

-

Jota Cê - Néctar da Flor

Não vou tentar, não vou insistir, não vou mais jogar, já me cansei.Meu desapego agora, é meu sossego.

Ingrid Ribeiro

“Às vezes eu pressinto e é como uma saudade de um tempo que ainda não passou. Me traz o seu sossego, atrasa o meu relógio, acalma a minha pressa, me dá a sua palavra. Sussurra em meu ouvido só o que me interessa.”

Lenine

Hoje eu anoiteci sexy...
Quer seduzir suas curvas...
Estravazar sua boca...
Arrancar sua roupa...
Fazer a noite vira dia...
Tirar seu sossego!

Paula Tavares

Que cesse o aperto no peito.
E que o passado fique por lá.
Onde meus olhos não costumam chegar.
Pra manter o meu sossego.
Que insiste a me confortar

Rômulo Pavanello

Não tinha um instante de sossego, mal conseguia comer e perdi tanto peso que as calças não paravam na cintura. As dores erráticas estacionaram nos meus ossos, mudava de ânimo sem razão, passava as noites num estado de deslumbramento que não me permitia ler nem escutar música, e em compensação passava o dia dando cabeçadas por causa da sonolência sonsa que não me servia para dormir.

Trecho de "Memória de Minhas Putas Tristes".

Gabriel García Márquez

De extremos afetos,de singelos gestos, sentido intenso em provocar. Tão natural a lembrança que o sorriso me espanta
quando vejo a mudança da estrada onde estou a caminhar.
Do tempo que deu, renovou a esperança sem pensar em vingança,a alegria retomou seu lugar.
Triste fim dos que não vivem, infelizes são os que desistem sem refazer suas histórias e reerguer novamente do chão!
Sentimental é um ser alado que se entrega sem resguardo e sofre, chora, sorri e comemora as lindas voltas que a vida propõe.
Nas escuras linhas do destino, feitas de tropeços e espinhos carregam a força da superação. De preces lacrimejadas, de pragas enfim lançadas é livre a escolha do equilíbrio ou desnorteação!
Incrível é viver o instante e não se arrepender no restante, dos dias em que a consequência vier enfim aparecer.
Das amarguradas ciladas da vida, sempre sobra um troco para apostar em um novo sentido de viver sem solidão.
De tantas lutas e brigas, cansei-me de despedidas, quero sossego na guarita e lençóis no meu colchão.
Sem fim nem começo, somos todos sujeitos a perder e ganhar, não me espanta o medo de um pobre sujeito a ofender por não conhecer o que está a falar.
Entre tantas bobagens, é melhor rir da desgraça do que cair na armadilha de acompanhar.
Sendo a vida preciosa, tão raro e tão gostosa, bom mesmo é viver sem ligar!

Messias Junior

"Nunca o silêncio me foi tão grato, nunca o sossego foi tão perfeito."

Margarida Rebelo Pinto

“(…)Só quero sossego. Só preciso me recompor. Recarregar as baterias. Organizar as idéias. Juntar os pedaços dos pensamentos. Sintonizar minhas estações. Me mexer. Assumir, de vez, as rédeas da minha vida. Deixar o medo num lugar distante. E tentar colar as partes do meu coração…”

Clarissa Corrêa