Poemas sobre Negros

Cerca de 211 poemas sobre Negros

INTERTEXTO



Primeiro levaram os negros
Mas não me importei com isso
Eu não era negro

Em seguida levaram alguns operários
Mas não me importei com isso
Eu também não era operário

Depois prenderam os miseráveis
Mas não me importei com isso
Porque eu não sou miserável

Depois agarraram uns desempregados
Mas como tenho meu emprego
Também não me importei

Agora estão me levando
Mas já é tarde.
Como eu não me importei com ninguém
Ninguém se importa comigo.

Bertold Brecht

Olha de novo: não existem brancos, não existem amarelos, não existem negros: somos todos arco-íris.

Ulisses Tavares

Não preciso ter ambições. Só tem uma coisa que eu quero muito: que a humanidade viva unida... negros e brancos todos juntos.

Bob Marley

1. "Primeiro levaram os negros, Mas não me importei com isso. Eu não era negro. Em seguida levaram alguns operários, Mas não me importei com isso. Eu também não era operário. Depois prenderam os miseráveis, Mas não me importei com isso, porque eu não sou miserável. Agora estão me levando. Mas já é tarde. Como eu não me importei com ninguém, ninguém se importa comigo."

Bertolt Brecht

Com um sorriso satânico em seu rosto, o jovem judaico de cabelos negros esconde-se na espera da garota inocente que ele suja com seu sangue, roubando-a assim de sua gente.

Adolf Hitler

Acima de sermos negros, brancos, árabes, judeus, americanos, somos uma única espécie. Quem almeja ver dias felizes, precisa aprender a amar a sua espécie (...) Se você amar profundamente a espécie humana, estará contribuindo para provocar a maior revolução social da história.

Augusto Cury

UM MENINO NEGRO ENTRA EM UM MERCADO.
UM HOMEM BRANCO DIZ: "NÃO PERMITO PESSOAS DE COR AQUI"

O MENINO NEGRO DIZ: "EU NASCI PRETO.
QUANDO EU ESTOU CONGELANDO, EU SOU NEGRO.
QUANDO ESTOU DOENTE, EU SOU NEGRO.
QUANDO EU ESTIVER MORTO, ESTAREI NEGRO.
QUANDO VOCÊ NASCE, VOCÊ É ROSA.
QUANDO VOCÊ ESTÁ CONGELANDO, VOCÊ É AZUL.
QUANDO VOCÊ SE SENTIR ENVERGONHADO, VOCÊ FICA
VERMELHO.
QUANDO VOCÊ ESTÁ MORTO, VOCÊ FICA ROXO...
E VOCÊ ESTÁ ME
CHAMANDO DE PESSOA DE COR?"

"Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos ainda haverá Guerra"

Desconhecido

Teus lindos olhos negros
Me fazem sonhar
Me fazem esquecer quem sou
Teus lindos olhos negros
Me fazem viver em outra dimensão
Me fazem querer voltar no tempo
Teus lindos olhos negros
Me fazem sorrir chorando
Me fazem chorar sorrindo
Me fazem sentir saudade
Me fazem morrer de amor
Porque não olham pra mim...
Teus lindos olhos negros...
Teus lindos olhos negros...

Nikko Sercunvius

Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros,
De vivo luzir,
Estrelas incertas, que as águas dormentes
Do mar vão ferir;

Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros,
Têm meiga expressão,
Mais doce que a brisa, — mais doce que o nauta
De noite cantando, — mais doce que a frauta
Quebrando a solidão,

Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros,
De vivo luzir,
São meigos infantes, gentis, engraçados
Brincando a sorrir.

São meigos infantes, brincando, saltando
Em jogo infantil,
Inquietos, travessos; — causando tormento,
Com beijos nos pagam a dor de um momento,
Com modo gentil.

Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros,
Assim é que são;
Às vezes luzindo, serenos, tranquilos,
Às vezes vulcão!

Às vezes, oh! sim, derramam tão fraco,
Tão frouxo brilhar,
Que a mim me parece que o ar lhes falece,
E os olhos tão meigos, que o pranto humedece
Me fazem chorar.

Assim lindo infante, que dorme tranquilo,
Desperta a chorar;
E mudo e sisudo, cismando mil coisas,
Não pensa — a pensar.

Nas almas tão puras da virgem, do infante,
Às vezes do céu
Cai doce harmonia duma Harpa celeste,
Um vago desejo; e a mente se veste
De pranto co'um véu.

Quer sejam saudades, quer sejam desejos
Da pátria melhor;
Eu amo seus olhos que choram em causa
Um pranto sem dor.

Eu amo seus olhos tão negros, tão puros,
De vivo fulgor;
Seus olhos que exprimem tão doce harmonia,
Que falam de amores com tanta poesia,
Com tanto pudor.

Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros,
Assim é que são;
Eu amo esses olhos que falam de amores
Com tanta paixão.

Gonçalves Dias

"Morena que cor é essa?
cabelos negros feito índia
pele mulata feito desejo
não tem quem não olhe
quando ela passa mandando beijo"

Maíra Martim

Uma cor,
Uma simples diferença,
Traz consigo toda dor
Que se possa ter reminiscência.
Te defendem com louvor,
Outros querem sua ausência.

Negro ingrato, é assim que te chamam.
Quando reclamas de teu passado,
fazem sua mente parecer insana.
Estais louco mulato,
teu nome é bacana,
não vem da fêmea do burro.
Depende de quem chama.

A história é cheia de lições,
com ela também vem discriminações.
Um viver diferenciado,
já são bruxos alguns pobres coitados.
Uma rima mal feita
e dizem que sua escrita é imperfeita.

O estereótipo exato,
na hora certa,
faz todos rirem um bocado,
rir até de boca aberta.

Pense se quer ver
um mundo cheio de gozações,
onde não haja justiça para você,
nem para as futuras gerações.

Jefferson Campos

Só quem já foi seguido por segurança quando entra em Loja sabe...
Só quem é abordado por Policiais Sabe...
Só quem foi confundido com Ladrão sabe...
Só quem já ouviu ofensas por ter o cabelo Crespo sabe...
Só quem ouve a velha história de que isso é coisa de Nego Sabe...
Sabe...
Sabe, o Real Valor que este dia tem PORRA.

todyone

BA - NEGROS

O alemão branco feio tem um avô africano;
O italiano sambando bêbado tem avô africano;
Todos nós viemos da mãe África negra e selvagem,
Adão e Eva fugirão do leão na savana selvagem.

Um dia o meu e o teu avô ousou levantar,
Viu um pássaro e quem sabe ele queria voar,
Percebeu que levantando via mais distante,
Podia ter mais chance e viver bastante.

Mas o nossos avós eram pretos cabeludos,
Comiam carniças e eram bichos peludos.
Cultuavam o sol, a lua, o raio e cometa.
Intuíam a cura em cada planta do planeta.

Somos todos descendentes de negros no planeta.
Adão foi negro balbuciando uma cançoneta,
Eva foi negra talvez nem fosse humana e menina.
Caim e Abel foram negros mesmo tendo a ruína.

Quem mudou a cor deles?

André Zanarella 03-09-2012
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4436682

André Zanarella

Olhos negros
Estrelas cintilantes bailam dentro de ti
Misteriosamente falam
Coisas que meu coração gosta de ouvir
Inebriada emoção
Viajar em ti silenciosamente
Sem pressa de partir
Inteiramente tua sutilmente
E neste brilho
Extasiada... Arrebatada
Entrego-lhe meu pensamento
E me perco
Fascinada... Apaixonada
No céu do teu olhar.

Jane Alves Leal

Olhinhos Negros
E teus olhinhos negros
Negros como a bela noite
Noite que me encanta
Encanta a todos
Todos que apreciam teu sorriso
Sorriso sem dentes
Dentes que virão um dia
Dia que trara alegria
Alegria que em ti irradia
Irradia muitas emoções
Emoções belas
Belas como a simplicidade
Simplicidade que habita teu coração
Coração repleto de amor
Amor de mãe
Mãe que admira
Admira e acolhe
Acolhe e ama.

Tiago ferreira

NEGROS NEUTROS (NE-NE)

Lavra/Sítio/Tempo: Edson Cerqueira Felix | N. Iguaçu – RJ, BR (28/04/2014).

Preito à: Lais Silva | Literatura Brasileira | Poesia Brasileira | Sarau Poético de Manguinhos.

Eu #EdsonCerqueiraFelix desejo ficar absorto, na negra dos morros, delirantemente, como sequioso, em mananciais inorgânicos especiais.
Toque de leve, como que acariciando meus beiços, restritamente, de maneira singular, em cima de uma pequena embarcação de remos, num recente mar, de afeição marcante.
Brinde a delícia, da beleza, que lhe preservou, o sabor como o do mel Eldorado; prepara a doçura, do seu macho, nas células do amor ardente dentre; ímpeto total.

http://suavidadedeestilo.blogspot.com.br/2014/04/negros-neutros-ne-ne.html

EDSON CERQUEIRA FELIX

Simplesmente

Simplesmente teus olhos rentes aos meus
Tua boca junto à minha
Parados nós dois naquela imensidão de sonhos e de imaginação
Por quê parar? Por quê chorar? Por quê desistir?

Cada um de nós parte pelo um pedaço de alegria...
Alegria do inconsumível...
Alegria do irresistível...
Alegria do percebível...

Me perco em todas as tuas mazelas...
Em teu cabelo liso como a neve...
Em teus olhos negros como o desconhecido...
Em teu corpo delineado e sereno como a música vinda de um violino.

Fiz de teu amor uma religião,
Pra querer praticar todos os dias,
e exercer á cada minuto.

Simplesmente meu aconchego perto de teu corpo,
o segurar de minhas mãos nas suas...
Que, inertes, sentem o teu calor...
Assim como o mar teu pensamento é afrodisíaco...

Beleza e sentimento... simplesmente você.

Andre Barreto Dias

Parabéns a nos negros!!

Temos um dia sim,e não é porque nos julgamos raça superior, ou porque somos preconceituosos com nos mesmo,já estou farta de ouvir frases ignorantes do tipo”,pra que dia do preto, tem que ter dia do branco, também!”

Pra vocês QUE JÁ DISSERAM OU CONCORDARAM COM FRASES DESSE
SÓ TENHO UMAS POUCAS PALAVRAS PRA DIZER:

Existe uma história de muita dor luta e sofrimento, por trás de nossa inserção no Brasil, e essa História envolve,pessoas, homens mulheres e crianças , abusadas, torturas escravizadas e mortas .

E essa Historia tem sim que ser Lembrada. Honrada e Respeitada Pra sempre!.

Carolina Garcia

Lusco-fusco

Bem vestida.
Traje; escuridão.
Negra, negra fluindo cheiro de seiva.

Canta... Cantarola uma cantiga,
Melodia antiga... Que instiga.
Som que só na sombra fica.

E por detrás de seus negros cabelos
Derrama-se o sol.
Banhando a vida.
Que por luxuria,
Grita... Grita... Grita

Vem noite...
Vem...
Penetre-se na imensidão.
Sussurre suas horas
Vem narrar a minha estória.

Enide Santos 12/06/14

Enide Santos

Sempre fui presa às tuas palavras, me rendia aos teus encantos, me entregava aos teus olhos negros e expressivos, principalmente quando eles cruzavam o meu olhar penetrante e totalmente fixado na tua boca que sempre foi o meu fascínio... E hoje, nada mudou, porque te amar sempre foi o meu vício.

Lorena Marques