Poemas sobre Ler

Cerca de 1593 poemas sobre Ler

Oh vale encantado da tempestade sentida...
oh livro que acabei de ler..
que deste-me a serenidade
que eu tinha perdido ,
a lucidez que deixei de sentir
sentimento adormecido,
esquecido,abrasador,vida amarga,
oh alma que te perdeste...
em trilhos ,caminhos da saudade....
entre estevas, estevinhas,olmos....
fragas,oliveiras e castanheiros....
oh vale encantado entre as serras e os montes..
deste nosso e amado Portugal...
onde a raposa, repousa e faz o seu covil...
onde as cobras mudam de pele,
onde anda a alcateia deste lobo solitário...
oh vida triste, vazia, sozinha...
onde mato a sede na fonte no monte...
deste vale encantado,que é a minha vida.

isabelRibeiroFonseca

ela ama ler
eu amo escrever
por isso me acho no dever
de lhe dizer
que eu nao tenho nada a esconder
mais tento pelo menos prever
antes de acontecer
que é pra sobreviver
e nao me aborrece.

Cristian Assis

Saudade é ler
Os poemas de um poeta morto
Saudade é um barco que sai do porto
Saudade é sentir a dor da despedida
Saudade é chorar na partida
Saudade é voltar sozinho
A um inesquecível lugar
Saudade é ir pra nunca mais voltar
Saudade é cantar uma antiga canção
Que faz lembrar uma linda paixão
Saudade é sofrer
Saudade é padecer
Enfim, saudade é o que eu sinto de você

Frederico Amitrano

Quando ler esta mensagem, Sorria! Mesmo que por um segundo! Pois estou pensando em você, neste exato momento! Pensando em como seria bom ter você aqui comigo, só para te ver sorrir!
Seu sorriso me inspira, me constrói uma vontade louca de ser, de vencer e de fazer acontecer!
Por isso, sorria minha linda, mesmo que por um segundo, assim criará... inspiração no mundo !!!!
Josias.Junior

Josias C. Ferreira Junior

Era uma vez um menino, assim como centenas de outros meninos. De tanto observar as pessoas e ler livros tomou medo do mundo e da vida.
Entretanto, como as necessidades cotidianas o faziam sair de sua casa decidiu que ia se refugiar dentro de uma caixa. Tentou impermeabiliza-la, mas sem sucesso desistiu. Apesar disso, dentro da caixa ainda havia proteção, segurança e conforto suficientes.
Para cada ocasião o menino tinha uma caixa diferente. Cores variadas, estampas para dias ensolarados.
Era tudo perfeito, quando regressava ao seu lar ele saía da caixa, mas foi aos poucos se acostumando, afinal era mais prático ficar lá dentro. Aprisionado, porém seguro.
O tempo, inimigo dos mortais, passou e num dia qualquer ele viu uma menina de grandes pupilas escuras, que lhe olhou de soslaio e mesmo assim o enxergou dentro da caixa.
Como aqueles olhos eram enigmáticos para o menino. Ele quase perdeu o medo, ele quase se mostrou. Quase!
Depois disso ele experimentou uma inquietação violenta, que o fazia sufocar em seu quarto, a ponto de leva-lo a sair da caixa e se olhar no espelho. Pobre menino, tentava encontrar no reflexo o brilho dos olhos da pequena. O miserável menino, sentiu o coração bater forte quando não pode mais reconhecer sua imagem refletida.
Quem era aquela pessoa pálida que revelara o espelho?
Ele já não sabia mais. Voltou para a caixa e foi dormir.
Talvez seja esse o mito da caverna invertido e moderno.
Gente que se esconde em carapaças por tanto tempo que já não sabe mais quem é.

Mirian Machado Mendes

Minhas bobagens de amor!
Estou aqui em casa só a ler e escrever,
pois cada verso escrito nunca vou esqcer.
Amo te amar,amo te querer,mas se comigo
ñ estiveres q valor isso iria ter?
Se ñ tem amor,não tem felicidade
Se eu ñ tiver vc como poderia saber
se amo de verdade?
Meu amor é sincero,
simplesmente
puro e verdadeiro,
te quer por inteiro!

Me chamaste de charope,por ter momentos irritantes
Mas quando me beijas e me abraças,só dizes:Rutyenne te amo!
Xarope posso até ser,mas isso faz bem pra mim e pra vc pode crer.
Poeta sei q ñ sou apenas escrevo nas folhas oq sinto meu amor.

Rutyenne Márcia

Na última vez que nos encontramos, eu afirmei perguntando o porquê de não conseguir ler a sua mente, e você com um único olhar perdido num horizonte que eu sabia que eu não estava presente, negou respondendo que não sabia o motivo; eu não acreditei.
Chega uma hora que canso de tentar fazer de tudo para que nossa relação funcione.
Você nunca fez questão de que eu fizesse parte da sua vida, não inteiramente, e isso me incomodava, porque eu achava que dividir a minha, completava a sua, mas eu estava enganada.
Hoje as coisas parecem tão diferentes e só nós que continuamos os mesmos nesse vai e volta, sem perguntas, sem respostas...

Gabriella Lima

A quem ler
Vim deixar meus pensamentos.
mas, sequer me levam a algum lugar...
Descreveria-o, ou descreveria-me,
Como se eu estivesse em uma mata fechada,
e tudo o mais fosse cheio de névoa.
E os galhos baixos, impedissem-me de ir com a visão
mais além do que onde vão meus passos.
Olho a minha direita, e nada tem, a não ser olhos pequenos
vermelhos me observando.
A esquerda mais olhos vermelhos me observando.
É inacreditavel, como as pessoas que estão em torno
não me deixam expandir.
Como a vida, cheia de leis, cheia de mandantes,
e mandamentos, me segurassem para eu não poder cometer meus erros e acertos.
Estou perplexo, em como é que as coisas mal se encaixam
E encalacram o direito de "vivencia" do ser humano.
Penso em mudar o mundo, sinto que sózinho, jamais poderia.
E não vejo forças em ninguem para poder mudar alguma coisa; e sou obrigado a me manter contido, resguardado..
acreditando nessa tal fé, dos cristãos, evangelicos, e Jeova`s. Que nem mesmo eles sabem realmente se essa coisa chamada de fé, é fé mesmo.
Estou enclausurado, neste mundo imperfeito repleto de perfeccionistas falastrões. Que se envolvem em nossas vidas, mesmo não querendo, pensando em seus bolsos
Em suas barrigas e em suas familias.
Mas esquecem-se que são tambem SÃO NOSSOS IRMÃOS.

Bruno Lopes Maciel de Lima

Se os jardins ainda tivessem vida
não seria justiça,a alegria
ler os verdadeiros significados das rosas”??

Aminadá

"A abóbada celeste contém todo o destino da humanidade. Basta poder ler esse poema maravilhoso.

Há algum ensinamento mais belo que o do zodíaco, o único livro que o homem não conseguiu destruir?"

S.R. de la Ferrière

Precisava ser mais do que tudo hoje
Pode ler pensamentos e atravessar paredes
Eu precisava ser tudo aquilo o que você quer
Precisava não te machucar mais...
Acordar olhar pro céu sabendo que você esta
Pensando em mim
Amando-me
Enfim precisava ser tudo aquilo o que você quer
Ser o teu sonho
A tua noite de lua cheia
O teu céu azul
Precisava ser aquela brisa que vem a tardinha
Aquele mergulho no mar, quando esta muito quente
Precisava ser teu olhar perdido no horizonte
Talvez eu precisasse ser tudo isso pra mim
Mais um pouco também pra você
Eu precisava ser a liberdade do preso inocente
Daquele refugiado
Precisava sorrir e sonhar
Precisa libertar
A mim
A você
A todos...
Estamos presos a correntes
É uma prisão doce
Eloqüente
Envolve-nos com seu jeito de inocente
E nos aprisiona a essas correntes
Correntes seladas pelo amor que carregamos
E nos queremos ter essas correntes
E poder dizer que vivemos na prisão
Mais doce que poderíamos querer
Queremos assim ficar...
Assim viver
Pra sempre amar...
A distancia é longa
A paciência é curta
E a desconfiança nos afoga
Nas magoas mal resolvidas
Quero assim dizer que amo a você
E amo a mim...
Quero assim te dizer que não chegara
Ao fim
Isso dependera apenas de você!

Paula Câmara Ferreira

RESERVE TEMPO

Reserve um tempo para rir. Esta é a música da alma.
Reserve um tempo para ler. Esta é a base da sabedoria.
Reserve um tempo para pensar. Esta é a fonte do poder.
Reserve um tempo para trabalhar. Este é o preço do êxito.
Reserve um tempo para divertir-se. Este é o segredo da eterna juventude.
Reserve um tempo para sonhar. Este é o caminho para chegar às estrelas.
Reserve um tempo para amar. Ser amado é o privilégio do ser humano.
Reserve um tempo para a oração. Este é o caminho para a felicidade.
Deus tem um plano para você. Acredite que todos nós somos amados por Ele já há muito tempo, e somente nós é que não sabíamos!!!

Desconheço o autor...

A vida é como um livro
se você não ler e interpretar
não saberá alcançar seus objetivos

Saneva Desrosiers and Damaris

"Incrível pensar em ti como platéia.
Difícil escrever sem ti para ler.
Impossível eu, sem ti pra admirar."

João Vitor Rocha

Meu amor eu também amo ler seus recadinhos, suas mensagens, pois sinto que saem do seu íntimo, que são verdadeiras...
Elas fazem com que, mesmo em um dia chuvoso, em que problemas nos afetam sejam abrilhantados e iluminados pela fé e esperança porque é a esperança que concede forças para enfrentar os desafios e vencer os obstáculos que surgem a cada passo.

E vc morzinho tem esse dom... o dom de colorir a vida de quem de vc se aproximar... Vc é uma pessoa muito especial... Com vc eu não acho que o amor seja possível, eu tenho certeza!!!
Percebo que a sensualidade é um perfume que vem de dentro
e que a atração que realmente nos move não passa só pelo corpo,corre em outras veias, pulsa em outro lugar...

Beijos de quem te ama demais...

Luerick

Estações
(ler ouvindo as “quatro estações” de Vivaldi)

Minha realidade sempre se transforma em sonhos.
Em tuas mãos suaves carregas minhas alegrias.
No brilho dos teus olhos sobrevoam gaivotas.
No sentir de teus dançares me retorço em chamas,
Me persigo em bandos e te abraço em solidão.

Minha realidade sempre se esconde em mim.
Ainda assim me esperas nas estações.
Dos invernos às primaveras percorres meu corpo.
Estendes teus braços sem nunca me alcançar!
Me repito em prantos, risos e pratos rasos.

Finais de outonos, ensaios de verão, vulcão em erupção.
Deixa que tudo não aconteça e espera pela realidade.
É quando nossos beijos se repartem em brilhos e se multiplicam.
Permanecendo imóvel o vai e vem das ondas do mar!
Minha realidade se parece muito com você!

Obs. Se for disco vinil, recite mais uma vez!

Jaak bosmans 19-12-2008

Jaak Bosmans

Vou devorar você ,mas de pois quero,ler-te
Lentamente bem de vagar, saboreando cada linha
Cada traço virgulas e pontos

maria lucia g p

ler é viajar e se o que tu lês não te faz viajar
de duas uma ou o livro é péssimo
ou então não sabes sonhar

SANDRA MELLO-FLOR

Escrever é cometer um crime a cada linha. Ler é cometer dois a cada palavra.

Bernardo Almeida

Bernardo Almeida

Coração ingrato

Um dia, busquei por alguém
Que soubesse ler meus olhos
Que soubesse reconhecer desejo
Que soubesse enxergar magia
Que soubesse me fazer feliz
E com num passe de mágica
Você apareceu!
Eu avisei ao meu coração
Pra ter cuidado e não sofrer
Tarde demais...
Meus olhos encontraram os seus
Meus lábios tocaram os seus
Meu corpo juntou-se ao seu
Meu coração já não é só meu!
Coração ingrato!
Falei pra ter cuidado
Falei pra não sofrer
Falei pra não se entregar.
Tarde demais!
Agora, não sou mais eu
Sou eu e você

elivieira