Poemas sobre Frio

Cerca de 1804 poemas sobre Frio

Esta noite senti um frio, me senti numa escuridão sem fim, uma escuridão q nem o luz pode ultrapassar. Mas às vezes a escuridão me conforta e consola!
Por isso fica difícil acreditar em amor, amor de quem?
a pessoa fala que te ama mais pode ter certeza que mais cedo ou mais tarde ela te machucará.

Pablo Ferreira

Ah! Só por hoje eu queria...
Acolher meu corpo desse vento frio
....Deixar minha alma em silêncio
Acalmar o que machuca e faz doer
Trazer de volta meus mágicos sonhos
Todos, adormecidos no esquecimento
Tão belos! Intensos sonhos de amor
Que um dia guardei pra nós dois
Só hoje, queria essa música suave
Que embala essa minha vontade
Afastar a tristeza que existe em mim
Sufocando lágrimas caladas de dor
Nesse longo olhar que procura por ti
Eu queria esquecer de tudo, do mundo
Só por hoje eu queria! Eu queria você.
.

Kity Araújo

Noite misteriosa e estrelada
Lua cheia de prata iluminando o caís.
Um vento frio me trouxe um arrepio
noite doce igual aquela jamais vivi.

Noite que lhe conheci.
Muita emoção, disparo no coração
Deliciosa sensação de estar viva,
de sentir fibra por fibra a força da paixão.

Rosicarmen Xavier

no horizonte do luar tua face reluz
o destino a frio meramente solitude,
então se passou por cima de tudo no caos dessa vida,
sendo meramente sutil, clamor...

Celso Roberto Nadilo

o eterno frio abadio temor
entre trevas descampo
nu teu ar só meramente,
terrível algos entre tantos
parceiros sem paradeiros,
tanto tempestuoso que nunca passou,
sensível adoradores meros mortos,
poucos passados entre sonhos de um riacho,
sinta o sol que morre por um belo sonho.

Celso Roberto Nadilo

Não te rendas, por favor, não cedas,
Ainda que o frio queime,
Ainda que o medo morda,
Ainda que o sol se esconda,
E o vento se cale,
Ainda existe fogo na tua alma.
Ainda existe vida nos teus sonhos.

Mario Benedetti

Bem vindo Julho!

Que todo esse frio delicioso possa fazer com que possamos aquecer o coração, a mão e o amor um dos outros!

Muito amor por favor!

Paula Eicke

VEJO EM TEUS OLHOS DESAFIO
EXPRESSÃO DE CALOR
QUE AFASTA DE MIM O FRIO
FORÇA PROFUNDA DE AMOR

VEJO ISSO SEM DEMORA
O DESTINO ME CONVIDA A PROVAR
O SABOR DESSA VITÓRIA AGORA
É O DESEJO DE TE AMAR

O AMOR É A AMIZADE
A FORÇA DO DESTINO
TRAZENDO NESSA CIDADE
NOBRE ALMA DO MENINO

E ASSIM TERMINO AQUI
ABENÇOANDO A TODOS OS SEUS
LINDA HISTÓRIA VIVI
AGRADECENDO A DEUS

Samuel Ranner

Boas Noites para Helena

Ei, eu não consigo dormir, ta um vento gelado... tô com saudade e frio. Queria ser exato e excessivo o suficiente para você vir aqui e desligar a luz com seus olhos escuros. Helena, instavelmente, orgulhosamente, eu estou com frio. Venha e leia sua poesia preferida do velho Pessoa, me tira esse descompasso de solidão e multidão. Chega, e acalma meu sistema nervoso, sintaticamente falando, acalma minha cabeça precedida de frio e saudade.

anônimo

Mais uma noite...



Toda noite
o seu amor
vem me beijar,
trazido pelo
vento frio que
me faz despertar.
E sussurra em
meus ouvidos
frases obscenas,
arrepiando a
minha pele, me
fazendo delirar.
E nos amamos...
Depois se vai,
com a lua que
parte... Com o
sol que renasce...
Finalmente meu
corpo adormece,
feliz e exausto
de tanto amar...
Descanso então
sobre as nuvens
esperando ansiosa
por outra noite
que vai chegar...

Ginna Gaiotti

Seu coração pode ser
gelado como o frio de uma madrugada,
mas o meu coração sempre será seu
sua alma pode ser a mais sombria
de todas, mas o meu coração sempre
será seu porque o que o destino
separa o deus nos une, você é
gelado, frio e calculista, mas o que
eu sinto por você jamais morrerá
e que nesse meu leito de morte
a única imagem que está na minha
mente é a sua... imagem bela e formosa
que jamais vou dos dias calorosos
que vivemos.

Raul G. Martinez

Meu jardim morto

Voltarei naquele lugar
Frio mais tão belo
Sangue vermelho
Manchando a rosa
Meu jardim de inverno

Coberto pela neve
O anjo na neve ao chão
Companhia dos corvos negros
Meu coração, adoecendo
Lentamente ...

Voltei neste lugar porquê?
Sinto saudades, apenas
Gosto de imaginar, este lugar
Nos dias de primavera,
Agora ele está totalmente morrendo

Voz do esquecido amigo
Que morava ali, e o cuidava
Saudade a palavra ardente
Escapando de dentro de mim
Meu lugar, meu amigo, minhas flores

Arceu Junior

Arceu Júnior

CELEBRANDO A VIDA

Celebro o amanhecer que me faz sentir viva,
respirando, sentindo frio ou ouvindo as batidas de meu próprio coração...

Celebro o tic tac do relógio da cozinha, por me proporcionar a sensação de movimento e me mostrar que também devo seguir em frente, sempre em frente...

Celebro o cheiro de café recém coado, que me faz perceber que posso distinguir os deferentes aromas que surgirão ao longo do dia...

Celebro o olhar ainda sonolento de meu companheiro
porque vendo-o sei que muitos olhares se cruzarão aos meus
e me farão ver presenças junto a mim...

Celebro o prrim prrim do telefone
pois me da a certeza de ouvir vozes amigas e familiares...

Celebro o ato de abrir as janelas
testemunho de poder avistar o céu e imaginar que será um belo dia...

Celebro o meu vagar lento pelas ruas
onde ao cruzar com pessoas desconhecidas
tenho a oportunidade de me igualar a elas numa ciranda feliz...

Celebro o findar do dia
como se fosse o final
de meus poemas de amor
reacendo os momentos de alegria
e minimizo os que me trouxeram dor...


mel - ((*_*))

melanialudwig

Sentado ao frio, de madrugada
observava extasiado, o Céu noturno
visão celeste em versão celestial
inacreditável panorama Leste-Oeste
flutuando muito além
da linha imaginária
que limita meu quintal
o imaginário, de repente
transportou-me a um lugar
totalmente inesperado
talvez fosse a imaginação
sempre latente
um sonho, uma esperança
ou pesadelo
ou quem sabe
apenas desprendimento
que me torna afixo
a lugares ou momentos
contemplei os poderes da Lua
que molhava as mãos nos mares
distante de olhares mais atentos
e a dança ilusionista das estrelas
o tempo, deus atrapalhado
que não sabe e nem consegue
passar sem causar atropelos
sem precisar de ajuda, tudo muda
desde a vida da gente
até a cor dos meus cabelos
o vento que sopra suave
se alia ao seu amigo tempo
e juntos, montanhas esculpem
o limite de linguagem
não permite explicar a imagem
se eu fracassar, me desculpem
de repente
eles percebem que eu olhava
e o tempo fecha a cortina
então a Luz do Sol meus olhos lava
a noite assim termina
quando muda a paisagem celeste
tudo isso acontecendo
e você, com quem queria dividir
tudo isto
dormindo
sem lembrar
que
eu
existo

EdsonRicardoPaiva

Ta frio lá fora
Aqui tão sozinho
Preciso de Deus e do teu carinho
As flores murcharam
sem ter água pra beber
A chuva que cai só rega o meu sofrer..
Mais eu sei que a noite vai passar
Também sei que o dia vai chegar
E quando o dia chegar eu quero estar com você
Em qualquer lugar..
Logo escurece , começa a chover
E o frio fenece ao escurecer
As flores murcharam sem ter água pra beber
A brisa que cai só rega o meu sofrer..
Mais eu sei que a noite vai passar
Também sei que o dia vai chegar
E quando o dia chegar eu quero estar com você meu amor
Em qualquer lugar !!!!!!

Elias cunha

E quando o dia frio findava
Com água morna
os pés a gente lavava...
Perto do fogão à lenha
com todos se ajuntava
Esperando pela sopa
que nossa mãe preparava...

mel - ((*_*))

Melania Ludwig

Meu violão

Você diz que eu sou frio
e não sou romantico
mas um dia eu vou aprender
tocar um violão

Você fala que eu sou duro
num tenho emprego
mas vou ganhar muito dinheiro
com o meu violão

Desse jeito eu posso ti cantar
pra ti tocar e desalinhar
seu coração
tocando violão

Reinaldo Junior

A segunda acabando
O frio aumentando
A agonia apertando
A coragem me deixando
Em milagre não acreditando
Estou “cagando e andando”...

Mas a terça nos apetece
O frio esmaece
Que a agonia cesse
A coragem reaparece
Até a tarde o milagre não acontece
E novamente anoitece...

Previsão para a quarta, carece?

Jeferson Calixto

- SUBLIME

"Vento frio… que entra pela janela me desperta…
Ali distante, o verde das árvores se mistura com o azul do céu…
O pensamento longe, incoerente…
É a saudade de um sonho,
De um olhar profundo,
De uma voz marcante,
Do brilho de um olhar, que transborda de amor…
Caminho a passos lentos,
Sentindo o ar frio em minha pele
E imagino-a aqui,
Aqui e agora.
Fecho os olhos e a saudade me vence...
A lágrima cai, e o som forte do coração toma conta de tudo.
Não sinto tristeza,
E sim a felicidade de poder sonhar em ter você ao meu lado"

Endley Ferreira

Calor e frio.
Inverno e verão.
Sol e chuva.
De que adianta tudo isso,
Se sempre existe uma curva?

Pedro campos