Poemas sobre Drogas

Cerca de 294 poemas sobre Drogas

Eu sou apenas uma criança


Olhando para os jovens dessa cidade
vejo como é bom ter liberdade
" para tudo "
É uma ilusão esta miragem
as pessoas parecem estar de sacanagem
estão destruindo meu mundo .

Eu quero saber a onde é que vamos chegar
e de minha infância o que vou lembrar
" esta tudo escuro "
não eu não vou olhar
meu caminho eu que vou desenhar
é o meu futuro .

Por isso não me fale de drogas
eu não quero jamais
Eu sou apenas uma criança
que precisa de paz .

Não me fale de drogas
eu não quero jamais
Eu sou apenas uma criança
e não sabe o que faz .

Por isso não me fale de drogas
eu não quero nem ver
Eu sou apenas uma criança
que precisa viver .

Não me fale de drogas
eu não quero nem ver
Eu sou apenas uma criança
e não quero sofrer .

baulandialucas@gmail.com

Lucas Antunes da Silva

A VIAGEM

cansado,
o veneno corre pelas minhas veias,
a fumaça que dissipa,
é a mesma que entorpece,
enlouquece,
não a mente,
a vida,
a vida se esvai a cada baforada,
a cada viagem,
segue-se um rumo que afasta o real,
aproxima o ilusório,
coisas novas surgem,
apenas em na mente,
um mundo mais colorido,
alegre,
todos falam com você,
até cachorros,
e no fim da viagem,
quando se aporta no idilico xangrilá,
nada existe,
apenas um vazio,
que a cada viagem,
se torna maior,
a cada viagem,
a ida se torna mais rapida,
o caminho de volta mais comprido,
tão comprido,
que os braços que desejam ajudar,
não mais podem segurar,
os chamados de volta,
são apenas vagos ecos de uma memoria destruida,
confusa, apática,
inerte,
a razão se confunde com o racional,
argumentos mais insanos,
são encontrados para justificar a insólita viagem,
que se tornam piadas,
para os lúcidos fora da viagem.
Mais uma baforada,
a fumaça sobe,
hora de ir,
para onde eu não sei,
sigo apenas a ilusória estrada de tijolos amarelos,
de ferrugem, não de ouro,
acompanho meus amigos,
montado em um elefante cor de rosa,
que voa livre entre os girassóis,
que acompanham a lua,
enquanto esta,
submersa em um mar de lágrimas,
sorri loucamente,
velando mais uma parte de uma memoria que se vai.

Wilson Fernandes Júnior

DROGA MORTAL


Mas que droga foi esta que provei?
Vem tirando-me o sono… Oh, meu Deus!
Espalhei por teus mundos os meus “eus”
mas de mim, quase nada é que sei…

Uma flor com espinhos eu plantei,
colhi sonhos que nunca foram meus…
Assim, eles se foram: sem adeus,
e mais só do que antes eu fiquei.

Esta droga do amor é mui potente,
pois tocar as estrelas sou capaz,
mesmo sendo tal força tão fugaz…

E se fico por vezes mais contente,
eis que vem a tristeza de repente;
desde quando provei não tenho paz…

Verônica Miyake

De noite, o estampido seco dos tiros
o grito de desespero
os corpos dos jovens caídos no chão.
De manhã, o silêncio profundo
o medo
a apreensão.
Vocês viram algo?
Ninguém viu nada não moço!
Ninguém viu nada não.

J.W.Papa

"Sobre a imaginação"

Imaginar, nada mais é do que devanear, criar castelos e mundos paralelos para esconder nossa própria limitação.
Não posso voar fisicamente, mas já voei várias vezes na minha imaginação. A imaginação não tem limites e nem barreiras, nos faz criar o que antes era improvável. O conhecimento tem origens na própria imaginação...pois ela é a base de tudo o que existe. Primeiro imaginamos através de representações mentais o impossível, e a vontade de viver em realidade os sonhos da imaginação, nos faz construir o impossível.
Inimaginável é uma palavra que não existe...pois tudo é imaginável. E basta imaginar para transformar o impossível no possível.
Imaginação. Palavra bela. Palavra doce. Palavra certa. Palavra de ação.
Imaginamos...e colocamos em ação...então temos a luz da imaginação.
O que sou eu, senão parte criada da minha imaginação?

Erlis henrique

Mentiras ditas
Verdades cuspidas
Lagrimas em um rosto de uma menina
Que apenas se iludia
Branco era sua cor preferida
Chegava a usar todos os dias
Usou tanto que acabou com feridas
Ficou internada por sete dias

Perdeu uma vida
Quinze anos tinha
Infancia não teve morava sozinha
Teto, asfalto, chão, pontilhão sua moradia

Mais devia
A cor branca consumia
Fiado pedia
Em uma solução pensava ali aquela menina
Como pagar sua divida
No dia da cobrança pagou com sua vida.

Fabricio De Souza

Criamos um Deus e a Eternidade para acreditarmos
no Sempre e rejeitarmos a nós próprios.
De costas ao espelho do real.
O silêncio é a única música e os pensamentos a letra
compostos e regidos instantaneamente na Sinfonia Vida.
Só assim se é realidade.
Sem melodias que embalem;
sem drogas que entorpeçam;
sem trabalhos que distraiam;
sem doutrinas que confortem.
Basta apenas uma coragem sempre maior àquela que a natureza nos concedeu.
Queremos o Sempre e perdemos o Agora.

p.a.marangoni

Sistema

Mais um dia o sol nasceu e se pôs
Na minha triste vidinha
Mais um dia me droga a vida
Bebidas, cigarros e cocaína
Não preciso de nem uma fotografia
Para me lembrar quem eu sou
Sou escrevo do sistema
Pedra que consome a mente e o corpo
Não salva a alma não devolve a minha calma.

Mais um dia o sol nasceu e se pôs!?!

( Obs: Apenas um Pensamento para refletir )

Poeta Nelson Martins

Ate quando....
Ate quando vou permanecer intacto com os braços cruzados diante os problemas das drogas
Ate quando irei passar para o vazio da esquerda, de modo a desviar dos drogados desamparados a minha direita
Ate quando permanecerei tomando como minha, a suposta razão de que não pertence a mim, os problemas alheios
Ate quando seguirei despencando para baixo, pensando estar evoluindo para cima
Ate quando o isso não é da minha conta, permanecera atravessado em minha garganta
Ate quando vou carregar como um troféu, a estúpida frase de que só por não usar drogas já estou fazendo a minha parte
Ate quando vou deixar de querer ter as coisas da vida, para de fato querer ser alguma coisa na vida
Ate quando conseguirei seguir enganando a mim mesmo me abstendo
Acho que... Ate quando entender que mesmo não usando drogas, minha condescendência diante a isso, tem sido uma droga

Julio Ramos da Cruz Neto

Às vezes o que a gente mais quer, não acontece. E algumas vezes o que não se espera, acontece.

Amor e Outras Drogas

UOOOOOOOOOOOOOOOOOOU FILHADAPUTA ÍOIOÍOÝIOYIOYÓÍYIOYÓYOOGHO´GHO´GHOGDGO´UHAHUAUHAUHAHUAHUAUHAHUHUASHUASUHADSHUASD

JokerBR (Conf das drogas)

Bebida e drogas so lhe deixam alegre por algumas horas e essas horas alegres quando passam sempre vem acompanhadas de algum arrependimento

Diego Williames

Ao ver tantos pais perdendo seus filhos para as drogas, para as más companhias, pra vida do crime, assistindo seus filhos sendo doutrinados pela modinha de tribos desvirtuadas e imorais, percebo que a minha mãe tinha razão em cada cintada que ela me deu. Hoje, aos 80 anos, ela desfruta do direito de me olhar com alegria e orgulho de poder dizer: EU CUMPRI A MINHA MISSÃO!

Renée Venâncio

Eu não preciso de nada que esse mundo me oferece para ser feliz (drogas, álcool, Festas, relacionamentos que não levam a nada e tudo mais) eu sou feliz, pelo simples fato de que eu tenho vida, tenho saúde, pessoas que verdadeiramente me amam, posso respirar tranquilo sabendo que nem tudo é perfeito, mas eu tenho fé, eu tenho um Deus que me ama o qual eu chamo de Pai, que cuida de mim, que morreu por mim, eu sei em quem tenho crido, e sei que Ele é fiel ! E você aonde tem colocado a sua fé ?!

Vitor Hugo Lemes

Humor,Mentiras Sucesso Escola Engordar Emagreçer Regras Limites Decepção Drogas Lutar Balança Segredos Caminhos Sobreviver Morrer O.o Amores Perfeição Memórias Responsabilidade Escolha Continuar Dessistir Merdas.
Tudo Se Resume Em Uma Palavra ''ADOLESCENCIA"

Pedro Wellington

Os fracos buscam amparo nas drogas, os covardes nas armas e os ingênuos e ignorantes nas religiões.

Nelson Barh

Outro dia indaguei a um amigo:
"Pra quê usar drogas se eu já nasci completamente feliz?"

Paulo Ricardo Zargolin

A única eficácia contra as drogas é o amor. Ele é a chave para o coração. E isto o governo não pode fazer, apenas nós, a sociedade!

Bispo Rodovalho

Sou dependente de duas drogas. São elas a droga da "Saúde Pública" e a droga do "Transporte Público".

Iago menezes

Olhar no espelho do futuro e ver um velha psicótica, efusiva, acalmada com remédios ou outras drogas. Seus vizinhos ficarão com pena, tão velha, tão só. Há de amedrontar as crianças da rua. Sozinha ela assistirá a vida passar sentada num banco de seu jardim, que vai ser a única coisa que ela há de se importar, suas belas margaridas. Se pegará recordando de sua adolescência e de algumas tentativas fracassadas de ser feliz. No final do dia ela se verá como no começo, só, sem amor, sem rancor.

Clementine