Poemas sobre Cultura Afro Brasileira

Cerca de 783 poemas sobre Cultura Afro Brasileira

Se você não tem amor
pela sua cultuta,
também não terás tu respeito
pela cultura dos outros.

Leandro Bahiah

Penso que em nossa cultura é indiretamente disseminada uma diversão perigosa: NOVELAS.
Entendo que elas ocupam cada vez mais espaço na vida das pessoas a ponto de enraizar uma cultura ruim: cuidar da vida dos outros mais do que da própria.
Ficam dia após dia, horas e horas na frente da tv "se exercitando."
O fato de me atentar a isto não deixa de ser "o prestar atenção na vida dos outros" ;-D
Enfim, NOVELAS - use com moderação.
Cuidar da vida dos outros mais do que da própria - NÃO USE ou melhor, não ouse.

AurelioLIVE

Bobagem não é cultura
Futebol não é arte
Carnaval não é espetáculo
Presidiário não é estrela
Lei não é brincadeira
Favela não é cartão postal

koppe

Título:A que aflora ventos.

De tudo a que me tenho,
em cultura,
de grau esplêndido.

De um sorriso límpido,
interceptastes a beleza da alma,
a que fúria pedece,
a de rostos que acalma.

Em que teu contemplar que me beijara,
vinculara em cevada,
a que espaço ressaltara,
em teu corpo de carinho calculara.

Seguir o risco era o dilema,
e desvendando teatro,
como sol ipanema,
em demasiado abraço.

A que me tenho em demasiada era,
fizeram de meus escritos teus beijos,
me transformando em poeta,
arquejando sem teus gracejos.

Daniel Muzitano

Título:Embarcação que transpõe.

Árduo seja a cultura contemplando a água,
no velho e no mar,
há a têmpera que não se tem em esfacelar.

A bruma do vento que em todo maravilha,
de magno seja em tronona,
e que em âmago da poesia,
pranto límpido todo a que transponha.

Todos os navegadores devem seus méritos há um demasiado tufão,
marés em escalas frisam águas rasas,
num poema a que transita;
solidão.

Daniel Muzitano

"Minha mente não será saciada por livros e fotos... Por mim mesmo tenho que adquirir cultura, prazeres e lembranças.
Tenho que andar nesse chão de terra batida, nadar em cachoeiras, sentir a liberdade e o cheiro do café coando...
Minha alma precisa de coisas novas, minha mente precisa se libertar, pois sou filho do mundo, criado numa babilônia de pedras e por estar cercado por desconhecidos e influenciado por ganância meu interior está como um prisioneiro, mas agora vejo que a PAZ que sempre procurei só irei encontrar andando, pois andando meu presente se torna passado e meu futuro é totalmente incerto. Se vierem novos amores só depende de mim para fazê-lo ser INESQUECIVEL.
Pois sempre serei um andarilho, serei sempre um apaixonado com a vida”

Yves Saliba

Quanta cultura?
Quanta religião?
Quanto ritual?
Quanto animal?
Quanta dança?
Quanta música?
Quanta pintura?
Quanta poesia?
Quanta literatura?

Quanta...
quanto...
quantos...
perdemos
Em todas nações, orgulho
Em todas nações, preconceito
Em todas nações, vaidade
Em todas nações, falsidade
Em todas nações, ganância
Em todas nações, degeneração

Em todas nações, a mesma raça

Em todas nações,

ser humano.

Luan da Silva Leal

E a cultura absorve os sem cultura.
É a partir desse momento que a joaninha se acha borboleta,
exuberante em sua beleza, dona do mundo
sem se tocar que poderia se tornar uma eterna criança,
que a tudo admira,
mesmo sabendo que pode destruir qualquer pequeno ser,
mas a criança é mais que isso,
ela é inocência, a roda com propulsão própria.
E eu: estou aprendendo a admirar...........

Wanderson Marino

E nossa cultura, também mantém os jovens alienados, presos a uma realidade televisiva, escravos do livre-arbítrio pré determinado, portanto inexistente. Pensamos que estamos livres mas vivemos aquilo que foi determinado para nós, não de uma forma Divina, mas por nossos governantes, pela sociedade mesmo que não percebamos.
Temos a liberdade de comprar a roupa que quisermos, mas alguém a escolheu para estar na vitrine, para estar na moda, e certamente não foi você, certo?
Fazemos parte da sociedade ou apenas nos arrastamos por ela?
Acreditamos naquilo que nos é passado, porém sabemos muito bem que as pessoas falam apenas o que querem, muitas vezes complementando ou modificando a realidade. Será que as notícias que passam na tv, aconteceram mesmo da forma descrita?
Será possível inverter essa tendência? E pergunto ainda: Será possível acordarmos?

Priscila Arantes

A minha geração não tem cultura
Não sei onde foram parar,
Acho que o Bom senso cansou de ficar
E foi passear.

Geração da tecnologia, geração em plena agonia
Vendo nosso país ser massacrado,
É bombas na cabeça o tempo inteiro
Por pessoas de palito.

O pior é que dizem que isso vai melhorar,
Só não sei quando
Não sei mais por que esperar
Temos que batalhar, nunca para de lutar
E se um dia o cansaço chegar, teremos que enfrentar.

Palavras e atitudes são diferentes,
Mas uma puxa a outra,
Então se um dia lê falar que isso é uma bobagem
Pergunte como seu dia será, se deixar do jeito que está.

Pedro Augusto Gil

Ou você se liberta da ignorância de sua cultura, ou estará condenado a viver de forma túrbida.

[11/09/2014]

Sâmara Santana Câmara

Dê aos teus filhos cultura; o amor se tornou um sentimento finito.

Remédio pra mal de amor é ser correspondido, contudo, a cura não existe.

As pessoas só esperam das outras sentimentos que não têm.

O coração, ás vezes deve doer, pra avisar que está funcionando bem.

As pedras atiradas aos outros servirão de obstáculo à sua caminhada.

Cada arco-íris é uma prova concreta da paciência divina.

O fracasso gera triunfo aos vencedores.

Pouco importa a reputação quando se tem caráter; porém, isso não justifica algumas condutas errôneas.

fran

" Quero culturar."

Cultura que invade, cultura descente, cultura presente cultura reagente, vida que muda, vozes que soam, ouvidos que ouvem a musica da vida boa...
Não me canso de culturar, pois a cada respirar vejo o sentido que me Poe ao mundo, então para que desavenças se meu mundo é grande, se minha escrita é longa se minha aventura consiste e persiste em persegui a arte do viver...
Não sei me expressar, só quero mesmo é falar, falar de culturar, minha arte é escrever, a sua pode ser ler, ou até mesmo rimar, quero fazer uma canção que agrade e traga um novo som, a vida de quem não vive, viver não é tão somente andar e respirar, é até mais doque falar, é VIVENCIAR...
Vivenciar fatos realidade, coisas obscuras ou coisas tão claras que me fazem ter medo, mas assim vou vivendo e aprendendo e andando no trilho do conhecimento...
Quando nascemos choramos por entrar nesse imenso palco de loucos, hoje sou uma louca, que procura a verdade, mas para que a verdade se eu posso inventar...então invente se necessário, mas não deixe de viver, por a verdade doer...
Vivo porque na arte consiste o viver, não só por viver, mais por querer culturar....A vida é colorida e cheia de notas musicais, e começa a ter sentido a partir do momento que você a usa para expressar a arte que consiste nela.!!!

Maya Postigo

Racional Superior - Universo em Desencanto da Cultura Racional

202 - E por ter terminado a fase do pensamento, o pensamento preparou tudo para destruir os pensadores, como todos ai vivem com medo noite e dia de uma guerra nuclear, da atmosfera virar fogo e derreter as montanhas de gelo, do pólo norte e o pólo sul e vir tudo para dentro do mar e as águas crescerem e destruir o litoral, dos rios e do mar.

Manoel Jacinto Coelho

Racional Superior - Universo em Desencanto da Cultura Racional

O Raciocínio é o dono da vida.

Raciocínio Racional Racional Raciocínio.

Manoel Jacinto Coelho

Cultura escondida ... A Saída não lida

No meu lar procurando, o que fazer
Ligava o radio nada a ver, pior ainda na TV
Todas as pessoas iguais, todas as musicas iguais,
coreografias banais
Uma salada, só frutas, e nada a mais...
Mudava de canal mais parecia tudo igual
Será que são ETES dominando um mundo desigual?
Agora que internet veio pra nos ajudar
Com eeessa inovação o monopólio ira mudar
Pensei sair... Me divertir...
Vou para um cinema, deve ser melhor, tem que insistir
Se É pra relaxar ou pra gente debater
Com certo conteúdo para amadurecer
E ao entrar, imagine que chateação
O mesmo filme Não...
O senhor esta equivocado, esse filme é novo, é o
numero 12, é continuação...
xiii... Que enganação

Refrão
Vou pro teatro agora sim
Entretenimento de qualidade
Cultura de verdade...
tststs mais não era a realidade
Podia ser sensacional, na teoria
Pois a analisar os cartazes ixi... Que agonia
As mesmas, pessoas que estavam na TV
Apresentavam uma peça, estrangeira, por quê?
Temos que dar, mais valor, a nossos escritores
Temos sempre que pensar e mudar nossos valores
Criança a adolescente, senhoras e senhores
Vamos brincar de pensar e deletar, nossos temores

Refrão
Leia um livro, essa é uma homenagem a todos os
escritores brasileiros... Maira Viana, Clarice
Lispector, Mario Quintana, Carlos Drumom de Andrade...

Willians Marques

“Patriotismo é o sentimento de amor e devoção à pátria, a sua cultura e sua beleza natural.

O patriotismo é o espírito de solidariedade entre pessoas que tenham interesses comuns, constituindo um Estado, e que, ao viver sob mesmas leis, as respeitem com ânimo maior que o ânimo que empregam na defesa de interesses, ambições e avarezas particulares.

O patriotismo é ainda um sentimento que, ao lado das leis, sustenta a Democracia de uma nação.”

Herbert Alexandre Galdino Pereira

O que me falta de cultura eu procuro na experiência.
Sabe aquela história do “só sei que nada sei”...
É isso, de bater a cabeça a gente acaba aprendendo.

Marinho Guzman

AS MAZELAS DA ESCOLA CONTRA CULTURA

Demétrio Sena, Magé -RJ.

Precisamos vencer essa cultura perversa e velada de que a escola é apenas uma jaula de conhecimentos formais cristalizados para fabricar tão somente futuros profissionais. Da mesma forma, é preciso vencer a ideia de que a escola só deve permitir aos seus alunos, pelos menos em suas dependências, o acesso restrito aos livros didáticos e paradidáticos rigorosamente monitorados pela burocracia do mercado educacional.
Por que razão ninguém sabe, a escola tenta fazer com que o aluno seja o único a não saber que a literatura fervilha com novidades. Que as artes ganharam caras e nomes novos. A música se vestiu de novos ritmos. O mundo se democratizou nos campos da cultura geral.
Parecem o fim dos tempos, estes em que a escola, que deveria formar cidadãos conscientes, é uma das mais notórias ferramentas anticidadania de que se dispõe. Os burocratas da educação se tornaram auxiliares eficientes do poder público, na missão de alfabetizar sem aculturar; modelar ovelhas sociais, para que as ditaduras vindouras não encontrem resistências como no passado. Afinal,os ditadores que toleram a pseudodemocracia dos nossos tempos não querem mais conviver com gênios esquerdistas; mártires de oposição; mestres do inconformismo; pessoas capazes de levar o povo a pensar novamente.
É assim que vejo a escola contemporânea, pública ou particular, de nossos filhos crianças ou adolescentes:Oficinas de andróides bem ou mal equipados, com chips de baixa ou alta intelectualidade, mas com algo em comum:feitos para obedecer, mesmo quando pensarem que se rebelam; para se autodestruírem,ainda que julguem lutar contra um sistema que nunca estará fora. Estará dentro deles, e terá sido instalado pela escola... se depender só dela.

Demétrio Sena - Magé-RJ.

CULTURA, LUXO & LIXO

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Se o lixo cultural me desagrada, o luxo também. Sou apegado à cultura genuína; essencial. À ausência de aparatos ou embalagens que não acrescentam valores; apenas ostentam, fazem volumes, enchem os olhos, mas não a alma. É do luxo cultural que sobram montanhas e montanhas de resíduos inúteis; rejeitos que atraem parasitas e roedores humanos nocivos às artes e à literatura. O lixo cultural é o derrame não reciclável do luxo cultural.

Demétrio Sena - Magé-RJ.