Poemas sobre a Dengue

Cerca de 7 poemas sobre a Dengue

Conversa séria

Venho conversar
De algo serio que tenho pra falar
É a dengue que vai acabar
Deixando a todos perrengue
De tanto vasculhar para com ela eliminar.


Mais preste atenção, no que podemos fazer
Não deixe água acumular
Para ela não se proliferar
Se você é criança, jovem ou adulto
Todos podem ajudar
É só você se dedicar.

Jaqueline Maria Fagundes

Adágios 7d
1. “Chefe é o mosquito da dengue personificado”.
2.”Governo é o mal de chagas afim de ocasionar dano ao teu coração tanto literalmente quanto em metáfora”.
3.”Estado é o vírus que mata o hospedeiro lenta e gradativamente, com raras exceções como Finlândia – 1° posição em democracia plena e Noruega – 1° em IDH (Índice em Desenvolvimento Humano).
4.”Os braços politizados do Estado Opressor são as instituições falidas e de caráter nazifascista sobretudo as que contam com a tal discricionariedade, isto é, carta branca para a prática de perseguição A La Vonté. E arapongagem para remeter os autos para o Estado e, por sua vez, eliminação de possíveis adversários”.
5.”O riso do teu inimigo é sinal que obteve êxito em seus estratagemas, e a ira que sofreu investida ou descrédito dos atos praticados”.
6.”A ideologia política autista brasileira ( Esquerda sobretudo ou Direita) é semelhante à fé cega que, por sua vez, mãe do fundamentalista radical no que restringe a tal. Sacrificam a razão e lógica ou o mínimo intelecto que contenha em detrimento da sua fé e crença: a ideologia partidária”.
7.”Se a Lei Amar ao próximo como ti próprio, a si mesmo fosse praticado, explorada ao nível, ao patamar da Lei do Dízimo certamente o mundo seria mais pacífico que violente que é. Pois de acordo com historiadores o mundo raras ocasiões -tempo - esteve em paz”.

Clailton Kitter Ferreira

Gênio é o mosquito da dengue, que encontra sua água parada em um mundo onde todas as coisas estão em constante movimento.

Wendel Henrique Ferreira

Tem tanta celulite, que se deitar de bruço e chover, é multada por foco da dengue e fica se achando a gostosa do facebook.

Caio Eduardo Rubinato

Pederneiras combate a dengue plantando citronelas, enquanto isso casos suspeitos de dengue são omitidos para não alarmar a população. Viva a citronela! Além de um repelente natural, pesquisas afirmam que a citronela acalma cães. A caravana ladra enquanto os cães dormem. E o mosquito vai migrar para Macatuba, Jau, Boraceia, pois lá não vai ter citronela. Pois em Bauru a concorrência da mosquitada tá grande. O êxodo dos mosquitos da Dengue. Expulsos pela citronela. O que era pra ser preocupação da saúde, no caso da turma da Dengue, agora passou a ser obrigação da turma do meio ambiente, haja semente, haja muda, haja planta..E viva Pederneiras!

Clistenes Solon

O amor não te deixa quente e te leva pra cama. O nome disso é dengue. O amor é outra coisa.

Desconhecido

"Nada me tira da cabeça que o mosquito da dengue nada de braçada nos ferros velhos de São Paulo"...(Devanir Amâncio). A única cidadania pincelada do Jornal Diário de São Paulo.

BINDES - cidadania