Poemas Quentes

Cerca de 139 poemas Quentes

Fome

meu amor
a fome
que tenho
é na alma
que segue
calada
refugiada
entre sonhos
quentes
a fome
que tenho
é na pele
descontente
de forma
atraente
firme
devoradora
a fome
que vem
a fome
que vai
a fome que
você não vê
não sente
nem pressente
desprevenido
me deixa
assim
faminta
com fome de ti

Rosangela Ataide

" Amor de Outono"


Já tive amores
De todas as maneiras
Amores de Verão...
Quentes, impulsivos
Amores de Primavera...
Doces, romanticos, floridos
Amores de Inverno...
Aconchegantes, mas frios, racionais
Hoje quero um novo amor
Hoje quero um amor
Companheiro, calmo...
Que caminhe ao meu lado
Que contemple ,
O pôr do sol comigo
Que me dê a mão,
Para seguirmos na mesma direção
Que me faça segura,
E não me deixe escapar
Que me faça sentir amada
Que me faça rir
Que me faça chorar
Que me faça acreditar,
Em anjos, novamente
Que me faça duvidar,
Que tudo tem um fim...
Hoje eu quero um amor
De Outono
Quero um amor que
Junte todas as estações
Ou todos os amores...

Autora: Noemia

Noemia Peixoto

Até chega_mar

As lágrimas saem a vapor de tão quentes que são as córneas!

Felipe MagSant

(...) Lembrei-me daquelas mãos quentes, delicadas e atentas, inclinadas sobre as minhas mãos. Do toque daquela pele. Aquele toque tão agradável e demorado sobre mim.
Sempre que me toca é como se todos os meus sentidos ficassem embriagados. E lá estou eu envolvida numa espécie de volúpia e luxúria. E lá estou eu com o ritmo cardíaco em aceleração constante.
Voltei a lembrar-me, desta vez das minhas mãos em estado de desejo absoluto em busca do contacto com aquela pele. A exuberância ansiosa e impaciente que sustentam todos os nossos momentos. A urgência excessiva de nos sentirmos, sem pensarmos em absolutamente mais nada.
Um corpo de encontro ao meu, destilado, consumido, arrebatado, a querer-me toda, tudo de mim…consumir-me toda.
Não me lembrei só hoje. Mas hoje foi diferente. Este silêncio tão único imobilizou-me, mas não me assombrou, muito pelo contrário…na verdade fez-me bem fechar os olhos e voltar a sentir os sentidos como que embriagados. (...)

Marisa Martins in Remoinho de Emoções

"Mãos frias, como seu coração"

Respondi em pensamento:

"Mãos quentes, coração ocupado"

Ele, sem conseguir olhar para mim respondeu::

"Meu coração esquentou no momento em que entrei por aquela porta, e encontrei aquela que mergulhou em meus olhos, como mergulhei nos dela."

Segurou forte minhas mãos, ajeitou meus cabelos que caiam sobre os olhos, beijou minha testa e disse::

"Você leu meus pensamentos, e é assim que vou te fazer feliz, lendo os seus, a partir daqui, até os próximos 70 anos, quando formos de mãos dadas para a superfície dourada. Enquanto esse sorriso largo for meu, vou aprecia-lo como se fosse a primeira vez que o vi, nunca vai desbotar, Porque hoje, eu encontrei o meu sorriso de bom dia."

Thalita B.

E nos dias frios, ela me aquece com suas palavras verdadeiras.
E nos dias quentes ela me resfresca com as risadas mais gostosa.
Para sermos amigos não precisamos mais do que reconhecermos-nos em qualquer cisrcunstância.

Lêu Shaeéra

TARDES QUENTES...

Sem ninguém saber,
Num local á dois,
Poucas palavras,
Desejo a altura,
Corpos exalam,
Calor se acumula.
Tardes que liberta,
Que se manifesta,
Revelando sem temor,
O gosto do amor,
Sem apego,
Sem cobranças.
Tardes de desejos,
Muitos beijos,
Carinho e descobertas,
Coisas que despertam,
O sentido aguçado.
Tardes de calores,
Sem pudores,
Sem modéstias,
Com verdades,
Com vivacidades.
Tardes Quentes...
Da gente,
De mais ninguém,
No ontem, no hoje,
No amanhã.. Talvez.

ednaide gomes de paiva

Pássaro

São uivos
de ventos quentes
que ouço
no lugar de tua voz.
Ventos que
sopram em asas
que não alçam vôos
e ainda assim
derrubam-me
dos céus.

Rosemari Hauenstein Ruch

Quando quiser me esquecer
pense em dias frios,
sem cobertor.
Em areias quentes,
sem o mar.
Me esqueça!

Quero ser cobertor,
praia, samba, abraços, beijos
e muitos risos.
Me esqueça...
porque sempre eu choro!
Nas noites de frio, sobre o asfalto,
a beira do Mar
sob a Lua gelada
pensando no escuro
Sem te esquecer.

A Camilo

HORAS QUENTES

Se eu pudesse ter-te, oh, amada minha,
Nesta hora em que os desejos aflorados
Consomem todos os medos e pecados
Deste Poeta louco que te adivinha...

Toda louca que tu és, bem à noitinha,
Vem ao pôr-do-sol a lua dos amados
A deixar-te em suspiros amargurados,
A estender-se pela noite, tão sozinha...

Se eu pudesse ter-te às horas quentes,
Sob roupas íntimas que te põe ardentes,
Rasgaria em linhas as vontades tuas...

Deixaria estas loucuras sem passado...
E no momento que tivesse do meu lado,
Suavizados, faríamos amor... às luas!

Poeta Dolandmay

NOS TEUS ANSEIOS

Eu quero tuas horas tristes e sozinhas
Tão pedinte de amor e noites quentes,
De orgias marcadas, beijos ardentes...
A saciar as infantes vontades minhas...

Eu quero aqueles desejos que tinhas...
Nos meus iguais momentos eloquentes
Onde pregava as insônias dormentes
Na manhã rara do dia que nos vinha...

Tantos instantes perdidos e largados...
Tantas indiferenças, amores amarrados
Pelos enganos que o coração fantasia!

Mas eu hei de ter as tuas horas puras...
E ser dos anseios todos que procuras
O verdadeiro amor a juntar-te um dia!

Poeta Dolandmay

Nas chamas quentes De uma fogueira qualquer Onde nenhuma rainha jamais Pudesse fornicar
O Senhor da Luz vê
Uma sombra loira a brotar Azor Azor Ahai Vai vir de onde vende pão, seu trampo E o senhor, nosso R’hllor
Nos tem aquecido para nossa alegria

Milton Lannister

Sonhos amorosos

Os sonhos de verão são quentes
Assim como o frio de inverno
Amo sonhar em qualquer tempo
Desde que seja com você amor
A musa dos meus belos sonhos

Eu nunca os deixarei morrer
A nossa vida é eterno sonho
Dormindo ou acordado eu fico
Olhando e imaginando tudo sorrindo

Sonhar é como viver sem sentir
Momentos utópicos pra lá de bons
Vivido com a flor do meu jardim

Contigo sonho e ressonho feliz
Projetos da vida não esquecidos

Num lindo olhar para dentro de mim

Djalma CMF

"NA SUA PORTA"
ESTAREI NA SUA PORTA...
NOS DIAS QUENTES,
OU NOS DIAS FRIOS.
COMO UM CÃO SEM DONO...
COMO UM GATO VADIO.
SEMPRE ESTAREI NA SUA PORTA,
IMPLORANDO UM COPO DE LEITE...
QUEM SABE IMPLORANDO UM BEIJO,
NÃO IMPORTA...
SEMPRE ESTAREI NA SUA PORTA,
SEMPRE ESTAREI NA SUA VIDA.
NOS DIAS QUENTES...
OU NOS DIAS FRIOS.
NÃO SAIREI DO CAMINHO.
NÃO SAIREI DA SUA VIDA.
ENQUANTO NÃO SOUBER...
PORQUE ME DEIXOU SOZINHO !!!
(Vieira)

Narciso Vieira Lima

No frio te esquento com as palavras mais quentes
As ações nunca estão ausentes;
Beijo carinhoso com aquela mordidinha sem igual
Alimenta o meu gosto de loucuras é natural;
Se tu me provocar, eu irei te tocar... baby
Hoje não vai prestar.

Ricardo Teixeira.

As noites quentes e frias de inverno
passados a lareira ,vinho no copo
com ar livre de prazeres das noites frias
de inverno nos reserva, onde é bom descobrir .

Amar num jantar feito ao luar numa noite
de inverno, sentados num cobertor
de lã de ovelha, quentinhos, juntinhos
estamos, sentimos o corpo a queimar.

Fogo da paixão que arde como as labaredas
da lareira acesa , queima o corpo, une-se o beijo
aroma de pinho, carvalho, sombreiro a arder
uma mistura de perfumes perfeitos da natureza.!!!

IsabelMoraisRibeiro

Queria amar-te como um poema
Escrito na pele que cobre a alma
Os teus quentes braços...
Braços que cobrem a minha nudez
Feitos de desejos e ternura..
Como um clímax da minha loucura..
Tatuagem feita no corpo e na alma..!!

IsabelMoraisRibeiro

Pessoas vazias ..
podem ate te proporcionar noites quentes..
mas pessoas verdadeiras..
podem te proporcionar uma vida feliz..

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Quentes beijos e um olhar,
falam mais, que suas palavras.
Seu cabelo solto, as vento,
me leva ao paraíso.
Logo mais um dia passa,
chega a hora de partir.
Estou indo, já pensando
em voltar para você.
Já vou meu amor
te amando, como sempre.
Até em meus sonhos
me vejo a te amar,
te amar mais e mais.
Só você tem o dom,
de me fazer sorrir.
Só seu jeito doce e lindo,
me faz chegar ao céu.
É você, o meu amor
todos sabem! Eu já provei!
Vivo a vida pra te amar
sem medo de errar.

Igor Gonçalves Dias

Boca suave,fresca,
amarga,doce,salgada,
removo a minha,
alma impura e calo-me.

Lábios quentes,
salgados,doces,
grito bem alto,
a estrondosa palavra,
silêncio.!

isabelRibeiroFonseca