Poemas que Falam de Filhos

Cerca de 2529 poemas que Falam de Filhos

E lá ia ele, sem prestar no caminho atenção
Era mais um desses inumeros filhos de Adão
Que todos os dias perdem mais uma daslições
Ensinadas naquela lendária criação
E sem perceber tragados são
Para um mundo cheio de desilusões

Ia alegre e entusiasmado
Só por estar bobamente apaixonado
Por aquela filha de eva
Que tão pura parecia ser,
Mas que sem perceber passou a ter
A mais sombria das trevas

E nenhum dos dois percebeu tal fato
Até que um acidente envolvendo um pobre gato
A fez mostrar sua verdadeira face
Uma dignissima e fria classe
Diante da ceifadora silenciosa e calma
Que vinha lhe roubar a alma

Foi aí que ele percebeu a grande ofensa
Que sua amada cometeu ao ignorar a morte
Sem perceber que estava abusando da sorte
Ao encará-la com total indiferença
Pobre criança, foi levada tão jovem
Pela foice que os túmulos movem

Levando consigo também o inocente coração
Daquele coitado filho de Adão
Que outrora era tão sorridente
Agora acabou por ser tão cruelmente
Para com aquelas pessoas que ficam comovidas
Com o final de uma qualquer vida

Pobre e tolo filho de Adão
Tão jovem e tão inocente
Nunca percebeu que para a Morte
Não importa o quão seja forte
Sempre terá um vulnerável coração
Que possa ser emagado cruelmente

E foi só quando solitário morreu
Que lembrou daquela lição
Ensinada ao seu antepassado chamado Adão
E finalmente percebeu
Que não deveria anseiar mulher aleia
Senão acabaria preso numa viciosa teia

Tecida pelo pobre coitado
Que teve seu amor roubado
E acabou por inconscientemente desejar
A morte daqueles dois foram se amar
Sem se importar com seus sentimentos
Geradores dos frios pensamentos
Culpados pela infortúnia sorte
Que abateu os amantes com a morte

Bruno M. Tôp

Datado de 23 de Março

Eu não tô te pedindo pra casar comigo,
Não é um pedido de amor,três filhos e um casa com varanda.
Eu to querendo só que venha.
Faz tanto tempo que eu não sinto nada, nem amor, nem dor, nem sentimento algum.
Eu não quero um amor!
Daqueles de verdade, daqueles que dói com força.
Eu só tô pedindo que você venha,
Escute doze versos,
Me abrace.
E depois vá embora.
Vem,
Vem,
Vem que a poeira tá levando tudo por dentro,
Sapateando e comendo o meu coração.

Nathália Calih

As pessoas são tão ingenuas
quando se trata de pais e filhos,
muitos acreditam que
basta ter filhos para ser pai.

Raine

Filhos não importa a idade que tenham
sempre ouvirão da gente frases como

"Marcelo cadê o chinelo?"

Alexandre Leonardo

As esferas do Seu Zé



71 anos, pequeno agricultor. Viúvo há três anos.
Herança: dez filhos, nove netos. Sim! Antigamente, precisava-se de mão de obra no campo, e os filhos eram muitos.
Num domingo de outono - quase inverno - estavam assentados ao redor de uma fogueira, seu Zé e todos os netos. Era um sítio bastante afastado da cidade, e podia-se ouvir o som da natureza: sapos, cigarras, pássaros, grilos e o vento. As “crianças” ouviam atentamente o vovô, enquanto esquentavam-se sob o fogo, ao sabor de chocolate quente.
E o vovô era um excelente contador de histórias, e muito sábio. Perguntou aos netos, dentre os esportes que conheciam, qual deles era o favorito.
Do menor ao mais velho, responderam:
-Basquete!
-Futebol, lógico!
-Vôlei!
-Golfe!
-Tênis.
-Bolinha de gude vovô – disse Jonas (5 anos!)
-Pingue-pongue.
-Beisebol!
-Queimada!
Coincidentemente, todos os esportes escolhidos, eram esportes onde as várias esferas se faziam presentes. Então, José perguntou aos pimpolhos:
-E vocês crianças, além dessa animação toda, sabem o que todos esses esportes têm em comum?
-Queima de calorias vô! – disse Joana – capitã do time de vôlei na escola, e também a mais fofinha!
Além disso, nada disseram. Então, retrucou seu Zé:
-Ambas as atividades necessitam de esferas para serem praticadas. Bolas de várias formas e tamanhos.
O vovô enfatizou também que sem as redondas era impossível ser um bom esportista e que aquelas esferas envelheciam, podem ser criadas e emprestadas.
-Agora filhos, quero que pensem na maior de todas as esferas – a Terra. A humanidade anseia em exercitar-se, embora grande parte da torcida, ainda, não reconhece o seu valor. Esta pequenos... é a única esfera que se pede emprestado a alguém que sequer nasceu.

Jonathan Messias de Freitas

Minha mãe fez os filhos
como se escrevesse poesias.
Papai tinha um poema dentro dele.

Eu não sou fruto de papai e de mamãe
por obrigação, e, sim, por coincidência.
Sou amigo de papai que, hoje
Deve estar bêbado
Em algum lugar no céu
Com Vinícius de Moraes
E outros que desconheço.
E sou perdidamente
namorado de minha mãe.
Assim como sou de minhas filhas...

Antônio Marcos Pensamento da Silva (cantor e poeta)

Faça um filho, os filhos do seu filho serão seus filhos também. Faça- os sofrer, se eles por sofrerem voltarem a você, dizendo que você é bom, poderoso,justo, você os perdoará. Mas eles continuarão sofrendo. Se no fim de tudo eles permanecerem fiéis, então tragam eles para sua casa para viverem com você toda eternidade sem sofrimento.

Diário de Deus

Marcos Ribeiro Ecce Ars

Filhos Meus...

Pedaços de mim...
Sorrindo, aqui e ali.
E minha vida sem fim...

Francismar Prestes Leal

Essa é para as pessoas que já perderam alguém..
seus melhores amigos, seus filhos, seu homem, sua mulher, mães, pais, irmãos, primos e avós..

Enquanto criança, houve tempos em que não compreendia, eu não sabia o porque, você não aparecia às vezes..
aos domingos de manhã e eu sentia sua falta..

Todos aqueles problemas de gente grande, que as separações trazem, você nunca me deixou saber, você nunca demonstrou, porque você me amava obviamente..
há muito ainda o que dizer..
se você estivesse aqui comigo hoje, face à face..

Eu nunca soube que podia doer tanto, e a cada dia que a vida passa eu desejo, poder falar com você por um tempo..
sinto saudades, mas eu tento não chorar, enquanto o tempo passa..

E é verdade que você atingiu um lugar melhor, mas eu ainda daria o mundo para ver seu rosto, e estar bem ao seu lado..
mas é como se você tivesse ido cedo demais, e agora a coisa mais difícil de fazer é dizer adeus..

Você nunca teve a oportunidade de ver o bem que eu fiz, e você nunca terá a chance de me ver de novo em primeiro lugar..
eu queria que você estivesse aqui, para ficarmos juntos, eu queria que pudessemos passar os feriados juntos..

Eu lembro de quando você costumava embalar-me para dormir, com o ursinho de pelúcia que me deu, e que eu abraçava bem forte, eu achava que você era tão forte, que iria passar por qualquer adversidade..
é tão difícil aceitar o fato de que você se foi para sempre..

Débora Caroline

Dias Frios com Filhos...

Família na cama.
E entre nós, frações,
Felizes, de nossas ações.

Francismar Prestes Leal

Dá Dó...

Filhos, futebol...
O menor pega a bola:
Agora, é si contra si, papai!

Francismar Prestes Leal

Melhor Pedaço...

Filhos, pedaços doridos.
Só entende quem os têm.
É como amar-se o bem...

Francismar Prestes Leal

Todas as hierarquias do céu vos exaltam, ó Maria,
e nós, que somos vossos filhos da terra,
ousamos invocar-vos e dizer-vos:

Ó vós, que sois cheia de graça,
ó Maria, rogai por nós!

Santo Atanásio - em 340.

"Jamais permitirei que alguém magoem meus filhos. Eles são tudo na minha existência desde o momento da concepção até... eternamente.
Um dia ouvi de uma determinada pessoa que pela decisão que tomei eu ficaria sem eles, isso é mero engano. Porque uma mãe, pode ser o que for, mas antes de tudo ela é superior e É MÃE.
Zelo pelos meus filhos, as vezes sou chata, pego no pé, ligo direto, incomodo, mas se o faço, eles já sabem, que é por ZELO, cuidados necessários para dar a eles uma boa conduta de vida. E, graças a Deus, tudo está cada vez melhor em nossa vida, por que acreditei, tive fé e lutei por uma causa nobre, a crença, uma conduta que nos guia para o caminho certo. Num lar é preciso ter RELIGIÃO.
Nada, ninguém vai conseguir interferir em nossa história, porque ela foi escrita com amor, carinho, fé e dedicação. É a Lei, de causa e efeito, se eu desejei meu lar de volta, renunciei a muita coisa, reconstrui outras com valores mais profundo com apoio de minha família, e eis-me aqui, com as jóias mais sagradas, MEUS FILHOS, MEU LAR. Eu tenho fé em Deus e em mim e, nada nessa vida me afeterá, porque eu te desejarei justiça, porque tudo aqui é conforme a LEI DE DEUS e não a dos homens. Deus é supremo e não desampara nenhum filho que segue seus preceitos morais. E aqueles que não o segue, ele os deixa a vontade, pois haverá um dia que a conscientização clamará por justiça."

Leonora Vieira

Que Cimento?

Filhos, crescendo.
Apertando as mãozinhas,
Eu, não querendo...

Francismar Prestes Leal

Após o aniversário de dois anos estava com meu filhos no parquinho do condomínio, ele olhando o céu no fim da tarde viu a lua no céu manchado com resto laranja do sol de outubro e me pergunta:
- Mãe, Deus tem fita crepe?
Admirei a lua cheia e respondi para os olhinhos arregalados e curiosos:
- Acho que não filho, por quê?
- Como ele colou a lua lá no céu! (Gabriel Rangel Mattje,02)

Como uma boa madrinha, após olhar o boletim do meu afilhado Léo tentei apelar para a religião...
- Léo, meu querido, quando você for fazer as provas senta bem na beiradinha da cadeira e deixa uma pontinha para o Menino Jesus te ajudar.
E rapidamente ele me pergunta:
_ Por que madrinha, ele não pode me ajudar em pé não?
(Leonardo Rangel Xavier,10)

Em viagem para o litoral paranaense, o garoto pergunta assustado após sentir a pressão no tímpano, grita:
_MÃEEEEEEEE!!!
_ QUEM BAIXOU O VOLUME DO MEU OUVIDO???
(Gabriel,04)

Ao perdermos a Lindinha, uma cadelinha pincher, durante alguns meses ficamos sem animal de estimação, mesmo para evitar a associação de substituição, fiquei investigando com os dois filhos que animal poderíamos ter, após alguns meses sem.
Pensamos em vários...e o Guga eu já sei:
Eu e o irmão: _ Qual
_ Um gato!!!É um gato...sabe porquê?Por que esse é difícil de morrer...tem sete vidas!!(Gustavo Miguel Rangel Mattje, 06)

Wilma Nunes Rangel

Chora Brasil

Nos solos do Brasil, choram mães e pais, procurando encontrar teus filhos que hoje são escravos das drogas, uma viagem que não se volta mais. Apadrinhados pelo crime,sonhadores movidos pela ilusão, falsas amizades, um grupo de perdição. Sim choram, choram marias e Antônias, Paulos e bernardos, tentando encontrar teus filhos, que talvez por força da fraqueza foram levados, ou simplesmente seduzidos. Filhos que hoje obedecem as vontades de traficantes, se dedicam ao crime que por falsas promessas, foram iludidos. Sim choram mães e pais, Chora esse país de coração bom, que se deixou tomar conta Pela impunidade, onde a lei faz de conta, que já não conhece o que bom ou ruim, o que é mentira ou verdade. Chora Brasil, pois as mães, ainda sente essa dor, uma dor que no peito ainda arde. Chora Brasil.

Reff Carvalho

Vamos parar os gatilhos
Enterrar as cinzas
Criar e cuidar dos filhos,
Mostrar sóis, construir faróis
E assim seguir

Sueldo Soaress

Já banhei teus filhos
Dei-te peixe e tu o que me deu?
Me deste lixo, água de jeans
Estou escuro e fedendo
E agora na lista dos mais poluídos
Me dê meu prêmio,
Me limpe urgentemente!
Que raio de gente é essa?
Eu quando encho
Fico às pressas e sem querer
Levo tudo comigo
Vem cinema
Muda feira
Tem festança junina
E eu princesa o que eu digo?
Minhas criaturas morrendo, mudando,
Sofrendo
E tu o que me deu?
Deu sofá, mas, não preciso sentar
Tenho pressa para correr
Se não eu vou secar
Eu não quero morrer
Não me esqueça
Tem gente que para prá olhar
E diz isso é rio ou é esgoto?
E eu o que digo?
O povo caga, mija
E tudo vai para mim
Nada se resolve nem se fala
Princesa ajude
Quem tanto te ajudou
Que eu quero ver um dia teus filhos
Que tanto maltrataram comigo
Levar os netos
Para me admirar
Como outrora fizeram

Thallyta Ellen

>>> Nos velhos tempos havia uma terra onde os filhos costumavam levar os pais velhos, que já não podiam trabalhar, para cima dum monte, onde ficavam sozinhos, para morrer a mingua. Certa vez ia um moço do lugar levando o velho pai às costas, para abandoná-lo. Chegando ao ponto em que ia deixar o ancião, colocou-o no chão e deu-lhe uma manta para que se abrigasse do frio até a hora da morte. E o velho perguntou:

- Tens por acaso uma faca contigo?

- Tenho, sim, senhor. Para que a quer?

- Para que cortes à meio esta manta que me estás dando.

Guarda a outra para ti, quando teu filho te trouxer para este lugar.

O moço ficou pensativo. Tomou de novo o pai às costas e voltou com ele para casa, fazendo, assim, com que o horrível costume desaparecesse para sempre.

Moral da fábula: Filho és pai serás; como fizeres, assim acharás.

Linartt Vieira