Poemas q Falam sobre Erros Cometidos

Cerca de 877 poemas q Falam sobre Erros Cometidos

Cometi erros, me enganei, me iludi, mas nada do que fiz foi em vão. Tudo que fiz foi de alguma maneira, gratificante. Com todos meus erros e ilusões, aprendi que o sentimento, o afeto, o amor, ninguém rouba, ninguém leva.

Flávia Abib

Flávia Abib

Não chores
Pelas rosas que têm espinhos.
Pelos erros que cometeste.
Pela morte que espalha o pranto
Solidão que derrama o contentamento.
Angústia de quem vive um momento.
Pensamento escrito numa noite sombria.
Flor dilacerada ainda no coração!

Isabel MoraisRibeiro

É fácil apontar os erros
Esquecer os atos cometidos
Viver uma vida de mentiras
O destino nos surpreende de vez em quando
E de repente nos pegamos na maior ilusão
Os erros vão sempre está batendo na porta
Não adianta fingir que passou
Há momentos que temos de olhar para dentro de nós
E aí sim mudar as atitudes
Tentar fazer o melhor com o que sobrou
Decepcionar faz parte da vida
E ela está aí para você
Vencer suas fraquezas e torna-se forte
E isso é algo que só os vencedores conseguem.

ISLENE SOUZA LEITE

No mundo existe homens inteligentes:
- aqueles que reconhecem seus erros e jamais voltam a cometer os mesmos
E.K.Trez

Elias Khoza Trez

Eu não cometerei
Os mesmos erros que você
Eu não me permitirei
Causar tanto sofrimento ao meu coração

Kelly Clarkson

Os meus erros que cometi na vida me ensinaram a nunca desistir lutar para ser como eu sou e tentar evoluir;
Tenho valor, tenho verdades e se perdi tudo que tinha é por que não era meu não era amável;
Só não pense em me arrancar as palavras que criei para quem eu amo e a quem me ama para afetar-me com todo mal;

Julio Aukay

Meu passado fora uma tentativa de redimir os erros cometido sem se dá conta de que meus erros fizera outro sangrar;
Minha ausência é a vertigem do sucesso popular que minha ânsia escolheu;
Sou responsável pelos meus próprios erros, portanto um culpado sem crime ou um acusado sem coração;
Sei que preciso amar todos como se eu não tivesse um amanhã de liberdade ou de um amor entre-linhas;

Julio Aukay

Cometi erros que muitas das vezes não me deram escolhas, pois nunca recebi instruções de como viver;
Estou aprendendo com os meus erros para que chegue um dia eu possa me orgulhar dos acertos infinitos que em meu passado ficaram;
Me esforço para apagar meus erros com os acertos em minha vida para contar a positividade em meu coração;

Julio Aukay

Se eu cair, eu me levanto,

eu cometo erros,

eu vivo,
eu aprendo,

eu me machuquei,
mas eu estou viva.

Eu sou humana,
não sou perfeita,

mas eu sou grata.

Sou grata a Deus por estar viva com saúde e amando.
Eu sou feliz.


..

Sonia Solange da Silveira ssolsevilha Poetisa do Cerrado

E, como pode dizer que me amava quando você me deixou em alguma coisa?
Eu sei que cometi erros, mas que é sobre amar alguém, sabendo aceitar seus erros, suas falhas, suas emoções, suas obsessões, medos, monstros, e todos seus demônios....


..

Sonia Solange da Silveira ssolsevilha Poetisa do Cerrado

Às vezes me calo,
gosto de ficar só, comigo, com minha solidão,
é quando penso nos erros cometidos,
é quando, acerto os meus ponteiros,
Às vezes me fecho, me tranco em algum lugar
com meu silêncio,
esqueço a chave em algum lugar,
não me abro por um bom tempo.

..

Sonia Solange da Silveira ssolsevilha Poetisa do Cerrado

Existe uma idade em que energia não falta
Para consertar os erros e para cometer erros
Idade dourada essa a qual vivemos de forma corajosa
Em que abraçamos tudo e a todos
Somos a felicidade, sentimos o puro prazer
Viajamos ao som de cores e criamos nossas próprias
Não pensamos, arriscamos
Só conhecemos o presente e o vivemos
Beijamos obstáculos, criamos um novo mundo.

Ricardo Teixeira.

Nao me arrependo dos erros
Que cometir, pois foram com eles
Que aprendir o que é certo e errado.

Thaís Araújo

Hoje te perdoei,
não cometa outrora o mesmo erro,
porque posso estar vivendo em outro momento.

altairtico

Eu não posso te julgar, não posso repreender se os mesmos erros cometi, esperando por você
Não posso te julgar, eu não posso repreender se os mesmos erros cometi, esperando por você
Espera a vida inteira para então descobrir
Que o seu destino é esperar outra pessoa decidir te encontrar
A morte é quem vai te parar, vejo o rabisco em sua mão Tentando crer e desejar que há um pouco de paixão
Mas não há

New Fall - Anjos

Qual erro

Aqui sozinho pensando , qual erro eu cometi,pensando , vendo no passado, o que eu pude ,
ter feito, pra merece isso, nada vem atona,trata bem,sentir, amar de mais,o que e amor,
se nao trata bem ,acolher todos os sonhos, e espectativa da pessoa, planos,cuida proteger,
da o maximo de mim,pra ti,qual erro eu cometi, nao sei nao vejo,so vejo a dor, a falta de cor,
meu mundo ,e sem cor ,sem o teu amor, qual erro , meu deus ,mi mostre, pra que eu nunca mais ,
o cometa com ninguem ...

Michel Araujo

erros cometidos

cometi muitos erros na minha vida assim como você,
sua presença me incomoda,seu cheiro,seu sorriso,seu esforço de ter chegado até aqui, não costumo dizer a mentira pois ela doi a cada segundo e sem perceber já estou em momentos inexplicáveis que só eu posso explicar, como se eu pega-se uma bexiga no ar e ela o estourava-se ou um mundo destruído mais sem os cacos de vidros, como só eu existisse no mundo e a cada imaginação, uma explicação, perdi muito tempo com você mais agora quero viver eternamente longe de todos que me fizeram sofrer....

kaikinho marcos

Leio poemas para te esquecer.
Mas esse e o maior erro que já pude cometer.
Quanto mais leio, mas amo você.

PARIZ

Para cada erro que cometemos na vida..
há o reconhecimento e o perdão..
para o começo de uma nova história!

Acleciano alves

Mais de mim...
Cometi tantos devaneios nessa minha vida, tenho andado erroneamente
Sou impecável quando quero, mas quando realmente preciso ser eu me desespero.
Já quis prender o mundo em minhas pernas, quis abraçá-lo, mesmo com os braços curtos e cansados.
Já fui amiga protetora, mãe leoa, filha dedicada, namorada (im)perfeita, braço direito, funcionária do mês. Quis guardar aqueles que amo em minha redoma de vidro, fiz justiça com as próprias mãos.
Fiz-me de cega para não encarar, forte para não chorar, menti para não fazer sofrer, omiti para não machucar, ataquei para defender, me escondi para não mostrar, fingi que não doeu.
Quis acertar e só errei, tornei-me egoísta e não vi, me perdi e não notei.
Percebi a gravidade quando tentei voltar e não consegui, senti um vazio que doía fundo, mas não era fome. ERA AUSÊNCIA.

Tabata Costa