Poemas Pássaro

Cerca de 576 poemas Pássaro

ASSIM É PRA SER

Viva como um pássaro
E ame como uma mãe;
Assim, satisfeito, pra si terás
A alegria, que com amor se faz.
Seja humilde pela glória
E, por fraternidade, companheiro desde agora.
Seja amigo por humanidade
E a felicidade, virá por conseqüência;
Alie-se a todos, respeitando as diferenças.
Enfeite sua vida com vitória
E renda-se à paixão;
Fortaleça-se na doença
E, meramente, a tristeza tenha, por que não?

Eduardo Vila Nova

Ausência

Quando você estava ao meu lado,eu me sentia como um pássaro vivendo em cárcere.
Pensei que havia um mundo maravilhoso a minha espera,e que você impedia eu viver.
Fui egoísta em pensar que eu poderia ter mais amor do que você estava me proporcionando.
Errei,errei muito por não permitir viver esse amor que você tanto dedicou pra mim.
Sinto muito,não somente por causa da sua ausência;mas por saber que fui muito feliz sem saber.

Rosângela Santana Barbosa

PÁSSARO

Existe dentro de mim um pássaro
De caráter improvisado
De cor esverdeado, e outra tonalidade alheia
Quando emudece a precaver minhas fronteiras
Neste tempo de voz calada
Não tem canto, nem tem encanto.
Eu já gosto do caráter repentino
Porque quando quer me agradar
Ele canta as minhas infâncias
E me leva a ver outro mundo que já tive.
Do qual eu era donatário, de papel passado.
Quando eu era criança o mundo
Era do tamanho do meu quintal
E tinha quatro fronteiras
Dos limites ardilosos que me espremiam.
O pássaro cantava e me agradava
Já fui protegido por pessoas sensatas e alegres
Risonhos e de conversa boa.
Hoje se avisto um pássaro
Num oitão de uma casa velha
Cantando na minha espera
Eu fico a vislumbrar o seu canto
Observando se ele tem as penas esverdeadas.
O pássaro porém, não lembra
Que já morou no meu coração
De que já foi meu um dia
Que por ser o meu, por meu desatino
Ele pegava vôo mais alto
Que tudo, adiante, mais que as nuvens
Aquele pássaro já foi meu
Hoje adulto é das alturas.

Naeno Rocha

PÁSSARO

Existe dentro de mim um pássaro
De caráter improvisado
Um pássaro de uma só cor
Esverdeado quando é notado
E de uma cor alheia
Quando emudece a precaver minhas fronteiras
Neste tempo de voz calada
Não tem canto, nem tem encanto.
Eu já gosto do caráter repentino
Porque ao seu tempo
Quando quer me agradar
Ele canta as minhas infâncias e o meu mundo
Que já tive, como donatário, de papel passado.
Quando eu era criança o mundo
Era do tamanho do meu quintal
E tinha quatro fronteiras
Dos limites, astuto que nos impunha.
O pássaro cantava e me agradava
Eu tinha no meu mundo pessoas sensatas e alegres
Alegres e diplomatas.
Agora quando avisto um pássaro
Num oitão de uma casa velha cantando na minha espera
Eu fico a vislumbrar o seu canto e me inebriar
Se ele tem as penas esverdeadas.
O pássaro porém, não lembra
Que já morou no meu coração
De que já foi meu um dia
Que por ser o meu, por meu desatino
Ele pegava vôo muito acima.
Mais alto que tudo, adiante mais que as nuvens
Aquele pássaro já foi meu
Hoje adulto é das alturas.

Naeno Rocha

O pássaro está à sair, finalmente sua liberdade chegou; gaiola aberta, janela aberta e o dono a dormir.
Aproxima-se da porta da gaiola, olha para trás e vê sua comida, sua água, seu brinquedo que adora bicar, seu balanço que ao balançar parece estar a voar;
mas voltou o olhar a frente, e, de um salto planado chegou a janela ausente
E ao observar, decidiu a gaiola voltar.

Luan da Silva Leal

O amor é como um pássaro dourado que jamais pode ser contido no espaço pequeno, apertado de um coração humano, gaiola abstrata; ele sempre está voando rumo a outra paragem, lugar; paraíso disponível, a quem tem coragem de vencer os emaranhados liames que nos prende, tolhe, aos apegos terrenos...

A eternidade é verdadeira morada do pássaro dourado; ele, com seu canto mavioso, tenta deixar o seu rastro de sabedoria onde voa, pousa, cativa...

Aimara Maia Schindler

Não ouvi o canto do pássaro, não senti o sol queimar minha pele, não senti o suor descer sobre o rosto.
Não vi a fumaça dos carros, nem ouvi o barulho dos carros, não vi a criança brincar, nem as pessoas rirem.
Nem mulher que chorava por ser traída, nem o desespero do homem que traiu, nem a menina que envergonhada recolhia as roupas do chão.
Não vi o cachorro latir, nem o homem da bicicleta, nem ouvi barulho do bar.
Não tinha música no rádio, não tinha luz, nem o ar em movimento.
Não tinha dor nos ossos, nem entre os músculos.
Lá não tinha abraço nem beijo, não tinha afago ou suspiro, não tinha pele, não tinha o carinho da gatinha que brincava no chão.
Lá não tinha amor, nem dinheiro, só tinha as contas de segunda-feira.
Lá eu só era mais um, em meu silêncio de solidão tumultuada.
Não senti o tempo, nem a vida se passar ao meu redor.
Me sobrou o cansaço, em lapsos dos meus devaneios, me sobrou minha cama, e meu minuto pago de silêncio.
Só mais um dia, e para todos os dias: Resiliência.

Angélica Monção Lima

"Eu gostaria de ser um pássaro"


Eu gostaria de ser um pássaro,
e voar para bem longe,
me distanciar dos meus problemas,
conhecer novos horizontes,
ver a vida com outros olhos
e por um dia deixar de ser eu mesma...

Viver a vida de alguém que está a sorrir,
a chorar, a amar, a perder...
E então perceber que as vidas neste mundo
são tão parecidas...

E quem sabe se depois desta viagem,
eu voltaria com saudades do que eu sou!

Janete Sales (Dany)

O presságio é uma sensação latente , que me acompnha des-
de desde sempre. Com o passaro dos anos , com a maturidade -
se fortaleceu , tornando-se mais vívido.

Nilma Marques Coelho

Sou um belo pássaro de formas perfeitas e harmoniosas.
Protegida por uma plumagem branca, alva como a neve, de-
uma formosura indescritível.
Tomo impulso, alço voô, e ganho o espaço infinito.

Nilma Marques Coelho

O pássaro canta lúgubre
Sem saber teu destino agora.
Um canto fúnebre,
Cantando músicas de outrora...

Quando,pelo egoísmo ficastes sozinho,
Esquecestes da boa vontade.
De ajudar o teu próximo,teu vizinho,
Um simples gesto de bondade!

Apenas tuas obras irão te acompanhar.
Saibas que apenas uma cantoria,
Doce ou triste em teus ouvidos escutar,
Apenas uma melodia...

Então lances continuamente
A poderosa força de vontade.
Que jogada a tua semente,
Frutifique a Semente do perdão e da caridade!

Samuel Ranner

Me sinto como um pássaro preso em uma gaiola.
Das grades do meu quarto vejo a vida passar, os pássaros voando, as nuvens passando ganhando formas inusitadas.
E eu aqui no meu quarto solitária.
De uma certa forma eu gosto da solidão, ela me dá inspiração, me faz pensar no que eu sou, em quem eu me tornei. Me faz refletir sobre tudo que eu fiz, sobre o que eu quero fazer.
Enfim, me faz pensar na vida que eu ainda não vivi. E sinceramente tenho medo de que não dê tempo de vive-la.

A.C.Silva

EU SOU

Eu sou aquele pássaro que canta pela manhã.
Eu sou o vento que sopra a tardinha.
Eu sou o menino que corre alegre a brincar.
Eu sou a poisia que são escritas em uma folha de papel.
Eu sou a pureza de um olhar.
Eu sou o abraço apertado depois de uma chegada.
Eu sou o beijo entre dois apaixonados.
Eu sou a lágrima que escore no rosto depois de um adeus.
Eu sou o sorriso quando você chega.
Eu sou a simplicidade.
Eu sou um sonhador que aposta que o amanhã sempre sera melhor.
Eu simplesmente sou assim.


Meu nome não e segredo mim chamo esperança.

Eglairton magno

Fragmentos I
‎"O pássaro voa sem o peso nas costas,
que é o peso do pecar.
O pássaro não conhece o pecado,
por isso consegue voar”

Jair Fraga

Nesta manhã eu me dei asas para voar!

Eu não sou um pássaro
Porém eu vou abrir as minhas asas e voar tão longe
que talvez eu me perca no horizonte!
Eu vou atingir o impossível,
eu irei até o mais alto nível!
A minha vida não vai ser em vão!
E aonde eu for, eu vou doar o amor
que existe dentro do meu coração!


Eu pretendo ser um ombro amigo
e para os que estão solitários eu terei sempre um sorriso!
A indiferença não pode ser a minha companheira!
Para quem quer fazer o bem não existe fronteira!

Que a cada manhã eu abra as minhas asas
e voe para bem longe do meu ser!
Que eu nunca duvide da minha força,
ela é a razão do meu viver!

Quem vive só a própria vida e se que se esquece dos outros
Paralisa-se, não tem existência
e é semelhante a um mar morto!
Nesta manhã eu me dei asas para voar!
Eu vou além da minha vida e outras vidas eu irei encontrar!
O meu mundo não pode ser pequeno neste planeta tão imenso!

Janete Sales (Dany)

GRÃOS DE ARROZ
Que faz o pássaro quando o grão de arroz que se
preparava para bicar é removido pelo
vendo da borda da janela?
Põe-se a procurar outro grão, pois os celeiros estão cheios.
Deixa, pois, meu amigo, de te preocupar e
sobrecarregar a testa. Não são as mulheres quase
tão numerosas quanto são os grãos de arroz?

Pavilhão dos prazeres proibidos

Você é um pássaro, que voa em meus sonhos..
Você é a estrela, que ilumina minhas noites..
Você é a água, que purifica o meu ser..
Você é o SIM, que alegra minhas vontades..
Você é o NÃO, que me faz lutar e nunca desistir..
Você é a Ar, que me mantém vivo..

Como eu gostaria de ficar sem motivo algum abraçado a você, com nossos corpos colados, quando alguém olha-se de longe acharia ser somente um...
Ficar tanto tempo abraçado a você, a ponto de nossos corações baterem ao mesmo tempo e do mesmo modo, deixando nos sem saber qual é o meu ou o seu, a ponto de não serem dois corações, mas um único coração, vivendo simbioticamente juntos, carnalmente quentes, espiritualmente eternos...

Rodger Saad Rodrigues

Tell me how!

Como ouvir o clamor por misericórdia de um pássaro, quando, para se proteger de palavras humilhantes, você se privou de todos os mais belos sons da natureza?

Como alcança-lo se, para se proteger de visões que contrariem seus desejos, você se isolou em um mundo sem cores, onde reina a escuridão?

Como oferecer a ele o amor necessário para que se cure ou palavras de motivação para que prossiga com
sua jornada se você nem ao menos sabe o que é amor?

Devemos conhecer e reconhecer nossas limitações, mas sempre buscando reduzi-las ao máximo, pois, mesmo que não sejamos capazes de perceber, nossas escolhas e ações não refletem consequências exclusivamente em nós, mas também em todos ao nosso redor.

Vinicius Felix

que fique aqui o meu recado
ó pássaro enjaulado,
sua liberdade é o que importa.
dê chances a ela
e saia por essa porta...

voodoododia

Queria ser um passaro,para em tuas maos pousar...
Subir pelo teu braço,e em teu ouvido falar...
Falar somente o necessario...nao mais que palavras de amar.
Gostaria imensamente,que essas palavras chegassem ate teu coraçao...embalada pela dança da vida...dança do meu amor cançao...
Que os anjos selem essas palavras la céu...pois somente o que me resta aqui na terra,sao apenas o meu amor por ti,na mao caneta e papel.

Samuel Batista