Poemas para Sogra

Cerca de 81 poemas para Sogra

Minha sogra destruiu meu casamento. Minha mulher voltou para casa mais cedo e me pegou na cama com ela.

Lenny Bruce

Minha mulher é a rosa,
meus filhos são jasmim e
minha sogra é a praga que
estragou meu jardim.

Natália alves.. Nathy

Minha sogra me odeia...
Me odeia...
Me detesta...
Calma, calma minha sogra...
Só seu filho que interessa!

Cleusa Prudencio

"Gosto da Rosa Branca por ser linda Flor,
Gosto da minha Sogra por ser Mãe do meu Amor."

Redigitado por Bruna Cunha

Sogra é como a onça pintada, todo mundo quer preservar, mais ninguém quer ter uma em casa.

Ediel

"Em dia de tempestades e trovoadas o local mais seguro é perto da sogra, pois não há raio que a parta."

Desconhecido

Aqui jaz a minha sogra que viveu enchendo o saco, não tendo mais o que encher, veio encher esse buraco.

Natália alves.. Nathy

Seqüestraram minha sogra?
Só acredito se me mandarem a cabeça dela como prova.

Natália alves.. Nathy

PROMOÇÃO: faça da sua mãe a minha sogra envie a palavra SIM com seu msn e concorra a varios beijos

Desconhecido

Gosto da rosa branca porque enfeita no jardim.
Gosto da Minha Sogra Porque fez
Você pra mim.

imerson martinez sel maia

Sogra...

O que é uma sogra...

Existem aquelas mulheres que amam seus filhos, ama mais do que a si mesmo...
Essas mães, tornarão suas noras uma filha... Pq amor gera amor...

Existem porém, aquelas mulheres infelizes, que nunca se sentiu amada por seus maridos, que tem a auto estima baixa... Essas tornarão suas noras uma rival, principalmente se seus filhos forem bons maridos... Essas terão inveja da forma que a outra mulher, teve a sorte de ser feliz, e aí que age a "INVEJA"... Elas não têm ciúmes dos filhos, mas inveja da felicidade daquela mulher nova, que a faz sentir ainda mais inútil..

"Amor gera amor, o que gera ódio é a INVEJA"

Rizza de Morais

Minha sogra me odeia...
Me odeia...
Me detesta...
Calma, calma minha sogra...
Só sua filha que interessa!

Carllonny

Minha sogra já estava buzinando no meu prédio, eu estava com um vestido rendado e de manga comprida azul e com um sapato e bolsa pretos. Nós íamos visitar as boutiques mais chiques da cidade pra escolher meu vestido de noiva e logo depois passar na igreja para acertar alguns últimos detalhes.
Ela estava maravilhosa, apesar de ter 54 anos ela aparenta ter 34, tem um cabelo curto loiro e usava um macacão node, uma carteira node e um sapato azul turquesa. Assim que ela me pegou em casa passamos na casa da minha mãe, que por sua vez, prefere vestir calça pantalona e blusa de ceda com bolsa absurdamente grande.
- Então, qual boutique vamos primeiro? - Perguntou Ises (Minha sogra)
- Olha, eu adoro aquela do Dorsana! - Respondeu rápido a minha mãe (Marina)
- Mas é lógico que a Jacobs é muito melhor que a Dorsana! - Ises e minha mãe se adoram mas vivem em uma constante guerra quando o assunto é o meu casamento!
- Não, não é! Só é mais famosinha. - Minha mãe olhou séria.
- Tive uma ídeia. Podemos ir a Jacobs, Dorsana. Mas antes quero dar um pulo na Sohamerik!
- Perfeito - As duas entraram em acordo.

Não precisamos nem olhar muito, achei um perfeito. Feito pra mim. Ele era rendado e simples, mas não deixava de ser chique!

Mstt

passi pela sua casa
senti chero de café
desculpa minha sogra
mas seu filho um filé

esthefany marques de souza

Minha solidão é na verdade minha única esposa
Com a sogra chamada culpa
E o sogro de vulgo nome "Até que a morte os separe!"
Os dias são ligeiros espasmos luminosos que me assustam ao piscar dos olhos quando acordo.
As noite essas sim!
Essas são minhas irmãs...
Escuras e frias.
As vezes esquenta quando mergulho minha vida nas mais mórbida promiscuidade humana
Me entorpercendo e me tirando da realidade.
Mas quando passa os efeitos,
Mergulho em meu mar
De culpa e até que a morte nos separe.
Esposa solidão...

Rafael rodrigues

Sabe o que significa SOGRA???
S.O.G.R.A.
Sociedade Organizada Geradora de Reclamações e Aperreios

Sábio Desconhecido

Se eu morrer um dia
Quero caixão beliche de três andares!
É para levar comigo minha sogra e meu cunhado.
(Nem morto vivo sem eles!)

Horlando Halergia

Sogra

Sogra é como é chamada a mãe do cônjuge, na cultura popular moderna, a sogra é vista como um fardo a ser carregado e muitas vezes a palavra acaba por adquirir sentido pejorativo.
Por algum motivo me ocorreu, que se tirarmos o “s” de sogra resta a palavra Ogra, feminino de Ogro, cuja definição é um tanto vaga pois varia muito no folclore de um país para outro e mesmo de uma obra literária para outra.
Quase sempre é retratada como uma retardada de aparência brutal que se alimenta de carne humana.
Essas criaturas possuem um cérebro reduzido, o que justifica suas atitudes insensatas, falta de discernimento e sua capacidade de raciocínio reduzida.
Qualquer diferença é mera discrepância, quero dizer, qualquer semelhança é mera coincidência, há sogras...e sogras... mas a maioria traz no DNA a mania de meter o bedelho em quase tudo que um casal normal discute.
Minha sogra caiu do céu...parece que quebrou a vassoura...

Marinho Guzman

agradeco muito a minha sogra
pois ela pode ser uma cascavel
mais fez e carregou dentro de si
e tbm daria sua vida pela pessoa que mais amo
pois quando voce deu a luz ao seu filho
voce deu a luz a mim

pois Deus me fez para ama lo

kizirs

EU E MINHA SOGRA
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Sera que ha lugar para minha sogra no paraiso ? Claro que nao!
Senao ja nao seria mais um paraiso, mas o inferno verdadeiro!
E o diabo perderia o seu reinado e se tornaria um misero jardineiro
Cuidando dos jardins suspensos da nova e infernal mansao

A minha sogra espalharia suas garras sobre toda a terra, convencida
E se iludiria achando que o mundo estaria otimo, misera louca!
Ah! Se eu pudessemos cortar-lhe a lingua e costurar-lhe a boca
A flor , o vinho, a noite e a filha seriam os presentes em minha vida

Ah! eu respeito a minha sogra, mas nao lhe dou minha simpatia
Ja caiu tijolo de alto de um predio perto de minha cabeca
E tenho certeza que foi a desgracada que errou a pontaria

Mas eu ja decidi nao deixar que ela me destrua, nem a minha princesa
Quando ela morrer eu a cremo e a enterro por mais garantia
Sabe o que e, com minha sogra nunca se pode dar moleza

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz

Luiz Islo Nantes Teixeira