Poemas para Chegada da Filha

Cerca de 774 poemas para Chegada da Filha

Porque ás vezes você tem que abrir mão de uma coisa para dar espaço para a chegada da outra.

Clarissa Corrêa

"Tudo na vida depende de um ponto de vista, de partida, de chegada, de observação e do ponto final."

Luiza Gosuen

Deus foi justo em não conceder ao homem o direito de escolher a hora da chegada do amor, porque se pudéssemos escolher, para muitos, ele nunca chegaria.

Carol Gray

A expectativa da viagem, da festa, do sexo, do prêmio, da chegada, do amanhã é tão bom quanto a realização. Aprenda a curtir a expectativa !

Eduardo Volpato

“Com a esperança do amanhecer e a chegada de um novo dia, me perguntei: O que deve ser mais grave: a incapacidade de caminhar, ou a incapacidade de amar? Quantas vezes aqueles que são obrigados a vencer uma quantidade maior de obstáculos chegam mais longe do que aqueles que sempre tiveram o caminho aberto?”

Lupita Fernandez

"As linhas de chegada näo significam que ganhamos,mas sim que vamos começar outra corrida"

Lil Wayne

Desde que nasci te espero...
Desde que cresci aguardo sua chegada.
Até quando amor de minha vida,
Viverei sem ser amada?

Zil Soares

Chegada à noite,
Tornamo-nos então, superiores, ficamos excelsos
Ultrapassamos os limites da experiência possível
No que é Metafísico!
Nas batidas da musica...
Pernas, braços, mãos, corpo, pensamentos, tudo parece estar fazendo parte de uma musica psicodélica!
Transcendemos...
Sem que percebamos
Evoluímos, e crescemos
Com essa eletroacústica
Correndo por todo o nosso corpo

Subimos para um plano superior
Alçamos então, vôo...
Desordenamos, desorganizamos
Perturbamos, atrapalhamos!
Com pés descalços, batendo, sustentamos polemicas
Na areia branca
Atordoamos, fazemos perder o controle
Transtornamos...
Derepente passamos a
Privar-nos da razão, do entendimento,
Desvairamos...
Iludimos, entramos em um completo
Delírio
Neste memento os olhos enchem de cores e flores
Alucinamos...
Tivemos um arrebatamento intimo
Completas admirações, estamos em um estado espiritual de união com o divino,
coisas sobrenaturais...
Ficamos pasmados, assombrados
Encantamos, inebriamos
Percebemos que de uma tal maneira
Através da arte, cultura, musica e dança
Extasiamos!

Fernanda Magalhães

Volto dos meus sonhos com o coração ofegante e a sede de uma felina recém chegada da caça. Assim. sigo em busca de água pura e cristalina.
Ainda que meio cambaleante, entre o sono e o despertar, sigo simplesmente.
Sou um ser noturno. A noite me fascina com seus encantos, e é neste silêncio que encontro minha paz.. E é ali que meus desejos mais secretos se afloram. Então crio forças, e todos os meus sentidos trabalham de forma expetacular, fazendo-me perceber qualquer ruido, qualquer movimento, ou até mesmo, os batimentos descompaçados desse meu coração.

Paro semi-nua em frente aos lençóis desarrumados, contemplando meu habitat natural. Reflito sobre muitas coisas. Olho em toda a volta e volto os olhos para a beleza naturalmente cativante de alguém.. "Nem sei mais se estou acordada".

Um passo a frente, perplexa, imóvel. Com os olhos atentos a cada detalhe. Derrepente.. Num piscar de olhos.. Sinto-me ferida de amor e tomada por uma violenta paixão. Novamente.

Não me oponho ao desejo que de mim toma conta. "Nem a esta hora". Poderia sim, simplesmente deixá-lo repousar em sonhos tranquilos, pois este belo e silencioso sono, desperta a inocência que há em teu sonhar.
E a veemência com que abraças o próprio corpo, demonstra tua forma peculiar de assassinar os próprios pesadelos em busca de anjos e fadas. Concordo plenamente.

Mas não é assim tão simples apagar da memória o que está bem visível e insinuante em minha frente.

..Desculpe acordá-lo a esta hora.

Vivi Black

segunda-feira, 27 de junho de 2011
10:44
MEU SILENCO
É UM GRITO SEM VOZ
UM CAMINHO SEM CHEGADA
UM PEDIDO DE SOCORRO SEM RESPOSTA
UM CHORO SEM LAGRIMA
DE UMA CRIANÇA ASSUSTADA.

Dairini Camargo

CHEGADA

Sua chegada
Pequenas impressões que formam um painel, como num jogo.
Jogo de pequenas pecas que nunca irão se completar.
Painel em branco e preto anunciando novas cores
Pergunto-me quem é você...
Conseguirei realmente saber como é cara desse jogo?
Saberei, saberei que você é real, mutante e único como todos nós;
Como tantos de nós que chegam todos os dias,
Encontros e desencontros, juntos...
Deixando suas marcas, seja qual for a cara do jogo,
Sejam quais forem as formas e as cores que ele se pinte.

Vânia Fontes

Chegadas e Idas...

Acho que a vida se assemelha ao porto
Uma hora é chegada, outra é partida
Um caminho certo, outro torto
Mas nada impede a nossa ida...

Chegam pessoas todo os dias
Algumas que ficam quase “pra sempre”
Outras que vão no outro dia
Pessoas que nos deixam contente,
Outras que nos deixam vazia...

Karina Perussi

Mergulha-te na esperança...
Encare a vida com fé...
Busque sempre a chegada...
Mantenha-te de pé...
Se errares o caminho não tenhas receio em voltar...
É melhor retroceder... que no lugar errado chegar!

Marcelo Rondoni

Nevoeiro

Entre o cais de partida e o de chegada
deste mistério a que chamamos vida,
olhando em volta não se vê mais nada
que o nevoeiro da despedida.
Mal se nasce, inicia-se a contagem
do que temos de deixar
ao longo da viagem.
São contas de sumir, não de somar,
mais de perder do que de achar.
Mas não se tira vantagem
do que lançamos ao mar
e para se ser livre e ser inteiro
importa ousar romper o nevoeiro.

Torquato da Luz

Paixão,
Fui embora, sem demora, era chegada a hora
Se preocupe não,
Em breve voltarei e em seu coração habitarei
E quando nele eu chegar,
Vou bater, vou entrar
E se não deixar,
Se preocupe não,
Ao lado dele vou esperar, cada dia
Cada hora, sem demora e não irei mais embora
Até você abrir, vai abrir , pois precisa de ar,
Nem que seja uma frestinha, sou pequenininha
E posso passar, até pela fechadura sem amargura
Posso entrar, mas se por esta ainda não conseguir
Se preocupe não,
Voltarei a esperar, cada dia, cada hora, sem demora
Sem reclamar,
Até você resolver o que vai fazer,
Se vai abrir ou vai correr,
Se correr, vai sofrer,
Se abrir, vai descobrir,
Que se me deixar entrar,
Vai me amar.

Andressa Noitel

Pés, não me falhem agora
Leve-me para a linha de chegada
Todo o meu coração se rompe a cada passo que eu dou.

Lana Del Rey

A CBF DIZ: "CALA A BOCA DUNGA"; EU NÃO CALARIA.

Aclamado na chegada,
Ele disse que ficava.
Não pensou que a cachorrada,
A espada lhe fincava.

Precisavam de um bode
Pra derrota espiar,
Assim o bobo se _ode,
E seguem a indicar,

Gente com bom patrocínio,
Para as burras entupir.
Pois, burro sem raciocínio,
Com dinheiro vai fingir,

Ser o dono deste mundo,
Com sete palmos pro fundo.
________________________

Pastéis, não diferenciam
O que apenas só viam,

Não sendo racionais,
Sem julgar, gestos errados,
Pois creem ser maiorais.
Ao se tornarem malvados.

Corrompem tudo e todos,
Que querem ter muito mais.
Costumam criar uns modos,
Que os fazem tais e quais,

Às bestas despudoradas,
Pouco importando quem torce.
Esquecem que nas 'peladas',
O fome ronca em morse.
__________________________

Daí vem o futebol,
Minorando o sofrer,
De quem olha o arrebol,
Pensando em renascer.

Talvez perdendo a Copa,
Consiga no voto vencer,
A política que dopa,
Com mentiras todo o ser,

Criando em farsa time,
Ao qual se deve torcer.
Não mais deitando no vime,
Mas lutando e vencer.

Do nosso berço beleza,
CRIEMOS NOSSA GRANDEZA!
_________________________
pinfo@drmarcioconsigo.com

Marcio Funghi de Salles Barbosa

Já é chegada a noite fria , o escuro que podemos ver lá fora,
e com a mesma intensidade por dentro de mim,
o silencio profundo atormenta-me por completo,
nenhum brilho, nenhuma luz , nenhuma estrela para poder olhar,
só enxergo a solidão porque está ao meu redor, bramando com leão feroz
buscando uma pequena fraqueza minha para que ela possa me tragar,
já ouço o som da chuva, nesse momento a LEMBRANÇA vem a mim
como uma espada de dois gumes, cortando meu vazio , me fazendo sangrar,
e hoje aprendi que solidão não é estar em um quarto escuro ,
é pensar que ninguém nos percebe,
mas solidão e voçe estar em meio a uma multidão,
e sentir a falta de uma só pessoa , > VOÇE <

Joabson Cavalcante

"Noite fria"

Já é chegada a noite fria , o escuro que podemos ver lá fora,
e com a mesma intensidade por dentro de mim,
o silencio profundo atormenta-me por completo,
nenhum brilho, nenhuma luz , nenhuma estrela para poder olhar,
só enxergo a solidão porque está ao meu redor, bramando com leão feroz
buscando uma pequena fraqueza minha para que ela possa me tragar,
já ouço o som da chuva, nesse momento a LEMBRANÇA vem a mim
como uma espada de dois gumes, cortando meu vazio , me fazendo sangrar,
e hoje aprendi que solidão não é estar em um quarto escuro ,
é pensar que ninguém nos percebe,
mas solidão e voçe estar em meio a uma multidão,
e sentir a falta de uma só pessoa , > VOÇE <

Joabson Cavalcante

É chegada a hora de partir.
Desligar o telefone e não dizer para onde ir.
Chove frio, mas não molha.
É inverno para quem vai embora.
Aderbal Galvão as vezes me dava razão.
O que me comove é que sempre foi assim.
O mesmo sorriso e não estou contente.
As ruas com um brilho diferente,
Esse que só a noite, a solidão pode mostrar.
No aconchego dos lares à vida passa.
E nem sempre é noite feliz.

Renilmar Fernandes