Poemas Mulheres Morenas

Cerca de 284 poemas Mulheres Morenas

Minha morena
Que me desculpe as loiras,
Mas a minha morena,
É uma das sete maravilhas do mundo:
É uma obra majestosa,
Com suas formas esculturais,
Em ordem e semetria perfeita.
São formas reais que se apresentam,
Com um referencial de perfeição,
Harmonizando-se num equilíbrio perfeito.
Os olhos, a boca e os seios:
Não deixa acolhida para o subjertivismo,
És a perfeição em forma de mulher.

Ricarlosmelo

LINDA MORENA

Sem que se perceba
O encanto acontece
Mesmo que não se conceba
O coração desobedece
E a gente se rende à beleza
Que Deus nos oferece
Na forma d´um sorriso de princesa
Que a cabeça não esquece
Da face jovem ao corpo que deseja
Brasileiramente linda, aparece
A miragem de um brilho que lampeja
Como o sol quando essa vida amanhece
A cor morena, dom da natureza
Juventude feliz que nunca envelhece
Oásis nessa vida de incerteza
Sonho que em mim não adormece!!!

Carlinhos

Conheci...falei com ela ..sua pele morena...seu ar de amiga...nossos pensamntos casados...nos ja eramos antes..seremos sempre no porvir ...porque vive-se momentos em séculos e séculos em momentos

Sincero...o Único

Sincero o Único

Tenho saudade daquela pela morena e macia..
saudade daquele palavreado errado e o jeito que escondia essas pequenas falhas..
saudades daquele jeito misterioso que só ele tem e a maneira que ele usa como defesa pessoal. Dos abraços apertados e dos conselhos que me traziam para a realidade.
Vontade de ver aqueles olhos negros que me envolvia..
Queria novamente provar nem que seja a última vez aqueles lábios úmidos que me tirava a respiração..
Saudade das brigas bobas das mensagens trocadas, as músicas que ouvíamos juntos. dos momentos felizes e até mesmo daqueles que apimentavam o nosso amor
Saudade de dividir a minha vida com você, saudade que se alastra e não me deixa te esquecer

Kécia Anjinha

essa noite tive um sonho
um sonho sereno
sonhei que estava beijando
o seu lindo rosto morena

iranildo

XODÓ

Morena, meu chamego,
Tua ausência me tira o sossego.
Faz-me falta teu afago.
Se não voltares logo,
De saudades me afogo.
Como viver sem teu aconchego?

MANOEL DE ALMEIDA ( Copyright 2010 - Direitos Autorais Biblioteca Nacional - Rio de Janeiro, RJ)

MERCEDES: GRACIAS A LA VIDA!

Morreu Mercedes Sosa, a voz das veias abertas da América morena.
Cantora que fez os corpos de tantos amedrontados se mobilizarem para resistência.
Nos pesados anos de chumbo, os que optaram pela força do fuzil entenderam, e com razão, que suas músicas lhes eram mais perigosas que a luta armada. Por isso, trataram de prendê-la , e deportá-la.
Erraram ao perceber que ela se tornaria ícone de “una Hermana mas hermosa que se chama liberdade”
Erraram também ao não imaginarem que quanto mais as botas pesadas lhe espezinhasse, tanto mais forte ela deixava sair de sua voz e de seu bumbo-engajado, os versos e a alma do poeta :
“Os poderosos podem matar uma, duas ou três flores, mas não podem impedir a chega da primavera”.
Assisti “ la Negra” no teatro Guaíra, quando ela voltava de seu exílio em Paris e Madri. Período de redemocratização do Brasil. Período que estavam voltando as flores. O teatro veio abaixo quando ela cantou

Yo tengo tantos hermanos
Que no los puedo contar
En el valle en la montaña
En la pampa y en el mar
Cada cual con sus trabajos
Con sus sueños cada cual
Con la esperanza delante
Con los recuerdos detrás
Yo tengo tantos hermanos
Que no los puedo contar

Morreu Mercedes Sosa nessa primavera. Sua voz está mais florida que nunca!
Algumas de suas utopias se concretizaram. Outras ainda nascerão de suas canções pois estas não podem morrer jamais.
Eu que um dia a vi esta guerreira ao vivo, continuo ouvindo-a quando empunho meu violão para cantar a canção que traduz o nome de Mercedes: “Gracias a la vida que me há dado tanto...”!

Carlos Alberto Rodrigues Alves

Morena maneira
no Rio de Janeiro
Não se da bobeira

Não é amoreira
não é pitangueira
Mas és Brasileira!

SP. 17/08/2012

Nandochini (Fernando Francischini)

Morena, morena flor,
Algum dia ainda hei de ter o seu amor.

Com sua pele macia, da cor do pecado
Com seu sorriso lindo, me deixas deslumbrado
Morena tu és o desejo de qualquer um.

Quando olhas para mim e dá um sorriso,
Parece até a visão do paraíso.
Quando estou contigo,
Perco até o juízo.

Morena, morena linda,
Me aquece com teu corpo,
Me ilumina com teu olhar,
E com sua voz macia me fazes delirar.

Dançando desse jeito,
Consegue me enlouquecer
Não faz assim comigo.
Meu desejo proibido,
Meu pecado cometido,
Razão do meu viver.

Ás vezes até penso ser um sonho,
Mas logo sei que é verdade ao beijar você.

Te vejo em meus sonhos, Te quero na realidade
Morena, eu te amo de verdade.

Eduardo Almeida

Carta a Morena...


Ah morena morena...

Você me pede um poema...

Eu lhe peço um sorriso...

Você me pede um beijo...

Eu lhe peço um sonho...

Você me pede para escrever para a Lua...

Eu lhe peço paciência...

Poeta Urbano - 030912

“Linda Morena, Que Encanto A Qualque Um !
Alegre ,, Felina ,, Dengosa ,, Vooc Ée Mais ,, Muito Mais Que Uma Rosa Num Belo
Jardim ..... Vooc É Luz Que Traduz "Felicidade" Pra Mim ! ”

Henrique Ferreira

"Morena minha morena do cabelo bonito,

No jardim a flor mais bela,meu pedaço de pecado,

Seu beijo me deixa louco, seu corpo me deixa assanhado,

Seu carinho eu necessito seu abraço eu não abro mão,

Pois mulher igual você, eu não encontro não..."

Carlos Adriano

Morena da pele de cuia
Tens sangue farrapo e tapuia
Na mistura de teu cerne
Teu olhar negro de noite
Por vezes afago, por vezes açoite
Que busco sem encontrar
Pra revelar o que sinto...
Meu desejo de lobo faminto
Em ti, encontra sossego
Minha alma de andarengo
Busca em ti repousar.

Rafael Chiobatto

Já a, mas bela das morenas que a beleza não tem igual olhos, mas que tímidos que esconde o desejo do, mas belo sentimento que brota em meu coração sem medo de errar a resposta esta no meu olhar
Olhado bem à frente você vai ver
Que certo será a, mas verdade que essa não vai existir jamais

Rildo lemes

MOÇA MORENA


Tu tens jeito de menina sapeca,
Projetas um rosto feliz,
Como tu és bela!
Vejo-te como moça mulher,
És tão viva!
Uma donzela moça,
Moça morena mulher!
Tu és o que sempre quis,
Inquieta-me!
Para junto de ti,
Leva-me!
Com teus lábios carnudos,
Adoça-me!
Com teus seios incríveis,
Emudece-me!
Em teu ventre torneado,
Adormece-me!
Faz-me a ti um escravo...
Torna-me um a teu serviço...
Domina-me aos teus desejos...
Faz de minha vontade uma sempre tua...
E em meu querer um sempre detido ao teu.
Moça morena!
Faço-te saber do que serei:
Apreciador dedicado da cor de tua pele;
Admirador incansável da tua figura que me estonteia;
Desejoso ardente do teu corpo.
Em tudo do teu tudo,
Sonharei por infinitas vezes,
Pois, ainda que não me sejas minhas,
Ser-te-ei a ti, moça morena,
Por eternos sonhos meus.

Ricardo Davis Duarte

Morena da cor de canela
Nunca conheci tão bela
Seu olhar é penetrante
Seu sorrso irradiante
Sua boca é um pecado
Que me deixa estontiado
Queria eu poder te beijar
Sem ter pressa para terminar
Queria também acariciar o teu corpo por inteiro
Te abraçar, te beijar, sentir o teu cheiro
Não espero que um dia por mim se apaixone
Só espero que nunca, nunca fiquemos distantes...

Leandro Maciel

Aos teus passos



Ah! Doce morena
Doce poesia
Não passasse um dia se quer
Que não recitasse um poema
Que não agradece se ao dia
Ah! Doce morena
Doce poesia
Teu sorriso me alegra
Teus olhos dizem bom dia
Na rua na esquina por todo lado
Olham seu requebrado
De banda em banda
Passo a passo
A cada momento
Num intervalo de tempo
Tão grande nosso planeta ES
Ficaste pequeno
Aos teus passos.

Sandro Sansão da Silva Costa

Morena


Pra onde vai morena linda
Quero te acompanhar
Esse jeito sereno chama atenção
Pra onde quer que vá
Despertam olhares invejosos
De mulheres que não tem sua beleza
Pra onde quer que vá morena
Quero te acompanhar
Pois serei um nobre cavaleiro
Preste a cortejar
Essa linda morena.
Que alegra essa manhã
Ao passar
O vento em teu rosto
Palmeiras pra lá e pra cá
Assim como teu gingado
Não tem aquele que não olhe
Essa morena passar
É tanto brilho é tanta beleza
Que se perde com horizonte do mar
Na areia anda essa linda sereia
Morena brasileira
Pra onde quer que vá
Vou te acompanhar
Nesse sol de Ipanema
Nessa pele bronzeada
Deixa passar
Nas ondas do teu corpo
Nesses raios de sol
De licença para essa bela morena
Que passa
Pois sou eu quem acompanha
Seu gingado seu rebolado
Sua beleza
Morena brasileira
Vou contigo pra qualquer lugar.

Sandro Sansão da Silva Costa

No momento que sinto meus labios em sua pele morena, macia, sedosa, pulsante junto a orelha,
Suspiro sendo um pedinte de respiração pesada,
Criança sem malicia ao sugar teu seio, mordiscando levemente,
Peço sua licença para te seduzir,
Peço sua sedução para melhor segurar-te em meus braços,
Peço humildimente um olhar de liberdade e prazer,
Peço que olhe-me nos olhos e veja que o que mais quero é o mais puro do Amor,
Sem jogos, truques, manipulações, porque não necessito de tais artificios para ser e faze-la Feliz
Minha entrega é plena e arrebatadora.

C.O.Souza

MORENAS SÃO SUBLIMES, POIS TRAZEM UM POUCO DA NEGRITUDE CELESTE, MISTURADA COM O ALVOR DAS MANHÃS... TEM UM TOM SABOR DE MEL! I LOVE BRUNETTES!

Alnmany Sol - 17/06/2012

Almany - poeta do sol