Poemas em Metafora

Cerca de 54 poemas em Metafora

O drama de uma vida pode sempre ser explicado pela metáfora do peso. Dizemos que temos um fardo sobre os ombros. Carregamos esse fardo, que suportamos ou não. Lutamos com ele, perdemos ou ganhamos. O que precisamente aconteceu com Sabina? nada. Deixara um homem porque quis deixá-lo. Ele a perseguira depois disso? Quis vingar-se? não. Seu drama não era de peso, mais de leveza. O que se abatera sobre ela não era um fardo, mas a insustentável leveza do ser.

Milan Kundera

Se eu pudesse usar uma metáfora, diria que abriram a janela do meu peito e tudo de bom saiu voando. Eu carrego só uma jaula suja e escura agora. Se eu pudesse usar uma metáfora, eu diria que tiraram as rodinhas dos meus pés. Eu deslizava pelo mundo. Era macio existir. Agora eu piso seco no chão, como um robô que invadiu um planeta que já foi habitado por humanos. Mas eu não posso usar metáforas porque seria drama, seria dor, seria amor, seria poesia, seria uma tentativa de fazer algo. E tudo isso seria menos.Não briguei mais por você, porque ter você seria muito menos do que ter você. Não te liguei mais, porque ouvir sua voz nunca mais será como ouvir a sua voz. Não te escrevo porque nada mais tem o tamanho do que eu quero dizer. Nenhum sentimento chega perto do sentimento. Nenhum ódio ou saudade ou desespero é do tamanho do que eu sinto e que não tem nome. Não sei o nome porque isso que eu sinto agora chegou antes de eu saber o que é. Acabou antes do verbo. Ficou tudo no passado antes de ser qualquer coisa. Forço um pouco e penso que o nome é morte. Me sinto morta. Sinto o mundo morto. Mas se forço um pouco mais, tentando escrever o mais verdadeiramente possível, percebo que mesmo morte é muito pouco. Eu sem nome você. Eu sem nome nós. Eu sem nome o tempo todo. Eu sem nome profundamente. Eu sem nome pra sempre.

Tati Bernardi

" O Homem deve alcançar mais do que aquilo que pode agarrar __ e aqui temos a __metáfora__.... "

Robert Browning

"Metáforas - Vida x Morte"

A vida é um jogo de xadrez, a morte é o adversário que sempre vence, e as pessoas são as peças do jogo, que sempre complica nossos passos, por isso temos escolher bem as pessoas com quem vamos se relacionar. Para pelo menos superar as mortes espirituais que temos em nossas vidas. Mas o xeque-mate final é sempre da morte, pelo menos nessa vida. A morte é apenas uma passagem pra algum outro lugar que ainda desconhecemos. Esse é o papel dela em nossas vidas, nesse jogo. Por isso temos que jogar bem, para garantimos um bom lugar.

8run0

Podem rir por eu colocar uma estrela no final, toda vez que eu assino meu nome,mas é uma metáfora, e metáforas são importantes, significa que sou uma estrela

Glee

Lei: é preciso tirar esse projeto do papel.
Justiça: é preciso decifrar a metáfora e aplica-la.
Democracia: é preciso falar a verdade para o povo.
“Ordem e Progresso”: é preciso deixar de ser uma frase.
Liberdade: Quem ainda falta morrer por ela?

Brenon Salvador

Sério.
Eu nada represento.
Não escrevo por elogios.
Há uma necessidade das palavras.
Há metáforas e suposições.
Não há compreensão perfeita.
Eu não me exponho, enfim.
Deixo palavras soltas.
E as idéias se vão.
Se montam e desmontam
De formas diferentes
Ou vão-se com o vento
Das individualidades.
É como um escape
De intensões e tensões.
É a liberdade de brincar
E não ferir.
E as segundas e terceiras intenções
São privilégios de quem também quer brincar
Sem amadurecer o bastante
Para interromper o ciclo.

Pisca e vê, e nada sente.
Vê e sente, porque pisca.

Lilian Seiko Kato

Metáfora
O rio, em pânico, prestes à queda,
Olhando para traz, vislumbra toda sua bela obra,
Lamenta perder seus investimentos.
Receia as mudanças que estão por vir.

Correndo ainda no mesmo passo,
Segue seu caminho em direção ao desconhecido.
Intempéries, cachoeiras, corredeiras...
Nada impede o seu trilhar.

O medo ainda o apavora,
A dúvida constante o instiga,
Mas a certeza de que deve seguir jamais o abandona
E enfim a nova realidade infinita o recebe de forma inesperada e feliz.

Aqui também é bom,
Aqui, agora, é ainda melhor;
Ainda mais tranquilo.

Cecília Lemos

MULHERES
A mulher é como
um anjo que nos
dá o prazer de amar.
A mulher é como
uma metafora.
A mulher é como
uma esfera de
brilhantes.
A mulher é como
uma esfera que
obtem o sinal
de brilhantismo
seus olhares.
A mulher é como
um esconderijo
de sentimentos.

Machadinho Kaka

Tua beleza é algo incomparável.
Desafio os poetas a encontrar a
Metáfora que descreva tua beleza.

Fabricio Canalis

Me aparece assim, de repente
na noite mais fria, sem metáfora
mas sonhadoras…
esquenta, nuvens, abraça, chove
E eu li outro dia uma frase de Quintana
que dizia… “tão bom morrer de amor
e continuar vivendo”
Pensei, enquanto o carro partia…
“tão bom acordar e continuar sonhando”

Josane Hodniki

Metáfora

Sou feito do medo
da coragem e da razão ,
Sou forte sou fraco
em um mundo confuso
em que todos lamentam ,
elogiam, e resmungam .

Sou um pássaro que voa
Buscando a liberdade
Rasgando o céu
por sobre a cidade ,

Sou forte, sou fraco,
uma esfera a girar ,
no eixo da vida que
não pode parar,

Sou feito do medo
da coragem e da razão ,
Sou forte sou fraco
em um mundo confuso ,
em que todos lamentam ,
elogiam, e resmungam

joaquim gomes alves

São Nunca
A metáfora do fim aproxima a véspera
Ainda que esta relute na omissão literária do tempo nunca
Agora é nunca...
Nunca lembrar
Nem arrepender
A véspera
Exaspera o tempo corrente
Iludido
Elodido...
Doído sempre...
Interpreta a eminência do finito
Se abriga amanhã no amanhecido
No fatídico grito de ontem
Que larguei ainda agora
Enquanto passeava pelo nosso enquanto
Tão contínuo e acreditado da véspera
Desse dia que ainda virá em tempo algum.

Naty Parreiras

Uma metáfora

A nossa história não chegou ao fim.
Apenas adormeceu nessa estação,
Mas segue germinando
Para florescer numa outra dimensão.
Adormeceu numa metamorfose
Precisa e dolorida
Em busca da liberdade e da beleza
Da sua própria maturidade.
E como as folhas que caem no outono,
Deixou vazio os ramos que desenham o coração.
Mas ele sabe que em uma vindoura primavera
As flores irão desabrochar,
Encher de alegria e colorir a vida
Por hora tão sentida.
E a mim, resta nesse recolhimento
O reconhecimento abnegado
De que não era a hora determinada.
Esperneei, lutei, sofri, chorei e quase me entreguei.
Amarguei todas as dores que aguentei.
Expurguei a solidão e fiz do coração
Um umbral de dolorosas sensações.
Fazes da metamorfose
Que agora me faz entender
A importância da liberdade
Que eu nunca soube dar
E nunca soube ter.
A gaiola se abriu e me recusei a voar,
A vida me empurrou penhasco abaixo
E aprendi na marra, alçando voo solo
Sem a presença da sua mão.
Estou em pleno sono outonal.
A força dos meus sentimentos,
A certeza do reencontro,
A imensidão do meu amor,
Me farão completar a metamorfose
E conseguir a leveza necessária
Para numa outra primavera,
Revestida de borboleta,
Ser eu inteira.
Então merecerei a tal felicidade.

Nanevs

Paradoxo Poético

A metáfora para o tolo
É como em discurso para o surdo
Não pode ser assimilado

Um poema sem simetria
È um tortuoso caminho sem destino
É um desperdício de tempo
Não á nada por lá, nem final nem infinito

Assim como o ferimento que não dói
E não nos ensina a viver
Não nos ajuda a se erguer
Só nos faz definhar

Arthur Xenofonte

Meu jazz

Pode-se chamar de jazz tudo o que não soa convencional.
Uma metáfora.
Uma ruptura com o fixo, o estável, o estático seria jazz.
Uma mudança de padrões estabelecidos.
O não-convencional é jazz.
Já o meu jazz não é como os outros, posto que, eu... com os outros não me pareço.
Cada um é cada um, um universo em si mesmo.
O mundo é de dois lados, bipolar, dicotômico.
Há os que dançam e os que pensam, e os que pensam também sabem dançar, pois pensam, logo dançam. Embora haja quem dance tanto que não pense. Há também quem tanto pense que se negue dançar. Ora, pois, é uma grande desfeita contra a vida não dançar. Sim, Nietzsche, tenho visto Deus dançar uma balada romântica e ensaiar os passos do frevo com grande entusiasmo. Enfim, há quem dance e pense. Eu porém, quando penso, costumo dançar.
Sou o que você poderia chamar de um cara de esquerda, como foram os gênios e os revolucionários em tempos e tempos. Você não deve ser muito diferente de mim se...
Meus acordes soam dissonantes. Minha voz destoa, mas não chego a ser desafinado. Sou assim um outside. Às vezes sôo atonal como jazz, aliás, quem poderá entender o jazz para então poder apreciar a bossa nova, bossa nossa, bossa minha, o meu jazz.
Comecei tocando na igreja, mas desde as primeiras noções, optei por uma linha musical nada ortodoxa. Minha música era maior que eu, embora não fossem, ainda, os meus motivos. Ora, o que e grande precisa de espaço. Assim é minha vida. Assim é minha música, o meu jazz.

CRISTIANO ROSA

A noite é o novo dia

Metáfora são estas palavras que escrevo já no entardecer,
Candentes emoções escritas na alva frialdade destas letras,
Aproximação súbita dos versos que me parecem distantes ...
A noite nos transporta até o amanhecer!

Essas palavras perfazem imagens,
Põe retratos diante de nossos olhos.
É necessário que um sonho seja devaneio para que algo aconteça?
É necessário que um certo sonho seja quimera para que algo seja dito?

Em certa medida na ausência do imaginário,
É possível abandonar-se na realidade!

Noites raramente comentadas,
Contudo dias não menos fundamentais.

Ottavio Lourenço

Não gosta de mim? Vai catar coquinho..."Isso não é uma metáfora".
Engula este sapo... "Isso é".

—By Coelhinha

(Abnizia) By Coelhinha

metáfora
por Celso Roberto Nadilo

Meus sonhos morrem na minha eternidade,
olhe para meu coração sinta ele não bate mais,
meus olhos vertem o sangue,
minha alma perdeu se em um sonho,
meu corpo deixo esse mundo,
apenas meus sentimentos
ainda aqui estão
na tua frente...
minha vida foi livro que se acabou
em um mentira...
tenho sonhos reais,
meu tempo acabou alimentando tuas vaidades,
morrer não tão mal diante a vida que tens,
um copo com veneno que bebi horas atrás...
dei resto dos meus desejos.

Celso Roberto Nadilo

Metáfora
por Celso Roberto Nadilo

Meu estou mau
que será
te cuida
estou com vontades
hum
melhoras
vou ver meu amigo
hum ta bom vá
se cuida
está melhor
á um pouco né
hum
isso dever ser da lua
sim se cuida
ainda não estou bem...
estou com dor de cabeça
ele me chamou para sair
ta bom de cuida
estou vomitando tanto
estou com desejos
rir ou chorar tanto faz
te cuida neste momento de alegria
????????????
remonto alguns detalhes
tudo bem ate mais te cuida
olha como esta
bem me cuidando
que bom
vou vivendo
como esta hum nove
messe se passaram
estou bem
se cuide ate um dia.

Celso Roberto Nadilo