Poemas Despedida

Cerca de 515 poemas Despedida

Toda despedida é dor... tão doce todavia, que eu te diria boa noite até que amanhecesse o dia.

William Shakespeare

Despedir-se de um amor é despedir-se de si mesmo. É o arremate de uma história que terminou, externamente, sem nossa concordância, mas que precisa também sair de dentro da gente.

Martha Medeiros

A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração.

Desconhecido

Não chore nas despedidas, pois elas constituem formalidades obrigatórias para que se possa viver uma das mais singulares emoções da vida: O reencontro.

Richard Bach

Despedida

Eu não podia imaginar as coisas que me aconteceriam, o início foi incerto, confuso e incomum, onde todos os estranhos fariam parte da minha vida, onde todos os cantos teriam histórias escondidas. Aqui passei os melhores anos de minha vida, fize amigos, muitos dos quais, me acompanharão para sempre. Por isso tenho que comemorar!

Esse é um momento especial! É hora de olhar para trás e ver por tudo o que já passei. Sem dúvida, muitas tristezas e conflitos mas, felizmente, por inúmeros bons momentos, de alegria, de vitórias e de cumplicidade.

Devo esquecer aqueles que me impuseram obstáculos infundados e agradecer àqueles que me impulsionaram adiante. É hora, mais do que nunca, de valorizar as amizades e os conhecimentos adquiridos aqui.

Desconhecido

É difícil suportar,
A dor da despedida,
Principalmente quando a partida,
É para nunca mais voltar.

Jair de Assis

Momento despedida


Saudades sentirei
De todos as conversas e risadas jogadas ao vento,
De tudo o que vivemos e passamos....
Neste tão curto tempo...
Mas o bastante, para mudar conceitos já pré-estabelecidos
E consolidar uma amizade....
Dividimos, não só uma sala, mas sim sorrisos, lágrimas e expectativas futuras...
Pode ser, que nos separemos....e que talvez nem nos reconheçamos daqui alguns longos anos...
Mas valeu a experiência de termos compartilhado momentos que ficarão para a vida toda....
Obrigada pela sua amizade.

Michelli Lenzii

Pra que
Sofrer com despedida?
Se quem parte não leva,
Nem o sol, nem as trevas
E quem fica não se esquece
Tudo o que sonhou, eu sei
Tudo é tão simples que cabe
Num cartão postal
E se a história é de amor
Não acaba tão mal.

Rita Lee

O BEIJO

Guardo teu beijo, terno beijo, na memória.
No outono cinza, a despedida, último adeus,
como se foras sem deixar-me uma esperança
de reviver o teu carinho e os lábios teus!

Amargurando o teu partir, restou-me o beijo.
Sonho desfeito, nem as folhas esqueceram,
no farfalhar, de relembrá-lo nas canções,
brincando algures junto às brisas outonais!

As estações se sucederam desde então!
Alma constrita, olhar perdido no horizonte,
dei-me ao letargo dos impulsos lascivosos!

Trago a utopia de uma espera que me aturde!
Cedo o destino e a vida; ao tempo, entrego a morte,
mas na esperança de beijar-te uma outra vez!

Antonio Kleber

Canção Da Eterna Despedida

A noite é linda
inda palpita no mar
a lua cheia a se esvair em luar
Vem, ó minha amada
e fica linda e sem véu
como essa lua no céu

Eu sou o mar
Ó meu amor, diz que sim
E vem pousar o teu luar sobre mim
Vem que todo dia
cada noite tem um fim
só para nos separar

Ai, minha amada
madrugada chegou
e a sua luz me diz que devo partir
Mas meu coração
não compreende a razão
de me arrancarem de ti

É tanta a mágoa
desta separação
que já meu corpo chora a falta do teu
Que esses cantos meus
são como prantos de adeus
por me arrancarem de ti.

Tom Jobim e Vinicius de Moraes

Despedida de nós

Hoje estamos partindo de nós
Não sabemos aonde o amor se perdeu
Tudo o que fizemos e sonhamos
Tanto amor e carinho
Deixamos pelo caminho

Hoje estamos nos despedindo
Com incertezas, dúvidas, saudade
Nos olhamos, mas os olhos
Marejados pela tristeza
Não conseguiram se encontrar

Não tivemos tempo para um abraço
Como no primeiro encontro
Não tivemos tempo para um sorriso
Como tantos que o tempo nos deu
O mesmo tempo que agora
Diz que nosso tempo acabou

Tempo!
Por que não parou naquele exato momento
Do carinho, paixão e alegria
Por que não parou naquele instante
Do beijo roubado, do carinho ousado
Do amor bem feito
Por que, tempo?

Tinha que ser desse jeito?
Resolveu parar logo agora
Na hora da dor
Da saudade
E da falta que faz
Um grande amor
Por quê?

Jorge Luiz Vargas

Despedida (II)

Ao dizer, te amo
não estarei mentindo,
mas partindo,
pois, quanto mais te quero,
mais longe eu me sinto.

E, creia que não minto
te amo.
Estarei te amando
quando dizer
adeus.
E meus olhos
molhados
te dirão – querida.

Saberás então
que tentei cruzar
o abismo, mas caí.
Caí no vazio
da solidão,
desse passado,
dessa angustia
de saber que somos dois
e jamais seremos um.

Adeus amor,
ilusões,
felicidade.
Corra para o vento
de sua idade,
seu mundo.
Viva a vida plena,
sem preconceitos,
sem a não compreensão
de outras épocas
que represento.
Seja você
e não eu
Adeus….te amo!
(1971)

Victor Motta

ASTRO REI

Tristemente desce o sol pela colina,
sorrindo em doce despedida
do campônio que o saúda alegre.

Quantas histórias ele sabe?
Todas.
Não descansa nunca, não pode parar.
Muitos já o saúdam na chegada,
do mesmo modo que por alguém
foi saudado na partida.
Ele segue seu ciclo,
são outros lugares, outras gentes,
conhece a todos.

E sorrindo em doce despedida,
tristemente desce o sol
pela colina.

Victor Motta

NEOQEAAV

(N)essa despedida de outono,
(E)u disse adeus querendo ficar...
(O)doce encanto entre nós dois,
(Q)uebrou!!!
(E)u nunca te prometi um final feliz!
(A)gora não há mais riso, não há mais canto...
(A)gora só há lembranças, doces momentos pra recordar.
(V)ocê nunca me prometeu que não me faria chorar...

(Nunca Esqueça O Quanto Eu Admiro Adoro Vc,JB)
01/05/2008

NEOQEAV

POEMA DA DESPEDIDA


Não saberei nunca
dizer adeus

Afinal,
só os mortos sabem morrer

Resta ainda tudo,
só nós não podemos ser

Talvez o amor,
neste tempo,
seja ainda cedo

Não é este sossego
que eu queria,
este exílio de tudo,
esta solidão de todos

Agora
não resta de mim
o que seja meu
e quando tento
o magro invento de um sonho
todo o inferno me vem à boca

Nenhuma palavra
alcança o mundo, eu sei
Ainda assim,
escrevo.

Mia Couto

Soneto de Despedida

Te peço desculpas por estar indo embora
Assim tão de repente, sem sequer avisar
É que meu coração cansou, e não é de agora
Vem de muito sofrer, vem de muito queixar

Sei bem querida que te jurei amor eterno
E prometi por nada no mundo te abandonar
Mas de repente o meu céu tornou-se inferno
Por minha vida te dar e mais nada ganhar

Pode até pensar que tenho outro alguém
Mas te juro querida, não tenho ninguém
Somente cansei desse seu desprezar

E este é tanto o motivo de meu desalento
E mesmo te amando, aqui neste momento
Estou indo embora pra não mais voltar

André Moraes

SER POETA



Ser poeta é fazer de cada despedida uma saudade

É ter nas mãos os sonhos, vivê-los de verdade

Chorar, sorrir, sem medo de viver.

É despir-se perante tantos espelhos

Amar a vida e, de joelhos,

Agradecer a Deus em cada anoitecer.

É cantar e amar cada minuto vivido

É acordar desejos adormecidos

Colher da vida os frutos da paixão.

Ser poeta é amar intensamente

Ter o passado como futuro tão presente

Fazer da vida sempre uma oração.

maricell

ÀS vezes não basta um adeus para uma despedida...
ÀS vezes e preciso mais que um deixar de pensar pra si esquecer
Às vezes não resta mais nada a fazer, mas ainda resta uma esperança.
Às vazes deixar de pensar não leva ao esquecimento
ÀS vezes ser politicamente correto não vai mudar o mundo
Tem dias que o sol nasce, tem dias que não.
Tem horas que passam despercebidas, mas tem horas que não passam...
Tem momentos totalmente especiais, mas tem momentos muito insignificantes.
Tem sentimentos alegres, mas também tem os sentimentos de tristeza...
Amar nem sempre e possível de fato... Mas um dia si descobre o verdadeiro amor...
Ser puro nem sempre e bom, mas um dia si descobre que e preciso ser puro de corpo e alma...
“Amigos não existem e o que mais si ouve...”.
Mas nunca foi dito que e preciso não deixar de pensar, não perder a esperança quando não resta mais nada a fazer...
Nunca disseram que não se podia parar de pensar, nunca disseram que uma amizade tem o dia de sol e o dia de chuva por Isso se descobre quem e amigo, por estar ali ao teu lado nos momentos bons e ruins...
Nunca disseram que quando estamos ao lado de um amigo tem horas que passam correndo, mas marcam pela intensidade... Nunca foi dito que os momentos de brigas de uma amizade verdadeira são insignificantes diante dedo perdão dado com tanta pureza...
Nunca foi dito que em uma amizade os sentimentos alegres são todos aqueles vividos com intensidade... E os de tristeza o que si divide com o outro na dor...
Nunca foi dito que quando si tem um amigo de verdade aprendemos a AMAR de fato... Descobre - se o amor puro como o de uma criança...
MAS SOMENTE ENCONTRA TUDO ISSO EM UMA AMIZADE QUANDO SI E PURO DE CORPO E ALMA...
E COMO NINGUÉM NUNCA DISSE ISSO AGORA DEIXO AQUI MINHAS PALAVRAS SOBRE UMA VERDADEIRA AMIZADE E UM VERDADEIRO
AMOR=]
By: NAY

NAy s2 XUh

Como conter essa Dor
Dor que não passa
Marca na alma
Solidão ou desilusão
Ou uma despedida
Dor na consciência
Ou no coração
Dor que destrói
Fica na lembrança
Provoca ferida
Ferida que não fecha
Dor que o tempo ameniza
Mas não cicatriza.

Rubens Blanco

Despedida

Se minha presenca nao mais satisfaz,
entao desfaça dela sem me satisfazer,
todo orgulho eu deixo pra ti,
nao preciso disso para viver...

aecio oliveira