Poemas de Tesão

Cerca de 52 poemas de Tesão

"Náusea,
Ânsia...
Fome de ti.
Provar, degustar...
No balé das almas, fundir os corpos...
A luz faiscante de nossa fusão...
Sufocante, suficiente.
Num lampejo, num relâmpago...gritar,
deixar levar...
Se permitir morrer.
Parir o amor.
Calar o cérebro, num frêmito invisível,
lampejo e paz..."

Melissa Liago

são 04h, muito frio. há tempos não sabia o que era isso em Ribeirão Preto.

não há gemidos nos apartamentos vizinhos, todos dormem e o silêncio reina. lá fora chuva e um pedido de socorro, rompe com a paz reinante.

uma voz feminina suplica que a deixe; que ela não quer ir, quer ficar ali. em outros momentos, quer ir. mas só! sem a companhia, que nada fala — presumo só acompanhar ao largo, de um lado a outro da calçada.

nenhum carro na rua, nem sons a interromper o capítulo dessa novela. ela chora e ri num desafino descompasso, lembrando talvez mais dos drinks de que a música que a embalou no início da festa, que sabe-se lá como terminou, ou não!

penso em deixar a cama, abrir a Frisa e ir acompanhar o desfecho do romance "frozen in the rain". as cobertas que me acompanham não permitem e me abraçam mais forte de encontro à cama. tento com esse trio aquecer-me para o final da madrugada e colo mais um travesseiro ao ouvido — ajuda também a esquentar —, mas a voz feminina, lá fora teima em reinar. não é um Romeo, Romeo... nem tampouco tomate cru que ela procura na feira — por sinal distante daqui — . e, ela continua a berrar, algumas palavras que se parecem com isto.

milésimos de segundos se passa e seus sapatos começam a dividir com o som da chuva a quebra do silêncio que antes reinava, na pista. uma dança sem música, no asfalto molhado. ele, enfim berra e pede para que ela volte. é então que eu noto a companhia, é um homem.

abri a Frisa, quem sabe para ajudá-la, quem sabe para me devolver o sonho e, aquecer o corpo. vejo que ela não resistiu, preferiu o Romeo. ela aceitou-o e foram em busca dos tomates.

agora sim, o tempo vai esquentar e logo, logo, o sol é quem vem reinar!

Luze Azevedo

E de repente me ví 40 ...

Me vi mais solta, me vi mais eu ...
De repente descobri caminhos , descobri atalhos , aconteceu ..
Descobri prazeres , labirintos que achava extintos no escuro breu ...
Me vi mais gente, em novas cores, novos amores...
Senti minha pele arder desejos , e minha boca sorver mais beijos !
Descobri minha alma mais leve e solta , como se fosse um beija flor ...
Senti carências , superei ausências , sentí mais gosto em fazer amor!
Descobri meu corpo , tesudo, louco , ansiar afoito por mais e mais ...


Aos 40 me descobri Mulher ....

Marlise Julião

Repare mais em mim,

olhe em meus olhos,

veja que eles te seguem

sempre com um brilho de admiração

Repare mais em mim..

Veja minha boca,

carnuda,lábios úmidos e entreabertos,

sempre a espera dos lábios seus !!

Repare mais em mim..

Veja minhas mãos,

que roça em seus braços

que desliza em seus cabelos,

e está sempre á procura das suas ...

Repare mais em mim...

Na batida de meu coração,

que dispara aturdido

a cada vez que você se aproxima !!

Repare mais em mim...

Veja meu corpo ansioso,

trêmulo,e que arde

de tanto desejo por tI !!

Repare mais em mim..

Nas minhas pernas,

em meus pés,sempre voltados para você,

lado á lado com você !!

Repare mais em mim..

Em minhas coxas roliças,

macias ,envolventes

doidinhas pra enlaçarem as suas !!

Repare mais em mim...

Sinta todo o amor ,

que eu sinto por você ..

E você não repara em mim …

Marlise Julião

Disseste com teus olhos mais que mil palavras,
Sobrevoa-me com pensamentos férteis
e da tua boca encontro palavras de felicidade.
Antes e depois fazem nosso agora, te gosto!
Maravilhoso é sorrir com motivos bobos
e morrer de rir pelas desgraças...
Esperar antes de tudo é devastador, entretanto,
esperar pelo depois é mesmo uma prova de amor.
Somos que devemos ser, erramos pois devemos aprender!
Encontramos a melhor forma de viver, estando vivo e vivendo.
Existir sem se encontrar é viver sem entender,
Insistir sem entender é deixar de se encontrar,
evoluir o sentimento é elevar o sorriso e contentamento,
a lugares que jamais poderia ter ido,
se não fosse a loucura e o prazer de ter alguém pra amar.
De certo que a vida ainda vai construir muitas paredes
e colocar abismos para impedir o caminhar,
hoje não é problema, pois com força de vontade e inteligência
faremos escadas e pontes, atravessaremos os montes
pela certeza que é assim que vamos andar!
É de certezas e vontades, de sorrisos e olhares
que vamos deixando os batimentos muito mais singulares,
vivendo nosso filme de ação, comédia, romance, paixão. E o melhor de tudo, sem roteiro, o final é uma eterna continuação. Coisas que só nós, loucos, sabemos entender de verdade!
Nossas histórias e liberdades, de ser quem somos,
sem máscaras, com reciprocidade, sem fados, sem maldade,
Deixando fluir a eterna vontade do coração!

Messias Junior

Já não tinha como esconder.
Era visível aos olhos mais experientes.
Era tanto amor por ela que eu não sabia mais o que fazer.
Não havia outro lugar no mundo que eu desejasse tanto. Estar naquele abraço sentindo o toque dos lábios era a droga mais enebriante, a viagem mais louca, o vício mais perfeito.

Gino Sanches

Gosto do seu toque,
Do deslizar dos seus dedos pela minha pele.
Gosto da delicadeza que me causa arrepios,
Gosto da firmeza que me faz querer mais...
E eu quero mais, muito mais!
Quero mais você dedilhando em mim...
Deslizando sem fim...
Tortura ou prazer?
Os dois pra mim,
Me levando sempre, cada vez mais e mais,
Te querer!

Célia Cristina Prado

Célia Cristina Prado

Do Amor

Lembro de cada pinta em sua pele
E de cada particularidade do seu corpo.
Absorto me recordo de cada beijo seu
De cada instante que me pertenceu.

Todo dia cedo, eu peço para Deus
Para ele dar-te um amor maior que o meu
E se não for pedir demasiadamente
Que o seu amado em definitivo seja eu.

Seu jeito de apenas observar a vida
E de se tocar intensivamente e com carinho
Me faz subir desejos e calafrios pelo corpo
Me enterneço todo com o seu amor por animais.

Sua beleza me faz a deixar sem graça
Quando como uma obra de arte, a venero.
Meus abraços escandalosos a deixam zonza
E nossos beijos demorados quase arrancam a pinta que tens na boca.

Você me rouba o sono e a vida quando estamos separados
E me devolve a vitalidade e a paz quando estamos juntos
Sofro em abstinência quando está distante
E sou o ser mais completo e feliz quando está presente.

Edson Luiz

O meu desejo nesta noite,
É teu beijo e o aroma que exala do teu corpo;
O calor contagiante das suas mãos a me tocar,
O arrepio ao te sentir na minha nuca a respirar
Despertando os meus sentidos
Aguçando a libido enlouquecendo-me
Com sussurros delirantes no ouvido
Os beijos e abraços apertados,
Em meio aos nossos corpos já despidos e suados,
A tua mão passeia e desvenda cada parte do meu ser
Com um misto de mordidas e carícias puxões e levantadas,
Viramos petecas sendo atiradas contra uma parede e outra
Deste quarto mal decorado;
Em fim a cama e encontrada nos atiramos
Então você despe-me do salto e retira-me a lingerie com a boca
Deixando-me mais louca Me tortura com tal ato.
Cobrindo com beijos o meu corpo
Após me amarrar junto às grades da cama,
Contorcendo de excitação
Com você transformando
O meu corpo no seu parque de diversão
E nesse brinquedo deixa nos perder
Fazendo nossa fonte de prazer,
Gemidos se confundem a essa altura
A sua mão levanta a minha cintura
Libertando-me das grades ao me beijar...
Agora eu te mosto,
O quão eu solta posso,
Contigo entre os meus braços, te conduzo pelo quarto,
Levo-te pra mesa no canto te sento beijo, lombo te ama...
Minha linda, agora te faço,
Morrer de prazer em meus braços, Seu corpo se treme e gela... Tão bela
O teu líquido é o alimento que preciso teu perfume o aroma que aguça
e os teus braços o cobertor que aquece o meu corpo nu.
Agora tu dormes no meu ombro,
Como num encanto, mulher que enfeitiça,
Ao despertar com um sorriso de me beija, balançando a cabeça,
Há essa noite o prazer nos cercara,
E o seu sono será apenas pausas amenas
Essa noite seremos só eu e você e morremos várias vezes de amor e prazer...

Armanda Fernandes Barreto

Procuro seu amor possível,
Onde o único momento que me perco minha paz,
E no desespero de encontrar sua boca.
O único momento que perco meu juízo,
É nas palavras que te digo, procurando te provocar,
para que me pegue, me segure forte,
E mostre que pertenço a ti...
Sim, te desafio.
Preciso de você assim !!!
Preciso me doar a este amor possível.

Cristy Paes

No escuro do quarto,
Olhos fechados,
Te imaginando,
Te sentindo,
Te buscando,
Nesse instante,
O mundo parou para nós dois...
Te amo, te chamo,
Nossas línguas se encontrando,
Nossas mãos,
Num frenesi urgente,
Nada mais importa,
Congelamos nosso instante,
Se o mundo acabar agora,
O que importa ?

Cristy Paes

"QUERO SER... TUA MULHER!"

"Quero ser a companhia de sua alma solitária...
Ser o motivo do seu sorriso escancarado...
Quer ser àquela, que mudou a sua vida
Àquela que te trás paz...
Que te faz sentir-se novamente um rapaz...
Com uma vida inteira para amar...

Quero ser àquela, que entrou na sua vida para ficar..
Àquela, que acordará todas às manhãs Do lado direito da tua cama Deitada em teu peito, sentindo teu calor
Depois de uma noite de amor.

Permita-me ser Teu Sonho realizado
De ser o alguém que te faça sentir-se amado...
E que esteja sempre ao teu lado
Para o que der, e vier...
Quero que faça de mim, tua mulher!"

Dedicado a Rick Jones Anderson

Suellen O. Jones

Já falei de você...

Já falei de você pro meu lençol, minha cama e cobertor.
Falei do seu corpo, teu sorriso e do seu cabelo.
Falei de sua boca, sua força e do seu cheiro.
Falei do quanto eu me sinto bobo perto de você.
Uma criança excitada pela pela primeira vez na vida.
Eles já sabem, te tanto eu contar
quantas loucuras eu faria com você.
Então eles me perguntam:
O que ela tem que te fascina tanto?
E eu não sei responder...

Chris Borges

O AMOR...
Entender o que se passa dentro de mim, turbilhões de sensações maravilhosamente inevitáveis, sorrisos abertos, no silêncio só pensamentos leves, suspiros, cantorias, disposição, um colorido que só eu enxergo! Me enfeito, um cheiro, um apreço, hum! desejo!
Palavras doces, corro, encontro! PRECISO! Quero hoje, quero sempre...

NN

NARA NUBIA ALENCAR QUEIROZ

Ainda querendo entender o que você fez comigo.
Tem coisas que simplesmente não tem explicação, essa sintonia, essa conexão tão forte e arrebatadora desde o primeiro olhar.
Olhar com toque, sem ao menos encostar. Isso pra mim nunca existiu.
Mas isso finalmente foi sentido.
Só me pergunto: Por que nessas circunstâncias?
Agora quero você, será uma luta, mas vou até o fim, por nós.

JuH

Fogo de amor

Na madrugada fria e silenciosa,
Rolo na cama com meu corpo nu,
Acordo com o calor do seu corpo,
E tudo parece estar em chamas.

Sinto sua pele suada colada na minha,
Seus lábios quentes e úmidos,
Minha língua dançando em sua boca,
Um balé divino de calor e de paixão.

O suor do meu corpo pinga sobre o seu,
Sinto seu coração na batida mais forte do meu,
Corações disparados, corpos colados,
Me enrolo loucamente em seus cabelos.

Minhas mãos percorrem sua pele ardente,
Minha boca desvenda sabores quentes,
A respiração é ofegante e cadenciada,
No ritmo alucinante do sangue em suas veias.

Aos meus ouvidos só gemidos e sussurros,
Barulhos ardentes de amor e paixão,
E no calor insano dos seus braços,
Chego ao ápice da minha loucura.

Estou deitado sozinho na minha cama,
Meu corpo molhado, meu sono abalado,
Na minha mente só você e a paixão que me consome,
E os momentos felizes ao seu lado.

Siger Lagel

Eu tão isósceles
Você ângulo
Hipóteses
Sobre o meu tesão

Teses sínteses
Antíteses
Vê bem onde pises
Pode ser meu coração

Paulo Leminski

Não pense jamais que estou só, um desejo ardente sempre me acompanha onde quer que eu vá...

Lore Knust Hayek

SE ALGUÉM FALA QUE GOSTA DE VOCÊ PELA SUA BELEZA, NÃO É AMOR E SIM TESÃO ... PELA SUA INTELIGÊNCIA, NÃO É AMOR E SIM ADMIRAÇÃO ... PELA SEU STATUS NO BANCO, NÃO É AMOR E SIM INTERESSE ... MAS ... SE ALGUÉM FALA QUE GOSTA DE VOCÊ, SEM SABER AO CERTO O POR QUE ... ISTO SIM É AMOR

Dcsm

QUAL MOTIVO TENHO DE RECLAMAR, DA MINHA VIDA SE ELA E UM TESÃO................CELSO.

Celso Barbosa