Poemas de Saudades da Família

Cerca de 24 poemas de Saudades da Família

Sempre é assim. A saudade nunca chega quando estamos perto da família, do namorado, dos amigos. A saudade nunca chega na infância, naquela música antiga ou naquela época do primeiro amor.
A saudade é um sentimento inimigo dos enamorados, dos amigos, dos apaixonados, dos vividos... Ela chega quando aquele namoro terminou, quando a infância passou, quando aquela música não toca mais na rádio.
Saudade é aquele sentimento do momento não vivido, do beijo não dado, do abraço negado... Daquele perfume, daquelas briguinhas, daquelas gargalhadas.
Saudade é a palavra vazia, o silêncio calado, a dor consentida.
Saudade é um sentimento sentido sem querer, sem perceber já somos tomados por ele. Saudade mata as pessoas, fere a alma, machuca o coração;
Mas a saudade, além de nos causar e mostrar a dor da perda, ela nos mostra o quanto aquilo nos faz falta.
A saudade é confusa, complicada, dolorida. Certa e incerta. Cheia de caminhos contrários aos do amor. Ás vezes dói tanto que parece querer matar, mas ás vezes nos causa sensações tão boas que nos fazem chorar.
A saudade leva e traz esperanças, amores, intrigas e rancores. Nos mostra que devemos dar valor enquanto temos. Mostra-nos a vida de um ângulo diferente, oculto.
A saudade faz parte de um romance, de uma amizade...
Mas faz parte da vida.
Sem ela, a vida não teria a mínima graça.

Mayara Freire

Saudade de quando eu sentia a família
De sentar em uma mesa cheia de família..
De pensar que família é sempre unida..

Antes mesmo de conseguir distinguir
De conseguir saborear
O que eu mais temia aconteceu!
Saudade da minha infância..
Dos olhares..
Dos sorrisos..
Saudade de quando não via maldade
De quando não sentia o desprezo...
Saudade de uma alma que fez toda a diferença
Que levou consigo, parte do meu coração
E todo afeto familiar..
Saudade de quando estava doente e sentia uma mão pousar
levemente a minha testa..
De ouvir cininhos e o barulho da porta ao se abrir..

A vida é realmente indescritível!
Quando pensamos que tudo está bem...
Lá vem as lembranças... as saudades...
A vontade de retornar e ser criança novamente!
Por quê?
Cirança é feliz.
Não tem preocupações.
É afastado de muita coisa ruim.
O dia é cheio de brincadeiras, sorrisos, mimos..
Cheio de alegria.. de amor, simplesmente e verdadeiramente..
Aaa essa saudade..

Mariana Y. Shiraishi

Saudade da minha infância, quando não me preocupava com despesas, brigas, pessoas interesseiras e de quando meu maior problema era não ter minha vontade feita pelos meus pais.
SAUDADE de quando tive certeza que certos amores seriam eternos e que eu jamais me decepcionaria...
SAUDADE de quando não existiam brigas na família, decepções com amizades nem injustiças no trabalho.
SAUDADE de quando a vida era muito mais simples e eu achava que tinha algum problema...

Talita Galhardo

Sobre a família

Vital para sobreviver no mundo, porto, saudade... Família é ter onde aportar não no fim, mas na viagem...

Jean Carlos Sestrem

Ai de quem nunca amou


Eu acredito no amor. Eu acredito nas mais diversas formas de amar.
Amor não é senão aquela convivência gostosa, as conversas soltas, as mãos dadas, até aquelas briguinhas que depois rouba um sorriso, a saudade boba... As besteiras ditas, sem graças, que fazem rir.
Quando você aceita que ninguém é perfeito e que você tem que primeiro aprender a conviver com quem se ama p depois aprender a viver em família, em sociedade... Você se torna até mais humilde, paciente. Você aprende a perdoar.
Eu me sinto, hoje, completamente realizada porque, apesar de viver longe da pessoa que amo, eu estou entendendo que o mundo é um espelho. Só mudo o que vejo se eu mudar minhas condutas.
Há muito tempo estou mais feliz, estou mais leve. O vôo é para os pássaros e para poucos.
Aquele "torto" hoje está "certo".
Fé em Deus. Se eu não acreditar no amor, não vou amar. E ai de quem nunca amou.
Que Deus o proteja, livrando nossa família de todo o mal.
Este meu sorriso é p o Rafael, meu amor.

RaqueelRosa

A morte é agressiva em todas as suas esferas. Seja no acidente que ninguém esperava, seja no ventre da mãe, seja no paciente terminal, seja no cidadão com morte cerebral declarada, seja no inconsequente que vivia brincando com a vida, seja no idoso de quase 100 anos. Não interessa. Ela assola, nos deixa devastados, impotentes, perplexos, nos faz tremer e temer. Afinal quando vai chegar nosso dia? Ou pior: quando vai chegar o dia daqueles que amamos?

Estar em um velório é algo curioso. O morto não é só aquele que está dentro do caixão, imóvel. Morrem também várias pessoas ao redor. Sim, elas respiram, andam, falam, seus corações ainda batem. Mas uma parte... aliás, me arrisco a dizer: uma GRANDE PARTE é enterrada junto com o ente querido. Os sonhos, as risadas, os planos, os abraços, a voz, o aconchego, a alegria. Vai tudo embora. Sorte a nossa que nos restam as lembranças boas, ainda que em certos momentos evitamos até lembrar. Machuca demais.

Sei que nossa esperança é renovada em Jesus. Sei que estamos aqui de passagem, sei que existe um céu e uma vida eterna de alegrias para aqueles que acreditam na salvação em Cristo. Mas sou de carne, osso e emoções. Enquanto estiver aqui na Terra vou sofrer, vou chorar, vou sentir, vou inconformar com a morte.

Sempre que alguém que eu amo morre, uma parte de mim vai junto. E ainda que o tempo passe e novos amores surjam, esse pedaço nunca volta, nunca regenera. Ele se vai pra sempre.

E por enquanto é assim que eu vou vivendo.
Com meus buracos, com meus remendos, com minhas falhas.

Tainah Ferreira

Porque me ensinaram tão certo e eu faço tudo sempre tão desprovido de certezas, tudo tão cheio de erros.

A gente cresce e tropeça nos nossos defeitos, escancarados pelo mundo a nossa frente. Bate, rebate.

Vocês deviam ser os mais felizes sempre. Eu queria comprar esse poder, mas sou dona apenas dos prazeres momentâneos.

Ao lado, se reclama. Longe, se lamenta.

Não é possível separar esse laço de afinidade da infância.

As lembranças me atormentam, não gosto de sentir saudades daqueles tempos...aceitar que não voltam, que morrem, que mudam.

Sentimentos mexidos. Ás vezes, eu só queria colo amassado, queijo derretido, bronca rebatida.

Síndrome de ser pequena, de ser assim, pensar que o mundo gosta de mim e sonhar que nada tem fim...até o que já teve.

Que saudades daquele tempo!

Difícil mudar, criar outra família, ser outro alguém em outro lar; coração aperta.

Saudade daquela menina na escola, tardes dormidas, e quando estava tudo bem na segurança do nosso amor.

Precisamos entender tão rápido aquilo que o tempo jamais deveria ter medido, a hora de ir.

HG

O HOMEM QUE ME ENSINOU A AMAR

Lembro-me do seu cheiro de naftalina e história
impregnados em sua camisa fina,
usada em um corpo com pouca caloria,
e uma mente cheia de sabedoria.

Recito a musica que cantávamos juntos,
enquanto recordo da sua voz rouca e fraca,
fazemos um dueto imaginário.

você foi na vida,
meu sonho de glória,
foi riso, alegria
tristeza, poesia,
alguém da minha história.

E ó se não me iludo, você foi tudo,
foi tudo, o que eu pedi em um avô.

Fico a vagar na nostalgia de minhas lembranças,
recordar cada sorriso seu,
cada abraço que me deu,
você era meu protetor, mas chegou um dia que eu comecei a protege-lo
e retribuir o amor incondicional

As histórias na mesa redonda nos sábados,
tanta vida vivida,
história ensinada,
taças de vinho tinto,
guardanapos de pano,
que hoje fazem falta aos sábados,
na mesa vazia, que perdeu a vida.

Brincadeiras sobre velhos, ele nunca tornou-se um,
a cada ano retrocedia um numero,
consequências da idade.

Hoje você não está aqui,
mas sei que deve estar em recife, curtindo suas férias de vida,
que tanto almejou.

E se estiver me vendo agora,
sinta o amor imortal que sinto por ti,
sei que consegue sentir-me,
você disse que mesmo eu não vendo você com meus olhos,
você estaria, e eu o veria,
com todo meu coração.

Andressa Fernandes

Gosto de coisas simples
Que me tocam a alma...
Lavam-me as amarguras.
Gosto de olhar para o céu
E ver o sorriso escancarado do sol
De ver o arco-íris cruzando as nuvens
Numa mistura de cores que me rasga aos olhos
São-nos presentes de Deus.
Gosto de beijo na testa
Aliviada respiro o ar
Do profundo carinho revelador
Imprescindível...
Gosto de um abraço apertado
demoroso
Sincero... Caloroso
É-me aconchego.
Gosto de andar de mãos dadas
Com os dedos entrelaçados
De sentir o coração na palma
Sinto-me segura
É-me necessário
É abrigo.
Gosto de palavras soltas
Um papo legal
Alto astral
Sem preconceito
Que desce doce ao paladar
E permanece na boca
Faz-me sentir renovada
Ante as durezas da vida
Gosto de ouvir música com a alma...
Esquecendo os tons
Apreciando os sons
Apenas deixando-me embalar
No meu próprio ritmo
Minha harmonia
Gosto de despreocupada andar
Sem me importar com a hora de voltar
Sem pressa de chegar
Somente ir caminhando
Apreciando a liberdade
Olhando à volta
À frente
Apenas sentindo...
Gosto de estar com a família
Superando as diferenças
Rindo juntos
E se choro for
Chorando mais juntos ainda
Pois isso é amor
é ninho
Gosto de coisas simples
A essência
Que me deixam com saudade...
E quase sempre desejosa
Para que novamente aconteça

May Lu

Saudade da verdade, dos amigos, da família, de quem se importa realmente. Da minha essência, das coisas e pessoas que me fizeram ser assim!!

Bruno Belutti

" Felicidade ... como explicar?
Amor... Incondicional...Família ... Amigos...
Saudade estava de sentir esse sentimento que pulsa forte,
e faz chorar e ao mesmo tempo sorrir... Feliz.. Simples Assim!"

Renata Dorneles

SAUDADES
Tenho saudades de tudo das reuniões de família, dos almoços de domingo com crianças
brincando, sorrisos largados
Tenho saudades de andar de mãos, trocando olhares sem me preocupar com amanhã
Tenho saudades da alegria de viver, da vontade de crescer com ânsia de vencer
Tenho saudades das brincadeiras de infância, as inconsequências da adolescência,
das buscas da juventude.
Tenho saudades dos filhos, dos pais, dos amigos tenho saudade de tudo e muito mais de você.

Claudenir Reis

Descobri que vivo de saudades....
sinto falta de tanta coisa, do meu Pai, da minha família, dos meu amigos,
de quando eu era criança, das brincadeiras, da escola, dos cheiros e sensações daquele tempo... sinto falta até do que eu fiz ontem!
mas se sinto saudades é por que foi bom... e saudades é amor que fica!!

Ariane

Saudade vai me matar


Você teve que viajar
Com a família noutro país morar
Eu, sem dinheiro, sem posses
Não podia não deixar
Você esperneou, família não considerou
Disseram que sou um homem sem futuro
Erraram
Sem você no presente
Só sou o futuro
O futuro de poder lhe buscar
Sem você
Maluco de amor
Vou para o aeroporto
Esperando dois aviões pousar
Pousam vários, você em nenhum deles estar
Choro, choro, queria poder voar
Atravessar o oceano
Pelo menos lhe beijar e retornar
Não, quem tem boca não vai a Roma
Só quem tem dinheiro
Só tenho amor
Que sem você não sabe voar
Amor, vou aprender a nadar
Eu juro por Deus
Vou lhe buscar!

Charles Canela

Saudade vai me matar


Você teve que viajar
Com a família noutro país morar
Eu, sem dinheiro, sem posses
Não podia não deixar
Você esperneou, família não considerou
Disseram que sou um homem sem futuro
Erraram
Sem você no presente
Só sou o futuro
O futuro de poder lhe buscar
Sem você
Maluco de amor
Vou para o aeroporto
Esperando dois aviões pousar
Pousam vários, você em nenhum deles estar
Choro, choro, queria poder voar
Atravessar o oceano
Pelo menos lhe beijar e retornar
Não, quem tem boca não vai a Roma
Só quem tem dinheiro
Só tenho amor
Que sem você não sabe voar
Amor, vou aprender a nadar
Eu juro por Deus

Vou lhe buscar!

Charles Canela

O cheiro do café no fim da tarde,
É cheiro de família,
É cheiro de saudade.

Jpfroncker

Não espere o amanhã para pedir perdão, pra dizer eu te amo, estou com saudades. De repente poderá ser tarde demais e nunca mais terá esta oportunidade. Ame as pessoas enquanto existe a vida e não depois que elas partirem.

Izzo Rocha

Foi embora. Deixou-nos. “Maldito câncer”, pensei. Mas não havia nada que eu pudesse fazer, não estava em minhas mãos, nem nas mãos de qualquer outra pessoa, mas nem por isso deixa de doer. Apenas me ligaram, eu não hesitei e peguei um avião. Vê-la em um caixão me chocou, eu esperava que ela se levantasse e dissesse que era uma piada, que estava bem, que estava feliz de ver toda a família reunida, que era o que ela realmente queria. Antes de entrar no avião chorei na rua, no departamento, no metrô, enquanto almoçava, enquanto embarcava e, quando cheguei. Senti que o ar frio e seco, junto com a cara de tristeza da minha mãe me esperando, despertou dentro de mim mais choro, recordações e momentos estavam retornando à minha mente para morrer no mesmo momento em que o caixão foi fechado. Eu escrevi uma carta que ela nunca vai ser capaz de ler, eu queria que soubesse, onde quer que esteja agora, que eu nunca vou esquecê-la, que nunca vou deixar de lado as lembranças que criei ao seu lado. Eu chorei tanto que meus olhos estão doendo até agora. A vida segue de uma maneira tão descarada após a morte de alguém que eu comecei a sentir um pouco de raiva, cada pessoa deveria representar mais do que um corpo, mais que algo finito. O mundo deveria parar como parou nesses últimos dias para mim.

Onecyna Alves

Você acha que conhece a saudade, até ficar semanas sem ver sua família, e acaba descobrindo que ama mais eles do que pensava.

CryGirl

A amizade nos dar felicidades momentâneos, mas a familia nos deixa saudades eternas

Flávio Oliveira Barbosa