Poemas de Passarinho

Cerca de 272 poemas de Passarinho

Soneto do Passarinho Apaixonado

Passarinho apaixonado.
Coloca o chapéu de lado.
Enche de sonhos uma flor.
Num dia lindo de amor.

Vestiu seu belo terno colorido.
Arrumou bem o seu bico.
Queria boa impressão passar.
Para a namorada ele encantar.

Fez voos rasantes e impressionou.
Um chapéu de flor arrumou.
É para oferecer a sua bela

Pois ela será seu amor infinito.
Cantará todos os cantos mais lindos.
Quando ele pousar na janela.

Dayse Sene

Ninho De Passarinho

Sempre
que as palavras,
lhe faltarem...
Fala-me com os braços!
Com um abraço.
De laços.
De fitas coloridas.
No silêncio de sons...
Mas que me aconchega tão bom ao seu corpo.
Como ninho de passarinho!

Dayse Sene

Ninho De Amor

Faz-me amor!
Faça-me carinhos...
Deixa-me ser passarinho...
Nesse seu ninho de amor!

Dayse Sene

Ninho

Faça do meu corpo
seu ninho!
Nele, crie canções de amor
feito um passarinho.
Somente voa...
Se de mim te faltar amor.
Se não...
Permaneça em meu corpo,
por favor!
E me cante as suas
mais lindas canções..

Dayse Sene

JURUNA no PLENÁRIO

O passarinho te viu tão sozinho,
Que se fosses passarinho
Jamais serias um bem-te-vi,
Tão triste, que se fosses
Rouxinol, jamais terias alpiste,
E se fosses um pardal, jamais estarias tão mal
E se fosses um canário, não sairias do armário
Se fosses corrupião, morrerias de paixão...
O passarinho te viu tão só,
Que jamais serias um curió,
Tão aflito que jamais serias um periquito
Tão jururu que, jamais ouvirias um uirapuru,
E nesse mundo de penas,
Tanta pena tenho de ti,
Que te trago do cacique, um cocar guarani,
Te trago penas de pavão,
Pra te lembrar da paixão,
Te trago tons de lilás, tons celestiais
De um mundo colorido de araras e tuiuiús
Te trago lembranças do pajé,
que cuida de bichos de pena...
De todo índio com fé...

tadeumemoria

condor

O trigésimo andar me seduz
Salto livre no vazio,
Talvez me torne passarinho,
A vertigem é mais que adrenalina,
Talvez traga um crepúsculo só para mim...
O condor já foi homem um dia,
O homem um dia já foi condor,
Então se jogou do penhasco,
Flutuou até o horizonte,
E guardou o sol atrás da colina...
Na paixão o homem volta a ser condor,
Mas esquece que já não sabe voar,
E quando surgem ressentimentos com dor,
Com dor o homem não consegue flutuar,
Então esta queda no vazio,
Do azul do firmamento,
E nas estrelas do olhar da menina
Até achar o horizonte, o ocaso e a colina
E redescobrir o condor que há em mim...

tadeumemoria

Pude observar um dia desses, um passarinho brigando consigo mesmo, pelo reflexo de um vidro...
O pássaro era lindo, porém a atitude que demonstrava tamanho sentimento de raiva, ódio, ira... Liquidava-lhe toda sua beleza...
Assim é o ser humano, em determinados momentos de suas vidas...
Alimentar sentimentos inferiores é alimentar a fera que há dentro de si...
Procure alimentar sua beleza interior, a começar pelo nível de seus pensamentos... Seja gentil, bondoso, amável...
Agradeça a Deus pela sua existência, alimente o ser lindo e belo que há em você!

Faça prevalecer sua Paz interior, e com sabedoria espalhe essa Paz em todos os que estão à sua volta!

Patricia Schmidts Puhl

BOM DIA MEUS QUERIDOS AMIGOS!!!
A gente acorda e já tem passarinho cantando
Já tem flores se abrindo
Já tem o sol aquecendo
E as esperanças vão ressurgindo...

mel - ((*_*))

Melania Ludwig

BOM DIA MEUS BONS AMIGOS!!!

Neste dia claro e agradável
Já tem passarinho pelo quintal
Vem a sensação saudável
De que estão adorando o local...
E pelo gorjear diferente
Tem algum ninho não aparente...

mel - ((*_*))

Melania Ludwig

Aqui toda rua tem nome de passarinho
e toda pessoa que a gente encontra
tem olhar de muito carinho...
( em Bertioga )

mel -((*_*))

Melania Ludwig

MULHER É COMO NUVEM

Mutante...
Hora carneirinho
A bela adormecida
Hora passarinho
Madrasta enfurecida...
Mutante...
Hora cão raivoso
Bruxa ensandecida
Vira tempestade
Com vento tenebroso...
Mutante...
Desaparece num instante
Dá lugar ao sol, bondade
Volta segura, saltitante
Algodão doce, de verdade...
Mutante...


mel - ((*_**))

Melania Ludwig

Caminho de pai para filho
Um dia tu serás livre,
Livre como um passarinho,
Voarás por todo o céu
E terás teu próprio ninho.

Por enquanto, vá vivendo.
Aproveite o seu dia,
Viva com intensidade,
Cultivando a alegria.

Tudo tem o tempo certo,
Um passo de cada vez.
O momento a ser vivido
É fruto do que se fez.

Serás grande, serás forte,
Bem maior que o teu desejo,
Poderás ganhar o mundo,
É assim que eu te vejo.

altair022

Como eu queria ser um passarinho...Viver para cantar, alegrar a vida, voar através do imenso e infinito azul do céu, ver tudo de cima, sem explicar a ninguém porque está ali, é fato, os passarinhos estão sempre no mais alto.
Eu quero ser um passarinho, ainda que não tenha asas, quero viver como eles.
Quero viver sem explicar, cantar mesmo sem técnica, está alto, viver alto, sonhar alto, fazer da vida uma leveza, e entender que obstáculos existem como apoio para vida, afinal, o ar é obstáculo para os passarinhos, mas sem o ar eles não voariam. JC

Jean Carlos B. Cezar

-Passarinho, que som é esse?
-É o som do amor que bate em tua porta e você não vê.
-Como podes ter tanta certeza do que me contaste?
-Tu falares com um pássaro, nada mais poderá fazer sentido.

Raquel Silva

Deixe voar, se for seu volta!

Contestando: Duvido que um passarinho por muito tempo preso volte!

Érica Pandolfo

O vício - grotesco nó
futuro morto no ninho
é feito cortar sem dó
as asas de um passarinho.

Mário Massari

Ei Passarinho, me ensina a ser como tu. Tu que me ensinaste a fazer um ninho ao teu lado e não te tornaste prisioneiro mesmo em minha gaiola.
Me ensina ser como tu que sempre impulsionou meus voos e mesmo sem nunca pedir fizeste-me pousar em ti.
Passarinho, me ensina a ser assim. Me ensina a conquistar. Me ensina a não cravar as garras em você como um gavião ciumento por sua presa.
Não me deixa te prender. Me ensina a prezar-te.
Tudo que eu mais quero, Passarinho é fazer-te meu João, eu que sou tua Andorinha. Tudo que eu mais quero, Passarinho é Bem-Te-Ver todos os dias e apreciar teu manso voo.
Mas não voe para muito longe. Pois, eu que antes preferia gaiolas ainda estranho o tamanho do universo e me enciúmo com todos os galhos em que podes pousar.
Quero ouvir teu cantar, o bater de tuas asas ao meu lado acompanhando meu voo. Quero que me faça caNArinho em nosso doce habitat.
Quero que nunca deixes de ser o Soldadinho desta pequena ararinha de ideias coloridas.
Quero que sejas Sabiá e me ensine a viver. Me ensine a voar sem machucar as asas.
Quero que sejas meu. Quero que sejas livre.

Dayla Brandão

A menina na janela
A água que ferve na panela
O passarinho que pousa na varanda
A chuva que o céu nos manda
O garoto que joga futebol
O peixe que escapa do anzol
Todo dia e a toda hora
Ao nosso lado e pelo mundo afora
Onde estamos
E aonde nem sequer imaginamos
Há poesia até no ar
Basta olhar sentir, reparar

TinaBauCouto

MUSICA

Eu ouço aquela musica
Ouço o som do passarinho
Pensamento me vem a cabeça
Sinto a solidão imensa
A musica volta a tocar
A solidão se despede aos poucos
O som toma minha alma
É como se agora aparecesse a multidão
A musica pode não ser minha vida
Mas sem ela também não a vida
O som,
O ritmo,
A letra.
Tudo vem como forma de pulsação
Pode ser do rock ao pop,
Do funk ao axé,
Um samba ou um rap
Ela pode vim como quiser.
Repare sua letra sua poesia
Trás mensagem, historias, fatos.
Pode vim como forma de protesto,
Ou uma simples melodia,
Pode ser através dos instrumentos
Violão, violino, piano.
Ela feita para nos ajudar
Deixar a solidão de lado
Levar a tristeza embora.
Mesmo que seja por alguns minutos
Ela vem a nos alegrar.
Nos faz fechar os olhos
Leva-nos a outro mundo
Nem percebemos mais em menos de três minutos
Fomos a outro mundo.
Pode ser com batidas fortes
Ou com as mais lentas
Elas nos tocam nos representam.
Ela parece nos definir
Saber tudo mim
É como se contasse minha história.
Como se fosse uma dedicatória.
Vem nos momentos ruins,
Marcas lembranças, momentos e pensamentos
Entra gentilmente, sem invadir meu mundo
com o intuito, de muda-ló um pouco.

karine kelly de Oliveira

As coisas andam juntas, assim como a terra seca precisa da chuva,
Assim como o passarinho precisa de um ninho,
Assim como a tristeza vem acompanhada de um carinho,
Assim como a alegria precisa de um sorriso,
É com muito amor que lhe digo
Que sem você eu não vivo e é de você que eu realmente preciso.

Michelle Dias Theodoro