Poemas de Passarinho

Cerca de 204 poemas de Passarinho

PASSARINHO

Estou fazendo a minha parte,
Passarinho,
Estou vertendo água dos olhos.
Gota a gota, derramando, passarinho.
Sem nem ter quem me console.

Estou fazendo dessa dor
Uma promessa
Que sem nem ver, estou pagando
E sem ter razão, que vida,
Passarinho, eu canto ainda,
O teu nome vou chamando.

Passarinho um rio indo
Na corrente é um destino
Que só se acaba com a morte.
Contravir é sacrifício
Que só peixe faz perdido
Confundindo o sul e o norte.

Naeno Rocha

Passarinho

Acordei passarinho
e resolvi continuar
Pessoas, presságios e passados:
hoje só quero voar


O céu e suas cores
só me verão passar

Aline Mariz

Leve-me contigo

Cuidar,abrigar,proteger,amar
Eu: Sou a semente que não brotou,o passarinho que não cantou,
menina indefesa por falta de amor...
Deite-me em teu colo,encha-me de fervor,eis meu dono,
sou teu beija flor.
Araste-me
para teu ninho?...lugar de carinho.

Você: Não,não eis passarinho.Eis minha menina,minha preta, minha flor.
E o teu lugar não no ninho,mas onde estou:um Porto Seguro cheio de amor.

Érica Andrade

Amor é:

Abrir a mão, deixar voar livre o passarinho a entoar sua canção, mesmo que logo a seguir, seja devorado por um falcão. É deixar-se levar pela ilusão, vale mais um ano de paixão, que cem de solidão. É querer só o que se pode dar. É nunca exigir e saber oferecer. É morrer e deixar viver. É amar e não comprometer-se, para não faltar. É não querer o mundo todo a seus pés. Enfim amar é tão complicado que, quando alguém se enamora, vai sempre de pé atrás: será que é pra valer? e até quando? neste nosso "mundo" de incógnitas há ir e não voltar, há amar e odiar que, vivem de mão dada e onde tudo não passa de conversa fiada, "cada cabeça sua sentença". A ilusão é linda, mas só dura enquanto é, e termina se deixa de ser. É aconselhável apaixonar-se sempre que puder, viver intensamente de cada vez e sobretudo não se apegar demasiado, para não sofrer.

ps: Não serve de base, só para quem quiser seguir. Eu nunca consegui...

Jorge Ferreira dos Santos

Amanhã

Amanhã eu vou acordar bem cedo, regar as plantas mau tratadas e alimentar meus passarinhos enjaulados naquela gaiola velha, passarinhos que inalam a fumaça do meu cigarro sendo tragado na varando do meu apartamento pequeno, porém que aconchegava nós duas sem nenhum desconforto. Amanhã é dia de relevância, é dia de aprender a levar a vida de uma maneira mais leve e decente. Amanhã vou sair sem maquiagem, vou sair pura com um vestido floral, chega de roupas escuras. Amanhã prometo que vou acordar disposta para levar meu cachorro pra passear na beira mar, e prometo que vou passar na livraria e pegar alguns livros pra ler. Vou revelar aquelas fotos que tiramos na pracinha perto da padaria do Seu Carlos. Amanhã vou fumar menos cigarro, e prometo que vou me alimentar direito. Mas quando chegar amanhã de manhã, da uma preguiça tão gostosa de sair da cama, da uma lerdeza tão fácil na gente. Que eu desisto de dormir, já é tarde mesmo, nesse altura é bem mais fácil ficar acordado até de manhã. Não dorme não, aguenta. Prometo que amanhã eu vou abrir todas as janelas e deixar a luz entrar por completo, prometo que vou lavar a louça sem reclamar, não sou mais criança, tenho que aprender a me virar sozinha. Prometo que amanhã eu vou mudar, ou pelo menos tentar ser melhor que isso que sou hoje, amanhã tudo vai se encaixar.

Luana Rodrigues.

SOU EU SÓ


Sou crepúsculo sem pôr do sol,
Sou revoada sem passarinho,
Sou jardim sem girassol,
Sou errante que perde o caminho.

Sou inverno sem chuva,
Sou tempestade sem vendaval,
Sou noite de luar sem lua,
Sou oceano sem litoral.

Sou como paixão sem amor,
Sou a oração sem perdão,
Sou lágrimas num pranto sem dor,
Sou eu só, despedaçando o coração.

Sou como música sem sinfonia,
Sou princípio de solidão sem fim,
Sou o amanhecer sem o dia,
Sou eu só, acenando pra mim.

Sou a saudade no entardecer,
Sou essa sombra em seu olhar,
Sou triste sem saber porque,
Sou eu só, sem você.

Marcelo Lisboa

[...] O amor se esconde.

Quem sabe jaz em um ninho,
feito pequeno, miúdo passarinho[...]

Lucas Barbosa Bernardi

Hoje, um passarinho cor-de-rosa sorriu pra mim, uma borboleta colorida pousou no meu ombro, e pela primeira vez, eu vi uma luz diferente da luz dos seus olhos, aí então, eu notei que sorrisos, borboletas e claridade, eu teria sempre quando eu quisesse, sem ter que esperar tanto tempo pra isso, e me esquivar de coisas que eu não preciso.
Eu notei, que existe muito mais coisas nesse mundo do que você, e muitas outras formas de ser feliz, sem ter que viver para o dia que você finalmente vai chegar, e vai embora.
A vida meu bem, só vai me abandonar, quando não tiver mais forças pra lutar por ela. e força, eu tenho de sobra;

Lu Moraes Xavier

Mané, tem um viveiro
Tem passarinho de toda qualidade
Zabelê, canário, corrupião
Pipira, sábia tem azulão

Rosinha, tava brincando
Pipira, lhe biliscou
O dedo inchava, ela chorava
Ai ai, ai dor

O que é menina
Foi a pipira do mané que biliscou
O que é menina
Foi a pipira de mané que biliscou

Já vi menina da carne reimosa
Pipira do bico venenoso
Deixou todo mundo em alvoroço

Que a menina tá inchando
Do dedo até o pé do pescoço
E a menina tá inchando
Do dedo até o pé do pescoço

Eu via disso lá no bacabal
Ninguém pode ver o trem engordando
Censura ai meu deu que é um horror

Fica o povo comentando
Mais um que a pipira biliscou
E tu também ta engordando
Mais uma que a pipira biliscou
E tu também ta engordando
Mais uma que a pipira biliscou

João do Vale

FELICIDADE?


Um passarinho foi ainda novo, capturado.
Só conhecia a gaiola e, do seu jeito, era feliz.
Acordava bem cedinho e punha-se a cantar seu melhor palavreado.
Comia, bebia água, e pulava de lado a lado.
Um dia, enquanto na grade da gaiola beliscava,
Surgiu uma passarinha,
Colorida e delicada.
Parou de frente pra ele,
Balbuciou uma melodia qualquer
E pôs fim a toda a felicidade
Que aquele pobre coitado
Havia, por engano, cultivado.

Gooldemberg Saraiva

Acordei um passarinho...

Um dia destes eu cheguei do colégio tão cansado que fechei os olhos, dormi, acordei um passarinho...um pardal marronzinho da cor da terra, um passarinho tão comum que ninguém nota, não notam quando voa, não notam quando pousa e nem quando canta...
Todo mundo conhece o canto do sabiá, conhece o canto do canarinho, do bem-te-vi...e do pardal? nem sabem se canta, mas canta, canta feliz, canta livre, ninguém prende pardal em gaiola por isso quem quer ver, enxerga os pardaizinhos tomando banho nas poças d’água, comendo pitanga nas pitangueira da beira do rio e até alguns que se aventuram e entram pela janela para comer as migalhas da mesa do café...
É ontem eu fui dormir um gurizinho, e quando o sol brilhou eu era um passarinho!

Andre Saut

Liberte-se que eu te dei asas passarinho
Voa e conheça o mundo
Não sou aquela que quer te libertar mas sou aquela que mais quer te ver feliz, por isso digo : Voa !
Mas fique perto para que eu posso ver o fruto das asas que lhe dei e não me arrepender de lhe deixar voar.
Digo a você que o amo da mesma forma de antes, ou até mais pela saudade que aperta em meu peito, mas agora o amor é mais leve e livre para se espalhar em outros corações .

Suélen Alves

Pude observar um dia desses, um passarinho brigando consigo mesmo, pelo reflexo de um vidro...
O pássaro era lindo, porém a atitude que demonstrava tamanho sentimento de raiva, ódio, ira... Liquidava-lhe toda sua beleza...
Assim é o ser humano, em determinados momentos de suas vidas...
Alimentar sentimentos inferiores é alimentar a fera que há dentro de si...
Procure alimentar sua beleza interior, a começar pelo nível de seus pensamentos... Seja gentil, bondoso, amável...
Agradeça a Deus pela sua existência, alimente o ser lindo e belo que há em você!

Faça prevalecer sua Paz interior, e com sabedoria espalhe essa Paz em todos os que estão à sua volta!

Patricia Schmidts Puhl

Vida


Que pena do passarinho
Vive sozinho no ninho
Não tem nenhum carinho.
Não sabe seu caminho.

Que pena do passarinho.
Só vive por viver
Diferente de nós,
Que explica o saber

Que pena do passarinho
Não evolui e não cresce
Não aprende e nem melhora
Não sabe e nem esquece
Não se preocupa com a hora.

Que pena do passarinho
Não conhece a evolução
Apesar de que neste momento
Virou destruição

Que pena do passarinho?
Que mesmo no simples, arrebata a vida
Que não se importa se é sofrida.
Mas vive o simples viver.

Que sorte do passarinho.

Mateus Lírio

MUSICA

Eu ouço aquela musica
Ouço o som do passarinho
Pensamento me vem a cabeça
Sinto a solidão imensa
A musica volta a tocar
A solidão se despede aos poucos
O som toma minha alma
É como se agora aparecesse a multidão
A musica pode não ser minha vida
Mas sem ela também não a vida
O som,
O ritmo,
A letra.
Tudo vem como forma de pulsação
Pode ser do rock ao pop,
Do funk ao axé,
Um samba ou um rap
Ela pode vim como quiser.
Repare sua letra sua poesia
Trás mensagem, historias, fatos.
Pode vim como forma de protesto,
Ou uma simples melodia,
Pode ser através dos instrumentos
Violão, violino, piano.
Ela feita para nos ajudar
Deixar a solidão de lado
Levar a tristeza embora.
Mesmo que seja por alguns minutos
Ela vem a nos alegrar.
Nos faz fechar os olhos
Leva-nos a outro mundo
Nem percebemos mais em menos de três minutos
Fomos a outro mundo.
Pode ser com batidas fortes
Ou com as mais lentas
Elas nos tocam nos representam.
Ela parece nos definir
Saber tudo mim
É como se contasse minha história.
Como se fosse uma dedicatória.
Vem nos momentos ruins,
Marcas lembranças, momentos e pensamentos
Entra gentilmente, sem invadir meu mundo
com o intuito, de muda-ló um pouco.

karine kelly de Oliveira

JURUNA no PLENÁRIO

O passarinho te viu tão sozinho,
Que se fosses passarinho
Jamais serias um bem-te-vi,
Tão triste, que se fosses
Rouxinol, jamais terias alpiste,
E se fosses um pardal, jamais estarias tão mal
E se fosses um canário, não sairias do armário
Se fosses corrupião, morrerias de paixão...
O passarinho te viu tão só,
Que jamais serias um curió,
Tão aflito que jamais serias um periquito
Tão jururu que, jamais ouvirias um uirapuru,
E nesse mundo de penas,
Tanta pena tenho de ti,
Que te trago do cacique, um cocar guarani,
Te trago penas de pavão,
Pra te lembrar da paixão,
Te trago tons de lilás, tons celestiais
De um mundo colorido de araras e tuiuiús
Te trago lembranças do pajé,
que cuida de bichos de pena...
De todo índio com fé...

tadeumemoria

PASSARINHO

Amor ! Você quando quer,
prende, gruda, algema,
encarcera, aprisiona...
e a gente fica feito
um passarinho na tua mão.

Marcos Marques

LIBERDADE

Sou livre como um passarinho.
Cujo caminho é o vento,
não importa a direção.
O leme é um sentimento,
que vai desenhando o verão.
O coração é um ninho.
A vida é uma taça de vinho
E a única certeza é o amor.

Leticia Bergallo

Mandi um Passarin ai

Voa passarinho
Voa logo
Voa se nao eu te brigo
Nao quero saber eu te brigo

Leva logo esses beijinhos pra ela
Diga que é pra ver lá feliz
voa passarinho se nao eu te brigo
Nao quero saber eu te brigo

Diz pra ela que estou morrendo de saudade
Que nao aguento mais ficar longe .
Voa passarinho se nao eu te brigo
Nao quero saber eu te brigo

Diga pra ela que eu a amo mais que tudo nesse mundo ,
que ela é o amor da minha vida
voa passarinho se nao eu te brigo
Nao quero saber eu te brigo

Entrega tudo meu carinho pra ela
todos meus beijinhos
todos meus abraços
e diga tudo que eu te disse

agora voa passarinho antes que eu te brigo
Nao quero saber eu te brigo , voa passarinho ...

Pra voçe Jenny Carmo

Lucas Antunes da Silva

-Seu porco imundo!
Gritei com todo ódio
O que ele ouviu foi um canto romântico de passarinho com sotaque francês.

Leninha Alves