Poemas de Futebol

Cerca de 452 poemas de Futebol

SOU BRASILEIRO SIM...


Sou brasileiro sim...
Gosto de sol, samba, futebol e carnaval.
Mas não sou tão dissimulado, hipócrita e nem cara de páu,
a ponto de desprezar o que os políticos e juizes
estão fazendo com o nosso Brasil.
Se voce está tão feliz para
sair desfilando por aí no carnaval,
calce a cara, esqueça tudo e vá...
Mas antes, complete sua fantasia
com nariz de palhaço.

Marcos Marques

Carnaval aqui no Brasil é igual ao nosso Futebol nós não inventamos, mas soubemos reinventar. Só quem já viveu nos blocos "Toca Raul" "Orquestra voadora" "Mulheres de Chico" "céu na terra" e os mais de 50 blocos que ocupam o Rio de Janeiro, sabem o que eu estou dizendo. Tem nudez, tem pornografia, mas simpatia é quase amor e o rio nesses 4 dias nunca amou tanto seus convidados.
Tem gente que acha que é que é a festa da carne como assim foi criada, mas eu acho que a festa da alma.
As fantasias, as musicas isso tudo faz nossa alma sambar na cara da alegria, pois é mais que isso é o Brasil no seu concentra mas não sai e eu gosto disso
que pelo menos uns dias do ano sejam mágicos, crus, sejam carne e alma.

Nayara Nascimento

Critica os católicos por adorarem imagens,

Mas quando rola show da banda favorita, anime, futebol etc......
(ou qualquer imagem que a mídia implantou na mente)
a pessoa se arreganha toda e fala, como eu amo isso ai.

kkkkkkkkkkkkkkkkk
o tal do gostinho da hipocrisia !!! hehehehe

Quer saber, é tudo a mesma coisa, só muda o ponto de vista.

Salsidc

O bom futebol, uma quarta de Nelson Rodrigues.

As páginas do livro se abriram, as cortinas solitárias estavam por dilacerar. O futebol anteontem foi digno da literatura de Baudelaire, digno das crônicas de Nelson Rodrigues. Armando Nogueira parecia querer ressuscitar para contemplar o desempenho tático do Atlético de Madrid, e analisar, se possível, a raça muito mais que emblemática do tradicional San Lorenzo da Argentina.

O primeiro, comandado por Simeone, visava sua conduta individual em prol da coletiva. Um 4-3-3 que se propagava em 4-5-1. As subidas de dois em dois, e um volante na sobra caso houvesse contra ataque por parte do adversário; foi algo tão monumental, quanto o estádio do River.

Nos 3 x 0 do time do Papa contra o implume das Américas, Botafogo. A palavra emoção teve importância relativa. A equipe Argentina que ao certo não estabelecia nada semelhante a um fulgor tático. Supriu com raça, alma, e com o monstro que foi sua torcida. O jogo ora se resolvia, ora não. O épico Lorenzo dependia do outro jogo do grupo; partida que por sua vez teimava em não concretizar um placar. Mas ao fim, a merecida classificação. Bem como merecida, a do Atlético de Madrid. Foi uma quarta de poesia, de bom futebol, da máxima esportiva. Foi uma quarta de Nelson Rodrigues.

danielmuzitano

Você veja como são as coisas...
Nem preciso dizer como é triste a corrupção do futebol...
Mais de todas as vezes que já houveram confrontos... o Clássico dos Clássicos...o terceiro mais antigo do Brasil...tem a inconstância nos resultados. E não importa quem ganhou mais vezes, se os coisados ou os corados, eu me considero vencedora... porquê se vencermos... e quando perdermos... sempre será nossa competência... ou inocência....
mais nunca... na história do meu clube houve conformismo. Pode não existe RAÇA... mais existe amor... cm toda força por ser o primeiro..o verdadeiro.
Então apaixonada, por que futebol é assim...Quero ver meu Timbú jogar,nem sempre ganhando, ou perdendo, mais sendo eternamente NÁUTICO até depois de morta!!!!

Liliane Bacalhau

Bobagem não é cultura
Futebol não é arte
Carnaval não é espetáculo
Presidiário não é estrela
Lei não é brincadeira
Favela não é cartão postal

koppe

Um choro triste de criança.

Quando eu era criança, parecia haver mais mágica no futebol. Havia sobretudo um palácio, uma espécie de galáxia; na qual se anexavam pessoas que amavam o tal castelo. O maracanã era um espetáculo produzido para um povo necessitado de obras transgressoras, e portanto, teatrais. Não era constituído de fantoches ricos que obedecem aqueles que o dilaceram.

As camisas não eram mercadorias, eram almas que gritavam com o fulgor do silêncio. A importância era relativa, por isso não havia esse moralismo a que compêndio. E os moralistas com suas casas luxuosas, os moralistas não pretendem mais a história cultural. Isso tudo tem tempo.

O maracanã hoje é um sexo sem gozo. Tá certo que tenha ficado belo, lindo. E daí? O tal maracanã, em sua essência, é uma mulher que sempre será linda, porém, e infelizmente, essa mulher contraiu uma doença sem cura. Ah quisera eu, ainda ser criança.

danielmuzitano

“Futebol hoje é apenas um grande negócio financeiro realizado por clubes, dirigentes,empresários,grandes redes de televisão, empreiteiros, políticos narradores esportivos e grandes investidores. O Futebol como arte e esporte faleceu há muitos anos atrás.”

Lamentável...

Izzo Rocha

Não gostava de futebol
Mais tinha em um crack
mó admiração
Não era grafiteiro, morreu sentado
Com a lata na mão

Nego Panda

O que é? O que é?
Uma coisa que só no Brasil se faz?
Quem pensou em samba, não é
Nem futebol, nem café…
Responda-me quem for capaz
Agora vou dar uma resposta sagaz
Ora, o que só no Brasil se faz
É claro que são os brasileiros
Pois em nenhum lugar do estrangeiro
Mesmo com muito dinheiro
Um brasileiro se faz
Mas como se faz um brasileiro?
Mais uma pergunta tenaz
Alguém tem alguma receita
Ou uma vaga suspeita de, enfim, como se faz?
Vou tentar dar o meu pitaco:
Cuíca, sanfona, cavaco
Um pouco de balacobaco
Inda assim não se faz
É preciso misturar as cores:
Branco, preto, amarelo
Todo tipo de cabelo
E uma teimosia pertinaz
Mesmo assim um brasileiro
Não é só assim que se faz
Tem que ter algo além
Um pouco de pimenta cai bem
Ou um tempero mais audaz
Um “mexe- mexe” demais
Aí não tem pra ninguém
Boa dose de alegria, bom humor, simpatia
Mas, todavia, porém
Inda assim não se faz
Creio que pra se fazer um brasileiro
O verdadeiro, daqueles que só no Brasil se faz
Nem precisa ser cozinheiro
É só misturar o mundo inteiro
Numa grande receita de paz

Frederico Amitrano

Gosto de futebol porque assim como na vida, as vitórias; mais do que merecidas, devem ser conquistadas.

Só no futebol o pequeno vence o grande com tanta freqüência.

É o esporte provando que a luta e a determinação podem fazer a diferença quando os recursos técnicos são poucos ou já foram esgotados.

Uma partida de futebol é sempre um jogo de surpresas e superação.

Assim como também deve ser a vida.

Luis Felipe Loro

Eu tbm acho que discutir religião, futebol ou política não seja dos assuntos mais agradáveis. Até pq, eu parto do princípio de que pessoas na minha idade já aprenderam, faz tempo, que respeitar a opinião alheia é fundamental pra viver em sociedade – rss! Mas como eu escrevo pra mim, então me dou o direito de expor as minhas opiniões.

Eu acho muito curioso que alguém se diga ATEU. Sério mesmo, pq mesmo não tendo resposta para todas as perguntas nesse mundo, eu realmente fico surpresa em ouvir que alguém seja ATEU. Mas, talvez, seja mesmo fácil ser um ATEÍSTA quando se tem saúde, quando se tem uma ótima profissão, um excelente emprego, um salário maravilhoso, casa própria, carro maneiro, contas pagas sem dificuldades, uma família que não dá problema... Acho que deva ser um tanto mais fácil mesmo. Mas a minha vontade é de juntar todos os que se dizem ATEUS e encher um “boeing” deles e quando passar das nuvens desligar o motor. Aí é que eu quero ver quem vai praticar o ateísmo. Quero encontrar um ATEU quando ele estiver com um filho entre a vida e a morte. Quero bater um papo com um ATEU quando ele estiver cara a cara com um fuzil. Quero conhecer um ATEU desempregado, cheio de dívidas durante anos. Bem, das duas uma: ou o ATEU vai se suicidar ou vai pedir arrego pra Deus, meu camarada! Não existe meio termo na guerra, no desespero, no caminho da morte... Ou é Deus, ou é Deus! E como esse texto é meu, digo e afirmo: pare de palhaçada, pq Deus é Deus, mesmo vc se dizendo ateu. E é graças a Ele que vc, senhor ateu, tem o fôlego da vida! ;)

Meg Lima

Pagina 1, Era meu único desejo.
Nascido para brilhar, nascido para jogar futebol… E mais…

Pagina 2

Quando estou triste e com o coração cheio de amor por alguém distante de mim, sentimento que me sufoca de uma maneira terrível, sinto me mal, vontade de chorar, gritar, de estar em um lugar vazio de presença de pessoas, e qualquer outra coisa, que não seja a natureza, Deus, e ver o tempo passar, em fração de segundos, segundos que muitas vezes passa rápido, outros nem tanto, mas embora passe por cada coisa que me deixa desanimado, creio que existe um ser, um espirito, creio que ele é a curo de todos os meus sentimentos, mesmo que não fale nada, eu confio em te, no espirito santo de Deus, o meu consolador.

Pagina 3

Todos dizem que serei um bom marido, um bom esposo. Mas será mesmo?! Me tento a pensar, penso constantemente, como eu seria com minha esposa, não me vem muitas coisas, sei que todo que fiz por garotas e continuo fazendo foi sempre o melhor, carinho, amor, respeito, atenção, verdade, e tantas outras coisas que tenho em meu caráter, pois o meu jeito de ser é muito bacana, e curto esse jeito. Vivo minha vida com princípios e com eles a toco.

Pagina 4.

… Escrita pelo dedo de Deus

Evandro Novaes

Aceito tudo de você,
Tiro de mim só pra te dar prazer
Troco meu jogo por novela
Meu futebol por cem mil rosas amarelas
Perde a cabeça sempre que eu esqueço
O dia e o mês do primeiro beijo
E no banheiro sempre reclama
Do meu jeito de menino que só te ama
Meu sentimento não te engana...

Odeany Moura

Estratégia


Indiferente ao jogo escolhido...

Xadrez, futebol, vôlei, peteca ou bolinha de gude...

Sem estratégia...Nunca haverá vencedores...

Jogar sem estratégia, é igual ao caos...

Um amontoado de pessoas correndo sem rumo...

Batendo as cabeças umas nas outras...

Pense nisso...

Vejo tanta desordem...

Causada pela falta de estratégia...

Poeta Urbano - 120412

Vivou em um mundo aonde o status é mais importante que a fome,que o futebol é mais interessante que á politica,aonde a miséria é combatida,com mais impostos.
Vivo em um sociedade,capitalista e individualista,racista e preconceituosa e infiel.Vivo em uma sociedade aonde religião é mais importante que cristo,aonde é mais fácil crítica a vida alheia,que faz diferente é mais fácil derrubar do quê dá mão para puder levantar alguém caindo.
Aprendi que vivo em um sociedade desumana e sem concepções lógicas.Ficaria mais feliz em saber,se a sociedade fosse mais solidária com o seu próximo.Fica a dica

wellington

As rédeas da bola.

O futebol por sua vez se caracteriza como circo no qual o palhaço é a bola, uma música na qual o jogador é o violino sem som, um parque no qual a plateia é o pranto de um menino insano; mas em que tempo?Numa inexpugnável fulgência é a tática que aclara o palco onde a escrita é uma índole crônica de demência. Os velhos gritam, os poetas escrevem, os torcedores rasgam e a bola chora à rede enfrentando à baliza que convence o mais alto grau. O gol é uma esfera impetuosa, é um Vivaldi em fúria, um Rodrigues convicto, o campo de uma luta.
A camisa de um clube é um vasto portento a que saliento como gracejo a que cortejo em vento. O palco nesse momento anda vazio e mortificado pela presença de um cartola que agrupa tua corte de uma natureza insanável. A bola tem mais brilho e mais eloquência, mais teatro de exatidão; e mais que literatura, tem transparência.

Daniel Muzitano

Ele me liga e fala que vai pro futebol com os amigos.
Enquanto isso minhas amigas estão aqui me ajudando a produzir, pra jogar o jogo dele.
Atacante X Atacante

Gabriela Stacul

E começa a baderna... de novo!

Hoje tem jogo de futebol...'de novo'...
que é sinônimo de bagunça, barulho... muito barulho,
bebedeira, palavrões, acidentes de carro, confusões e brigas.

É dia de prender os cães e gatos.. nossos animais queridos que ficam assustados com todos os fogos de artifício... e com tanta pobreza por ai... eles adoram queimar dinheiro com os fogos!

Mas o que esperar de pessoas que vivem pelo futebol,
que vivem pelo carnaval e televisão?
O que esperar então do País?

Nada contra o esporte, as festas comemorativas e a midia...
Mas venhamos e convenhamos que, com tantos problemas por aí acontecendo, os que estão no poder conseguem tirar a atenção da populção com estas "supostas diversões"....
o famoso 'pão e circo ao povo'.

Queria eu, que toda esta energia física do povo fosse usada a favor do povo... que fosse usada para lutar por melhorias... e olha que o país precisa de muita coisa!

Queria eu, que todo o dinheiro envolvido fosse usado na educação, esporte, saude, segurança, etc, etc e etc!

Queria eu, que a irritação dos torcedores nas ruas,
fossem contra os políticos que nada fazem por nós!

Queria eu, que estes jogadores famosos... ídolos do país.. com a força que tem, fossem em rede nacional lutar pelo povo...
mas lutar de verdade!

Queria eu, que tudo fosse diferente..
que o povo pensasse diferente!

Queria eu...

Mas enquanto isso não acontece...
enquanto nos exploram o povo continua gritando gol!

Rama Pashupati

Futebol

Ao apito do juiz
A bola começa a rolar
Ao apoio da torcida
Os atletas só fazem jogar

No gingado dos atacantes
Os zagueiros ficam atrapalhados
Bola para um lado, bola paro o outro
A bola corre por todos os lados

Na jogada rápida e no contra ataque
O time da um show
Tabela até invadir a grande área
Para somente com o gol

O jogador corre e faz a festa
Vai comemorar com a torcida
A magia do futebol é contagiante
E alegra muito mais a nossa vida

Rodolfo Rodrigues dos Santos