Poemas de Borboletas e Flores

Cerca de 140 poemas de Borboletas e Flores

Borboletas para o meu jardim...
Meu coração é um jardim bem florido
Nele guardo todos os meus amigos
Suas flores, regadas, sempre são
Carinho, respeito, compreensão
Cada flor um amigo de beleza singular
Quero com todos mil coisas compartilhar
Amizade sincera atrai júbilo sem fim
Quero atrair borboletas para o meu jardim

Ane Soal

AH BORBOLETA !!!
TE VI HOJE VAGANDO PELO MEU JARDIM
SE CUNFUNDIA AO MEIO AS FLORES
DAS MAIS BELAS SENTIA INVEJA DE TI
COM A BELEZA DE SUAS CORES

VOA BORBOLETA VOA LONGE
VAGUEIA PELO VASTO CAMPO
BEIJE AS MAIS BELAS FLORES
ENQUANTO EU AQUI TE AMO


DE SUA FLOR

JURACI SILVA

SORRISO DE FLOR

Passarinho pousou na janela
E cantou a mais bela canção de amor
A borboleta pousou no meu nariz
E me falou que a caminho estou
De encontrar um grande amor
Amor esse que me mostrou
A flor mais bela
E me encantou
Quando abriu seu sorriso
Logo floresceu
O mais lindo sonho...
De amor

Madalena Guimarães

Estou no casulo de minha alma
q anseia em ser borboleta e beijar as flores
Estou no casulo desejando ser livre e voar
E admirar o mundo de outro angulo
Estou no casulo esperando a tal liberdade de sentir...

felicity Secret

Vi, hoje
Singela borboleta
Navegando por entre a brisa
Flutuando em sua liberdade

Flores, coloridas ou opacas
Vales, prédios e tudo o mais
Por entre o vidro da janela
Só queria te encontrar.

Rafael Kozechen

Hey borboleta das cores!
pose em meu ombro
e traga o melhor perfume,
que das flores
você guardou pra mim...

Gabriel Galdino Gomes

Admiro as borboletas.
Elas voam apressadas, bailam alegres, beijam as flores, cobrem a vida de cores, e duram tão pouco.
Acho que as paixões são efêmeras, como as borboletas.

Arne Saknussem

O jardim de Betânia
não possui flores e nem borboletas
possui apenas terra, água, plantas de plásticos
e borboletas dobradiças de papel.

(Para as Betânias que deixaram de acreditar na beleza dos seres vivos, devido a morte desses, e ainda não aprenderam a acreditar na beleza da eternidade do ser, onde tudo é transitório.)

Gabriel Galdino Gomes

Universo Jardim

Como é grande o universo
inserido no jardim.
Na flor a borboleta
o néctar sugando.
Uma gatinha, do chão
a borboleta observando.
E dois bichinhos, tão pequenos
em cúpula de amor
pouco se vê.
Aranha vermelha,
no ar, abelha
e pardais pulando.
A enxada o mato capina
enquanto parei observando
meu universo jardim.

Warley Tomáz

Levante-se e ande pelo jardim.
O colorido das flores,
o perfume no ar,
as asas de uma borboleta... tão leve a voar.

Os raios do Sol,
a maciez da relva,
o frescor da brisa...
e você aí a pensar:

diante de tudo isso,
é impossível a Deus negar.
Vai negar?

Rosangela Calza

Vento Sul

E toda a grama
E flor de jardim
E pedra
Borboleta,
Cor do som
Zunido bom
E o ônibus
Nem veio
Será porque foi
vento que acelerou?
Sal que nada
Sol assim
E mar, olhada
Tom de sono
E o estômago
Embrulhou,
Tem, mas
Acabou.

Fêre Rocha

Muitas vezes,
pouso, como borboleta,
não sobre a flor,
mas no espelho,
onde vejo a mim mesma
despida de máscaras e fantasias
na espera, de novos dias.
do meu poema - Máscara

Erotildes Vittoria

Pefume...
Beija-me,
como a borboleta
que suavemente,
beija a flor
e levarei comigo,
a certeza de que os jardins
foram criados e perfumados
para alegrar o coração.
Mostra-me,
os caminhos coloridos
onde moram os poetas
que buscam a inspiração.
Leva-me,
até o concerto de violinos
onde viajam,
o sonho e a emoção.
by/erotildes vittoria/

Erotildes Vittoria

Borboleta... É uma pétala de flor que, despretensiosa,
Aprendeu a voar.

http://karlamelopoemas.blogspot.com

Karla Mello

Queria ser.

Eu queria ser uma borboleta
E enfrentar os ventos sul e norte
Pousar numa flor de cor violeta
E beijar margaridas se tiver sorte.

Eu queria ser um gigante azul
E ter um brilho quente de acessório
De noite desfilar o cruzeiro-do-sul
E ver o rosto límpido ilusório.

Eu queria ser um peixe boi
E nadar nos mares gélidos do ártico
Pensar que o que passa já foi
E sorrir para quem parecer apático.

Letícia da Silva

Em Um Jardim de Flores Azuis

Em um jardim de flores azuis
Passeavam caracóis amarelos
Borboletas voavam o céu anil
Coloridas com pintinhas de caramelo

Em um jardim de flores azuis
As rosas alegres cantavam a vida
Joaninhas brancas e pretas
E um jovem pássaro de asas coloridas

Em um jardim de flores azuis
O inverno ocupava a noite e o verão o dia
A neve hibernava e a manhã trazia o sol
As flores bocejavam e um pequeno esquilo sorria

E no jardim de flores azuis
A tristeza era feita de alcaçuz
Enfim, nessa terra houvera paz
Em um jardim de flores azuis.

Santos Vasconcelos

Como domar uma borboleta:
Você não pode pegá-la à força.
Conserve o perfume das flores nas suas mãos e deixe que ela pouse sozinha ali..." (by ciça)

Elciana Goedert (ciça)

Vago

por entre espinhos e flores.

Divago

e vago nas sombras...
borboletas azuis
voam em minha direção...
Espanto-me que algo
ainda de mim se aproxime.

Sou puramente chagas,
feridas doídas
e as borboletas jogam sal

é... elas também me querem mal...

Rosangela Calza

Que seja doce como nuvens de algodão
Que seja belo como borboleta em flor
Que seja suave como brisa em folhas ao chão
Que seja amparo, consolo, alívio da dor
Que seja sincero como sorriso de criança
Que seja terno como carinho de vó
Que seja afeto, cuidado, esperança
Que seja abraço. um laço, nunca um nó
Que seja festivo como pássaros na janela
Que seja iluminado como chama de uma vela
Que seja amor como a música que ecoa do seu ser
Que sejamos nós todos, os outros, eu e você!

Marcia Bandeira

Poeminha sentimental

Se eu fosse o barquinho a navegar no mar
a borboleta no campo de flor em flor
a brisa chegando, e varrendo as folhas do chão
a fruta madura que o passarinho alimentou-se no pé
a nascente do riacho onde o sabiá veio se banhar
Aquela estrela num cantinho do céu
de um brilho intenso, iluminando o mundo
Gotas de orvalho escoando sobre o ramalhete colorido
As cordas de uma harpa a tanger os mais ternos versos
Sou real ,sou fantasia
Só quero em versos, o amor aplaudir.

Maria Vita Pereira