Poemas de Agonia

Cerca de 233 poemas de Agonia

Agonia de um filósofo

Consulto o Phtah-Hotep. Leio o obsoleto
Rig-Veda. E, ante obras tais, me não consolo...
O Inconsciente me assombra e eu nêle tolo
Com a eólica fúria do harmatã inquieto!

Assisto agora à morte de um inseto!...
Ah! todos os fenômenos do solo
Parecem realizar de pólo a pólo
O ideal de Anaximandro de Mileto!

No hierático areópago heterogêneo
Das idéas, percorro como um gênio
Desde a alma de Haeckel à alma cenobial!...

Rasgo dos mundos o velário espesso;
E em tudo, igual a Goethe, reconheço
O império da substância universal!

Augusto dos Anjos

"Sentir falta é diferente de sentir saudade. A saudade bate, agonia, estremece. A falta congela,
chora, entristece. A saudade é a certeza que a pessoa vai voltar. A falta, é o querer ter de volta,
mas saber que não vai ter."

Tati Bernardi

Desalento

Às vezes oiço rir, é ’ma agonia
Queima-me a alma como estranha brasa
Tenho ódio à luz e tenho raiva ao dia
Que me põe n’alma o fogo que m’abrasa!

Tenho sede d’amar a humanidade…
Eu ando embriagada… entontecida…
O roxo de maus lábios é saudade
Duns beijos que me deram n’outra vida!

Ei não gosto do Sol, eu tenho medo
Que me vejam nos olhos o segredo
Que só saber chorar, de ser assim…

Gosto da noite, imensa, triste, preta,
Como esta estranha e doida borboleta
Que eu sinto sempre a voltejar em mim!

Florbela Espanca

"Sentir falta é diferente de sentir saudade. A saudade bate, agonia, estremece. A falta congela, chora, entristece. A saudade é a certeza que a pessoa vai voltar. A falta, é o querer ter de volta, mas saber que não vai ter."

Tati Bernardi

A verdade é que, enquanto você estiver assim, nessa interminável agonia, esperando notícias que nunca chegam, vai deixar passar várias possibilidades interessantes ao seu redor. Claro, ninguém se compara a quem você aguarda, mas quem você aguarda não está disponível no momento. Poderá, inclusive, nunca estar, apesar de tudo o que foi dito naquele dia. Pessoas que somem não são confiáveis.

Fernanda Young

O amor é uma agonia
Vem de noite, vai de dia
É uma alegria
E de repente
Uma vontade de chorar

Vinicius de Moraes

Você é o primeiro pensamento do meu dia,se eu não te vejo quase morro de agonia. Sou dependente desse amor, seu beijo vicia,eu quero todo dia! A noite cai, o meu sonho é você,dizer te amo já tá virando clichê.Mas eu tô repetindo pra você saber,que eu adoro amar você

Pedro Bial

Palavras de um Suicida

Transtorno!!!
Agonia!!!
Quem é você?
Necessidade...
Caridade...
Humanidade...
Amor?
Porque estou sem dor?
Dói tudo, mas não sinto nada.

Oh!!! Obsessão, ilusão, compulsão.
Louco, eu? Não.
Apenas nesse momento.
Aflição, relação, paixão, desilusão.

Quem sou eu?
Zeus? Deus? Ou apenas mais um EU?
Tristeza, moleza, fraqueza.
Vem me amar...
Mar, bar, jantar, amar.
O que será de mim?
Fim, afim, Nada pra mim?

Fecho os olhos não sinto nada.

Será que isto é,
Sorte ou Morte?

Thiago Gomes Diniz e Silva

Não ter pressa em aprender tudo de uma vez só: a ansiedade, a pressa, a agonia para estudar tudo de uma só vez gera angústia, medo e depressão, criando quadros psicóticos profundos. Os apressados vivem uma eterna guerra de pensamentos acelerados. Sobrecarregam o córtex cerebral, escoando a energia vital do espírito. Andam tristes, agitados, fatigados e esquecidos de tudo e de todos.
Deixam de contemplar o belo, e, num processo inconsciente, perdem a alegria interior. Como não ser apressado? Gostando de si mesmo, pensando para viver, e não viver para pensar. Dinheiro, fama, status, cargo público importante não compensam a sensação de ansiedade.
Qualquer vitória só faz sentido se for obtida com esforço em clima de festa. Esse é o único modo de reescrevermos o script de nosso destino, pois podemos ser felizes enquanto lutamos.

Uadi Lammêgo Bulos

Solidao

Das trevas nasce a melancolia
Da alegria nasce a agonia
Do amor surge a dor
Da ilusão decepção
Você é minha querida solidão
Você é a luz em minhas trevas
Minha querida solidão

Da vida surge a morte
Do meu amor por você
Surge a rejeição
Surge minha solidão

Só vivo para sua vida alegrar
Queria ser para você
Tudo que se possa desejar
Não queria ser para você
Tudo que se possa rejeitar

Do amor surge a dor
Do sofrimento de minha alma
Do sofrimento de meu amor
Não posso ter mais calma
Não posso viver da dor
Não posso viver sem amor
Não posso viver da dor.

Meu amifo Luiz Guilherme

Minha vida vai se esvaindo,
não sei se vou chorando ou sorrindo.
Sorrindo pondo fim a uma agonia que já não aguento mais,
Chorando por deixar para trás pessoas que amo demais...

Leide Moreira

Cada vez que a brisa bate e o coraçao palpita, há uma lembrança dolorosa que em mim habita, tento fugir dela mas inutilmente, pois ela aparece cada vez mais forte.

Tenho tanto amor que me invade a alma, mas ainda assim choro de maguas, caminho sozinho numa tarde calma, cansado de pensar no teor das aguas.

A tua face é tao bela e cativante, mas a tua alma é tao fria e aterrorizante....

Jacinto américo agonia

Só com a agonia da despedida somos capazes de compreender a profundidade do nosso amor.

Ricardo Soares Barros

O tempo passa, acaba sempre por passar, mesmo quando os dias se prolongam numa agonia vã e estéril, mesmo quando a cada manhã que se acorda e se pensa que é impossível chegar ao fim daquele dia.

Margarida Rebelo Pinto

chovia...
sem calmaria
ardia
e pedia
por mais

gemia,
em doce agonia
desfalecia
na tarde
fugaz

Lina Marano

A sala vazia
Ecoa a agonia,
Reflexo do silencio
Que falou alto de mais.
Para tantas palavras
Não ditas, não escritas,
Faltaram pedaços de vida
Momentos de ironia.
Faltou preencher
Com suor, lagrimas e alegrias,
O quebra cabeça chamado vida.

Pablo Gabriel Ribeiro Danielli

Quanto mais perto de ti eu chegava, maior o seu lindo sorriso ficava.
E quando eu já bem próximo do seu rosto, meus lábios em agonia não mais suportavam o incrível desejo de lhe beijar.
Lentamente os nossos lábios em sincronia estupenda, foram cada vez mais perto, e mais perto, até não existir mais perto. Se transformaram em um só.
No momento do beijo tudo ao redor se desintegrava, era impossível dizer ao certo qual a duração do gesto afetivo, pôs o tempo era paralisado. Nenhum ser vivente provou tamanho tempo da demonstração de carinho, era incalculável.
Talvez seria infinito? não se tem mais certeza, fomos interrompidos, um grunhido de sons, e tudo a nossa volta voltara como antes.
Ao decorrer da música tocada, a minha concentração já defasada, foi chegando ao ponto zero. Não conseguia pensar em nada.
Só queria ter o poder de voltar no tempo e repetir inúmeras vezes, infinitas vezes, o momento mais doce que já experimentara.

Melquisedek Carmo

Oi, acabei de acordar. No geral, estou bem, e você? Estou usando essa dor pra me tornar mais maduro, claro que com pouco tempo ainda não mudei, mas vou conseguir, porque tenho um amor dos mais puros e verdadeiros.
Bom, acabei de acordar. Não foi normal. Acordar não é normal. Não desse jeito. Falta um pedaço em mim, falta proteção. Me sinto frágil, impotente.
Oi, ainda estou dormindo. Estou me sentindo em um pesadelo, daqueles que você sente que está caindo, e estou pulando pra me acordar, mas não me acorde. Não me acorde dos meu sonhos.
Descobri que o pesadelo é inevitável, e por mais agoniante que seja, uma hora ele acaba, e agora, em meio ao pesadelo, o que me sustenta é a minha essência, essência cheia de esperanças que o sonho volte a tomar conta de mim. Um novo sonho, com os mesmos protagonistas, em outro cenário, com outro texto. Uma nova peça que não é ficção, que tem cheiro de pele, gosto de beijo, calor de abraço.

Leandro Resende

A segunda acabando
O frio aumentando
A agonia apertando
A coragem me deixando
Em milagre não acreditando
Estou “cagando e andando”...

Mas a terça nos apetece
O frio esmaece
Que a agonia cesse
A coragem reaparece
Até a tarde o milagre não acontece
E novamente anoitece...

Previsão para a quarta, carece?

Jeferson Calixto

"Mais um dia, que alegria...
Seja ele de dor, de graça ou de agonia..
Pelo menos mais um dia."

Anibras Itterom