Poema sobre as Estações do ano

Cerca de 292 poema sobre as Estações do ano

Sou tanta coisa. Sou tão complicada. Sou tão simples. Sou tudo e sou nada.
Sou todas as estações do ano...Mas desde criança, sou Verão, sou céu, sou mar, sou areia,
sou estrela-do-mar,
sou natureza acima de tudo... Sou as ondas do mar, sou as nuvens do céu, sou vento, sou brisa suave,
sou chuva forte, trovoada... sou chuva fina, garoa da madrugada...
Sou dia, sou Sol... Sou noite, sou Lua cheia... Sou rueira, sou caseira, sou tímida, sou doida desvairada...
Sou Vida !

Rose Franco

Tinha colocado trancas nas janelas,
dentro dela era inverno em todas as estações.
Quando perdeu o medo da luz
deixou o Sol entrar.
Descobriu então, um mundo de todas as cores.
Sorriu coloridinho.

Karla Thayse

As Fases e Estações

Se me perguntar não consigo continuar a caminhar
Porque não sei mais aonde estou, que caminho é esse
Com você eu voei para horizontes aonde jamais estive
Não tinha medo simplesmente me entreguei a sensação
A paz e esqueci de tudo até mesmo como dói chorar

Tantas vezes por medo de sentir, fechava os olhos
E mesmo sendo em saudades me refugiava em seus braços
Me sentia segundo mesmo sabendo que ao acordar tudo, mas tudo
Estaria no seu lugar só você que não estaria aqui

Queria que mundo parece por um momento, só sentiria o vento
E nele encontraria uma forma de chegar até você
Te acordar com um breve beijo me perder em seus olhos
E não precisaria de mais nada pra saber que era eterno, era vivo

Queria que você me entendesse, que talvez por mais distante
Que a vida tende me levar sempre estará com uma grande parte de mim
Por mais que as estações sejam passageiras e os dias sempre nascem
Tudo que lhe disse era verdadeiro e ficará eterno em nossos destinos.

As fases e estações, as consequências do nosso para sempre
Me fazem acreditar em um dia melhor, por isso não vou chorar.

10 de Fevereiro de 2012 15:02 hrs.

Ivan Rodrigues

Ivaan Rodrigues

O mesmo estado estável das instáveis estações

Eu passo o dia esperando
Madrugada adentro ,Noite afora
De olhos abertos ou sonhando
De mãos dadas a Solidão me acompanha

Sob o cinza do outono
Escrevo momentos de outrora
Lembrança viva em folhas quase mortas
Primavera adentro ,inverno a afora
Espinhos do tempo
Que em outros tempos se aflora

Junior Fortini

Quero ser.

Quero ser eu, as quatro estações, mudando num dia só.
Quero ser inverno, de frio sem dó.
Ser primavera, de pólem e pó, de cores e flôres.
Ser verão, de praia e de mato. De campo e asfalto.
Quero ser outono, de ventos e chuvas.
Quero ser este.
Quero ser isto.
Quero ser eu, as quatro estações, mudando num dia só.

Edmilton Pedroso

Estações


Sou estações...
Frio, flores, frutos,
Calor, dor, amor.
Perco o centro,
Reencontro
Me refaço,
De retalhos.
Perco as folhas
Sem escolhas.
Provo frutos
Imaturos.
Mas me refaço
Das quimeras,
Dos outonos
Demorados
Das sensações
Doloridas.
Visto o verde,
Primavera florida,
Reencontro (sempre),
Na árdua lida,
Um sentido para vida!

Ana Stoppa

As estações sempre estão de partida
Deixando sempre uma marca em nossa vida
Como a primavera que vem suave e nos inspira
Floresce a alma e traz amor em sua brisa

Outras como o verão vem e passam a nos aquecer
Proporcionando momentos impossíveis de esquecer
Daí surge o inverno nos envolvendo em lembrança
Fazendo o amor com a chuva virarem dança

Já é outono a estação repleta de novidade
Onde o romantismo se espalha e vira realidade
Enfim chegou o outono totalmente encantador
É nele que vivenciamos a doçura do amor

Tallita Monteiro

Que as realizações futuras, sigam a Pluralidade em todas as estações do ano que se inicia em teu favor.
Que esse Verão afaste a frigida tristeza que não é tua e te envolva com a alegria definitiva num sincero e caloroso abraço.
Que no Outono a abundancia te comprometa com a fartura de tudo de bom que na vida existe.
Que na beleza do Inverno você já tenha entendido que é o seu amor e sua fé em Deus, que poderá de fato aquecer o coração e alimentar outra alma que treme de tanto frio e de tanta fome.
E que na Primavera você tenha trocado todas as suas folhagem e esteja ainda mais forte para poder começar tudo de novo.
Feliz ano novo

Julio Ramos da Cruz Neto

Você já ouviu falar sobre as quatro estações da vida?
Cada uma das quatro estações tem uma lição para nossas vidas,
A Primavera emana carinhosamente os seus perfumes e flores, pois tudo é festa, alegria e traduz um sentimento de esperança em nosso coração. São nossos dias de alegria o qual gostamos de demonstrar a todos,
O Verão é pura beleza, o Sol que aquece a, renovam-se as promessas e ocorrem chuvas ocasionais para refrescar aqueles nossos dias quentíssimos. São nossos dias de força de vontade, sonhos...
O Outono, a natureza, as plantas secam se caem as suas folhas, para reservar energia para a próxima estação. E em nós, nos remete um período de muita reflexão, meditação em nossa alma, profunda beleza, pois é a hora de se aproveitar cada ocasião, cada minuto, pois a reflexão e força interior estão nos ares.
No inverno a natureza as plantas vivem das suas reservas da primavera e verão. Em nós é um momento para nosso recolhimento, de reservar forças, e ao mesmo tempo ajudar quem está fraco, compartilharmos as experiências da vida com outras pessoas queridas, estação de puro aconchego e generosidade. Tais experiências compartilhadas são essenciais para nosso crescimento em todos os sentidos da vida.
Aproveite cada estação da sua vida, mas antes aprenda, a saber, em que estação de sua vida você está, nem sempre acompanhamos nossas estações juntas com as estações da natureza...
Nós seremos ainda mais felizes se aproveitarmos de alma aberta a beleza e o significado de cada estação, se amarmos a vida de acordo com a harmonia de cada época, só assim seremos mais felizes com mais fé em nossos corações! Pense nisso com carinho e muita fé!
Beijos,

Crys Rangel

A vida é como as quatro estações do ano;
Verão = Batalha, esforços.
Outono = Tristeza.
Inverno = solidão.
Primavera = Alegria, amor, conquistas. Tudo na vida pra você chegar a primavera, tem que passar por tristezas, momentos de solidão as vezes humilhação, mais com o verão que são os esforços e as batalhas você consegue chegar a felicidade ao amor e as conquistas. Lute e insista que você consegue!

Moarly Lino

Assim como as estações mudam o nosso ambiente,
assim as pessoas mudam nosso coração!
Assim como as folhas caem no outono,
caem também nossas lágrimas.

Assim como brotam as flores na primavera
brotam assim também nossa esperança.
Assim como vem o homem e arranca a arvore,
Você veio e arrancou meu coração.

Jack Souza

QUATRO ESTAÇÕES

Era primavera, eu liguei pra ela, pra falar das belas flores que eu comprei
sem nenhum apreço, perdi o endereço, já nem sei o preço que eu ali paguei
mesmo assim perdido, um pouco aturdido, ali estarrecido á ela entreguei
e saí sozinho, pelo meu caminho, lembrando o carinho que eu não ganhei.

era um outono, eu no abandono, não me via dono da minha alegria
fiz um julgamento, no meu pensamento, que outra vez sedento eu não mais seria
eu saí pra fora, o coração agora, não contava a hora, da noite e do dia
como a moinha, espalhada sozinha, e em cada folhinha que no chão caía

chegou o verão, o meu coração, teve a sensação de querer voar
naquela aventura, deixar toda agrura, e de alma pura o mundo ganhar
fiz minha bagagem, comprei uma passagem, no mundo selvagem eu fui me lançar
mas deu tudo errado, eu fiquei de lado, e agora parado sem saber voltar.

enfim, este inverno, que parece eterno, não me dá um terno para me vestir
tô na beira rio, com fome e com frio, meu fone sumiu e eu não mais vi
quero ir embora, me levar pra fora, mas não vejo agora razão de existir
não aos olhos teus, sim as mãos de Deus, nos sentidos meus... eu sobrevivi.

Ezhequiel Águia Queiróz

''Ela que desfilava sobre as estações, com a claridade divina, a luz
triunfante. Tinha o nome escrito em Milão, como quando estava sobre a
hierarquia das estrelas, acariciando o arrebol. Tinha doce os passos,
véus de Paris, aurora navegante nessa trajetória de
sucesso...brilhava. Tão maravilhosa, culminava sua grandeza sobre
algodão de Nova York, e em uma temporada eternizava sorrisos, no fim
era a sua luz que tanto brilhava.''

Héber Bensi

A vida é como as estações, ás vezes imita o verão, uma estação radiante, leve e cheia de energia, somos assim de vez em quando, radiantes com cada sorriso e gesto amoroso a nosso favor, e temos tanta energia, que estejamos cansados do jeito que for sempre dar para ir a uma baladinha ou churrasquinho com os amigos, pois nesta estação queremos mesmo é viver e viver com vontade.
Só que ai chega o outono, e é nossa fase de tranquilidade e preguicinha, quando a vida se encontra no outono não queremos saber de muita dureza, só calmaria, queremos carinho a todo momento, nos sentir queridos e muito amados, queremos mesmo é ser mimados.
Então vem o inverno, que vai transformando e modificando tudo, feito uma metamorfose, o que era doce e meigo se torna frio e desprezo, pois nesta estação da vida acabamos desprezando todos, sem ao menos perceber que o que realmente queremos é sentir o amor, sentir que alguém ama e se preocupa com a gente.
E quando menos esperamos chega a primavera, pois ela é assim, quando está tudo errado ela vem para consertar, e o bom é que ela sempre chega, e com a sua alegria ela vai colorindo tudo, e ai que percebemos que mesmo com toda a dificuldade, viver vale muito a pena, porque a primavera é isso, é aquela estação cheia de vida e alegria, onde a única coisa que você realmente quer é ser FELIZ!!

Mariana Cristiane

O Amor Universal une as 4 Estações que existem: a estação da cura, a estação do despertar, a estação do reconhecimento e a estação do estabelecimento.
Muitos de vós passaram já pelas 3 Estações iniciais, mas ainda não possuem o conhecimento que para se estabelecerem necessitam se entregar de corpo e alma na esfera terrestre. Precisam compreender que o amor da mãe terra é incondicional e toda manifestação vibracionaol energética da sua esfera é permitido e acompanhado pelo carinho peculiar de uma mãe. O espírito da mãe terra, a sua essência vibracional permitiu que o processo de desenvolvimento e caminhar espiritual de diversas consciências das mais diferentes direções se manifestassem nesse tempo e nesse espaço para uma evolução conjunta. Alguns vieram em auxílio, alguns em aprendizado e cabe a nós, cada um desperto, entender e acompanhar o processo de permissão e acolhimento terrestre.
Não apenas ancorem aqui, mas manifestem-se aqui! Manisfetem seu potencial pleno de ser universal. De ser multidimensional expresso na esfera terrestre e sob manifestar da raça humana.
Lemurianos entre vós em auxílio maior

Lianna de castro Molinaro

Nós somos como a vida das árvores, passamos por estações e momentos. Existe tempo para nos recolhermos, nos introspectarmos fazendo um balanço e juntando forças para mais adiante para o próximo passo.
As árvores são assim elas perdem as folhas e se acomodam, pois passarão por longos períodos sem movimento externo, porque elas somente crescem no verão. Cada instante é uma espera do momento seguinte, e logo vêm à primavera aonde nós e as árvores florescemos. Abrimos nossos corações para deixar a vida sair e assim nos despimos de nossas camadas desnecessárias que já cumpriram seu papel no grande esquema da vida. As árvores nessa etapa mudam de casca para sua renovação. Passamos por várias estações, várias metamorfoses até nos tornarmos inteiros.
Peço sempre à divindade para que meus verões sejam ricos em frutos e que minhas sementes possam germinar sadias no canteiro da existência e que no outono seguinte eu esteja muito mais forte, compreendendo cada ritmo, cada etapa e me sentindo triunfante e grata naquilo que chamo de vida.

LilianePMarques

Ricardo Cabús

AMOR E DOR
(Estações Partidas)

E pensar que a solidão
É tão maldita
Por trazer a dor
Mas o que dizer do amor
Com sua mão bendita
Que traz, além da dor, a desilusão

Ricardo Cabús

Ricardo Cabús

SIMBIOSE
(Estações Partidas)

Não, deixa-me aqui
Talvez pense em ti
Mas agora me deixa
Pois caso eu me queixe
Do seixo, da gueixa
Ou do caroço da ameixa
Será porque foste com certeza
Algum dia simbionte
Não pouco, mas um monte
Da minha vida, com tristeza

Ricardo Cabús

Ricardo Cabús

REENCONTRO
(Estações Partidas)

O prazer de rever
Sem antever o ponto
Sem prever a duração
Entre o ver
E o rever
Haver e reaver
Ter
Sem reter
Nem deter
Compraz-me

Ricardo Cabús

Ricardo Cabús

O RELÓGIO E O TEMPO
(Estações Partidas)

Não adianta olhar o relógio
Nem adiantá-lo tampouco
Pois pouco importa a sua vontade
De mudar o tempo

O tempo não adianta
O tempo não atrasa
O tempo é o tempo
Senhor total da situação

O tempo reina calado

Ricardo Cabús