Poema para Professor

Cerca de 6623 poema para Professor

Eu nunca vou me afastar de meus sonhos pois parte do que sou foi um dia um sonho meio louco.
Tudo que um sonho precisa para se tornar real é de alguém que tenha coragem suficiente para transformar loucura em coisa normal.
Vivo dos sonhos que tenho. Não tenho medo de te-los.
Vou procurar realizar mais esse.

Professor Galvão

O meu amor
Meu amor nunca vem acompanhado de mentiras, teatros, determinações especiais.
Ele vem acompanhado de carinho, dedicação, honestidade, certezas, vontade de se eterno, serenidade, companheirismo.
Meu amor não se mostra em um corpo bonito, forjado em horas de academias.
Meu amor se mostra em sua essência mesmo que sem uma estampa de Adonis.
Meu amor não repete frases criadas na hipocrisia dos enganos da vida.
Meu amor fala o que meu coração quer falar. Declama poemas que se fazem mostrar o quão ele pode ser penetrante no coração de quem amo.
Meu amor não machuca, não maltrata, não deixa a dor ser senhora da alegria.
Meu amor é forte, leal, imponente, grande num dizer enorme.
Meu amor não engana.
Meu amor não se nega, não foge, não esconde sua verdade.
Meu amor não procura. Meu amor se mostra a todos que procuram a felicidade pois ele é o caminho mais belo entre a alegria de ter um amor leal e a felicidade de poder conviver com o melhor que a vida pode ter.

Professor Galvão

Sua capacidade de amar não pode rivalizar com sua inoperância diante do desafio maior que é seu direito de sonhar.
Sonhar é a forma mais criativa de ver seu desejo realizado.
Amo como ninguém jamais ousou amar e sei que um dia estaremos juntos.
O tempo será meu maior amigo.

Professor Galvão

Amar uma lembrança é fugir com medo da realidade.
É temer o risco.
É se acovardar diante do desafio.
Amar o que passou é viver uma esperança incapaz de se fazer real.
O amor não é medroso. Se não luta não é amor mas sim compaixão.

Professor Galvão

Amor não se discute.
Se sente.
Se vive.
Se entrega.
Amor que cobra não é amor. É sim mentira.

Professor Galvão

Eu sou o regente de meu tempo.
Sou dono do meu amor e sei como poucos doa-lo.
Eu sou um carinho perfeito, uma segurança buscada, um sem medo ao seu lado.
Eu sou o meu maior orgulho.
Sou minha melhor performance.
Eu sou o correto naquilo que faço e o direito naquilo que penso.
Eu sou meu melhor sonho e sei ser a minha maior realidade.
Sei do amor que tenho, sei em quem aplica-lo.
Sou a esperança de ter a felicidade que desejo.
Sou o desejo da felicidade sonhada.
O que sou se não o amor que tenho por ti?

Professor Galvão

Foi num mundo de tanta violência e tão pouco amor,
Onde eu não reconheço mais meu pai e nem minha mãe
E vejo nos olhos do meu irmão tanto medo,
No sorriso do meu vizinho tanta desconfiança,
E no gesto do meu inimigo tanto rancor e nenhum perdão.
Foi num mundo de muitos deuses e poucas crenças,
Muita ciência e pouca humildade.
Um mundo de grandes e pequenos, fortes e fracos,
Ricos e pobres.
Foi num mundo como esse que te encontrei e te amei
E quero fazer de ti minha mulher.

Professor Galvão

Faça como eu fiz: arrisque
Viva como eu vivo: no limiar entre o lógico e o pouco provável.
Mergulhe de cabeça no que você não conhece como eu mergulhei.
Não se preocupe em acertar sempre. Errar as vezes nos leva ao clímax.
Não se preocupe em entender tudo. A vida ultrapassa qualquer entendimento.
Há cegos em todas as partes. Não seja mais um.
Viva e se delicie com isso pois essa aventura maravilhosa tem hora e dia de acabar.
Não se entregue a limitações dos que vivem apenas o que faz sentido. São invenções de quem nunca experimentou a busca das incertezas.
Disfarce seus medos e nunca tema as novidades. Elas são o gás que move a vontade de conhecer.
Ame e nunca se negue ao amor mesmo que seja um amor de uma única direção.
Desvende todos os seus mistérios e no fim grite: muito prazer, eu sou sempre mais eu.

Professor Galvão

Sofrer uma injustiça dói e dói muito.
Sempre fui um cara de equipe e jamais quis ser melhor que ninguém.
Ser injustamente acusado de querer se aproveitar de uma situação inexistente é duro de aguentar.
Nos meus vários anos de profissional jamais quis ser injusto.
Mas não posso controlar a insanidade dos outros. Posso sim me afastar desses cancros.
Não há espaço na educação para isso. Eta mundinho podre.
Esse é o mundo que eu vivo... mundo cheio de preconceitos, mundo cheio de injustiças, injustiça perante meus olhos... olhos cansado de tudo isso.... olhos que por mais aberto só vê a escuridão... olhos que sorriem para não mostrarem o que realmente sinto.... sentimento...sentimento de uma vida que não existe.... não adianta... você é julgado por tudo que faz e as vezes nem faz, tudo que pensa, tudo que queria ser ou fazer.... mundo que julga o caráter de uma pessoa pela aparência.... queria ter o poder do tempo... queria poder mudar meu destino.... que pena não posso faze-lo... vou viver condenado por uma sociedade, vou viver escondido, vou viver a espera de um milagre......

Professor Galvão

A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.
Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.
É tão natural destruir o que não se pode possuir, negar o que não se compreende, insultar o que se inveja.

Professor Galvão

De meus amigos aprendi que a normalidade é uma questão de ponto de vista.
Há momentos que essa normalidade é estéril, boba, irreal.
Em outros é imbecil pois nos coloca sempre na defesa.
Sou anormal quando estou num meio de normais de carteirinha. Gente séria que nunca sorrir. Gente chata que só se preocupa com o próprio umbigo.
Normal da falsidade. São os previsíveis. Previsíveis até na hora de rir. Riso falso que soa mentira sempre.
Nunca fui como a maioria. Sou um estranho nessa mistura de ilusões.

Professor Galvão

Ausência física, ausência da voz e do cheiro, das risadas e do piscar de olhos, saudade da amizade que ficará na lembrança e em algumas fotos.
Volta Duda, não deixa a gente aqui sofrendo.
Vai embora não. Você é tão jovem ainda. Tenho tanta biologia pra te ensinar. Os colegas de sala ainda têm brincadeiras para vocês fazerem.
Vai não Duda, fica mais um poucão.
Quer minha vida pra você? Já vivi o suficiente. Não é justo que você vá e nos deixe aqui.
Fica vai!!!!
Mas se não tem jeito, vem nos visitar. Quarta tem eu lá. Pode deixar que deixo você ficar as duas aulas dormindo. Sei que você vai acordar. Com a cara toda amarrotada mais linda do mundo.
Espero você tá ?
Não mate minha aula. Deixo você entrar depois. Sem broncas. Aliais jamais dei bronca em você né?
Dudinha, que dor enorme essa nossa.
Combinado então: a gente troca de lugar tá?

Professor Galvão

Eu derramei uma lágrima e você a secou.
Eu estava confuso você clareou minhas idéias.
Eu vendi minha alma você a trouxe de volta a mim
Eu abracei o mundo você me deu dignidade
De algum modo você precisou de mim
Você me deu forças pra ficar sozinho novamente
Para encarar o mundo novamente sozinho
Você me elevou sobre um pedestal tão alto que até mesmo pude ver a eternidade
Você precisava de mim
Eu não posso acreditar que é você não posso acreditar que é verdade
Eu precisei de você e você estava lá
E eu te abandonarei, pois finalmente encontrei alguém que realmente se importa comigo.
Você segurou minha mão quando estava frio.
Quando eu estava perdido você me levou pra casa
Você me deu esperança quando eu estava no fim
Você transformou minhas mentiras em verdades novamente.
Você me fez redescobrir o amor e nele agora sou feliz.

Professor Galvão

Que dor é essa que me consome as horas, os dias, o sono ?...
Que rasga as feridas, doídas, sangradas, infinitas!...
Que dor é essa que me dissolvendo
As crenças, os dons, a sorte ?...
Que vaga perfurando meus sonhos,
Abismos, caminhos, pântanos!...
Que dor é essa que me deforma
Os olhos, a fome, os sentidos ?...
Que esgarça a vontade diluindo o destino,
A lida, a sina, o grito!...
Que dor é essa que me aniquila
A essência, consciência, minha vida ?
Que dor é essa ?...Que dor é essa ?
Dudinha, você jamais será esquecida pois as sementes de amor que você plantou nesses poucos anos de semeadura germinaram árvores de milhões de frutos doces e saborosos e chamados de amor.

Professor Galvão

O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções,
destrói preconceitos,
cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado.
E vive a vida mais alegremente..
Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que
abrem portas para uma vida melhor.
Se pudéssemos ter consciência do quanto nossa vida é passageira, talvez pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades que temos de ser e de fazer os outros felizes.
O preconceito nasce pela mão da ignorância, vive a custa da intransigência e se perpetua sob o julgo da vergonha.

Professor Galvão

O preconceito só existe em pessoas de espírito pobre, de pouco conhecimento e de mente pequena.
É o analfabetismo da alma.
É uma máscara usada pelos covardes.
É o esconderijo mais seguro ao ignorante.
É a voz dos idiotas.
É a falha do ego ao analisar a realidade.
A minha idade gera preconceito nas pessoas que agem como se o fato de ela ser elevada fosse um fator limitante às minhas idéias e competências.
O preconceito é a junção do fútil conservadorismo, de uma cultura pobre e do fundamentalismo religioso.

Professor Galvão

O bonito me encanta,
O sincero me fascina,
O bom me encoraja,
O ruim me assusta,
O amor me cativa,
A luta me convida,
A vitória me espera.
E você...
Bem, você eu amo.

Professor Galvão

Eu amo, não como as convenções mandam. Amo como sei amar.
Amo por que amo.
Amo sonhar com o que todos acham impossível pois nunca vi impossibilidades no amor.
Dos meus sonhos alguns são difíceis mas jamais os vi impossíveis.
Você é um de meus maiores sonhos, um grande amor que nasceu e se instalou em mim e nunca vai sair.

Professor Galvão

Não importa se você está perto ou longe, o que importa é que você existe, para que eu possa sentir sua falta.
Não sei se dentro de você existe um pouco de mim, mas dentro de mim existe muito de você.
Se a natureza me oferecesse duas coisas e me mandasse escolher, eu não me importaria com a segunda, desde que a primeira fosse você.

Professor Galvão

Minha coragem é pra você.
Nasce de você.
Cresce por você.
Existe por você.
Por você vivo. Por você serei feliz.
Eu amo você.

Professor Galvão